Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - quinta-feira, 20 de junho de 2024

Bolsonaro falou durante 3 horas e meia para a Polícia Federal, nesta tarde, e novamente negou falsificação de cartões da vacina

Terça 16/05/23 - 18h20

O ex-presidente Jair Bolsonaro foi ouvido pela Polícia Federal em um depoimento que durou mais de três horas e meia, investigado por supostas fraudes em cartões de vacinação da Covid-19.

Bolsonaro chegou à sede da PF por volta das 13h30 e seu depoimento começou às 14h.

Ele deixou o local pouco antes das 18h, sem falar com a imprensa, acompanhado de seus advogados.

Segundo fontes, Bolsonaro afirmou que não solicitou a falsificação dos cartões nem a inserção de dados em seu nome.

O depoimento ocorreu na sede da PF, em Brasília, com reforço da segurança pela Polícia Militar do Distrito Federal.

Bolsonaro sempre afirmou que não se vacinou contra a Covid-19 e que seu cartão de vacinação não foi adulterado.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais