Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - segunda-feira, 20 de maio de 2024

Por 277 votos a favor e 129 contra, Câmara aprovou manter preso o deputado acusado da morte de vereadora. Cassação do mandato começa a tramitar

Quinta 11/04/24 - 7h01

A Câmara dos Deputados aprovou o parecer que mantém a prisão do deputado Chiquinho Brazão, acusado de ser um dos mandantes do assassinato da vereadora Marielle, no Rio.

O parecer foi aprovado com 277 votos a favor e 129 contra, ultrapassando o mínimo de 257 votos necessários.

Dos 435 deputados que votaram, 28 se abstiveram.

A prisão de parlamentares em exercício requer aprovação do plenário da Câmara, conforme a Constituição.

O Conselho de Ética da Câmara iniciou um processo que pode resultar na cassação do mandato de Brazão.

Ele foi preso em 24 de março por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do STF.


***

✅ Clique para seguir o canal da 98FM/montesclaros.com no WhatsApp👇🏻
Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais