Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - sábado, 24 de fevereiro de 2024

Brasileiro, declarado "extremamente perigoso" e condenado à prisão perpétua nos Estados Unidos, consegue escapar e está sendo procurado por cães e helicópteros

Sexta 01/09/23 - 6h51

Um brasileiro condenado à prisão perpétua nos Estados Unidos por matar sua ex-namorada, Débora Evangelista Brandão, em abril de 2021, conseguiu fugir da prisão, de acordo com as autoridades norte-americanas.

As autoridades do condado de Chester, na Pensilvânia, emitiram um comunicado sobre o caso.

Danilo Sousa Cavalcante é acusado de assassinar Débora a facadas na cidade de Phoenixville.

As autoridades dos EUA oferecem uma recompensa de US$ 5 mil (aproximadamente R$ 25 mil) por informações que levem à captura do fugitivo.

A fuga ocorreu durante a manhã de quinta-feira, horário local, e as buscas estão em andamento para recapturá-lo, envolvendo recursos como helicópteros e cães.

O comunicado também menciona que Danilo Cavalcante enfrenta acusações de homicídio no Brasil.

O Ministério Público do Condado de Chester classificou-o como "extremamente perigoso", e as circunstâncias da fuga estão sob investigação.

Débora Evangelista Brandão vivia nos EUA com seus dois filhos quando foi assassinada, e as crianças foram testemunhas do crime. As investigações apontam que Danilo não aceitava o fim do relacionamento e havia ameaçado Débora desde 2020. Ele foi preso pela polícia americana menos de duas horas após o assassinato. Danilo foi condenado pelo crime em agosto e estava prestes a ser transferido para uma penitenciária estadual antes de sua fuga.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais