Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - sábado, 2 de março de 2024

Vestibular da Unimontes foi marcado para 10 de dezembro, com 2.734 vagas. Saiba mais

Terça 12/09/23 - 9h26

Divulgado pela Unimontes:


A Universidade Estadual de Montes Claros vai retornar com o vestibular tradicional para o ingresso nos seus cursos de graduação. O anúncio foi feito, nesta segunda-feira (11/09), pelo reitor da Unimontes, professor Wagner de Paulo Santiago, em entrevista coletiva, que contou também com a participação do vice-reitor, professor Dalton Caldeira Rocha; e da pró-reitora de Ensino, professora Ivana Ferrante Rebello.

As provas do vestibular próprio da Unimontes estão marcadas para o dia 10 de dezembro próximo, visando o preenchimento de 2.734 vagas em 70 cursos de graduação (divididos em dois grupos) para o ano de 2024 (primeiro e segundo semestres). O edital completo pode ser conferido no site: www.coteps.unimontes.br.

Conforme explicou o reitor, 80% das vagas dos cursos da instituição serão oferecidas no seu vestibular próprio e 20% serão preenchidas pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e pelo Sistema de Seleção Unificada-Sisu/MEC. O sistema Sisu/MEC vinha sendo usado integralmente para o ingresso em todos os cursos da Unimontes desde dezembro/2015.

A instituição mantém o sistema de reserva de vagas (50% do total) e, além de egressos de escolas públicas, indígenas e negros (de baixa renda) e de portadores de deficiência, passará a destinar um percentual de vagas para integrantes de comunidades quilombolas (de baixa renda).



PROVAS POR ÁREA DO CONHECIMENTO

Outra novidade anunciada pelo professor Wagner de Paulo Santiago é que os candidatos realizarão provas específicas, diferenciadas por áreas do conhecimento: ciências biológicas e da saúde; ciências exatas e tecnológicas, ciências humanas e ciências sociais aplicadas.

Porém, as provas de redação, Língua Portuguesa, Literatura Brasileira, Língua Estrangeira, Filosofia e Sociologia serão comuns para todos os inscritos.

“O modelo de provas por áreas do conhecimento será adotado como forma de motivar os candidatos a fazer o vestibular”, observou o reitor.



OBRAS INDICADAS



Os candidatos inscritos para o preenchimento de vagas em todos os cursos de graduação deverão fazer a leitura das obras literárias indicadas para o processo seletivo, que estão relacionadas com a temática “sertão”. Conforme anunciou a pró-reitora Ivana Ferrante Rebello, os livros indicados para o Processo Seletivo 01/2024 da Unimontes são: “Grande Sertão: veredas”, de Guimarães Rosa; “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos; e “Hora da Estrela”, de Clarice Lispector.



NOVO CURSO: PSICOLOGIA

A reitoria da Universidade Estadual de Montes Claros também anunciou como uma das novidades do seu vestibular tradicional a criação do curso de Psicologia, de período integral, no campus-sede. Serão preenchidas 70 vagas (35 no primeiro semestre e 35 no segundo semestre de 2024).



INSCRIÇÃO COM VALOR SIMBÓLICO



O professor Wagner de Paulo Santiago informou que a inscrição para o vestibular próprio da Unimontes terá um valor simbólico de R$ 10,00. Aqueles candidatos que não puderem pagar poderão solicitar o pedido de isenção da cobrança simbólica.

“A nossa intenção é que toda a população da área de abrangência da nossa instituição, do Norte de Minas, do Noroeste do estado e dos vales do Jequitinhonha e do Mucuri, venha estudar na Unimontes, uma universidade pública, gratuita e de qualidade”, afirmou o reitor.

Ele destacou que, com a cobrança simbólica, os custos de logística, elaboração e correção de provas, fiscalização, segurança e outras despesas do processo seletivo serão bancados com recursos do Governo de Minas Gerais, que mantém a Unimontes. A instituição também poderá pedir a colaboração da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino Superior do Norte de Minas (Fadenor). Os trabalhos de elaboração das provas são desenvolvidos pela Comissão Técnica para a Organização e Acompanhamento dos Processos Seletivos no âmbito da Unimontes (Coteps), presidida pela professora Jussara Maria de Carvalho Guimarães.



PERÍODO DE INSCRIÇÕES



As inscrições para o Processo Seletivo Unimontes 01/2024 serão realizadas no período de 25 de setembro a 6 de outubro (candidatos da reserva de vagas/pedidos de isenção do valor simbólico) e de 9 de outubro a 3 de novembro (candidatos do sistema universal/ampla concorrência). As inscrições serão feitas pela internet, no site: www.coteps.unimontes.br .



CURSOS DIVIDIDOS EM DOIS GRUPOS

As provas do processo seletivo (múltipla escolha e redação) foram marcadas para o dia 10 de dezembro, com os cursos divididos em dois grupos: 8 às 12 horas (grupo 1) e das 15 às 19 horas (grupo 2). No grupo 1, serão preenchidas 1.329 vagas e no grupo 2 serão ocupadas 1.405 vagas.

O reitor Wagner de Paulo Santiago explica que no grupo 1 serão colocadas vagas nos cursos que vão iniciar as atividades no primeiro semestre de 2024 e no grupo 2 estarão os cursos com o início das atividades letivas previsto para o segundo semestre do ano que vem. Desta forma, o mesmo candidato poderá se inscrever para cursos dos dois grupos e fazer as provas pela manhã e à tarde.



LOCAIS DAS PROVAS: CAMPUS-SEDE E DEMAIS CAMPI DA UNIMONTES



Ainda durante a entrevista coletiva, a gestão superior da Unimontes anunciou que as provas do vestibular próprio serão realizadas no campus-sede, em Montes Claros, e em todos os demais campi da instituição, nos municípios de Almenara, Brasília de Minas, Espinosa, Janaúba, Januária, Paracatu, Pirapora, São Francisco, Salinas e Unaí.



RODÍZIO DE CURSOS

O professor Wagner de Paulo Santiago informou ainda que a Unimontes implementa o rodízio de cursos em seus campi, que vai ser considerado no seu vestibular próprio.

“A nossa proposta é não reduzir o número de cursos, mas sim ampliar as graduações oferecidas nos campi. Porém, existem locais onde não há demandas para os cursos ali oferecidos e está sendo feito um rodízio. Mas, as decisões do rodízio sempre serão tomadas pelos departamentos, de forma democrática e colegiada”, assinala o reitor da Unimontes.



UNIVERSALIZAÇÃO E VALORIZAÇÃO REGIONAL

O reitor da Unimontes, professor Wagner de Paulo Santiago, explicou que a proposta da universidade, ao retomar seu vestibular tradicional, objetiva facilitar o acesso aos seus cursos superiores, buscando também maior inserção na região onde atua.

“A ideia é a universalização do acesso aos cursos de graduação da Unimontes, mas valorizando a região da sua área de abrangência. A instituição sempre foi conhecida como uma universidade de integração regional. E pretendemos fortalecer essa sua condição cada vez mais”, assegurou o reitor.

Na mesma linha, o vice-reitor Dalton Caldeira Rocha complementou: “o objetivo é permitir o incremento da educação superior e facilitar para que a Unimontes tenha um número de alunos cada vez maior e também alunos comprometidos com o desenvolvimento da região onde está inserida”.

“A formação superior é responsável pela melhoria das condições socioeconômicas de qualquer região onde se insere. O papel da universidade é transformar a sociedade. Com a volta do vestibular tradicional, estamos buscando justamente esse resgate do valor da universidade no desenvolvimento regional”, concluiu o professor Dalton Caldeira Rocha.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais