Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - sexta-feira, 12 de julho de 2024

Condenado pelo STF, ex-presidente Collor não será preso por ainda caber recurso ao próprio STF. Pena recomendada vai a 33 anos e deverá ser decidida quarta-feira

Quinta 25/05/23 - 16h17

O Supremo Tribunal Federal concluiu o julgamento e condenou o ex-presidente e ex-senador Fernando Collor pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro relacionados a um esquema na BR Distribuidora.

Ainda está sendo determinada a pena a ser imposta a Collor.

Oito magistrados votaram pelo enquadramento dos crimes, sendo que quatro deles também o consideraram culpado por organização criminosa.

Um ministro entendeu que o crime foi associação criminosa, com uma pena menor.

Dois ministros votaram pela absolvição.

O relator propôs uma pena de 33 anos, dez meses e dez dias de reclusão em regime inicial fechado, mas a Corte ainda não definiu o tempo exato de pena.

Collor não será preso imediatamente, pois ainda cabe recurso ao STF.

Esta foi a sexta sessão consecutiva que analisou a ação penal contra Collor. A defesa de Collor alega sua inocência e confia que essa convicção prevalecerá até o resultado final do processo.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais