Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - domingo, 29 de maio de 2022
 

Este espaço é para você aprimorar a notícia, completando-a.

Clique aqui para exibir os comentários


 

Os dados aqui preenchidos serão exibidos.
Todos os campos são obrigatórios

Mensagem: As tragédias rodoviárias não param Preferia estar falando sobre o Natal, da Sagrada Família, de Santo Estevão, primeiro mártir cristão, mas: ´ 1 morte e 6 feridos, de madrugada, em acidente envolvendo ônibus (de M. Claros) e carro, perto de Corinto. O motorista do carro, de Corinto, viajava sozinho e morreu. Domingo 26/12/21 - 10h16´. Em 6 acidentes noticiados pelo montesclaros.com, em rodovias do Norte e Centro de Minas, de 19 a 26/12/21: 6 mortos, sendo 3 em Buritizeiro, 1 em Cabeceiras (zona rural de Moc ), 1 em Bocaiuva e 1 em Corinto (neste, poderia ter sido maior número porque o ônibus de M. Claros tombou e havia 30 passageiros nele). Feridos: 10, sendo 4 em Buritizeiro e 6 em Corinto. Fim de ano? Não. Por causa da chuva? Não. Isto acontece o ano todo, entra ano, passa ano, com ou sem chuva, infelizmente. As causas são de amplo conhecimento, seja por falhas humanas dos motoristas, sejam devidas às rodovias mal projetadas, conservadas e fiscalizadas, principalmente inadequadas para trânsito excessivo de veículos enormes, tais como caminhões, cegonheiras, bi-trens, tri-trens etc., por serem de pistas simples, nas quais os eventuais choques frontais ou traseiros, envolvendo esses veículos e os de menor porte, normalmente resultam em vítimas fatais e feridos graves ou gravíssimos, pela elevadíssima energia mecânica (cinética) no momento dos choques. Já abordei este assunto em inúmeras mensagens aqui neste Mural, mostrando, inclusive, as vantagens e segurança do transporte ferroviário moderno e do aéreo/rodoviário comercial, que ligam Montes Claros a outras regiões de Minas e do Brasil (o transporte ferroviário de passageiros por aproximadamente 70 anos, de 1926 a 1996 e o aéreo comercial há 83 anos). Quem sabe, mais uma mensagem pode ajudar alguma coisa? Não custa tentar. Há exatos 50 anos, em 26/12/1971, faleceram Luiz Victor, meu irmão, e Paulo Afonso, nosso irmão espiritual, em acidente de carro próximo à Cerâmica Cowan, na estrada do Aeroporto de Moc. Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno e brilhe para eles a Vossa luz e que São Cristóvão proteja todos os motoristas. Eng. Afonso Cláudio de Souza Guimarães 26/12/21, 13h42m.

Preencha os campos abaixo
Seu nome:
E-mail:
Cidade/UF: /
Comentário:

Trocar letras
Digite as letras que aparecem na imagem acima