Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - segunda-feira, 16 de maio de 2022

Assaltantes - que podem ser 8 - sequestram família de gerente de banco a 200 quilômetros de M. Claros. (Mulher e enteado foram localizados na manhã de quarta-feira. Cerco aos sequestradores prossegue, inclusive com helicóptero enviado de M. Claros)

Terça 10/05/22 - 20h17

Crime de extorsão mediante sequestro ou "sapatinho", no jargão policial.

Foi o que aconteceu na pequena cidade de Carbonita, a 202 quilômetros de Montes Claros, ontem e hoje, e que sinaliza a insegurança geral da população.

O que se sabe até agora é que grupo criminoso sequestrou a esposa e enteado dela, filho de um gerente de banco.

O sequestro foi na noite de ontem, quando a família voltava para casa.

O gerente foi mantido refém, enquanto mulher e filho (14 anos) eram levados.

Hoje, sob controle discreto dos assaltantes, o gerente esteve no banco para buscar o resgate pela liberdade da família.

Até o anoitecer desta terça-feira, os familiares ainda não haviam sido localizados, de volta.

Há um cerco da polícia na região tentando localizar o grupo sequestrador que seria integrado por 8 pessoas.


(ACHADOS

A esposa do gerente, grávida de 5 meses, e o enteado filho do gerente, de 14 anos, foram encontrados às 7h30m desta quarta-feira 11.

Estavam na estrada de Carbonita a Itamarandiba, depois de amarrados e deixados numa plantação de eucaliptos, ainda na madrugada de terça-feira.

Mãe e enteado passam bem.

A mãe conseguiu se soltar, caminhou para pedir ajuda e disse que o enteado estava amarrado, na plantação de eucaliptos.

Estão em hospital de Carbonita, para exames.

Segue a caçada aos sequestradoras, com ajuda da equipe anti-sequestro da Polícia Civil de BH, e PMs de Itamarandiba e Capelinha, além do helicóptero da PM de M. Claros)

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais