Um olhar sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros
(38) 3229-9800
 
Conheça-nos
Principal
Mural
Eu te procuro
Clamor & Broncas
Músicas de M. Claros
Hoje na história
 de M. Claros
Montes Claros
 era assim...
História
Chuvas em M. Claros,
  mês a mês,
 de 1905 a 2012
Memorial de
 João Chaves
Memorial de
 Fialho Pacheco
Reportagens
Concursos
Colunistas Convidados
Notícias por e-mail
Notícias no seu site
Fale conosco
 
Anuncie na 98 FM
Ouça e veja a 98 FM
Conheça a 98 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 98
Previsão do tempo
 
Anuncie na 93 FM
Ouça a 93 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 93
Publicidade
 
Avay Miranda
Iara Tribuzi
Manoel Hygino
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Dário Teixeira Cotrim
Davidson Caldeira
Edes Barbosa
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaías
Isaias Caldeira
Ivana Rebello
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz Cunha Ortiga
Luiz de Paula
Manoel Hygino
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Luiza Silveira Teles
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Walter Abreu
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira
 
Atuais
Panorâmicas
Antigas
Pinturas
Catopês
Obtidas por satélite
No Tempo de Lazinho
Estrada Real Sertão
Mapa de M. Claros
 

10/9/2014 -"...teve até o desfile de um mendigo novo, supostamente drogado, que andou pelo centro, o quarteirão fechado da rua Simeão Ribeiro, completamente nu, exibindo-se". A crescente degradação da Praça da Matriz e vizinhança pede:

»1 - Policiamento mais rigoroso
»2 - Redefinição do uso da praça que é o marco zero da cidade
»3 - Outra reforma física
»4 - Maior empenho das autoridades no cumprimento das leis
»5 - Uma recuperação em todos os sentidos

» Ver resultados «




Buscar no Site


Previsão do tempo

Digite uma cidade:

Busca no



 
 


           Edes Barbosa    des_b@hotmail.com

81858
Por Edes Barbosa - 29/9/2016 07:47:58
MEU VELHO CHICO

Conheço o Rio São Francisco desde a minha adolescência; lembro-me quando cheguei pela primeira vez à sua margem direita, exatamente oposta à foz do Rio Pandeiros. Era no final de uma tarde morna sob um deslumbrante pôr-do-sol colorindo o céu e toda a superfície das águas. Eu, meu pai e um irmão, pretendíamos realizar nossa primeira pesca esportiva distante do já cansado pequeno Rio Verde. Seria nossa grande aventura. Ficamos parados e perplexos diante daquele majestoso cenário. O nosso barco de alumínio com motor de popa, antes supostamente grande, tornou-se minúsculo diante daquele doce mar. As lendas de “caboclos d’água” nos afloraram à pele. Sentimos medo de encarar o rio. Decidimos acampar ali mesmo. Enquanto isto, um velho ribeirinho aproximou-se da sua canoa, retirou do bornal uma garrafa de cachaça, encheu uma pequena cuia, esborrifou algumas gotas à direita, depois à esquerda e ingeriu o restante. Tomou o remo e deu início a travessia do rio. Com a proa derivada cerca de trinta graus à esquerda ele atravessou o rio em linha reta chegando exatamente ao ponto oposto à sua partida. Sem nenhum conhecimento de matemática, aquele matuto calculou a força vetorial da correnteza do rio. Logo depois, um jovem magro de pele escura, coletou com as mãos um pouco da água do rio, molhou a testa, bebeu o resto, fez o sinal da cruz, se atirou nas águas e atravessou a correnteza. Ainda sob o lusco fusco vi seu perfil caminhando na praia do outro lado da margem.
Pela manhã recebemos a visita de alguns barranqueiros que se aproximavam timidamente impulsionados pela curiosidade naquele novo acampamento. Depois de uma prosa aparentemente despretensiosa coletamos informações importantes sobre o Velho Chico: suas corredeiras, seus bancos de areia, seus redemoinhos e seus mistérios. Ouvimos estórias de “Mãe D’água”, ataques de sucuris e piranhas. Descobrimos porque eles “ofereciam aos santos” dois minúsculos goles de cachaça. (A expressão “oferecer ao santo” é um hábito dos adeptos da umbanda acreditando agradar aos espíritos supostamente encostados nos cantos das casas ou no mato.) Na crença dos barranqueiros havia dúvida se o nome dado ao rio se referia à São Francisco de Assis ou de Paula. Neste caso, melhor agradar aos dois santos - curioso é que, segundo a história, nenhum dos santos ingeria bebida alcoólica. Entre verdades e mentiras a melhor opção era respeitar o Velho Chico. Contratamos um guia para nos acompanhar na nossa primeira navegação. Ficamos deslumbrados e logo descobrimos todos os seus segredos, suas manhas e suas entranhas. Tornamo-nos amigos quando entendemos o seu jeito de ser; ele nos oferecia suas águas para o banho refrescante, seus peixes que nos alimentavam e os arvoredos à sua margem para o descanso e em troca, ele exige apenas respeito.
Durante décadas convivi com esse imenso rio e no decorrer de todo esse tempo assisti à sua degradação causada pelos homens, ditos civilizados, das grandes cidades. Enquanto via aquele belo cenário se transformando e como cinéfilo apaixonado pela natureza, criei um roteiro para produção do meu primeiro filme de curta metragem que recebeu o título “Apenas o Crepúsculo” inteiramente rodado na superfície das suas águas. Mesmo como simples amador providenciei todos os meios de segurança para o elenco e toda equipe de filmagem. Antes de cada cena e mesmo nos momentos de lazer eram avisados dos riscos que nos rondavam. Adverti a todos que o Velho Chico é como um ente vivo; é como uma serpente ferida pelos homens que se dizem civilizados. Acima de tudo ele é vingativo; ele devora seus inimigos, até mesmo aqueles que se acham poderosos. Felizmente todas as cenas foram realizadas sem o menor incidente, talvez porque, além do respeito ao Chico produzíamos uma denúncia da sua destruição infelizmente não compreendida ou certamente não alcançada pela mídia.
Hoje, assistimos ao vivo e em cores à sua morte tal como alertamos. Às vezes retorno às suas margens, não mais para pescar, pois seus peixes foram extintos pela pesca predatória; não mais para nadar, pois suas águas foram contaminadas pelos dejetos dos grandes centros urbanos; não mais para descansar, pois seus arvoredos foram destruídos. Retorno para relembrar os bons tempos através de um diálogo que nem todos conseguem ouvir. Penso que encarno o personagem Zé Orocó, do romance “Rosinha, Minha Canoa” de José Mauro de Vasconcelos. Parece incrível, mas ouço a voz do Meu Velho Chico surgindo dos burburinhos nas pequenas corredeiras no silêncio da noite. Ele pede socorro e avisa: “Se eu morrer, muitos morrerão comigo”.
Edes. 25/09/2016.


81097
Por Edes Barbosa - 15/1/2016 10:17:10
Breve história da captação de TV em Montes Claros

A história da captação de TV em Montes Claros teve início na aurora dos anos 60; mais precisamente em 1961 surgiram rumores de que um bancário, transferido para a nossa cidade, havia captado imagens de televisão no planalto do Pentáurea
Esse fanático por imagens de TV contaminou outros curiosos que se deslocavam pela estrada poeirenta até o topo da colina naquela região. Os sinais captados, frágeis e fugidios, eram da TV Itacolomi, canal 04 de Belo Horizonte, filiada da Tupi que misteriosamente chegavam naquele local.
O entusiasmo e a possibilidade de retransmitir este canal de TV para a cidade através de uma repetidora, cresceram entre os telemaníacos. Um grupo de pessoas formado por empresários da cidade, entre eles Herculino Miranda da Radioluz, Valdeir Correa, Edson Santos da Mobiliadora Maresir, Antônio Cassimiro, João Simões e outros, liderados pelo Sr. Toninho Rebelo, decidiu fundar um consórcio destinado a captar recursos para montagem de uma torre para retransmissão dos sinais de televisão. Adquiriram 200 televisores das marcas Advance e General Eletric que foram vendidos para a população. Com o lucro, foi construída uma torre de 40 metros de altura e adquirido um retransmissor a válvula de 75 watts, canal 09, projetado, construído e instalado pelo italiano Sr. Albano Grassi técnico da tele-emissora dos Diários Associados.
Às 16 horas do dia 11 de setembro de 1964 os primeiros sinais da TV Itacolomi foram retransmitidos para a população montesclarense. A qualidade não foi tão boa como se esperava, simplesmente pior do que a captação em Pentáurea, entretanto o otimismo superava a decepção. O famoso “fading”, fuga dos sinais de áudio e vídeo era um tormento para os telemaníacos. O investimento foi considerado um fracasso. Durante quatro anos conviveram com essa precariedade. Em 1968 surgiu a notícia que as antenas da Itacolomi seriam transferidas do edifício Acaiaca em BH para a Serra do Curral. A esperança de melhora foi decepcionante: os sinais desapareceram do Pentáurea; um fenômeno que os técnicos nunca souberam explicar.
O crepúsculo da década 60 se aproximava cercado pelo clamor da população ansiosa para assistir à Copa 70 no México. O mandato do prefeito Toninho Rebello estava no seu penúltimo ano. A prefeitura, patrocinadora dos serviços de captação de TV, precisava encontrar uma solução imediata. O executivo municipal nomeou um grupo de pessoas denominado Comissão Pro TV, a qual foi incumbida de pesquisar e apresentar um novo projeto para captação de TV. Chegaram a conclusão de que deveriam construir um link (três repetidoras na rota BH/MOC). A empresa escolhida se identificava com o nome de STEEL representada pelos ditos japoneses Kunirriro e Cassawara. No início de 1970 teve inicio a construção da nova rota em UHF que partia do Pico do Itambé no município de Serro, passando pelo Serra do Bota em Juramento e finalmente, a terceira torre, no alto do bairro Morrinhos. As novas instalações foram concluídas na véspera da Copa, de forma precária, artesanal e improvisada. Os sinais captados da TV Vila Rica chegaram em UHF na cidade. O retransmissor foi instalado na sacristia da igrejinha do “Morrinhos”. Houve uma correria para comprar conversores, pois ninguém foi avisado da nova modalidade de transmissão.
As imagens, ainda em preto e branco, revelando uma discreta fragilidade, não eram satisfatórias, entretanto, eram melhores que o antigo canal e foram suficientes apenas para o montesclarense assistir à Copa. Tão logo a seleção brasileira se consagrou campeã no México os sinais desapareceram juntamente com os “japoneses”. O ano de 1970 terminou, e com ele, a administração Toninho Rebello.Em 1971 o novo prefeito Pedro Santos assumiu a prefeitura e a árdua missão de solucionar a captação de TV na cidade. Para isso, nomeou seu filho Tone Santos; calmo, criterioso, amigo de todos, procurou se inteirar de todos os eventos anteriores que culminaram em fracassos. Solicitou a mim e ao meu colega Osmar, acompanhar o Kunirriro numa visita às repetidoras do link UHF. O relatório foi desanimador: dificuldades de acesso, energia elétrica precária, equipamentos artesanais (tipo fundo de quintal), torres e antenas enferrujadas, sinais captados com todo tipo de interferências, etc. Enfim, o Pico do Itambé era uma ilha cercada por um oceano de problemas. Mesmo assim, o Sr. Tone se esforçou para reconstruir o link. Depois de seis meses de vãs tentativas, nosso paciente amigo concluiu que era impossível manter essa rota; se convenceu de que deveria construir um novo link. Depois de uma criteriosa pesquisa, escolheu a empresa Lys Electronic do Rio de Janeiro que enviou o técnico boliviano Antônio Sollis Gamarra. Ficou decidida a nova rota que passaria pelo vale entre a Serra do Espinhaço e do Cabral, exatamente paralela a Estrada de Ferro e a BR 135. A prefeitura de Montes Claros adquiriu torres e equipamentos novos. O canal escolhido foi a recém-nascida TV Globo de BH. Teve início a nova tentativa a qual a imprensa local denominou: “3°. Capítulo da Novela TV”. Tinha tudo para dar certo; entretanto o Sr. Sollis cometeu um grave erro ao locar a primeira repetidora onde jamais fecharia o enlace com a segunda torre. Graças a nossa experiência e com base nos erros anteriores, definimos a nova rota partindo da Serra do Espinhaço no município de Gouveia, passando por Buenópolis na Serra do Cabral até Morro da Somai. Assim, com a ajuda dos meus companheiros, consegui, no dia 19 de novembro de 1971, entregar à Montes Claros o primeiro e definitivo canal de TV.
A TV Globo de Belo Horizonte, com imagens consideradas de boa qualidade, passou a fazer parte da vida diária dos montesclarense; mudou hábitos e costumes, acabou com as filas nas bilheterias dos cinemas, passou a ser assunto nas reuniões sociais. A Globo se consagrava pelas produções das novelas; Minha Doce Namorada, Selva de Pedras, O Bem Amado, Gabriela e outras tantas produções memoráveis como; A Grande Família, Jornal Nacional e o Fantástico. O sistema de retransmissão era mantido por grupos geradores de energia elétrica (motor diesel de um cilindro e gerador de 3,5KVA). O combustível para os motores e alimentação para os operários das repetidoras eram muitas vezes, transportados no lombo de animais até o topo das serras. As dificuldades de manutenção eram penosas, pior ainda, quando ocorriam interrupções inesperadas. O período de 1973 a 1976, sob a administração dos prefeitos Moacir Lopes e Ivani Pereira foi o mais difícil para manter a TV no ar. Apesar da precariedade, já naquela época, alguns televisores equipados com antenas de alto ganho conseguiam captar imagem em cores esporadicamente. A população ficava indignada com as interrupções, a imprensa criticava, o programa na única rádio local, “Boca no Trombone” do Luiz Tadeu, como diziam: __ “descia o pau” .
Em 1977, Toninho Rebello, conhecido como um dos pioneiros na luta pela captação de TV em nossa região, ao reassumir o cargo de prefeito agendou com prioridade uma visita às torres repetidoras. Ficou empolgado com a nova localização das repetidoras e providenciou melhorias imediatas do link. Graças a substituição dos equipamentos à válvula em VHF por sistemas transistorizados em UHF, nossa cidade foi a primeira do interior de Minas a receber imagens a cores via quatro repetidoras, definitivamente com boa qualidade. Com toda melhoria era impossível evitar interrupções inesperadas: o grupo gerador de energia parava de repente, um temporal qualquer interrompia as transmissões, as estradas de acesso ao topo das serras eram precárias. A imprensa criticava sem conhecer as dificuldades que os técnicos enfrentavam para manter os sinais no ar.
No início dos anos 80 nascia a primeira geradora de TV, a Intervisão, iniciativa de um grupo de empresários montesclarense liderado pelo jornalista Elias Siuff. A nova estação de TV utilizava a programação da Bandeirantes, não interferindo, portanto, na grande audiência da Globo. Entretanto, com o surgimento dessa empresa, surgia um novo capítulo na história da nossa televisão. Nessa mesma época, os sinais de TV do primeiro satélite brasileiro eram captados pelas primeiras antenas parabólicas utilizadas para uso doméstico. Novos canais via satélite foram implantados pelas prefeituras. As retransmissões via terrestre se tornavam ultrapassadas. Mesmo assim, o link pioneiro permaneceu 18 anos no ar sendo desativado em 1989 pelo prefeito Mário Ribeiro.

Edes Barbosa. Em 12 de janeiro de 2016.




Selecione o Cronista abaixo:
Avay Miranda
Iara Tribuzi
Manoel Hygino
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Dário Teixeira Cotrim
Davidson Caldeira
Edes Barbosa
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaías
Isaias Caldeira
Ivana Rebello
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz Cunha Ortiga
Luiz de Paula
Manoel Hygino
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Luiza Silveira Teles
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Walter Abreu
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira
 



Voltar à Página Inicial

 






Um olhar de Montes Claros sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros


Clique e acesse nosso Twitter
Siga o montesclaros.com


Últimas Notícias

22/01/18 - 11h
Cientistas definem que adolescência vai até os 24 anos, e não mais até os 19

22/01/18 - 10h
Manchetes dos jornais: “Destino de Lula gera dias de expectativa no País” - Mudança em Justiça no Distrito Federal agiliza ações contra Lula” - “Tribunal que vai julgar Lula só absolveu 5 condenados por Moro”

22/01/18 - 9h
Chuvas do próximo fim de semana em M. Claros, que somariam 176mm, 76, 181 e 266mm, agora estão reduzidas a 75mm

22/01/18 - 8h
Papa diz que “fofocas” em conventos atrapalham a Igreja. “Que mordam a língua “, recomendou

22/01/18 - 7h
Ministra Cármen suspende, de madrugada, a posse (marcada para as 9 horas) da nova ministra do Trabalho. Ato havia sido liberado pelo STJ, sábado


20/01/18 - 18h
Transexual operada disputa com mulheres e levanta debate intenso no vôlei

20/01/18 - 17h
Técnico faz mistério sobre escalação do Cruzeiro para jogo de hoje contra a Caldense

20/01/18 - 15h
Gás usado na indústria e comércio acumula alta de 34% de junho do ano passado até dezembro

20/01/18 - 14h32
Cidade do Cabo, com 4 milhões de habitantes, estará sem água em 21 de abril. Cada cidadão receberá cota de 25 litros por dia

20/01/18 - 14h09
STJ derruba decisão de juiz e libera posse da deputada Brasil como ministra do Trabalho, segunda

20/01/18 - 14h00
Minas registra 67 casos prováveis de chikungunya nos primeiros 15 dias de 2018

20/01/18 - 13h00
Liberação do PIS/Pasep não mais necessita da solicitação do cotista. Saque para sessentões começará segunda

20/01/18 - 12h
Manchetes dos jornais: “Minas libera vacinar gestantes contra febre amarela” - “Marinha pede ao governo volta do auxílio-moradia” -“Detran renovou carteira já suspensa”

20/01/18 - 11h
Mantida em 90% a chance de chover em M. Claros a partir do fim da semana que vem. Previsão agora é de 266mm

20/01/18 - 10h35
Toda foto tem seu potencial de retrato na parede - como bem disse o poeta de Itabira. (...). E a propósito: triste, recebo a notícia de que um outro nome da crônica recente de M. Claros também ontem se foi. Falo do Cabo Zé Idálio"

20/01/18 - 10h
Em emergência, Minas libera vacina da febre amarela para grávidas e pessoas com 60 anos ou mais

20/01/18 - 9h
Atlético renova com Fábio Santos e contrato do lateral agora vai até 2020

20/01/18 - 8h
Dos 22 casos recentes de febre amarela, 15 foram fatais em Minas, que decreta emergência. BH vacina, hoje

20/01/18 - 7h
Preço médio da gasolina fica perto de R$ 4,20. Diesel e etanol também tiveram aumento


19/01/18 - 18h
Cruzeiro vai aguardar 7 dias para falar sobre multa de Fred. Atlético já “toma providências”

19/01/18 - 17h
Após empate, diretor do Atlético promete mais reforços para a temporada

19/01/18 - 16h
Os 3 últimos anos - 15, 16 e 17 - foram os mais quentes já registrados, garante a ONU

19/01/18 - 15h20
Sisu antecipa inscrições de 29 para 23 de janeiro, e até dia 26, às 23h59m. Unimontes tem 1.127 vagas em 48 cursos

19/01/18 - 15h
Exame de sangue hoje anunciado pode identificar 8 tipos comuns de câncer inicial - ovário, fígado, estômago, pâncreas e esôfago

19/01/18 - 15h
Exausto, Pelé desmaia, é internado e cancela viagem a Londres, revela Associação de Cronistas de Futebol, da Inglaterra

19/01/18 - 14h
São Paulo tem 2 mortes confirmadas por reação à vacina contra a febre amarela

19/01/18 - 13h
Manchetes dos jornais: “Homem atropela 15 em Copa e mata bebê de 8 meses” - “ Em crise, Caixa prevê 37% de aumento para seus vices” - “Morte de músico amplia alerta para epidemia”

19/01/18 - 12h
M. Claros convoca, hoje, analistas e inspetores para atuar nas escolas municipais

19/01/18 - 11h
Febre amarela mata mais 3 e agora são 18 os mortos em Minas. Falta vacina nas clínicas particulares de BH

19/01/18 - 10h54
"Tão completo que deve provocar uma reviravolta no comércio de M. Claros. Produtos que são vendidos a 80 reais lá custarão metade do preço. (...) M. Claros assume seu papel de principal ajuntamento humano na vastidão de mil quilômetros que vai de BH a Salvador, na Bahia"

19/01/18 - 10h18
Cientistas discutem se uma só dose da vacina contra febre amarela protege pela vida inteira

19/01/18 - 10h
176mm, 76mm, 281mm - é a dança da meteorologia para achar o tamanho da chuva antevista para M. Claros. Chance fica para sábado da semana que vem

19/01/18 - 9h
3,5 milhões de mineiros não se vacinaram contra a febre amarela. Quem vai ao Carnaval deve se vacinar 10 dias antes

19/01/18 - 8h
Europa sugere aos viajantes do Carnaval que usem camisa comprida, ar condicionado, mosquiteiro e vacina, para escapar da febre amarela no Brasil

19/01/18 - 7h
Atropelamento em Copacabana: 3 estão em estado grave (australiano de 68 anos, menina de 7 e mãe do bebê que morreu). Motorista tinha carteira suspensa desde 2014, por multas e 62 pontos


18/01/18 - 18h
Com 33 mil pagantes, Cruzeiro bate recorde de público em jogos contra times do interior no novo Mineirão

18/01/18 - 17h
Atlético terá “velhos conhecidos”, hoje, em sua estreia no Campeonato Mineiro

18/01/18 - 16h
Papa celebra casamento nas alturas, de comissários impedidos de casar por terremoto

18/01/18 - 15h15
Travestis e transexuais já podem usar nome social na escola básica. Se menor, com autorização dos pais

18/01/18 - 15h
Motorista é condenado por homicídio culposo na morte do cantor Cristiano Araújo e namorada . Pena é de 2 anos e 7 meses, em regime aberto

18/01/18 - 14h
Para interromper privilégios, ex-governador Sérgio Cabral é transferido do Rio para prisão no Paraná

18/01/18 - 13h
Manchetes dos jornais: “Cheque especial terá limite nos juros e no prazo” - “Ostentação na web vira prova contra caloteiros” - “Febre amarela. Mortes chegam a 15 em Minas”

18/01/18 - 12h
Divulgado o resultado do Enem. Nota mil na redação cai de 77 para 53

18/01/18 - 11h07
Brasileira de 53 anos é extraditada para responder, nos EUA, pela morte do marido considerado herói de guerra

18/01/18 - 11h
Reajuste no preço do gás de cozinha passa a ser trimestral. Petrobras promete queda de 5% a partir de amanhã

18/01/18 - 10h20
Febre amarela mata o presidente da Rede Minas e da Rádio Inconfidência. Músico e compositor Flávio Henrique, de 49 anos, foi contaminado na região metropolitana de BH

18/01/18 - 10h
Quantidade diminui (de 172mm para 76mm), mas meteorologia mantém previsão de chuva para M. Claros, de 25 a 30 de janeiro

18/01/18 - 9h20
"É uma hora grave e nações terão de transpô-la para resguardar seu futuro. Há reptos por todos os lados e a insatisfação se generalizou"

18/01/18 - 9h
Bancos admitem reduzir limite nos juros e no prazo, "ainda neste ano"

18/01/18 - 8h
Atual surto da febre amarela matou 15 das 22 pessoas contaminadas em Minas, desde o fim do ano

18/01/18 - 7h
7º lote do PIS/Pasep começa a ser pago, hoje, para 3,5 milhões de trabalhadores


17/01/18 - 18h
Técnico revela que trabalhará com 2 times nos primeiros compromissos do Atlético

17/01/18 - 17h
Educador financeiro faz as contas: parar de fumar pode gerar economia de 1 milhão de reais em 30 anos

17/01/18 - 16h
Cruzeiro estreia no Campeonato Mineiro, hoje, com Fred de volta e esperança de casa cheia

17/01/18 - 15h
“Segurar” espirro pode romper garganta e até provocar aneurisma cerebral

17/01/18 - 14h
De julho de 2017 a 14 de janeiro último, Brasil teve 20 mortos entre 35 casos de febre amarela

17/01/18 - 13h
Manchetes dos jornais: “Temer afasta por 15 dias 4 vices da Caixa Econômica” - “Banco Central pressiona bancos por corte de juros do cheque” - “Com retomada do setor, Fiat voltará a contratar”

17/01/18 - 12h
Este meteorito - "visto e ouvido" - caiu perto de Detroit, nos EUA, e provocou terremoto de 2 graus

17/01/18 - 11h
Tarifa da energia elétrica deve se manter "verde" até março, com a recuperação dos reservatórios

17/01/18 - 10h16
"No período que ora cruzamos, que parece evidenciar a inclinação e a direção de só se conquistar sucesso pelos ínvios caminhos, pela improbidade, é alentador..."

17/01/18 - 10h
Chuva deve atrasar 2 dias, mas expectativa é de 172mm em M. Claros, de 25 a 31 de janeiro

17/01/18 - 9h
Nova Lima completa 5 mortos por febre amarela e decreta emergência. BH registra a 1ª morte, neste ano

17/01/18 - 8h
Temer afasta 4 vice-presidentes da Caixa para que apresentem “ampla defesa”


16/01/18 - 18h
Jogadores irregulares em 2017 comandarão ataque do Atlético em estreia no Campeonato Mineiro

16/01/18 - 17h
Mano Menezes pensa em mudar o meio-campo do Cruzeiro para ajudar Fred no ataque

16/01/18 - 16h
Portador de HIV/Aids, gestante e criança de até 2 anos não receberão vacina fracionada contra febre amarela

16/01/18 - 15h
Febre amarela mata mais duas pessoas em Minas, novamente em Nova Lima e em Goianá

16/01/18 - 14h
Todo o Estado de São Paulo está em área de risco para a febre amarela. Viajantes a qualquer área devem se vacinar

16/01/18 - 13h
Manchetes dos jornais: “Motoristas mudam para gás com alta da gasolina” - “Em 3 anos, Estados saem do azul para rombo de R$ 60 bi” - “Juízes vão pedir segurança reforçada no ‘Dia D’ de Lula”

16/01/18 - 12h
Terra volta a tremer nas proximidades de BH, desta vez a 123km. Tremor atingiu 2,8 graus

16/01/18 - 11h
“Pela primeira vez, Deus me deu uma chuteira nova, por que eu não vou mostrar ? - brinca Pelé

16/01/18 - 10h
Meteorologia passa a ver nova rodada de chuvas em M. Claros a partir de 23 de janeiro

16/01/18 - 9h
13h, centrão de M. Claros: ladrões armados vão tomar malote nas proximidades de agência bancária

16/01/18 - 8h
Dolores O´Riordan, vocalista do Cranberries, tinha 46 anos e 3 filhos, e vendeu mais de 40 milhões de álbuns

16/01/18 - 7h
Governo quer fazer, neste ano, 1,2 milhão de perícias nos benefícios pagos pelo INSS


15/01/18 - 18h
Testes de vacina contra vírus da zika devem começar, ainda neste mês, em Belo Horizonte

15/01/18 - 17h
Brasil cresceu 0,49% em novembro, aponta prévia do PIB

15/01/18 - 16h28
“Quem acompanha os fatos, através de qualquer meio de comunicação, sabe perfeitamente que não é o primeiro, nem será o último acidente com muitas vítimas naqueles rincões”

15/01/18 - 16h
"Eu acho que nós estamos no limite. Estou realmente com medo disto” - diz o Papa, temeroso de uma guerra nuclear

15/01/18 - 15h
Minas tem 43 municípios com água racionada em plena estação das chuvas - mostra jornal



OUÇA E VEJA A 98 FM
Todos direitos pertecentes a Rádio Montes Claros 98,9 FM. O material desta página
não pode ser publicado, transmitido por broadcasting, reescrito ou distribuído
sem prévia autorização