Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - sábado, 21 de maio de 2022

Cidade de Divinópolis, a 125 km de Belo Horizonte, registra tremor de terra de 2,9 graus

Terça 11/01/22 - 15h24

Tremor de 2,9 na Escala Richter foi registrado na noite dessa segunda-feira (10) na cidade Divinópolis, a poucos quilômetros de BH.

Moradores disseram que houve barulho e medo.

- “Gente, o que está acontecendo com Divinópolis este ano?

- O barulho e ‘tremor’ que alguns moradores relataram ter ouvido ontem, foi de fato um TREMOR DE TERRA de magnitude 2,9 na escala Richter!”, escreveu um vereador.

***

Jornal Estado de Minas:

Tremor de terra assusta moradores em Divinópolis

O abalo sísmico com magnitude de 2.9 na escala Richter foi registrado pelo monitor da USP

Amanda Quintiliano

Um tremor de terra assustou moradores de Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas, na noite desta segunda-feira (10/1). Após várias especulações, a confirmação: foi registrado abalo sísmico pelo Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) com magnitude de 2.9 na escala Richter.

No monitor sísmico da USP e também no site da Rede Sismográfica Brasileira (RSB), o evento aparece como o último mais significativo.

O tremor foi sentido em vários bairros de Divinópolis, porém com mais intensidade na região do Centro Industrial, no Icaraí. Moradores do Candelária, Lagoa dos Mandarins também relataram terem sentido a terra tremer.

“Gente, minha porta e as janelas tava tudo tremendo agora, meu Deus”, relatou uma moradora nas redes sociais.

O medo tomou conta de moradores que já vivem a apreensão das chuvas e do risco de inundação.

“Todo mundo do Icaraí escutou, até lá perto da Floramar. Todo mundo apavorado querendo saber”, disse outra moradora.

“Aqui no Lagoa dos Mandarins as casas tremeram foi tudo. Um estrondo mais louco. Mesma coisa se tivesse explodindo pedreira”, contou outro morador do Icaraí.
O abalo também foi sentido, porém de forma mais leve, na região do Manoel Valinhas, Bom Pastor.

Os primeiros relatos começaram pouco após às 20h. Foi neste mesmo horário (de Brasília) em que a estação registrou o abalo sísmico. No monitor sísmico aparece o horário de 23h13 UTC, que na conversão para o horário de Brasília é às 20h13.

As causas deste tremor ainda não foram detalhadas.
Especulações

Junto com os relatos também vieram as especulações. A primeira informação recebida pela Defesa Civil do município é de que teria ocorrido uma explosão em uma empresa que fica às margens da MG-050, próximo ao Centro Industrial. Entretanto, a informação foi descartada pela superintendência da pedreira após vistoria no local.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais