Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - quarta-feira, 19 de junho de 2024

Jornal de BH sobre acidente em Salinas, no dia 17 de julho: "O motorista do carro que capotou foi indiciado por triplo homicídio e por três crimes de lesão corporal grave"

Quarta 18/10/23 - 13h10

Jornal Estado de Minas, de BH:

Homem é preso por triplo homicídio após grave acidente no Norte de MG

Acidente ocorreu em 17 de julho depois da tradicional "Festa da Cachaça". Um ciclista e dois ocupantes de carro morreram no local
Ivan Drummond

Está preso, no presídio de Salinas, no Norte do estado, um homem, de 43 anos, investigado por triplo homicídio e três crimes de lesão corporal de natureza grave no trânsito. A prisão ocorreu em consequência da Operação Ver o Oco, desencadeada na última segunda-feira (16/10). Um segundo suspeito, de 26, que contribuiu para os crimes, também foi indiciado pelos mesmos delitos.

No último dia 17 de julho, aconteceu, em Salinas, a tradicional "Festa da Cachaça". Os dois investigados, de 26 e 43 anos, beberam durante toda a noite e a madrugada. Pela manhã, resolveram ir até a barragem da cidade. Foram em seus veículos e levaram alguns conhecidos.

Os carros estavam lotados, sendo que em cada um, havia duas pessoas no banco da frente do passageiro. Seguiram para a barragem pelo anel viário de Salinas, uma estrada estreita, de grande movimento e alto índice de acidentes.

Os dois veículos, segundo apurado pela Polícia Civil, trafegavam em alta velocidade e fazendo ultrapassagens. Em dado momento, um dos motoristas, o homem de 46 anos, perdeu o controle da direção e capotou seguidas vezes.


Três mortes
No capotamento, o carro atingiu um ciclista que trafegava pela estrada, de 59 anos, que morreu no acidente. Outros dois ocupantes do veículo, uma jovem de 17 anos, e um homem de 32, que estavam no banco da frente, também morreram.

Segundo o delegado José Eduardo Gonçalves dos Santos, que presidiu o inquérito, a dinâmica do acidente consiste no fato que o primeiro a morrer foi o ciclista, atropelado. Na sequência, as portas do veículo abriram e os passageiros foram jogados para fora. "Além disso, três pessoas ficaram feridas. No mesmo dia, o suspeito foi autuado em flagrante, e a autoridade policial arbitrou fiança de R$ 50 mil. O valor foi quitado e ele foi colocado em liberdade."

O delegado José Eduardo informa que as investigações prosseguiram e as provas colhidas, inclusive técnicas, permitiu constatar que "ambos os suspeitos assumiram o risco e não se importaram com o resultado, portanto, em decorrência de duas ações, na condução do veículo, de forma voluntária e deliberada, três pessoas faleceram e outras três ficaram feridas".

O motorista do carro que capotou foi indiciado por triplo homicídio e por três crimes de lesão corporal grave. Já o outro suspeito de envolvimento, que também participou do crime, também foi indiciado pela mesma conduta. "Os indiciados respondem, na medida de suas responsabilidades, pela participação no resultado".


***

A partir de agora, as notícias enviadas através do WhatsApp serão atualizadas apenas pelo canal abaixo 👇🏻.

Inscreva-se tocando abaixo

Acesse aqui Acesse o link do canal

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais