Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - quinta-feira, 30 de maio de 2024

Brasil recebeu, ontem, doadas pelo Japão, 750 mil doses da vacina contra dengue. Reunião em fevereiro vai definir quais municípios serão contemplados

Domingo 21/01/24 - 13h19

No momento em que o número de casos de dengue volta a subir, o Brasil recebeu 750 mil doses da vacina contra a doença, doada pelo laboratório japonês Takeda, neste sábado.

O Ministério da Saúde disse que a prioridade será imunizar adolescentes de 10 a 14 anos em cidades com mais de 100 mil habitantes.

O número de casos de dengue nas primeiras semanas deste ano mais que dobrou em comparação ao mesmo período do ano passado, totalizando 55,8 mil casos prováveis e seis óbitos por complicações da doença.

A campanha pretendia vacinar crianças e jovens de 6 a 14 anos, mas o Ministério da Saúde definiu que a primeira remessa se destinará aos de 10 a 14 anos.

Nesta faixa etária ocorre a maior incidência de hospitalizações.

A vacina, do laboratório japonês Takeda, chegou ao Brasil pelo aeroporto de Viracopos.

A distribuição será direcionada a municípios com mais de 100 mil habitantes, considerando a alta transmissão nos últimos dez anos e taxas recentes elevadas.

A lista das cidades contempladas será divulgada após reunião ainda em fevereiro.

O governo adquiriu 5,2 milhões de doses da vacina, com o primeiro lote de 570 mil doses previsto para chegar em fevereiro.

A estimativa é vacinar cerca de 3,2 milhões de pessoas ao longo de 2024.

Anvisa aprovou o registro em março de 2023.

É indicada indicada para pessoas de 4 a 60 anos, sendo a primeira liberada no país para aqueles que nunca foram infectados pelo vírus da dengue.

A Qdenga integra o Programa Nacional de Imunizações e será aplicada gratuitamente pelo SUS.

Os estudos clínicos indicaram reações leves a moderadas, geralmente ocorrendo nos dois dias após a aplicação e com duração de 1 a 3 dias.

***

✅ Clique para seguir o canal da 98FM/montesclaros.com no WhatsApp👇🏻
Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais