Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - segunda-feira, 20 de maio de 2024

Presos "cinco homens, de 18 a 27 anos (...), investigados por agredir um homem, de 45, com pedradas na cabeça, chutes e socos, em Montes Claros, (...) em 12 de março"

Quarta 10/04/24 - 19h04

Divulgação da Polícia Civil:

PCMG prende 5 suspeitos de agredir homem até a morte em Montes Claros

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu, na última sexta-feira (5/4), mandados de prisão preventiva expedidos para um grupo de cinco homens, de 18 a 27 anos de idade, investigados por agredir um homem, de 45, com pedradas na cabeça, chutes e socos, em Montes Claros, na região Norte do estado. O crime ocorreu em 12 de março deste ano.

Conforme apurado, as agressões ocorreram no bairro Santo Antônio, depois que o ônibus ocupado pelos suspeitos e outras pessoas parou em um semáforo.

No local, um dos investigados, de dentro do ônibus, teria incomodado verbalmente mãe e filha que passavam na calçada ao lado do ônibus, e a vítima, em defesa das mulheres, teria feito gestos como se estivesse filmando o ônibus, iniciando a confusão.

A investigação da Polícia Civil apontou que, durante o conflito, um dos passageiros teria jogado um ovo na vítima, que revidou com uma pedrada que quebrou uma das janelas do ônibus.

Neste momento, a vítima correu e alguns passageiros teriam descido do ônibus iniciando uma perseguição.

Uma motocicleta com dois homens e um ciclista, os três ainda não identificados, teriam alcançado a vítima antes do grupo que estava no ônibus.

O ataque ao homem ocorreu com socos, chutes e pedradas, deixando-o inconsciente.

A vítima foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu, no dia seguinte, por traumatismo crânio encefálico. Na ocasião, um dos agressores foi preso em flagrante.

Investigação

Com a investigação avançada, os policiais da equipe especializada de investigação de homicídios apuraram a participação dos outros cinco suspeitos, individualizando a conduta de cada um, em razão das provas técnicas e depoimentos coletados.

A PCMG representou pela prisão dos envolvidos, e o Poder Judiciário deferiu a cautelar. Na sexta-feira (5/4), os outros cinco investigados foram localizados e presos pelos policiais civis.

Os seis suspeitos, indiciados pelo crime de homicídio qualificado, encontram-se no sistema prisional à disposição da Justiça.


***

✅ Clique para seguir o canal da 98FM/montesclaros.com no WhatsApp👇🏻
Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais