Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - quinta-feira, 25 de julho de 2024

Estudo na Inglaterra avança para entender a causa de a Covid atingir algumas pessoas e poupar outras. Veja

Sexta 05/07/24 - 9h13

Estudo da University College London, publicado na revista Nature, identificou gene protetor em pessoas que não contraíram a COVID-19.

A pesquisa envolveu um "ensaio de desafio" onde voluntários saudáveis foram deliberadamente expostos ao vírus SARS-CoV-2.

Os voluntários, que não haviam sido vacinados e não tinham histórico de COVID-19, foram monitorados em uma unidade de quarentena.

Amostras de tecido e sangue foram coletadas e analisadas com tecnologia de sequenciamento de célula única, permitindo acompanhar a evolução da doença.

Os resultados dividiram os voluntários em três grupos:

1 - Seis voluntários desenvolveram COVID-19 leve, testando positivo por vários dias.

2 - Três voluntários tiveram testes virais positivos intermitentes e sintomas limitados.

3 - Sete voluntários não testaram positivo e não apresentaram sintomas.

Nos grupos de infecção transitória e abortada, a resposta imune foi mais rápida e eficaz, especialmente a resposta de interferon, que se espalhou rapidamente do nariz para o sangue.

O estudo identificou o gene HLA-DQA2, altamente expresso nos voluntários que não desenvolveram infecção sustentada, como um possível marcador de proteção.

As descobertas podem ajudar a identificar pessoas protegidas contra a COVID-19 grave e são fundamentais para o desenvolvimento de tratamentos e vacinas futuras, disseram os especialistas.

***

✅ Clique para seguir o canal da 98FM/montesclaros.com no WhatsApp👇🏻
Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais