Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - sábado, 24 de fevereiro de 2024

M. Claros está entre 8 cidades de Minas alcançadas hoje por operação da Polícia Federal e da Polícia Civil contra abuso sexual de crianças.

Quarta 18/10/23 - 10h02

Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Montes Claros, hoje, como parte de operação de combate ao abuso sexual infantil, nomeada "Mais Fortes que o Mal", conduzida pela Polícia Federal e Polícia Civil de Minas.

Foram apreendidos dispositivos de armazenamento eletrônico, incluindo HDs, pendrives, SSDs e celulares, que serão submetidos à perícia técnica para exame do conteúdo.

A operação envolve o cumprimento de mandados, tomada de depoimentos e a possível prisão em flagrante.

No total, 18 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em diferentes localidades de Minas Gerais pela PF e PCMG, visando o combate ao armazenamento e compartilhamento de imagens de abuso sexual infantil, com penas que podem chegar a até 10 anos de prisão para os envolvidos.

As cidades envolvidas na operação: Belo Horizonte, Divinópolis; Ipatinga; Juiz de Fora; Montes Claros; Uberaba; Uberlândia e Varginha.


***

Jornal O Tempo, de BH:

Operação cumpre quase 30 mandados em MG contra abusos sexuais a crianças

Ação é conjunta entre as polícias Federal e Civil de Minas Gerais


Uma operação conjunta da Polícia Federal (PF) e da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) nesta quarta-feira (18 de outubro) combate os crimes de abuso sexual infantojuvenil em Minas Gerais. A operação foi denominada “Mais Fortes que o Mal” e tem o apoio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

Segundo as informações iniciais, a PF cumpre 18 mandados de busca e apreensão em Minas Gerais, expedidos pela Justiça Federal mineira. Foram dois mandados expedidos pela Superintendência Regional sediada em Belo Horizonte, dois pela delegacia em Divinópolis, dois pela delegacia em Ipatinga, três pela delegacia em Juiz de Fora, três pela delegacia em Montes Claros, dois pela delegacia em Uberaba, um pela delegacia em Uberlândia e dois pela delegacia em Varginha.

A Polícia Civil também cumpre, nesta quarta, mandados contra os mesmos crimes, só que expedidos pela Justiça Estadual mineira. Foram 10 mandados, sendo nove de busca e apreensão e um de prisão, cumpridos por equipes do Departamento Estadual Investigação, Orientação e Proteção à Família e do Departamento Estadual de Combate à Corrupção e a Fraudes.

As investigações seguirão com análises dos materiais apreendidos nesta quarta para buscar identificar eventuais vítimas que aparecem em fotos e vídeos encontrados, bem como para responsabilização de todos os usuários. Os envolvidos poderão responder pelos crimes de armazenamento e compartilhamento de imagens de abuso sexual de crianças e adolescentes, cujas penas máximas somadas podem chegar a até 10 anos de prisão.



***

A partir de agora, as notícias enviadas através do WhatsApp serão atualizadas apenas pelo canal abaixo 👇🏻.

Inscreva-se tocando abaixo

Acesse aqui Acesse o link do canal

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais