Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - terça-feira, 27 de fevereiro de 2024
 

Este espaço é para você aprimorar a notícia, completando-a.

Clique aqui para exibir os comentários


 

Os dados aqui preenchidos serão exibidos.
Todos os campos são obrigatórios

Mensagem: Esperando Milei Manoel Hygino O que acontecerá a partir de 10 de dezembro na Argentina é a grande interrogação que paira no ar. O presidente eleito cumprirá suas promessas, ousadas algumas? Uma série de expectativas se abrem porque o povo está sufocado por dificuldades, dores e angústias, após ter elevado o país a um dos mais avançados e ricos do planeta lá pelos anos 1920. O candidato Massi, ex-ministro da Economia, perdeu o pleito, mas aí está Massi com a corda toda. Os antigos dias voltarão? Os sucessores de Gardel cantarão seus sucessos pelas rádios como em época gloriosa? A América, especialmente, espera ansiosa, principalmente o Brasil – o seu segundo parceiro econômico. Da importância do país vizinho se poderá avaliar que se construiu uma ferrovia que ligava as duas principais capitais a Bueno Aires. Uma viagem inesquecível através de uma das regiões mais belas do território brasileiro até a capital portenha, então com mais prestígio junto aos turistas do que Rio de Janeiro. Vivia-se nos primeiros decênios do século XX, na época de Percival Farquhar, “um empreendedor de acurada visão futura e invulgar coragem”, como o classifica o excelente escritor Enéas Athanázio, de Santa Catarina. Ele conhece muito sobre a lendária construção de uma ferrovia sobre a qual restam pontos a aclarar. Depois de empreendimentos em Cuba e na Guatemala, voltou-se o empresário para a América do Sul e o Brasil, especialmente, ponto de partida para o império que sonhou edificar, conhecido como Sindicato Farquhar. Este incluía portos, exploração de minérios e madeira, frigoríficos, gado, colonização, terras, energia elétrica, carvão e outros. Em termos de ferrovia, planejava implantar uma rede transcontinental de trilhos que cobririam o Brasil, Paraguai, Bolívia, Uruguai, Argentina e Chile. Só esse tema exigiria dezenas de autores, como parcialmente aconteceu. A década de 1930, contudo, contribuiu para modificar o destino do país sulino, como aconteceu com o Brasil, que muito sofreu, mas tem sabido, a duras penas, superar as dificuldades e manter a esperança de milhões de pessoas. Com Milei, na Argentina, eis novas perspectivas, embora o candidato eleito seja controvertido, assim como suas ideias e planos. Resta esperar.

Preencha os campos abaixo
Seu nome:
E-mail:
Cidade/UF: /
Comentário:

Trocar letras
Digite as letras que aparecem na imagem acima