Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - quarta-feira, 24 de julho de 2024

Homem, de 74 anos, morreu ao combater incêndio em 6 hectares de sua propriedade rural

Quinta 28/09/23 - 11h07

Homem de 74 anos morreu ao combater combater incêndio em área de vegetação na zona rural de Bocaiuva.

Foi na comunidade de Catarina.

O fogo consumiu área de seis hectares, de cerrado e pasto.

O Corpo de Bombeiros disse que controlou as chamas usando bombas costais e abafadore.

Perito da Polícia Civil esteve no local.

O corpo do homem veio para o Instituto Médico Legal em Montes Claros.

***

Divulgação do Corpo de Bombeiros:


O Posto Avançado de Bombeiros de Bocaiúva foi acionado pela Polícia Civil, na tarde desta quarta-feira (27/09), por volta das 16h42min, para atendimento de ocorrência de incêndio em vegetação em propriedade rural particular situada na comunidade de Catarina, zona rural de Bocaiuva/MG.

No local, segundo relatos de testemunhas e dos policiais civis de Bocaiuva que estavam no local, por volta das 14:00 horas, o senhor iniciais J.H.S de 74 anos de idade, durante o combate a um incêndio em vegetação na propriedade rural dele, acabou morrendo carbonizado pelas chamas. Um perito médico da Polícia Civil compareceu ao local, e após os trabalhos de perícia, repassou o corpo da vítima para uma funerária de Bocaiuva.

Quanto ao incêndio, este consumiu uma área de aproximadamente seis hectares, composta por uma vegetação de cerrado e pasto. Devidamente equipados, e fazendo uso de bombas costais e abafadores, os Bombeiros realizaram o combate as chamas. Minimizado os riscos, os militares orientaram aos moradores locais a continuarem realizando o monitoramento daquela área, e em caso de reignição do fogo, acionar os Bombeiros através do tridigito 193.

***

Jornal Estado de Minas, de BH:

Homem morre queimado ao tentar salvar a casa dele de um incêndio

Sem experiência no combate ao fogo, o barbeiro DG foi atingido pelas chamas; vítima chegou a ser socorrida, mas morreu numa unidade de saúde
Ivan Drummond

Um barbeiro de 74 anos, conhecido por DG, morreu queimado ao tentar apagar um incêndio em mata que ameaçava a casa dele. O caso aconteceu na comunidade de Catarina, às margens da BR-135, próximo a Bocaiúva, no norte do estado, nessa quarta-feira (27/9).

Segundo o Boletim de Ocorrências (BO) do Corpo de Bombeiros, o fogo começou por volta de 14h. Ao perceber o incêndio vindo na direção da residência onde morava, DG começou a combater o fogo. Mas, inexperiente, acabou atingido pelas chamas e morreu.

Quando os bombeiros chegaram ao local, encontraram o homem ainda com vida e o levaram para a Unidade de Saúde da cidade, onde foi registrada a morte. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Montes Claros. DG era casado e pai de três filhos.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais