Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - sábado, 24 de fevereiro de 2024

Em bairro de M. Claros, na última madrugada, homem de 39 anos usa faca contra companheira, em bar, durante show ao vivo. "...foi linchado por populares no momento em que tentava evadir"

Segunda 06/11/23 - 6h35

Divulgado pelo Samu:



SAMU presta atendimento a mulher após ser esfaqueada

A Unidade de Suporte Avançado do SAMU prestou socorro a uma mulher de 39 anos vítima de ferimento por arma branca na madrugada desta segunda-feira (06), no bairro São Geraldo II, em Montes Claros.

A mulher foi atingida por dois golpes de faca nas costas. A mesma queixava-se de dor na região do tórax e apresentava dificuldade de respirar. A equipe médica do SAMU prestou os primeiros socorros a paciente no local e, em seguida, a encaminhou para o Hospital Universitário.

***

Divulgação da PM:

A Polícia Militar de Minas Gerais, por meio de sua 11ª RPM, foi acionada, na madrugada desta segunda-feira (6), a comparecer à Praça, no Bairro São Geraldo 2, em Montes Claros, onde uma mulher, de 39 anos, foi esfaqueada.

Quando os militares chegaram ao local, encontraram a vítima consciente e sentada em uma cadeira.

De acordo com o Samu, ela foi golpeada nas costas e estava com dor no tórax e com dificuldade para respirar.
A filha da vítima testemunhou o corrido e contou aos policiais que a mãe estava em um bar onde era realizado um evento com música ao vivo e, de repente, o autor chegou ao local armado com a faca, agrediu a companheira com socos e a esfaqueou em seguida.

O homem, de 39 anos, foi linchado por populares no momento em que tentava evadir do local. Ele sofreu lesões na cabeça e no rosto.

O acusado foi preso pela PM, levado ao Hospital Santa Casa e, depois, para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil, que investigará a motivação do crime.

***

Jornal O Tempo, de BH:

Mulher é esfaqueada e agredida por companheiro em bar no Norte de Minas

Filha presenciou o crime durante a madrugada
Lucas Gomes

Uma mulher de 39 anos foi agredida com socos e esfaqueada pelo companheiro, também de 39 anos, em um bar na madrugada desta segunda-feira (6 de novembro). O crime foi no bairro São Geraldo 2, em Montes Claros, no Norte de Minas.

Quando os militares chegaram ao local, encontraram a vítima consciente e sentada em uma cadeira. O Samu confirmou as facadas nas costas. A vítima estava com dor no tórax e com dificuldade para respirar.

A filha da vítima, que não teve a idade divulgada, contou aos policiais que a mãe estava em um bar onde era realizado um evento com música ao vivo e, de repente, o autor chegou ao local armado com a faca, agrediu a companheira com socos e a esfaqueou em seguida.

O suspeito foi contido e linchado por populares. Ele sofreu lesões na cabeça e no rosto. O acusado foi preso pela PM, levado ao Hospital Santa Casa e, depois, para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil, que investigará a motivação do crime.

***

Jornal Estado de Minas, de BH:

Homem é espancado por populares após esfaquear mulher em bar em Minas

Filha da vítima disse que a mãe estava no estabelecimento, em Montes Claros, onde acontecia uma apresentação musical, quando o homem entrou no local com uma faca na mão
Bruno Luis Barros

Um homem de 39 anos foi linchado por populares após agredir a companheira, de mesma idade, com socos, chutes e facadas em um bar de Montes Claros, no Norte de Minas Gerais. O crime aconteceu no Bairro São Geraldo II na madrugada desta segunda-feira (6/11) e ele terminou preso pela Polícia Militar.

Conforme o registro da ocorrência, a filha da vítima disse que a mãe estava no estabelecimento, onde acontecia uma apresentação musical, quando o homem entrou no local com uma faca na mão e golpeou a mulher nas costas. Antes disso, ele deu socos e chutes nela.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) conduziu a vítima ao Hospital Universitário. Conforme a equipe, ela estava consciente, queixava-se de dores no tórax e apresentava dificuldade para respirar.

O homem teria tentado fugir após as agressões, quando foi contido e agredido por pessoas que presenciaram a violência contra a mulher. Quando os militares chegaram ao local, ele estava com lesões na cabeça e no rosto e foi conduzido pelos militares à Santa Casa e, depois, para a delegacia de plantão.





***

A partir de agora, as notícias enviadas através do WhatsApp serão atualizadas apenas pelo canal abaixo 👇🏻.

Inscreva-se tocando abaixo

Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais