Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - segunda-feira, 5 de dezembro de 2022

Tragédia que aconteceu em clube de Curvelo, neste domingo, doeu também em M. Claros

Segunda 26/09/22 - 13h25

Em clube de Curvelo, a 259 km de M. Claros, uma menina de 4 anos morreu quando pedra de uma bancada de granito se desprendeu e caiu sobre ela.

Foi na tarde de domingo.

A menina brincava perto da bancada e se apoiou nela para se levantar.

A pedra caiu sobre o seu peito.

Insconsciente deste o acidente, a menina ainda se recuperou, chegou a conversar, mas teve uma segunda parada cardiorrespiratória, fatal.

***

Jornal Estado de Minas, de BH:

Menina de 4 anos morre ao ser atingida por placa de granito em Curvelo

Ela estava com a família no Clube Recreativo Curvelano, que declarou luto pelas redes sociais
Cler Santos

Uma menina de quatro anos morreu ao ser atingida por uma placa de granito no tórax, enquanto brincava no Clube Recreativo Curvelano, em Curvelo, na Região Central de Minas Gerais, no último domingo (25/9). De acordo com a Polícia Militar, a menina chegou a ser socorrida, mas teve uma parada cardiorrespiratória e morreu no hospital.

A família explicou aos militares que a criança tinha ido brincar em uma área do clube onde havia uma bancada coberta com pedras de granito. Quando foi se levantar, a criança teria se apoiado na bancada e uma das pedras caiu em seu tórax.

Imediatamente a menina reclamou com o pai de fortes dores abdominais. Uma médica que também visitava o clube prestou os primeiros socorros até a chegada de atendimento.

Segundo a polícia, que foi acionada quando a família estava a caminho do hospital com a crinnaça, a menina chegou desacordada à unidade, mas após procedimentos de reanimação, ela ainda conversou com os médicos e familiares. Mas, minutos depois, a criança teve uma parada cardiorrespiratória e morreu no local.

Ainda de acordo com a PM, um representante da diretoria do clube esteve no hospital e disse aos policiais que não estava presente no momento do acidente, mas que deixará as imagens das câmeras de monitoramento a disposição dos policiais para a investigação.

Nas redes sociais, o Clube Curvelano fez uma postagem de luto. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Curvelo.

***

Jornal O Tempo, de BH:

Menina de 4 anos morre em Minas após ser atingida por pedra de granito em clube

Vítima chegou a ser socorrida, apresentou melhoras, no entanto sofreu parada cardiorrespiratória
Vitor Fórneas

Uma criança de 4 anos morreu após ser atingida por uma pedra de granito em um clube de Curvelo, na região Central de Minas, nesse domingo (25). A vítima chegou a ser socorrida, apresentou melhoras, no entanto sofreu parada cardiorrespiratória e não resistiu. Pelas redes sociais, o Clube Recreativo Curvelano fez uma postagem de luto.

O pai da menina contou para a Polícia Militar (PM) que a filha resolveu brincar próximo de uma bancada que era coberta por uma pedra de granito. Em determinado momento, a criança foi levantar e apoiou-se na bancada, porém a pedra caiu na região do tórax.

A vítima, conforme registrado na ocorrência, passou a relatar fortes dores abdominais. Uma médica que estava no clube e outras pessoas prestaram os primeiros socorros à garotinha. A menina foi levada ao hospital e chegou à unidade já inconsciente.

A médica plantonista informou que manobras de ressuscitação foram realizadas e que ela chegou a voltar à consciência e até mesmo conversou com a equipe. Porém, a vítima acabou tendo uma parada cardiorrespiratória e faleceu.

Clube faz postagem nas redes sociais
Um representante da diretoria do Clube Recreativo Curvelano acompanhou o registro da ocorrência e disse que não estava presente no momento em que a criança foi atingida pelo bloco de granito. Ele colocou à disposição as imagens do circuito de segurança.

Pelas redes sociais, o clube publicou uma foto com o escrito “luto”. Nada foi colocado na legenda da postagem. Internautas manifestaram solidariedade com a família e cobraram melhorias na estrutura do clube. Alguns relatam que o espaço necessita de manutenção e até mesmo de ser fechado.

A reportagem de O TEMPO fez contatos, por telefone, com o clube, mas as ligações não foram atendidas. A perícia da Polícia Civil compareceu no local da ocorrência para a realização dos trabalhos de praxe. O caso foi encerrado na Delegacia de Plantão de Curvelo.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais