Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Por 4 horas, PM tentou neutralizar homem em M. Claros: "... empreendeu fuga, algemado, correndo para o interior de sua residência, onde havia um cão pit bull, dificultando o acesso dos policiais a realizar a perseguição"

Sexta 01/12/23 - 8h22

Divulgação da PM:


A Polícia Militar de Minas Gerais, por meio de sua 11ª RPM, foi acionada, na tarde dessa quinta-feira (30), a comparecer à Rua Maria Efigênia, Bairro Nova Morada, em Montes Claros, onde, conforme denúncia, uma mulher estaria pedindo por socorro.

Uma guarnição foi empenhada e os militares foram recebidos por um homem, de 31 anos, que, ao ser questionado, destratou os policiais e disse que havia colocado a namorada para fora de sua residência.

Ao ser interpelado, o autor ameaçou os militares e proferiu palavrões.

Foi dada voz de prisão ao autor, sendo necessário o uso de algemas.

Durante a algemação, o homem alegava estar machucado, devido ter sofrido um acidente com a sua motocicleta, alegando estar com a perna quebrada e com dores na região lombar, momento em que empreendeu fuga, algemado, correndo para o interior de sua residência, onde havia um cão pit bull, dificultando o acesso dos policiais a realizar a perseguição.

Em ato contínuo, o morador subiu para o andar superior da casa e escondeu-se em cima do telhado do vizinho.

Foi dada ordem para que ele descesse, porem sem êxito.

Em seguida, o homem ameaçou se jogar do alto do telhado caso os policiais se aproximassem dele. Foi solicitado apoio, sendo realizado o isolamento do perímetro.

O homem, a todo o momento, demonstrava-se irredutível e ameaçava se jogar do alto do imóvel.

Uma equipe do CBMMG foi solicitada e compareceu ao local auxiliando nas negociações que perduraram por mais de 4 horas.

O indivíduo foi dominado, assistido por equipe do Samu e conduzido para Hospital Aroldo Tourinho.

Conforme informações de familiares da vítima, de 30 anos, o autor iniciou uma discussão durante a madrugada e ateou fogo na coberta que a vítima usava.

A mulher acordou desesperada se despindo devido ao fogo ter atingido o seu vestido.

Ela também informou que, por volta das 11 horas, o homem a agrediu com socos e pontapés.

A vítima recusou atendimento médico e manifestou interesse em representar contra o autor.

Após ser medicado, o homem foi conduzido e entregue na Delegacia.



***

A partir de agora, as notícias enviadas através do WhatsApp serão atualizadas apenas pelo canal abaixo 👇🏻.

Inscreva-se tocando abaixo

Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais