Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 22 - terça-feira, 27 de julho de 2021

"As manobras de ressuscitação prosseguiram por aproximadamente 40 minutos, porém a vítima não resistiu aos ferimentos e faleceu no local". Foi um atropelamento, na região do Parque Municipal

Terça 15/06/21 - 7h34

Divulgação do Samu:

Homem é atropelado e morre no Major Prates

Um homem, que não foi identificado, morreu após ser atropelado por um carro no bairro Major Prates, em Montes Claros, no início da noite dessa segunda-feira (14).

Instantes após ter ocorrido o acidente, uma equipe da Unidade de Suporte Básico do SAMU passava pelo local e parou para prestar socorro ao paciente que apresentava traumatismo cranioencefálico grave e estava em parada cardiorrespiratória.

Os socorristas iniciaram, imediatamente, as manobras de ressuscitação cardiopulmonar e pediram o apoio médico da Unidade de Suporte Avançado do SAMU que, rapidamente, chegou ao local.

As manobras de ressuscitação prosseguiram por aproximadamente 40 minutos, porém a vítima não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.

***

Divulgação da PM:


– A Polícia Militar, nessa segunda-feira (14), por volta das 18h45min, compareceu na av Francisco Gaitani, bairro Major Prates, para atendimento de uma ocorrência de acidente de trânsito. No local, a equipe policial encontrou a vítima caída no meio da pista e uma equipe do SAMU já se encontrava no local, tendo sido constatado óbito. O condutor do veículo informou que conduzia o veículo GM Celta pela Av Francisco Gaetane no sentido Bairro/Centro, estando na faixa da esquerda da pista, sendo que ao passar pelo local dos fatos dos fatos (proximidades do supermercado (...)) percebeu apenas um vulto e uma colisão na parte da frente do veículo, tendo parado imediatamente para verificar a situação, constatando o ocorrido. Segundo a equipe médica do SAMU, quando chegaram ao local à vítima já estava sem vida. O perito da Polícia Civil realizou os trabalhos de praxe e em seguida liberou o corpo da vítima para os funcionários da funerária. O condutor foi submetido ao teste de alcoolemia, dando negativo quanto à ingestão de bebida alcoólica. Não foi possível fazer a identificação da vítima, pois aparentemente trata-se de um morador de rua (andarilho) e não portava nenhum tipo de documento.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais