Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 22 - domingo, 18 de abril de 2021

Para viajar pela última vez no Air Force One, Trump precisará deixar Washington antes do meio-dia de hoje, pois depois já será ex-presidente, e já na Flórida. (No voo de volta, o status do avião não será o mesmo)

Quarta 20/01/21 - 7h23

Breve roteiro sobre a posse do novo presidente dos EUA, hoje:
- A cerimônia posse do presidente e da vice-presidente − a primeira mulher a ocupar o cargo − será realizada sob medidas de segurança extras.
- Será a primeira transferência de poder desde 1869 em que o presidente não estará presente para passar o cargo ao seu sucessor.
- Mais de 10.000 membros da Guarda Nacional foram mobilizados para a cerimônia.
- O total deve chegar a 25.000, o dobro do número de militares utilizados nas cerimônias passadas.
- As autoridades pediram que pessoas de outros lugares não viajem à cidade para a posse, afirmando que é melhor acompanhar o evento por imagem.
- Biden insistiu em que a cerimônia seja realizada ao ar livre, uma tradição que começou em 1865 com Andrew Jackson.
- A equipe propôs que o juramento fosse transferido para o interior do Capitólio devido aos riscos representados pela pandemia e pelas ameaças de grupos extremistas.
- No entanto, o evento será realizado nas escadarias da parte oeste do complexo que abriga o Congresso americano, como ocorre desde a posse de Ronald Reagan, em 1981.
- Trump deve viajar de Washington para a Flórida na manhã desta quarta, antes do meio-dia, pois depois já não poderá utilizar o Air Force One.
- Não haverá o tradicional desfile pela Avenida Constituição.
- O número de convidados que presenciarão o juramento foi reduzido.
PERDÃO
A horas da posse, o presidente Trump perdoou seu ex-assessor Steve Bannon. O ex-assessor é acusado de fraude numa campanha de doações para a construção do muro na fronteira com o México. Ele chegou a ser preso em agosto e teve de pagar fiança de US$ 5 milhões.
DETALHE
O Air Force One é o avião de uso do presidente dos Estados Unidos. Contudo, ele tem este tratamento apenas quando o presidente está a bordo.
NA VOLTA
Na partida de Washington para a Flórida, hoje, o Air Force será o Air Force One enquanto o presidente estiver a bordo. Na volta, será um dos aviões da frota presidencial, mas sem o destaque operacional.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais