Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Mais de 800 pessoas morreram no Brasil, nos últimos 10 anos, atingidas por raios. Há registros de 3.262 mortes no rebanho bovino

Domingo 26/11/23 - 8h10

Nos últimos 10 anos, mais de 800 pessoas no Brasil morreram atingidas por raios, conforme revela levantamento do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Entre 2013 e 2022, foram registradas 835 mortes, com os estados do Pará e Amazonas liderando as estatísticas, totalizando 88 e 78 óbitos, respectivamente.

O número de mortes relacionadas a raios está ligado principalmente a três fatores: a incidência mais alta de raios na região, maior população e maior conscientização da população sobre os perigos das descargas elétricas.

As vítimas mais comuns são pessoas em áreas abertas na zona rural (27%) e aquelas dentro de casa, em contato com objetos conectados à rede elétrica ou telefônica (24%).

Apesar do ano de 2022 ter registrado o menor número de mortes durante a última década, o Brasil ainda está no topo do ranking mundial, sendo o segundo na América Latina em mortes causadas por raios.

O país enfrenta um aumento nas descargas elétricas atmosféricas, registrando cerca de 78 milhões por ano.

O Brasil é considerado o sétimo país com mais casos de mortes por raios no mundo.

Além das vítimas humanas, o levantamento do Inpe também destaca as mortes de gado causadas por raios, totalizando 3.262 casos na última década.

O Mato Grosso lidera o ranking, seguido por São Paulo e Mato Grosso do Sul.

***


A partir de agora, as notícias enviadas através do WhatsApp serão atualizadas apenas pelo canal abaixo 👇🏻.

Inscreva-se tocando abaixo

Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais