Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - terça-feira, 7 de fevereiro de 2023

Rapaz (de S. Paulo) cai de cachoeira. É arrastado, e fica com a perna presa pelas pedras do rio, cujas águas subiam após tempestade. Difícil resgate - pelos bombeiros - consumiu 3 horas. Leia o relato e veja os vídeos

Quinta 12/01/23 - 7h05






Divulgado pelos Bombeiros:

   
No inicio da noite de quarta-feira (11/01) por volta das 18 horas e 55 minutos, os militares do 9º Pelotão de bombeiros na cidade de Salinas / MG, foram acionados para realizar o salvamento de uma vítima em local de difícil acesso, em meio a cachoeira do Ildefonso, existente no rio Itinga, na zona rural do município de Santa Cruz de Salinas.

No local tratava-se de uma vítima do sexo masculino (M.A.J.N. idade 23 anos) natural da cidade de São Paulo / SP, que está de férias na casa de parentes na cidade de Curral de Dentro e havia deslocado ao local para conhecer e se banhar nas águas da cachoeira com os colegas.

O mesmo veio a escorregar da cachoeira de 05 (cinco) metros de alturas e ser arrastado pela correnteza do rio, por aproximados 50 metros, onde veio a ficar com a perna esquerda, na altura do joelho, presa entre as pedras existentes no leito do rio, ficando com o corpo parcialmente submerso e não conseguindo se soltar por meios próprios e com a ajuda dos colegas presentes na cena.

Após aproximadamente 03 (três) horas de trabalho em meio a correnteza e chuvas na região, onde é comum o registro de cabeça d´água, com o aumento rápido e repentino do nível do rio, os militares com a utilização de cordas, equipamentos para imobilização e tração, obtiveram êxito na missão, conseguindo assim desvencilhar a perna da vítima, que já se encontrava presa desde as 15 horas, conforme foi relatado no local, sendo o Corpo de Bombeiros acionado posteriormente ao fato, no cair da noite.

A vítima foi retirada consciente e orientada, apresentando um quadro de hipotermia e suspeita de fratura na perna esquerda, região do joelho, sendo incialmente transportado pela viatura do CBMMG, que veio a ser interceptada na sequencia pela equipe do SAMU da cidade de Curral de Dentro, que auxiliaram na continuação dos procedimentos pré-hospitalares e o transporte para o hospital regional da cidade de Taiobeiras.


***

Jornal O Tempo, de BH:

Jovem cai em cachoeira, é arrastado pela água e salvo pelos Bombeiros em Minas

O homem chegou a ficar preso entre as pedras do rio e teve hipotermia; ele estava de férias em Santa Cruz de Salinas, no Norte de Minas
Isabela Abalen

O passeio de férias de um jovem, de 23 anos, acabou em acidente na cachoeira do Ildefonso, no rio Itinga, na zona rural do município de Santa Cruz de Salinas, no Norte de Minas. Na noite dessa quarta-feira (11), o homem escorregou da cachoeira há cinco metros de altura e foi arrastado pela correnteza pelo leito do rio, onde ficou preso entre as pedras.

O jovem foi carregado pelo rio por cerca de 50 metros e, ao ficar preso, teve a perna esquerda, na altura do joelho, bloqueada pelas pedras. Com o corpo parcialmente submerso, o jovem pediu ajuda, mas não conseguiu se soltar nem com o esforço dos colegas que estavam no passeio.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e o resgate durou cerca de três horas em meio a correnteza, enquanto chovia na região. No local que o jovem estava, é comum ocorrer registro de cabeça d´água, isto é, quando o nível do rio tem aumento rápido e repentino, ficando perigoso para banho.

O jovem foi resgatado consciente, mas estava com hipotermia e suspeita de fratura na perna esquerda, que havia ficado presa. Ele foi transportado pelo SAMU da cidade de Curral de Dentro, no Norte de Minas, que agiram nos procedimentos pré-hospitalares e o levaram para o hospital regional da cidade de Taiobeiras.

A vítima era da capital de São Paulo, mas estava de férias na casa de parentes na cidade de Curral de Dentro, e foi até a cachoeira para conhecer e se banhar com os colegas.



***

Jornal Estado de Minas, de BH:

Jovem escorrega em cachoeira e é resgatado após 7 horas preso dentro de rio

Natural de São Paulo, rapaz ficou com a perna presa e foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros; trabalho de salvamento durou 3 horas
Luiz Ribeiro

Um jovem, de 23 anos, escorregou de uma altura de cinco metros em uma cachoeira em Santa Cruz de Salinas, no Norte de Minas, e foi arrastado pela correnteza por cerca de 50 metros. Ele ficou por cerca de sete horas com a perna presa entre as pedras, no meio do Rio Itinga, em local de difícil acesso, e foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros, no início da noite dessa quarta-feira (11/01).

O fato aconteceu na Cachoeira do Ildefonso. A vítima, M. A. J. N, é natural de São Paulo, e, neste mês, viajou para Curral de Dentro (na mesma região), para passar as férias na casa de parentes. Na tarde de quarta-feira, o jovem foi até a cachoeira com amigos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Salinas, o rapaz se desequilibrou e escorregou de uma altura de cinco metros. Ele foi arrastado pela correnteza por 50 metros e ficou com a perna esquerda presa entre as pedras do rio. O corpo dele ficou parcialmente submerso.


Mesmo com a ajuda dos amigos, o banhistas não conseguiu sair do local, onde havia o risco de ocorrer o fenômeno cabeça d´água, comum na região nesta época do ano devido às chuvas. Às 18h55min, os bombeiros foram acionados. Com uso de cordas e equipamentos de imobilização e tração, os militares conseguiram desvencilhar a perna do rapaz presa às pedras e retirá-lo do leito do rio.


O trabalho de resgate no meio da escuridão durou cerca de 3 horas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas relataram que a vítima se encontrava com a perna presa às pedras no meio do rio desde as 15 horas.



Ao ser resgatado, o jovem apresentou quadro de hipotermia e suspeita de fratura na perna esquerda. Ele foi atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Curral de Dentro e encaminhado para o Hospital Regional de Taiobeiras.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais