Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - sábado, 24 de fevereiro de 2024

Um terço da população de Marrakech, de 900 mil habitantes, foi afetado pelo forte terremoto, que matou mais 2 mil pessoas, até agora

Domingo 10/09/23 - 8h42

Após o terremoto de magnitude 6,8 atingir o centro do Marrocos, o número de mortos ultrapassou 2.000, conforme relatado pelo Ministério do Interior do país.

O sismo causou pânico, levando as pessoas a fugirem para as ruas de Marrakech e cidades vizinhas.

Estima-se que cerca de 300.000 pessoas em Marrakech tenham sido afetadas pelo terremoto, o que representa um terço da população da cidade.

Em resposta à tragédia, o rei Mohammed 6º decretou três dias de luto nacional e ordenou a prestação de abrigo, alimentos e assistência aos sobreviventes.

Muitos passaram a segunda noite ao relento.

Um tremor secundário, de magnitude 4,9, foi sentido 19 minutos após o terremoto inicial.

A maioria das mortes ocorreu em áreas montanhosas de difícil acesso, com 1.400 pessoas gravemente feridas.

As províncias ao sul de Marrakech, especialmente Al Haouz e Taroudant, foram as mais afetadas.

Marrakech, uma cidade antiga protegida pela UNESCO, também sofreu danos significativos.

O terremoto ocorreu pouco depois das 23 horas no horário local, a uma profundidade rasa de aproximadamente 71 km a sudoeste de Marrakech, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

Muitas casas simples em aldeias montanhosas, construídas com tijolos de barro, pedra e madeira, desabaram, mas ainda não se conhece a extensão completa dos estragos nas áreas remotas.

As pessoas se refugiaram nas ruas, preocupadas com os tremores secundários e a falta de orientação sobre como agir.

DESDE SEMPRE

Este foi o terremoto mais mortal no Marrocos desde 1960, quando um sismo tirou a vida de 12 mil pessoas, e também o mais intenso em cem anos, dada a raridade de uma magnitude 6,8 no país.

Além disso, neste século, vários terremotos ao redor do mundo têm sido devastadores.

Os 3 maiores, neste século, foram:

Haiti (2010) - Magnitude: 7, Mortos: 222.570
Indonésia (2004) - Magnitude: 9, Mortos: 165.708
China (2008) - Magnitude: 8, Mortos: 87.476

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais