Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - quarta-feira, 22 de maio de 2024

Renomeado e aprovado pelo Congresso, novo seguro obrigatório aguarda a assinatura presidencial para ser cobrado já a partir de 2025

Sexta 10/05/24 - 7h02

Proprietários de veículos vão voltar a pagar o seguro obrigatório, conhecido como DPVAT, a partir de 2025.

A medida foi aprovada no Senado com 41 votos a favor e 28 contra, e aguarda a assinatura do presidente Lula para se tornar lei.

O imposto será renomeado como Seguro Obrigatório para Proteção de Vítimas de Acidentes de Trânsito (SPVAT) e deverá ter custo entre R$ 50 e R$ 60,segundo o relator da proposta, Jaques Wagner.

Anteriormente utilizado para indenizar vítimas de acidentes de trânsito, financiar o Sistema Único de Saúde (SUS) e promover ações de educação e prevenção de acidentes, o novo SPVAT agora abrangerá assistência médica e suplementar, como fisioterapia, medicamentos, equipamentos ortopédicos, órteses e próteses.

Cobrirá despesas com serviços funerários e reabilitação profissional de vítimas parcialmente inválidas.

Algumas características do novo imposto incluem a possibilidade de variação do valor conforme o tipo de veículo, a exclusão do direito ao auxílio para aqueles já assistidos por seguro privado ou plano de saúde, e a imposição de multa por infração grave para quem não efetuar o pagamento.

O prêmio será concedido à pessoa que sofreu o acidente ou a seus familiares em caso de óbito, mesmo que os veículos envolvidos estejam irregulares.

O prazo para pagamento da indenização será de 30 dias, e o licenciamento do veículo, assim como transferências de propriedade e baixa de registro, estará condicionado ao pagamento do SPVAT.

A administração do seguro ficará a cargo da Caixa Econômica Federal, responsável por cobrar o seguro, gerir o fundo e analisar os pedidos de indenização.

***

✅ Clique para seguir o canal da 98FM/montesclaros.com no WhatsApp👇🏻
Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais