Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - quarta-feira, 24 de julho de 2024

Polícia procura entender o que está por trás da morte repetida de ciganos na Bahia. Vingança, disputa por terras e até latrocínio envolvem o mistério, até aqui

Sexta 06/10/23 - 7h11

Seis membros de uma família de ciganos em Jequié, na Bahia, foram mortos a tiros na manhã de quinta-feira (5).

As vítimas tinham idades entre 5 e 65 anos e estavam na mesma casa.

A investigação da Polícia Civil ocorre dois dias após a morte de Iomar Barreto Cabral, um parente da família, encontrado morto em Rafael Jambeiro.

As vítimas da chacina foram identificadas como Natiele Andrade de Cabral (22 anos, grávida de nove meses), Laiane Andrade Barreto (5 anos), Sulivan Cabral Barreto (35 anos), Elismar Cabral Barreto (23 anos), Lindinoval de Almeida Cabral (66 anos) e Maiane Cabral Gomes (45 anos).

Já Iomar Barreto Cabral, morto dois dias antes, era pai de Laiane e marido de Natiele.

A investigação ainda não se sabe se os dois casos têm relação, como se supõe.


As linhas de investigação incluem disputas por terras, latrocínio e vingança.

Em agosto, ocorreu ataque semelhante a ciganos em Feira de Santana, com quatro mortos, mas os suspeitos estão foragidos.

***

A partir de agora, as notícias enviadas através do WhatsApp serão atualizadas apenas pelo canal abaixo 👇🏻.

Inscreva-se tocando abaixo

Acesse o link do canal

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais