Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - quinta-feira, 30 de maio de 2024

No centro-sul do Brasil calor pode alcançar sensação térmica de 40 graus até sexta-feira

Terça 12/03/24 - 20h41


Onda de calor afeta centro-sul do país com sensação térmica de 40ºC

Alerta laranja foi emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia





Um aviso do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), emitido nesta segunda-feira (11), alerta para uma onda de calor com temperaturas próximas de 40º Celsius (C) em grande parte do Mato Grosso do Sul, centro-oeste do estado de São Paulo, e nos estados de Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Uma onda de calor é caracterizada quando as temperaturas permanecem 5°C acima da média durante período de três a cinco dias. No caso, o alerta laranja, que é o aviso de perigo, vai até a próxima sexta-feira (15). O fenômeno é causado por uma massa de ar quente e seco que se forma em um sistema de alta pressão, que alcança altas camadas da atmosfera e impede a formação de nuvens e a chegada de ar frio.

"É um sistema de circulação anti-horária, que acaba divergindo, fazendo com que os ventos não convirjam para a formação de nebulosidade", explica Dayse Moraes, meteorologista do Inmet, órgão do Ministério da Agricultura e Pecuária e que representa o Brasil na Organização Meteorológica Mundial (OMM). Segundo Moraes, são esperadas apenas chuvas isoladas para essas áreas, mas o calor seco deve prevalecer na maior parte na região com alerta laranja.

Em Londrina, no norte do Paraná, as temperaturas máximas podem chegar 36ºC, mas com sensação térmica de 43º. O calor excessivo em Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, cidade que faz fronteira com a Argentina, deve atingir 38º nesta quarta-feira (13), mas com sensação térmica de até 46ºC. A região de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, deve registrar temperaturas próximas dos 40ºC. Em Curitiba, capital menos quente do país, as temperaturas devem ultrapassar os 30ºC. A massa de ar quente deve elevar a temperatura acima dos 35ºC em grande parte do Mato Grosso do Sul, com a sensação térmica ultrapassando os 40ºC.

O calor intenso pode provocar alguns problemas de saúde, entre eles, o risco de desidratação, insolação e o agravamento de doenças cardiorrespiratórias. Se a pessoa estiver sem proteção contra os raios solares, até mesmo queimaduras podem ocorrer no corpo. Entre as principais recomendações, está a de não se expor ao sol, especialmente entre os horários de 10h e 16h, ingerir bastante líquido e usar filtro solar. Cuidado com a conservação de alimentos também deve ser observado. Pedro Rafael Vilela - Agência Brasilbr>
***


✅ Clique para seguir o canal da 98FM/montesclaros.com no WhatsApp👇🏻
Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais