Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - segunda-feira, 17 de junho de 2024

A menos de um mês para que os candidatos se lancem, Argentina não sabe quem quer disputar a presidência da República

Sábado 27/05/23 - 6h34

Notícia que vem da Argentina:

O país - que já foi um dos mais ricos do mundo - enfrenta dificuldades também em relação às eleições presidenciais de 2023, a menos de um mês do prazo final para a apresentação dos candidatos.

Não se sabe se haverá eleições internas no peronismo ou se será escolhido um candidato único.

A atual vice-presidente, Cristina Kirchner, reiterou que não será candidata, apesar dos apelos de seus seguidores.

O presidente Alberto Fernández também não buscará a reeleição e defende a participação da coalizão de governo da Frente de Todos nas Primárias Abertas, Simultâneas e Obrigatórias (PASO) com vários candidatos, algo inédito no peronismo.

Sergio Massa, ministro da Economia e possível candidato bem posicionado, discorda dessa opção.

Outros possíveis candidatos mencionados incluem Agustín Rossi, chefe de gabinete, Daniel Scioli, embaixador no Brasil, Juan Grabois, líder social, e Claudio Lozano, ex-diretor do Banco Nación e líder do espaço Unidade Popular.

A decisão final de Cristina Kirchner é aguardada, e há especulações sobre seu apoio a Eduardo "Wado" De Pedro, ministro do Interior.

Muitos acham que Cristina vá nomear um candidato.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais