Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 22 - quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Jornal antecipa que S. Paulo pode aplicar primeiras doses da vacina ainda hoje, logo após reunião da Anvisa (às 10h) e durante fala do governador. Decisão deve sair antes das 15h

Domingo 17/01/21 - 7h04

O Estadão, jornal de S. Paulo, divulgou no final da noite de ontem que a vacina chinesa Coronavac pode ser aplicada ainda hoje, no estado, quando o governador Doria estiver falando sobre uma possível aprovação de uso pela Anvisa.
A matéria, em resumo, diz:
REÚNE
- Anvisa reúne a sua diretoria colegiada neste domingo para decidir se permite ou não o uso emergencial da Coronavac e da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca.
DISTRIBUÍDOS
- Os imunizantes desenvolvidos contra o coronavírus serão distribuídos no Brasil, respectivamente, pelo Instituto Butantã e pela Fiocruz.
QUARTA
- O Ministério da Saúde vem afirmando que, caso as vacinas sejam aprovadas, a vacinação em todo o País começaria já na quarta-feira.
EVENTO
- O ministério, inclusive, planeja um evento, no Palácio do Planalto, em Brasília, para abrir oficialmente a campanha de vacinação.
PODE
- Mas o Estado de S. Paulo pode se antecipar e já vacinar algumas pessoas neste domingo mesmo.
PRIMEIRAS
- As primeiras doses da Coronavac podem ser aplicadas durante o pronunciamento do governador João Doria (PSDB), marcado para ocorrer no Hospital das Clínicas logo ao término da votação da Anvisa.
CONVITE
- Profissionais da saúde de diferentes hospitais do Estado receberam convite para estarem na cerimônia e receberem as primeiras doses da Coronavac.
POLÍTICO
- Alguns médicos ouvidos pela reportagem afirmaram que ainda estão em dúvida em comparecer ao evento por considerar o ato político.
DISPUTA
Quem aplica primeiro a vacina no Brasil virou queda de braço entre o governo federal e o governo de S. Paulo.
15 HORAS
A reunião deve começar às 10h e durar no máximo até as 15h