Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 22 - quarta-feira, 28 de julho de 2021

Sete Lagoas admite que depois do toque de recolher pode impor a paralisação total, em 7 dias

Quarta 10/03/21 - 7h43

O município de Sete Lagoas alcançou 100% de ocupação de leitos de UTI para covid-19 e o prefeito Duílio de Castro classifica a situação como ‘estado de guerra’.
SETE
O município não descarta adotar “lockdown”, caso o toque de recolher decidido não tenha o efeito desejado durante os próximos 7 dias.
BATEU
- Estamos aumentando o número de leitos em caráter emergencial e até usando mais cinco leitos de UTI da UPA para poder atender à população. Nosso índice de ocupação bateu 100% no Hospital Municipal e já existem pedidos de demanda de pacientes da região, o que é mais preocupante ainda porque somos microrregião de saúde para 23 cidades”, diz.
CARÁTER⠀
- Não mandamos ninguém para fora ainda, mas também chegamos num ponto em que não damos conta de absorver mais pacientes da região e isso é muito comprometedor. Estamos num caráter emergencial, solicitando a montagem de pelo menos mais 10 leitos de UTI”, alega.
TOQUE ⠀
A cidade tem toque de recolher entre 20h e 5h, com proibição de eventos e com a autorização de o comércio funcionar até as 19h30, mas as medidas podem ser mais duras.
MUITA
Segundo o prefeito, "muita gente viajou, fez festa, alugou sítio e esse foi um dos fatores principais que fez a covid-19 avançar no estado inteiro”.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais