Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - quinta-feira, 7 de julho de 2022

Maratona do crime, no Norte de Minas: "Os alvos foram estabelecimentos comerciais localizados nas duas cidades, que ficam distantes cerca de 85 quilômetros"

Sexta 17/12/21 - 10h47


Divulgação da Polícia Civil de Minas:

PCMG conclui investigações de roubos em série no Norte de Minas

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu, nesta quinta-feira (16/12), o inquérito policial instaurado para apurar três de roubos, praticados por dois suspeitos, nos municípios de Salinas e Santa Cruz de Salinas, região Norte do estado.

Os fatos ocorreram em 13 de outubro deste ano. A fase investigativa foi batizada pelos policiais de operação Maratona do Crime.

Conforme foi apurado pela PCMG, dois suspeitos, em posse de arma de fogo e utilizando uma motocicleta furtada por eles, iniciaram uma série de roubos no mesmo dia.

Os alvos foram estabelecimentos comerciais localizados nas duas cidades, que ficam distantes cerca de 85 quilômetros.

Os dois primeiros crimes praticados pela dupla foram em Santa Cruz de Salinas.

Inicialmente, os suspeitos renderam o proprietário de uma mercearia, enquanto ele trabalhava, e subtraíram todo o dinheiro arrecadado pela vítima.

Assim que deixaram o local, foram em direção a um posto de combustíveis e abordaram os funcionários. Na sequência, se deslocaram para Salinas e roubaram todo o dinheiro do caixa de um bar.

Investigação

Um Inquérito policial foi instaurado para apurar os três crimes.

Os dois suspeitos identificados pelos policiais possuem antecedentes criminais, inclusive um deles foi condenado e estava com mandado de prisão em aberto.

E, ainda, a dupla é investigada em outros três roubos cujos procedimentos encontram-se em investigação na Delegacia de Polícia Civil em Salinas.

Segundo o delegado José Eduardo dos Santos, a reincidência sugere que se trata de pessoas habituais no mundo criminoso, ou seja, fazem do crime a sua subsistência, o seu meio de vida.

Depois de instruído o inquérito policial, o delegado representou pela prisão dos investigados. Um dos suspeitos está preso em decorrência do cumprimento do mandado de prisão preventiva, e a polícia trabalha na localização do segundo.

Os dois suspeitos foram indiciados pelo crime de roubo majorado pelo concurso de pessoas e uso de arma de fogo em concurso material de delitos.

Resposta

O delegado José Eduardo pontua que, no decorrer do ano de 2021, houve um acréscimo no número de roubos na região, contudo houve, na mesma proporção, um aumento na elucidação desses crimes, com autoria atribuída aos responsáveis, sendo todos os roubos esclarecidos e prisões efetuadas pela Polícia Civil.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais