Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 22 - segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Pedras preciosas roubadas em M. Claros foram recuperadas pela PRF na rodovia para S. Paulo, na altura da cidade de Oliveira

Sexta 10/09/21 - 16h20

Divulgação da PM:

EM AÇÃO CONJUNTA, FORÇAS DE SEGURANÇA PRENDEM SUSPEITOS DE ROUBO DE PEDRAS PRECIOSAS

Após intensa troca de informações entre as forças de segurança e diligências ininterruptas, autores foram presos e as pedras preciosas recuperadas.

A Polícia Militar foi acionada no final da manhã dessa quinta-feira (09) para atendimento a uma ocorrência de roubo, na área central da cidade de Montes Claros, no Norte de Minas Gerais. Na ocasião, a vítima (um homem, de 47 anos) foi rendida por dois suspeitos quando aguardava para uma possível negociação de pedras preciosas. Na oportunidade, foram subtraídas pedras preciosas, avaliadas em R$1.600.000,00 (um milhão e seiscentos mil reais). A partir daí, uma força-tarefa foi montada.

Um intermediador do negócio, que estava no local com a vítima, e que no momento também foi rendido, foi relacionado no Registro de Eventos de Defesa Social (REDS) como suspeito de envolvimento no crime, após inúmeras contradições verificadas na versão dada àquela ação.

Após intenso trabalho operacional e de inteligência realizados pelas equipes de militares das Unidades da 11ª RPM, foi identificado, através de câmeras de monitoramento, um veículo que teria sido usado pelos autores, e que esse teria sido avistado, já no período noturno, no município de Capim Branco/MG, demonstrando o apego incansável de nossa tropa no combate ao crime.

Assim, acionaram uma rede de comunicação com Órgãos parceiros, como a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil e Unidades da PMMG da Capital, que foi fundamental para que equipe da PRF, já na cidade de Oliveira, região centro-oeste de Minas Gerais, a 150 quilômetros de Belo Horizonte, obtivesse êxito na abordagem e prisão de outros autores.

Com os suspeitos que estavam no veículo foram localizados aproximadamente seiscentos gramas de pedras preciosas, e em diligências posteriores, o restante das pedras preciosas também foi localizado, tudo produto do crime ocorrido na data anterior.

A Polícia Civil está adotando as providências de polícia judiciária para que os investigados sejam levados à justiça, e paguem pelas suas ações criminosas.

Ressalta-se que a integração e o trabalho conjunto das Instituições, associados à dedicação e empenho dos profissionais envolvidos, foram primordiais para o êxito da ação, mostrando, mais uma vez, que a união é peça-chave para o combate ao crime, a garantia da ordem e a manutenção da paz social.
Reforçamos, por fim, que aqui no norte de Minas o criminoso não tem espaço.
Nós estamos por vocês, assim como vocês estão por nós!


***

Jornal O Tempo, de BH:


Cinco são presos com R$ 1 milhão em pedras preciosas roubadas em Montes Claros

Suspeitos de assaltarem joalheria foram capturados pela Polícia Rodoviária Federal na BR-381

Por REDAÇÃO

Seiscentos gramas de pedras preciosas avaliadas em R$ 1 milhão. Esse foi o montante roubado em uma joalheira de Montes Claros, no Norte de Minas, e que foi recuperado nesta sexta-feira (10) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Cinco suspeitos, que fugiram em um Uno prata, foram presos.

O crime aconteceu no dia anterior e, desde então, a Polícia Militar fazia rastreamento para localizar e capturar a quadrilha. A PRF também foi acionada e, nesta manhã, abordou o veículo com os supostos autores do assalto na altura do km 609 da BR-381, em Oliveira, na região Centro-Oeste do Estado.

Durante vistoria no automóvel, as pedras preciosas foram localizadas em um envelope de plástico. Conforme a PRF, os cinco homens fugiam em direção a São Paulo. "Todos os detidos apresentam extensa ficha criminal, com vários tipos de crimes cometidos", informou a corporação.

Além das pedras preciosas roubadas, os agentes também apreenderam diversos celulares. A ocorrência está sendo encaminhada à Delegacia de Belo Horizonte.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais