Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - quarta-feira, 6 de julho de 2022

Duas doses da vacina chinesa Coronavac (a mais usada em M. Claros, no início da vacinação) são suficientes para neutralizar a variante Ômicron, afirma pesquisa do Butantan

Quinta 13/01/22 - 5h54

A notícia foi publicada originariamente pela CNN Brasil:

- Duas doses da vacina Coronavac, contra a Covid-19, neutralizam a variante Ômicron. A capacidade é igual ou superior à da vacina da Pfizer para a mesma linhagem, de acordo com dados de pesquisas fornecidos pelo Instituto Butantan obtidos com exclusividade pela CNN.

- Segundo o instituto, a efetividade da vacina foi comparada em quatro estudos científicos. A primeira pesquisa reúne resultados do ensaio de neutralização da Coronavac para a variante Ômicron. Os outros três trabalhos se referem a diferentes ensaios de neutralização da Pfizer contra a Ômicron.

O que dizem os estudos

- O ensaio de neutralização da Ômicron pela Coronavac foi publicado na segunda-feira (10) no periódico científico Emerging Microbes & Infections. O estudo foi conduzido por pesquisadores chineses da Universidade Fudan e da Universidade de Medicina Tracional Chinesa, em Xangai, da Universidade Jinan, em Guangdong, e da Universidade de Hong Kong.

- Para a análise, os pesquisadores geraram partículas semelhantes ao vírus (pseudovírus) contendo a proteína Spike de sete cepas do novo coronavírus: as variantes de preocupação Ômicron, Alfa, Beta, Gama e Delta, além das variantes de interesse Lambda e Mu.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais