Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 22 - domingo, 26 de setembro de 2021

O resumo: "Um homem de 56 anos morreu depois de ser esfaqueado dentro da própria residência no povoado de Cabeceiras, em Montes Claros, na madrugada desta segunda-feira (13)"

Segunda 13/09/21 - 7h03

Divulgação do Samu:


Homem é ferido com faca e morre em Montes Claros

Um homem de 56 anos morreu depois de ser esfaqueado dentro da própria residência no povoado de Cabeceiras, em Montes Claros, na madrugada desta segunda-feira (13). A vítima foi atingida com três golpes de faca na região do pescoço. A equipe médica do SAMU foi acionada para prestar socorro ao homem, mas ele não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.

***

Divulgação da PM:

POLÍCIA MILITAR PRENDE HOMEM ACUSADO DE COMETER UM HOMICÍDIO NA ZONA RURAL DE MONTES CLAROS
Por volta das duas horas da manhã de hoje (13), a Polícia Militar foi acionada e compareceu na Comunidade de Cabeceiras (às margens da MGC-135), zona rural da cidade, sendo que ao chegar no local dos fatos os policiais depararam com a vítima, um homem de 56 anos, caída ao solo da sala de sua residência. Equipe do SAMU compareceu no local e após checar os sinais vitais da vítima, constatou o óbito causado por cinco perfurações na região do pescoço. Segundo relato de testemunhas, horas antes do fato, a vítima se encontrava na companhia do suspeito, com quem já teria morado há um tempo atrás. Porém, o suspeito teria se mudado para a cidade de Unaí, mas no domingo (12) ele retornou para Montes Claros onde novamente procurou pela vítima, que o recebeu em sua casa. As testemunhas informaram que algumas horas antes do crime, o suspeito, que é usuário de drogas, parecia apresentar sintomas de abstinência do uso de drogas, pois estaria na rua gritando e correndo, momento em que a vítima o teria levado para sua residência. Ainda segundo testemunhas, posteriormente o suspeito deslocou até uma residência vizinha relatando que a vítima teria sido agredida por um indivíduo que estava em uma motocicleta, no entanto não descreveu características deste suspeito, nem da motocicleta. Ao ser indagado pela equipe policial, o suspeito relatou que se encontrava na residência com a vítima e que após fazerem a leitura da bíblia foi para o seu quarto onde dormiu, só acordando quando ouviu o barulho de uma cadeira caindo no chão e quando saiu do quarto para ver o que se tratava, deparou com a vítima caída ao solo em uma poça de sangue, percebendo somente que "alguém" teria entrado na casa pela porta dos fundos e após cometer o crime teria fugido, deixando rastros pelo quintal. Questionado sobre a motocicleta entrou em contradição por diversas vezes dizendo que não ouviu barulhos da motocicleta, que somente havia visto uma motocicleta próximo ao sítio momentos antes dos fatos. A perícia foi acionada, constatando que no local não havia sinais de arrombamento nas portas ou janelas e que nenhum objeto da vítima teria sido subtraído. Foi constatado ainda que no tênis em que o suspeito estava usando havia respingos de sangue, dando a entender que este, possivelmente, estava próximo da vítima no momento do crime. Diante das evidências, o suspeito, de 36 anos, foi preso e conduzido à delegacia para demais esclarecimentos.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais