Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - sexta-feira, 20 de maio de 2022

3 homens e clima de duelo na Várzea Bonita, a 140 km de Januária: ontem, Noite de Natal, uma criança de 3 anos - que brincava na rua - morreu, assim como 2 homens. (O menino era filho único, de casal que havia perdido o primeiro, no parto)

Domingo 26/12/21 - 13h51

Tudo aconteceu na Noite de Natal, ontem, em Januária:

Num clima de duelo, 2 homens morreram.

Uma criança que brincava na rua levou um tiro na cabeça, no meio da briga, e também morreu. Tinha 3 anos.

Foi na Várzea Bonita, povoado distante 140 km de Januária, município que é o maior de Minas em extensão.

Tudo começou com uma briga, na comunidade, na Noite de Natal, ontem 25 de dezembro.

Após aprimeira briga, 2 homens armados de facas foram atrás de um terceiro.

Este, tomou de um revólver e atirou. Nesta hora, a criança foi morta, na rua.

Um dos 2 homens que vinham também foi morto.

O outro, apossou-se do revólver e matou o atirador. Tinham 32 e 38 anos.


3 corpos foram remetidos para a Medicina Legal, em Januária.


O menino é filho único de um trabalhador rural e de dona de casa. A mãe havia perdido o primeiro filho, logo depois do parto.

Após ser atingido na cabeça, ele foi levado para a cidade de Chapada Gaúcha, mas chegou lá morto.

***

Jornal Estado de Minas:

Menino de 3 anos morre com tiro na cabeça na noite de Natal

A criança levou um tiro de arma de fogo em uma briga de bar em Januária, no interior de Minas, e não resistiu aos ferimentos. Outros dois homens morreram

Jéssica Mayara

Uma briga de bar na noite desse sábado (25/12) terminou em tragédia em Januária, no interior de Minas Gerais, em pleno Natal. A discussão entre dois homens, de 32 e 36 anos, supostamente em razão de uma rixa antiga por conta de animais, terminou por causar a morte dos dois homens e ferir fatalmente uma criança de apenas 3 anos de idade na cabeça.
Segundo a Polícia Militar do município, a briga teve início em um bar. Segundo a versão de um terceiro homem, de 20 anos, preso em flagrante, ele teria ido com o amigo, ambos armados com faca, atrás do desafeto.
Ao passarem em frente ao imóvel, o homem havia disparado contra eles. Em seguida, ele e seu amigo teriam escutado vizinhos dizendo que uma criança havia sido atingida.
Foi neste momento, então, que, segundo a PM, uma bala perdida acertou uma criança de 3 anos, que morava na residência ao lado. O menino chegou a ser socorrido para um hospital na Chapada Gaúcha, mas morreu a caminho da unidade de saúde.
Conforme os relatos do jovem preso pela Polícia Militar, ao entrar na casa, o seu amigo foi alvejado e, mesmo ferido, esfaqueou as costas do seu desafeto. A vítima teria tentado disparar mais uma vez, mas não conseguiu. Neste momento, ele, então, desferiu vários golpes de faca contra o atirador.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais