Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - sábado, 2 de julho de 2022
 

Este espaço é para você aprimorar a notícia, completando-a.

Clique aqui para exibir os comentários


 

Os dados aqui preenchidos serão exibidos.
Todos os campos são obrigatórios

Mensagem: Covid-19 em Minas Gerais Cálculos das variações percentuais dos números de mortes devidas à Covid-19, entre 15 a 22/11 e 29/11 a 6/12 (2 períodos de 7 dias cada), relativas aos 30 municípios entre os de maiores populações de Minas Gerais, revelaram que 5 municípios (16,7%) reduziram seus respectivos percentuais, 10 (33,3%) aumentaram e 15 (50,0%) não reduziram, nem aumentaram. - Minas Gerais aumentou 54,9%, passando de 102 para 158 mortes, do 1º para o 2º período. As 5 reduções foram: Uberlândia (25,0%, de 4 para 3 mortes), Uberaba (50,0%, de 4 para 2 mortes), Betim (33,3%, de 3 para 2 mortes), Montes Claros (50,0%, de 2 para 1 morte) e Santa Luzia (33,3%, de 3 para 2 mortes). ​- 10 municípios em que houve aumentos: Belo Horizonte 31,6%, de 19 para 25 mortes; Divinópolis 100,0%, de 1 para 2 mortes; Governador Valadares 125,0%, de 4 para 9 mortes; Contagem 900,0%, de 1 para 10 mortes. Ipatinga, Patos de Minas, Vespasiano, Coronel Fabriciano e Pirapora: infinito (de 0 para 1 morte cada) e Caratinga, infinito (de 0 para 7 mortes). - 15 municípios em que não houve variações percentuais do 1º para o 2º período: Nenhuma morte nos 2 períodos: Teófilo Otoni, Varginha, Curvelo, Pouso Alegre, Sabará, Sete Lagoas, Araguari, Itabira, Janaúba e Januária. 9 mortes em cada período: Juiz de Fora; 2 mortes em cada período: Ribeirão das Neves e Poços de Caldas; 1 morte em cada período: Ibirité e Passos. - 5 maiores números absolutos de mortes entre 29/11 e 6/12: Belo Horizonte (25), Contagem (10), Juiz de Fora e Governador Valadares (9 mortes cada), Caratinga (7) e Uberlândia (3). - Quantidade de municípios com zero mortes no 1º período: 16 (53,3%). Idem, no 2º período: 10 (33,3%). - Total de mortes nos 30 municípios no 1º período: 56. Idem, no 2º período: 83. Aumento de 48,2%. Tanto o Estado de Minas Gerais, quanto os 30 municípios incluídos nesta análise apresentam aumentos percentuais do número de mortes por Covid-19, respectivamente, de 54,9% e 48,2%. Os comentários anteriores permitem-nos identificar facilmente quais os municípios aumentaram, os que reduziram e os que não tiveram variações percentuais entre os 2 períodos analisados. Da mesma forma, o Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde, permite identificação semelhante a nível do Estado de Minas Gerais. A partir destas constatações as autoridades sanitárias podem direcionar suas ações, em caráter prioritário, para os municípios em situações mais críticas, visando melhor performance de cada um e do Estado em geral. Dados de Minas Gerais em 6/12/21, às 16h37m: Casos confirmados 2.211.716; Casos recuperados 2.140.376; Óbitos confirmados 56.322. Afonso Cláudio de Souza Guimarães 06/12/21, 18h52m.

Preencha os campos abaixo
Seu nome:
E-mail:
Cidade/UF: /
Comentário:

Trocar letras
Digite as letras que aparecem na imagem acima