Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - domingo, 26 de maio de 2024

Há 45 anos, um cargueiro da Varig decolou de Tóquio para o Rio, com 6 tripulantes e valiosas obras de arte. Nunca chegou a lugar nenhum, e ainda é procurado

Domingo 17/03/24 - 7h40

Há 45 anos, o voo 967 da Varig desapareceu enquanto voava de Tóquio para o Rio.

Trazia seis tripulantes e 20 toneladas de carga.

Após a decolagem do Aeroporto de Narita, o Boeing 707 faria uma escala em Los Angeles antes de chegar ao Brasil.

20 minutos após a decolagem, o piloto fez o último contato com a torre de controle, e o avião desapareceu aproximadamente 500 km da costa do Japão, no Oceano Pacífico.

As buscas duraram oito dias, porém nada foi encontrado, e os seis tripulantes foram declarados mortos.

Despressurização teria causado a queda do avião cerca de 45 minutos após a decolagem, afundando-o no Oceano Pacífico e tornando a localização praticamente impossível.

A aeronave foi oficialmente classificada como desaparecida após o encerramento das buscas, e nenhuma parte dela nunca foi encontrada.

O piloto do voo, Gilberto Araújo Silva, era experiente e conhecido por sua habilidade em um incidente anterior em 1973.

Teorias sugeriram desde um suposto abate pelos soviéticos até um sequestro por colecionadores de arte, pois o avião transportava obras valiosas.

Recentemente, uma expedição - na mesma região do Oceano Pacífico - identificou, por sonar, o que pode ser o avião desaparecido da aviadora Amelia Earhart, sumido em 1937.


***

✅ Clique para seguir o canal da 98FM/montesclaros.com no WhatsApp👇🏻
Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais