Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - sábado, 15 de junho de 2024

Moro, no Senado, sobre os planos que pretendiam matá-lo: "Se eles vêm com uma metralhadora, nós temos que ter um tanque de guerra ou carro de combate"

Quarta 22/03/23 - 19h00

No plenário do Senado Federal, nesta quarta-feira, 22 de março, o senador Sergio Moro (União Brasil) utilizou a palavra para abordar a Operação Sequaz da Polícia Federal (PF), que desarticulou um plano do Primeiro Comando da Capital (PCC) que visava o assassinato de autoridades e políticos, incluindo o próprio parlamentar.

O ex-juiz lamentou o ocorrido e destacou que o plano era uma forma de retaliação pelo seu trabalho como juiz e como ministro da Justiça no governo do ex-presidente Bolsonaro (PL), mencionando a transferência de líderes do PCC para presídios federais.

Moro também enfatizou a importância de enfrentar o crime organizado e afirmou que não se deve recuar perante essas ameaças. Em suas palavras:

"Se eles vêm pra cima da gente com uma faca, a gente tem que usar o revólver. Se eles usam revólver, temos que usar uma metralhadora. Se eles vêm com uma metralhadora, nós temos que ter um tanque de guerra ou carro de combate".

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais