Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - sexta-feira, 20 de maio de 2022

"Atlético-MG afunda Grêmio e abre dez pontos na liderança do Brasileiro"

Quinta 04/11/21 - 6h12

Atlético-MG afunda Grêmio e abre dez pontos na liderança do Brasileiro

Zaracho e Vargas garantem triunfo do Galo diante de 56 mil torcedores

O Atlético-MG superou o Grêmio por 2 a 1 nesta quarta-feira (3), em duelo atrasado da 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mais de 56 mil torcedores acompanharam o encontro no Mineirão, em Belo Horizonte, que teve 100% da ocupação liberada pela primeira vez desde o início da pandemia do novo coronavírus (covid-19).


Líder da competição, o Galo foi a 62 pontos em 29 partidas, abrindo dez de vantagem para o Palmeiras (segundo colocado, também com 29 rodadas disputadas) e 12 para o Flamengo (terceiro, com dois jogos a menos). O Tricolor segue em situação difícil, na 19ª e penúltima posição, com 26 pontos, sete atrás do Bahia, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Os gaúchos têm 28 duelos realizados, um a menos que os baianos.

Desesperado, o Grêmio se lançou ao ataque desde o começo. Miguel Borja ficou no quase três vezes nos primeiros dez minutos. O atacante balançou as redes aos dois, mas o lance foi invalidado pelo árbitro de vídeo (VAR), que detectou impedimento do colombiano. Aos nove, ele perdeu a chance frente a frente com o goleiro Everson. Na sequência, acertou o travessão. Se a fase tricolor é ruim, a do Atlético é exatamente o contrário. Aos 11 minutos, o meia Matías Zaracho recebeu do atacante Diego Costa e abriu o placar no Mineirão.

O duelo foi para o intervalo sem lances de maior perigo. Na volta para o segundo tempo, o Grêmio chegou, enfim, ao empate. Aos dez minutos, Borja rolou e Jaminton Campaz finalizou, deixando tudo igual. Quis o destino que, aos 26, o próprio meia tocasse a bola com o braço na área, em lance verificado pelo VAR, após cobrança de falta. O atacante Eduardo Vargas cobrou a penalidade e recolocou o Galo à frente. A partir daí, a equipe mineira controlou as ações e foi pouco ameaçada pelos gaúchos, cada vez mais próximos do rebaixamento.(Agência Brasil)

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais