Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - sábado, 15 de junho de 2024

Gasolina será vendida a 3 reais e 77 centavos nesta quinta-feira 25 de maio. M. Claros é uma das 11 cidades de Minas mobilizadas no Dia Livre de Impostos. Saiba mais

Quarta 24/05/23 - 19h05

Divulgado pela Câmara de Dirigentes Lojistas de M. Claros:


Dia Livre de Impostos vende gasolina a R$ 3,77 e comemora alíquota única que passa a ser vigente dia 1o de junho

Desconto no dia 25 de maio será de R$ 1,31 por litro do combustível

Amanhã dia 25 de maio, os comerciantes em todo o país realizam um grande protesto contra um dos grandes vilões do crescimento econômico brasileiro: a alta carga tributária embutida em produtos e serviços.

O Posto Fácil Filial - Av. Deputado Plinio Ribeiro, 800- Esplanda, Comercializará 1.500 litros de gasolina comum sem a incidência de impostos, limitados a 51 motos (7,95 litros para cada) no valor de R$ 30,00 – e 51 carros (21,22 litros para cada) – R$ 80,00 O objetivo é contemplar o maior número possível de consumidores.

O valor de R$3,77 litros representa o preço da gasolina comum sem a incidência de três impostos (CIDE, ICMS e PIS/COFINS), que representam cerca de 34,7% do preço final do produto.

“Combustível é o produto que o consumidor observa com mais clareza como a carga tributária impacta no valor final da bomba.

É um produto de extremo valor para a população, em que as pessoas utilizam para trabalhar, levar e buscar os filhos na escola, se locomoverem, faz girar a economia”, salienta o presidente do Minaspetro Rafael Macedo.

“Combustível, possivelmente, é o produto que o consumidor observa com mais clareza como a carga tributária é nociva no valor final da bomba. Não por acaso, tradicionalmente, longas filas se formam no dia da ação, mostrando que é um produto que o cliente precisa sempre para se deslocar e trabalhar”, salienta.

A ação do posto no DLI desmistifica a ideia de que o dono do posto é o culpado pelo valor da gasolina nas bombas, uma vez que diversos outros fatores e elos produtores da cadeia como a Petrobras, frete, usinas de cana-de-açúcar, além dos impostos, são responsáveis pelo elevado preço dos combustíveis (...).

A partir do dia 1o de junho, o ICMS, imposto estadual da gasolina, passa a ter uma alíquota única, válida para todo o Brasil.

O valor será de R$ 1,22 por litro do combustível.

O convênio do Confaz, que determinou a medida conforme preconiza da Lei Complementar 192.

A despeito da majoração, o mercado tem visto com bons olhos a aplicação da alíquota única, uma vez que ela elimina por completo a guerra fiscal entre os estados, tornando os postos, especialmente do Sul de Minas Gerais, mais competitivos em comparação com São Paulo.

“Além disso, vale destacar, que em junho de 2022, o ICMS representava cerca de R$ 2,08 por litro no preço final da bomba. Ou seja, a alíquota única acabou ficando abaixo do que o mercado estava esperando”, explica Rafael Macedo.

O DLI

A campanha, já tradicionalmente realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), visa orientar a população quanto a alta carga tributária que incide, direta e indiretamente, sobre o preço de diversos produtos, entre eles os combustíveis.

Diversas instituições do comércio apoiam e patrocinam a iniciativa, entre elas o Sindicato, representante dos mais de 4,4 mil postos de combustíveis no estado.

O presidente do Minaspetro, Rafael Macedo, ressalta a visibilidade da campanha perante à sociedade. “Temos o mote que ‘a culpa não é do posto, mas sim do imposto’ e este conceito fica claro com o DLI realizado nos postos do estado. É preciso que imprensa, sociedade, motoristas e motociclistas entendam como funciona a complexa formação de Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado de Minas Gerais Rua Amoroso Costa, 144 - Santa Lúcia - Belo Horizonte - Minas Gerais
Cep: 30350-570 – Tel.: (31) 2108.6500 – 0800 005 6500 (interior de MG)
Fax: (31) 2108.6530

Preços dos combustíveis

Para se ter uma ideia, a Petrobras, ano passado, aumentou o valor da gasolina que sai das refinarias em 60%.

Enquanto as pessoas não se conscientizarem disso, quem de fato ganha com o alto preço dos combustíveis continuará se beneficiando livremente às custas da população.”

Este ano, 11 cidades irão realizar o DLI simultaneamente: Teófilo Otoni, Muriaé, Montes Claros, Juiz de Fora, Ipatinga, Varginha, Uberlândia, Conselheiro Lafaiete, Governador Valadares, Divinópolis e Belo Horizonte.

Em Montes Claros, a CDL iniciou a mobilização desde o final do mês de Abril desse ano, uma campanha abrangente de divulgação do DLI e de conscientização da população acerca da elevada carga tributária que recai sobre os produtos.

Ressalta-se que desde a primeira edição do Dia Livre de Impostos, em 2006, que a CDL Montes Claros em parceria com a Minaspetro, realiza uma ação de mobilização e comercialização de combustível em um posto de gasolina da cidade com o produto sem impostos.

O valor é tão atraente que a cada nova edição do DLI as filas formam-se rapidamente e são bastante expressivas.

Todavia, as ações da CDL Montes Claros não se restringem a este produto, aderindo-se a uma campanha de projeção nacional da CNDL, em que foi construído um site para que os associados que desejarem fazer parte da mobilização, cadastre a sua empresa e divulgue os produtos que serão comercializados com desconto, tendo em vista a redução da carga tributária, sendo que para alguns produtos o percentual pode atingir 60%.

Para o Presidente da CDL, Ernandes Ferreira da Silva, “o DLI é mais uma oportunidade dos associados da CDL Montes Claros mostrarem para seus clientes que os preços praticados em suas organizações devem-se em boa medida a alta carga tributária que a empresa paga, além de demonstrar que estamos todos imbuídos no mesmo objetivo de atender nosso cliente com dedicação e transparência e lutando para a que reforma tributária seja a nossa realidade em um futuro próximo”. O endereço eletrônico que dará acesso ao lojista para fazer parte do DLI é https://dialivredeimpostos.com.br

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais