Um olhar sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros
(38) 3229-9800
 
Conheça-nos
Principal
Mural
Eu te procuro
Clamor & Broncas
Músicas de M. Claros
Hoje na história
 de M. Claros
Montes Claros
 era assim...
História
Memorial de
 João Chaves
Memorial de
 Fialho Pacheco
Reportagens
Concursos
Colunistas Convidados
Notícias por e-mail
Notícias no seu site
Fale conosco
 
Anuncie na 98 FM
Ouça e veja a 98 FM
Conheça a 98 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 98
Previsão do tempo
 
Anuncie na 93 FM
Ouça a 93 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 93
Publicidade
 
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Davidson Caldeira
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaias Caldeira
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz de Paula
Luiz Ortiga
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Ruth Tupinambá Graça
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira
 
Atuais
Panorâmicas
Antigas
Pinturas
Catopês
Obtidas por satélite
No Tempo de Lazinho
Estrada Real Sertão
Mapa de M. Claros
 

25/6/2014 - O goleiro Bruno, condenado por homicídio, já está na Penitenciária de Francisco Sá. Seus advogados dizem que é "meio caminho" para que volte a jogar, no caso em M. Claros. Esta possibilidade trará para a cidade:

»Fama
»Boa fama
»Má fama
»Péssima fama
»Não altera

» Ver resultados «




Buscar no Site


Previsão do tempo

Digite uma cidade:

Busca no



 
 


           Maria Ribeiro Pires    mribeiropires@uol.com.br

76376
Por Maria Ribeiro Pires - 31/10/2013 14:14:21

Após ler os comentários sobre o 6 de fevereiro de 1930, não posso deixar de dar o meu depoimento:
Conheci o Senador Melo Viana em Poços de Caldas no Pálace Hotel
Elegante, amável . Foi ele quem me procurou para conversar, depois de brincar com o meu filho que mal dava os primeiros passos. Ao me perguntar qual a minha cidade, respondi: Se o Senhor soubesse, talvez não quisesse brincar novamente com meu filho. Sou de Montes Claros
Eu conhecia a história tão comentada em nossa casa “ O Barulho de 6 de fevereiro”
- Engano seu minha senhora, aliás, posso de chamá-la de você. Poderia ser minha filha ou minha neta...
Contou-me sua versão dos acontecimentos que tanto abalaram nossa cidade.
“João Alves e eu éramos êmulos, estudantes do Caraça. Carteiras unidas, camas juntas e de acordo com a pedagogia dos padres éramos unidos, mas de certa forma competidores. Tínhamos que competir em notas , comportamento e tudo o mais que o Colégio exigia.Afinal, ficamos mais do que irmãos. Éramos muito amigos. Adultos , a vida nos separou. Sempre tive vontade de revê-lo. Quando já na Vice-Presidência da República, fui encarregado de ir a Montes Claros, fiz uma única exigência. –Quero ver meu amigo. Quero cumprimentá-lo. Por esse motivo, a comitiva mudou o percurso , passando em frente a casa de João Alves. Eu o vi, passeando na calçada de sua casa. Tirei o meu chapéu para saudá-lo. Começaram os tiros. Uma bala passou raspando o meu pescoço. Não entendi na hora e até hoje não sei o que causou tanto pânico. A comitiva voltou comigo.
O Senador havia passado a mão na nuca, mostrando-me uma pequena cicatriz.
Mineira desconfiada, pensei que o Senador não nos procuraria mais. Que engano! À hora do jantar, música de piano de cauda, sua mulher desfilava com seus amigos com vestes lindas e ofuscantes brilhantes. O Senador se desviava e vinha para meu espanto à mesa que ocupávamos para me cumprimentar.
Este fato se deu no final do ano de 1951.


69521
Por Maria Ribeiro Pires - 7/11/2011 16:12:14
(...) Estou enviando uma pesquisa que fiz sobre Aracy de Carvalho,casada com João Guimarães Rosa. Irei apresentar este texto na Academia Arcádia de Minas Gerais, na próxima quarta feira. Aracy de Carvalho, a JUSTA - Maria Ribeiro Pires
Baseio estas palavras no livro "JUSTA - Aracy de Carvalho e o resgate de judeus, trocando a Alemanha nazista pelo Brasil". É o resultado de grande pesquisa feita pela historiadora Mônica Raisa Schpun, fruto de depoimentos e entrevistas. A autora é doutora em História pela Universidade de Paris com pós-doutorado na Universidade de Milão. Ela relata a grande amizade entre as duas mulheres, Aracy de Carvalho e Margarethe Levy, aproximadas pela tragédia da época. Aracy de Carvalho, brasileira, filha de pai português e mãe alemã, nasceu em Rio Negro, Estado do Paraná. Depois, viria morar em São Paulo. Recém-separada do marido embarcou em cinco de março de 1934 no navio Monte Pascoal com o filho de cinco anos Eduardo Tess, com destino a Hamburgo. Aracy passou a viver algum tempo em Hamburgo com uma tia alemã irmã de sua mãe. Um dos seus primeiros desejos foi comprar um carro e aprender a dirigir. Dominando perfeitamente o francês e o alemão, conseguiu trabalhar no consulado brasileiro, onde quatro anos depois conheceu o cônsul adjunto João Guimarães Rosa, com quem teria uma ligação amorosa e uma vida conjugal até a morte do escritor. Casaram-se no México. Maria Margarethe Bertel Levy, nasceu em Hamburgo e tinha 97 anos quando deu essas informações a autora deste livro. Estava lúcida e falando um excelente francês. Filha de mãe russa e pai polonês, Margarethe foi casada com o dentista Hugo Levy. O casal decidiu não ter filhos e levava uma vida sofisticada, viajando muito. Ela era rica, falava sete idiomas, cosmopolita e integrante da elite de Hamburgo. Ambos eram judeus não praticantes, liberais e seu marido atendia a todos em seu gabinete dentário, em pleno coração de Hamburgo, sendo alemães ou judeus. O casal foi considerado como membro de "raça inferior" pelos nazistas e decidiu sair da Alemanha para o Brasil. Com o aumento das atividades anti-semitas com os judeus, apresentadas por Hitler em Nuremberg no congresso do Partido Nazista em setembro de 1935, Margarethe e Hugo Levy apresentaram-se ao consulado Brasileiro de Hamburgo, solicitando vistos para o Brasil. Assim, conheceram Aracy, chefe do setor de passaporte. Is to foi conseguido com dificuldades e realmente conseguiram partir para São Paulo em 1938. Como era diferente a vida das duas - Margarethe, mulher de grande riqueza e Aracy trabalhando e cuidando do filho. Em meio a tantos obstáculos aconteceu uma grande amizade entre as duas, o que as uniria por toda a vida. Como no caso de Margarethe e Hugo, Aracy conseguiu a concessão de vistos para centenas de judeus, correndo sérios riscos de ser demitida e entregue à Gestapo. Pelo ato de coragem, compaixão e solidariedade, salvando a vida de inúmeros judeus, Aracy de Carvalho foi homenageada em 1882, com o título de "Justa entre as Nações" concedido pelo Museu do Holocausto de Jerusalém. No dia 28 de abril de 1982, ela já estava em São Paulo e, comovida, recebeu a medalha do Holocausto. Dentre os 20 mil "Justos" reconhecidos, 30 eram diplomatas em postos na Europa nazista. Desses trinta, dois são brasileiros e uma única mulher, Aracy de Carvalho. O outro é Luiz Martins de Souza Dantas, ex-embaixador do Brasil em Paris. Aracy deu uma entrevista ao jornal Resenha Judaica por ocasião de seus 80 anos. Sua nora, Beatriz, estava ao seu lado e contou um fato que teria ouvido da boca de sua sogra. Trata-se de uma viagem que Aracy teria feito à Dinamarca, levando judeus em seu carro. Na fronteira, a polícia alemã quis revistar o carro, mas Aracy resistiu, levantando a voz e invocando a imunidade que sua placa consular lhe proporcionava. Aracy reafirmou depois: "não só lhe procurei conceder-lhes os vistos, como escondi alguns em minha casa e até no porta-malas do carro para atravessar a fronteira". O mistério permanece. Por que ir à Dinamarca? Talvez para levar dinheiro para o exterior. Parece que, nessa época, Hugo corria sério perigo e ficou algum tempo escondido em casa de Aracy. As providências para os vistos exigiam quinhentos contos de réis ao Brasil, para a assinatura prévia da autorização de desembarque, já que o casal fora considerado "capitalista" e Aracy desejava o visto permanente e não o de turista. Segundo Margarethe, o casal já tinha tirado seu capital da Alemanha. Ela comprara um carro novo e nova aparelhagem para o serviço de dentista do marido. Era necessária uma verdadeira manobra financeira para fugir do controle dos nazistas. A solução, segundo Margarethe conta, foi dada por Aracy que enviou a carta pelo correio diplomático, driblando a censura alemã. Sempre discreta e nunca recebendo presentes ou pagamentos dos judeus que ajudara em suas atividades, Aracy disse em uma de suas poucas entrevistas a respeito: "Nunca tive medo, quem tinha medo era Joãozinho. Ele dizia que eu exagerava, que estava pondo em risco a mim e a toda família, mas não se metia muito e me deixava ir fazendo". Aliás, João Guimarães Rosa afirmava que tinha pena e gostaria de salvar a vida dos miseráveis judeus. São palavras de Aracy: "O Joãozinho, é claro, atendia a todos os pedidos de boa vontade. Ele sempre dizia "Se eu não lhes der o visto, essa gente acabará morrendo e aí vou ter um peso na minha consciência." Este livro retrata em riquíssimos detalhes o cenário com contexto histórico e social em que se misturam os primeiros anos do Terceiro Reich e a política restritiva imposta por Getúlio Vargas sobre a entrada de judeus no Brasil. Estimulada pelo Livro"Justa", procurei compreender melhor a tragédia sofrida pelos judeus na época nazista. Fiz pesquisas sobre a chamada "Noite de Cristal". Aprendi: nas noites de 9 e 10 de novembro de 1938, numa manobra cuidadosamente orquestrada por Joseph Goebbels - o chefe da propaganda nazista por toda Alemanha e recém conquistados territórios da Áustria e Checoslováquia, as populações judaicas foram vítimas de atentados e ataques continuados nas ruas e em suas casas e nas sinagogas, naquela que seria a maior tragédia da história. Pelo menos duas mil sinagogas e perto de oito mil lojas e escritórios foram incendiados. Mais de trinta mil judeus foram presos e enviados a campos de concentração. Para os judeus alemães, as restrições haviam começado muito antes da "Noite de Cristal" e leis e medidas anti-judaicas eram já aplicadas há vários meses. Entre as numerosas diretivas, os cidadãos judeus eram obrigados a declarar todos os bens, suas empresas e pequenas lojas ti nham de ser registradas e expressamente sinalizadas; os inquilinos judeus perderam todos os seus direitos legais; médicos, advogados e professores judeus foram proibidos de exercer suas profissões. Todos os judeus alemães passaram a ser obrigados a possuir um passaporte especial, marcado com um "J" e um nome próprio foi acrescentado a cada judeu: "Israel" para os homens e "Sarah" para as mulheres. A "Noite de Cristal" foi uma bofetada no rosto da Humanidade, como lhe chamou Elie Wiesel. Mas o mundo ignorou os sinais e voltou o rosto. O Holocausto estava à porta. O termo "Justo entre as Nações" existe desde 1953 e é dado a não judeus que se arriscaram para salvar judeus durante o genocídio nazista. O termo "Justo entre as Nações" é a tradução de uma expressão hebraica de origem rabínica referente aos não judeus que acreditavam em Deus e exprimiam uma atitude amigável em relação ao povo de Israel. Mesmo após as dificuldades da saída da Alemanha para o Brasil, ainda havia o problema do visto temporário de três meses - vistos de turistas. Passado esse tempo, os portadores eram tratados como clandestinos. Isto implicava em diversas dificuldades de ordem prática, como o trabalho. Os judeus não eram afeitos à agricultura. Eram urbanos. Além disto, Aracy ainda ajudou a resolver problemas de ordem financeira para os seus amigos judeus. Ela mesma trouxe, em um saco, jóias e pertences e conseguiu com amigos da aduaneira que o casal Levy fosse menos importunado ao desembarcar no Brasil. Coisas estranhas acontecem. Um alemão levou em Hamburgo ao consultório dentário de Hugo Levy a notícia de que se apressassem, pois o perigo estava prestes a desabar sobre eles. A explicação que Margarethe dá para esse procedimento é que a mãe de Hugo tinha dado o seio ao alemão quando ele nascera. Conta ainda que os seus cabelos foram tingidos e que, felizmente, tinha o nariz pequeno ao contrário do que caracterizava o rosto dos judeus de nariz adunco. Madame Levy repetia esta história diversas vezes, plenamente convencida de que seu novo aspecto físico tinha sido uma defesa importante. Margarethe diz que sua mãe demorara em uma viagem à Polônia e em seu retorno fora assassinada. O celebrado médico e escritor João Guimarães Rosa, foi eleito para a Academia Brasileira de Letras a seis de agosto de 1963, sendo recebido por Afonso Arinos de Melo Franco em 16 de novembro de 1967. Guimarães Rosa faleceu três dias depois, em 19 de novembro de 1967. Sempre discreta, Aracy de Carvalho não se preocupou com toiletes para posse do seu famoso marido nas lides literárias, como membro imortal da Academia Brasileira de Letras. Por insistência de Margarethe, Aracy usou um vestido preto e um colar de pérolas. Depois do falecimento de Guimarães Rosa, Aracy ainda viveu alguns anos em casa de seu filho e nora no Rio. No dia da morte do marido ela estava justamente assistindo uma missa na Igreja de Nossa Senhora de Copacabana. Sua vida tornou-se silenciosa, discreta e cercada por amigos reconhecidos. Aracy morreu aos 102 anos em três de março deste ano de 2011, poucos dias depois da morte de sua amiga Margarethe. Ela sofria de Mal de Alzhimer. Guimarães Rosa dedicou-lhe o seu livro "Grandes Sertões Veredas", escrito em 1956. Diz assim a dedicatória: "À Aracy, minha mulher Ara, pertence este livro". Aracy deixou quatro netos e oito bisnetos Perdão, Aracy não morreu. Ficou encantada como dizia João Guimarães Rosa.




Selecione o Cronista abaixo:
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Davidson Caldeira
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaias Caldeira
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz de Paula
Luiz Ortiga
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Ruth Tupinambá Graça
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira
 



Voltar à Página Inicial

 






Um olhar de Montes Claros sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros


Últimas Notícias

27/07/14 - 14h36
Assaltou mercearia em M. Claros, mas na fuga deixou cair a arma da cintura. Era uma torneira plástica. Apanhou muito, e foi levado a hospital

27/07/14 - 12h29
"Investem-se de poder imemorial, que nos visita há 200 anos, e vêm. Vão entrar na cidade em duas semanas, obedecendo ao som único, vindo das profundezas. (...) Assim, fica entendido que a ventania de ontem foi uma comissão de frente, enviada pelo Tempo. Como na serraria fazem os Ipês que Dona Dulce Sarmento, a outra Grande Dama, cantou. Cor de Ouro, anunciando a chegada. Roxos, na despedida"


26/07/14 - 18h05
Este noticiário será retomado na segunda-feira, às 7 horas, a não ser que aconteça fato extraordinário

26/07/14 - 18h
Mulher de Schumacher põe jato da família à venda por 60 milhões de reais para pagar tratamento do piloto

26/07/14 - 17h
Brasileirão tem 4 jogos hoje e 6 amanhã. (A 98 FM vai transmitir Cruzeiro e Figueirense, hoje às 18h30, e Sport e Atlético, amanhã às 16h)

26/07/14 - 16h
Empresa exibe diamantes de até 220 mil reais feitos com cabelo de Pelé

26/07/14 - 15h
Manchetes dos jornais: “Governo insiste em medidas de estímulo ao consumo”- “Após manter juro alto, Banco Central libera R$ 45 bi para crédito” - “Governo afrouxa regras para bancos ampliarem crédito”

26/07/14 - 14h
Cruzeiro descarta jogo fácil contra o Figueirense, hoje às 18h30m

26/07/14 - 13h
Meteorologia mantém previsão de chuva para Montes Claros: 2 milímetros hoje e domingo; 9mm, segunda

26/07/14 - 12h
Jornal de BH anuncia que Ronaldinho está deixando o Atlético

26/07/14 - 11h
Minas fica em 6º lugar no ranking de competitividade entre estados brasileiros

26/07/14 - 10h
Confederação Israelita afirma que porta-voz de Israel foi "muito infeliz"

26/07/14 - 9h
Atraso em aeroportos saturados vai gerar multas da Anac

26/07/14 - 8h
Para os EUA, Putin e Rússia são “culpáveis” pela queda do avião que matou 298 pessoas

26/07/14 - 7h
Cruz Vermelha virá ao Brasil investigar supostos desvios de doações


25/07/14 - 18h
Hoje é o último dia para se inscrever no Sisutec que oferece cursos gratuitos

25/07/14 - 17h10
"É uma névoa fina sobre toda a cidade, até onde a vista alcança. Chuvinha, em pleno mês de julho, o que é raro, mas não impossível como se vê. A meteorologia acertou"

25/07/14 - 17h
CBF acusa 97 empresas por pirataria e uso ilegal de imagem da seleção brasileira

25/07/14 - 16h
Fifa rejeita tirar Copa do Mundo da Rússia por causa da crise entre russos e ucranianos

25/07/14 - 15h
Manchetes dos jornais: “Israel diz que Brasil é ´anão diplomático´ e governo reage” - “Israel reage à crítica e diz que Brasil é ´irrelevante´” - “Israel diz que Brasil é irrelevante e criador de problemas”

25/07/14 - 14h
Meteorologia vê chance de chuva em Montes Claros, de 2 milímetros, neste sábado, domingo e segunda-feira

25/07/14 - 13h
Nasa diz que a Terra passou por tempestade solar mais poderosa dos últimos 150 anos no dia 23 de julho de 2013

25/07/14 - 12h06
Relatos de leve tremor de terra em Montes Claros, ao meio-dia

25/07/14 - 12h
Banco Central altera regras de risco de crédito e R$ 45 bilhões dos bancos vão para empréstimo

25/07/14 - 11h
GM quer suspender contratos de 5.400 funcionários para ajustar produção e venda

25/07/14 - 10h
Polícia faz buscas na Rua Aranha, em Vespasiano, onde primo de Bruno disse estar o corpo de Eliza Samudio. (E nada foi achado)

25/07/14 - 9h
Jornal paulista revela dívida fiscal de Dunga, que o ameaça de processo por quebra de sigilo

25/07/14 - 8h
Governo francês confirma localização de destroços do avião em área inóspita e vasta

25/07/14 - 7h
Porta-voz de Israel reage a críticas do Brasil e retruca, ferino - "desproporcional é 7 a 1"


24/07/14 - 18h
Judiciário determina que estado e prefeitura forneçam derivado da maconha a criança com convulsão

24/07/14 - 17h
Ao invés de 10 minutos, condenado levou quase 2 horas para morrer com injeção, ontem, nos EUA

24/07/14 - 16h
Manchetes dos jornais: “TCU condena 11 executivos da Petrobras por refinaria” - “Cowan vai refazer cálculos de 6 viadutos”

24/07/14 - 15h
Ventos de 11 km e temperatura entre 15 e 30 graus, hoje, em Montes Claros

24/07/14 - 14h
Israel reage a crítica do governo brasileiro e diz que país é “irrelevante”; Brasil rejeita ser "anão diplomático"

24/07/14 - 11h52
Agosto será ainda mais crítico para as hidrelétricas – revela jornal de São Paulo

24/07/14 - 12h
Motorista é rendido e trancado no baú do seu caminhão, em avenida. E dois, na ponta de revólveres, entregam suas motos, nas ruas

24/07/14 - 11h
Avião que voava para a capital da Argélia está desaparecido, com 118 pessoas – maioria é de franceses e espanhóis

24/07/14 - 10h
Depois de conquistar a Recopa, presidente do Atlético garante que Ronaldinho não sai antes do fim do contrato

24/07/14 - 9h
Brasil avança uma casa no desenvolvimento humano - da posição 80 para 79, mas continua atrás do Chile, Argentina, Uruguai e Venezuela

24/07/14 - 8h49
"A placa sul-americana, onde está localizado o Brasil, apresenta muitas fraturas. Estudos (...) têm mostrado que a região de Montes Claros (MG), onde recentemente ocorreram tremores, contém uma importante falha geológica"

24/07/14 - 8h
“Eu sei que vou morrer, mas meus personagens ficarão todos com vocês”, disse Ariano Suassuna, 6ª-feira. Ele, que se escondia de "Caetana"

24/07/14 - 7h
Na prorrogação, Atlético dá ao Brasil o 9º título da Recopa Sul-Americana


23/07/14 - 18h
Tratamento precoce contra Aids em bebês pode não prevenir a doença por causa de reservatórios intocáveis do vírus, diz estudo

23/07/14 - 17h55
Brasil perde ao entardecer um dos seus maiores intelectuais, o escritor Ariano Suassuna, de 87 anos

23/07/14 - 17h
Arrecadação de impostos no 1º semestre deste ano foi 0,28% maior do que a do mesmo período, no ano passado

23/07/14 - 16h08
Azul anuncia vôo Confins/Montes Claros a partir de setembro

23/07/14 - 16h
Ministério da Saúde abre 748 vagas com salário de até 9.874 reais. Concurso ainda não tem data

23/07/14 - 15h
Em vantagem, Atlético decide, hoje, Recopa contra o Lanús, da Argentina. A 98 FM vai transmitir o jogo a partir das 21h45

23/07/14 - 14h
Meteorologia acena com chance de chuva em M. Claros, domingo e terça, mas ela é improvável nesta época

23/07/14 - 13h
Brasileiros lideram ranking de horas gastas em redes sociais. Países mais desenvolvidos estão na outra ponta

23/07/14 - 12h
Avião faz pouso forçado em rodovia e 45 passageiros morrem, em ilha sob domínio de Taiwan

23/07/14 - 11h
Taffarel decidirá hoje se aceita fazer parte da comissão técnica da seleção

23/07/14 - 10h
Manchetes dos jornais: “Construtora culpa projeto por queda de viaduto em BH” - Tribunal manda INSS reduzir 100 mil benefícios até janeiro” - “Cargo de deputado no Distrito Federal é o mais cobiçado do país”

23/07/14 - 9h
TCU manda INSS revisar 106 mil benefícios por causa de pagamento duplicado

23/07/14 - 8h
Jogador brasileiro, naturalizado e casado com ucraniana, é convocado a lutar em conflito

23/07/14 - 7h
“Nova conta eleva em 2 bilhões de reais repasse para a tarifa de energia” – calcula a Folha


22/07/14 - 18h
Plano de saúde coletivo teve reajustes de até 73% em um ano – aponta Instituto de Defesa do Consumidor

22/07/14 - 17h00
Schumacher se comunica pelo movimento dos olhos e poderá usar cadeira elétrica controlada pela boca

22/07/14 - 16h
Manchetes dos jornais: “Projeção do PIB cai, e governo não prevê melhora até eleição” -“’Colchões’ de deputados guardam R$ 10 milhões” - “Internet banda larga no Brasil é 33% mais lenta que a mundial”

22/07/14 - 15h
Mínima anunciada para hoje em M.Claros era de 16 graus, mas ela desceu aos 15

22/07/14 - 14h
Banda larga no Brasil é 33% mais lenta do que a mundial. E quase 10 vezes mais devagar do que a líder, Coreia do Sul

22/07/14 - 13h
Jornal o Tempo: “Deputados mineiros guardam 10 milhões de reais debaixo do colchão”

22/07/14 - 12h
CBF oficializa retorno de Dunga ao comando da seleção brasileira

22/07/14 - 11h21
Bar Sibéria, nome que vem desde os anos 50, vai fechar suas portas na próxima semana

22/07/14 - 11h
Ladrões da moto prata levam dinheiro, celulares, capacetes e rádio comunicador de motel. Loja entrega 22 celulares sob a mira de armas

22/07/14 - 10h09
"Para os diamantinenses, era um sujeito esquisito, que passava o dia de pijama tocando violão"

22/07/14 - 10h
Para Agência Atmosférica dos EUA, 2014 teve o junho mais quente já registrado

22/07/14 - 9h
174 remédios dispensados de impostos estão 12% mais baratos, divulga o governo

22/07/14 - 8h
Rafael Ilha foi preso com armas em Foz do Iguaçu. Ex-Polegar estava com a mulher e voltava do Paraguai

22/07/14 - 7h
Escritor Ariano Suassuna, de 87 anos, sofre AVC hemorrágico e é operado. Ele está em coma e respira por aparelhos


21/07/14 - 18h
Rodada do Brasileirão é a 2ª com menos gols na história dos pontos corridos

21/07/14 - 17h
Ministério Público já contesta 1.850 candidaturas – 1.141 somente em Minas

21/07/14 - 16h
Gol de James Rodríguez contra o Uruguai é eleito o mais bonito da Copa

21/07/14 - 15h
Presos usam telefone inteligente para acessar internet em cadeias e penitenciárias do Brasil

21/07/14 - 13h
Brasil tem 7 mortos em acidente de moto para cada 100 mil habitantes. É a 2ª maior taxa do mundo, atrás apenas do Paraguai

21/07/14 - 12h
Medo de não ir à próxima Copa leva CBF a chamar Dunga, acredita jornal

21/07/14 - 11h00
“Indústria reduz produção e vende energia” – é manchete no Rio

21/07/14 - 10h
Manchetes dos jornais: “Inflação afunda sonho de fartura para a classe C” - “Indústria reduz produção e vende energia” - “Presos usam Facebook de dentro da cadeia”

21/07/14 - 9h
Cruzeiro abre 5 pontos de vantagem na liderança do Brasileirão. Galo se mantém em 11º lugar

21/07/14 - 8h
Empresas brasileiras perdem 108 dias por ano com burocracia e carga de impostos, que é de 36,27%



OUÇA E VEJA A 98 FM
Todos direitos pertecentes a Rádio Montes Claros 98,9 FM. O material desta página
não pode ser publicado, transmitido por broadcasting, reescrito ou distribuído
sem prévia autorização