Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - terça-feira, 27 de setembro de 2022

"Marcações pungentes, fortes, atávicas. Que recordam a todos: sempre nesta época - com a vinda dos ipês amarelos de agosto - as ruas precisam e devem se fechar ao tráfego para que eles - com a permissão duplamente centenária - transportem liturgia sagrada, de cantos e danças, que vem de gerações de avós, pais e filhos. Vem do tempo em que o ajuntamento novo tinha apenas centenas de pessoas"

Quinta 18/08/22 - 16h09






O Reinado de Nossa Senhora do Rosário, o primeiro das festas de agosto, demorou muito a sair da Praça do Automóvel Clube nesta manhã de quinta-feira e só chegou à Igrejinha do Rosário depois das 13h.

Teria sido consequência do grande atraso ocorrido no levantamento do primeiro mastro, na noite de ontem, e que chegou depois da meia-noite.

O público nas ruas, nesta manhã, ainda não foi o mesmo dos outros anos, em consequência dos reflexos tardios da pandemia.

Contudo, muito gente que não vinha a M. Claros pode ser vista nas ruas, aplaudindo os catopês, marujos e caboclinhos, desfile suspenso nos últimos 2 anos.

Para não quebrar a tradição, a manifestação foi mantida simbolicamente, através de pequena representação em 2020/21.

Na noite de hoje, será erguido o segundo mastro, o de S. Benedito.

Como sempre, o mastro é marcado para 22/23h, mas dificilmente ocorre no horário.

Apesar das dificuldades do recomeço, os catopês levantam aplausos e lágrimas pelas ruas centrais de M. Claros, com o fervor dos seus ritmos ancestrais.

Marcações pungentes, fortes, atávicas.

Que recordam a todos:

sempre nesta época - com a vinda dos ipês amarelos de agosto - as ruas precisam e devem se fechar ao tráfego para que eles - com a permissão duplamente centenária - transportem liturgia sagrada, de cantos e danças, que vem de gerações de avós, pais e filhos.

Vem do tempo em que o ajuntamento novo tinha apenas centenas de pessoas..

Daí a importância sem igual da festa, que em determinados momentos declinou, mas que ressurgiu; e também para o exercício de gratidão aos grandes beneméritos, como o médico e historiador Hermes de Paula.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais