Um olhar sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros
(38) 3229-9800
 
Conheça-nos
Principal
Mural
Eu te procuro
Clamor & Broncas
Músicas de M. Claros
Hoje na história
 de M. Claros
Montes Claros
 era assim...
História
Memorial de
 João Chaves
Memorial de
 Fialho Pacheco
Reportagens
Concursos
Colunistas Convidados
Notícias por e-mail
Notícias no seu site
Fale conosco
 
Anuncie na 98 FM
Ouça e veja a 98 FM
Conheça a 98 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 98
Previsão do tempo
 
Anuncie na 93 FM
Ouça a 93 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 93
Publicidade
 
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Davidson Caldeira
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaias Caldeira
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz de Paula
Luiz Ortiga
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Ruth Tupinambá Graça
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira
 
Atuais
Panorâmicas
Antigas
Pinturas
Catopês
Obtidas por satélite
No Tempo de Lazinho
Estrada Real Sertão
Mapa de M. Claros
 

2/8/2014 - "existem pessoas (...) comprando áreas aqui em Montes Claros para chacrear, ganhar um “burro de dinheiro”, e vão embora deixando os ludibriados proprietários de chácaras irregulares “a ver navios”. A ocupação desordenada da região serrana decorre:

»Da procura por melhor clima
»Da procura de paz no campo
»Do inchaço da cidade
»Do medo causado pela violência fora de controle
»Tudo isto

» Ver resultados «




Buscar no Site


Previsão do tempo

Digite uma cidade:

Busca no



 
 



Jornalismo exercido pela própria população



Deixe sua notícia neste Mural, clique aqui para enviar.
(Seja objetivo e escreva no menor espaço possível. Se preferir, coloque seu e-mail; se desejar, coloque também endereço e telefone. As mensagens - preferencialmente de inspiração noticiosa - serão publicadas a critério da redação. Textos que ferem as leis serão sumariamente descartados, assim como mensagens agressivas ou que pretendam apenas criar polêmica e discussão estéril.Pede-se, com empenho, que as mensagens não sejam redigidas em letra de caixa-alta (letras maiúsculas), que em linguagem de internet equivalem a falar gritando. As mensagens aqui postadas não representam a opinião do montesclaros.com; a responsabilidade pertence ao autor da mensagem).



Ir para mensagem N°:
Por data:

Mensagem N° 78553
De: José Ponciano Neto Data: Seg 1/9/2014 16:38:10
Cidade: Montes Claros
(...) Falando de proteção e preservação, a área que mais nos chamou atenção foi da Fazenda do Tone Sá (surgência do Riachão). Nesta área existe um controle rígido para visitação, já na chegada, uma placa de advertência cita as restrições, a chave da cancela só tem acesso quem procurar os proprietários, a pessoa tem que ter uma justificativa persuasiva. Se não... Nada feito! Durante nossa visita fomos acompanhados pelo o proprietário; realmente uma área muito bem cuidada. Voltando ao assunto; creio que em pouco tempo o relatório final será entregue a todas as instituições parceiras. Volto a ressaltar a falta de uma faculdade de Geologia em Montes Claros. (*) José Ponciano Neto é Tec. Meio Ambiente e membro da equipe. (...) (Clique aqui para ler toda a mensagem na seção Colunistas)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78551
De: João Alberto Data: Seg 1/9/2014 13:31:37
Cidade: Montes Claros
Faleceu agora a pouco em Cuiabá Mato Grosso, o pecuarista montes-clarense Dirceu Barbosa Braga.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78550
De: Moradora Data: Seg 1/9/2014 12:40:04
Cidade: Montes Claros
Trabalho em uma avenida bastante movimentada e como se já não bastasse o baralho ensurdecedor dos ônibus, caminhões e certas motos, agora precisamos conviver também com os insuportáveis carros de propaganda política. Esses estão me tirando do sério, pois parecem estar com o volume bem acima do permitido. Está praticamente impossível atender um cliente ou falar ao telefone. Aja paciência!!!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78549
De: Fabio Martins Data: Seg 1/9/2014 11:29:58
Cidade: Montes Claros
Essa questao da poluicao sonora em Montes Claros e realmente uma vergonha. Houve um esforco e parecia que a coisa estava melhorando. De um ano pra ca rudo esta voltando como antes. Na festa de Agosto o barulho foi ate as duas horas da madrugada, contrariando o proprio CODEMA e desrespeitando uma lei que vinha sendo cumprida a mais de 4 anos. Neste fim de semana o triangulo da impunidade voltou a desrespeitar a populacao e a todos enfermos nos leitos de hospital. Tenho vergonha de ser Montesclarence e ter que mudar da minha residencia porque as autoridades nao conseguem dar a populacao ao menos o direito de dormir.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78548
De: Manoel Hygino Data: Seg 1/9/2014 09:16:48
Cidade: Belo Horizonte
O silêncio dos magistrados

Manoel Hygino - Hoje em Dia

Doutor Honoris Causa por várias universidades no exterior, o ex-presidente acha que só ele tem direito de falar. Ministros do Supremo Tribunal Federal deveriam manter silêncio sobre os problemas do país e da administração dos negócios públicos.
Lula declarou peremptoriamente, em fevereiro último, e os jornais, que não brincam em serviço, publicaram: “Se quer fazer política, entre num partido político e seja candidato”. A crítica foi formulada, em Ribeirão Preto, durante evento com líderes do agronegócio, quando o ex-metalúrgico discursou ao se tocar no caso mensalão. “O papel do ministro da Suprema Corte é falar nos autos do processo e não ficar falando para a televisão o que ele pensa”.
Disse mais, repetitivo: “O cidadão, se quiser fazer política, que diga: ‘não aceito ser ministro (do STF), vou ser deputado, vou entrar num partido e mostrar a cara’”. Sem citar José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares, já então detidos, Luís Inácio choramingou, alegando que o seu partido “está sofrendo, pois tem companheiros presos, com os quais se solidarizava”. “Tenho que pagar se tiver prova contra mim, a Marta (Suplicy) tem que pagar e cada um de vocês (eram 1.500 pessoas no auditório) têm que pagar porque foi o nosso partido que não deixou sujeira debaixo do tapete. O que vale para nós tem que valer para todos”.
Lula preconizou que a campanha de 2014 não seria fácil. “Os tucanos não brincam em serviço, porque ninguém tem um bico daquele tamanho à toa. É bico de predador, de comedor de filhotinho”, asseverou.
O antecessor de Dilma evita tocar no assunto Petrobras, nos preços de energia elétrica, no subpis. Não alude as vendas de veículos e motos que, neste ano, tiveram o pior desempenho desde setembro de 2012. Nem considerou que os carros vendidos no Brasil estão entre os mais caros do mundo.
Feita a conversão de moedas, os adquiridos nos Estados Unidos chegam a ser duas ou três vezes mais baratos. Assim, o trabalhador daqui tem que suar quatro anos, três meses e 22 semanas para adquirir um.
Tampouco interessa. Mas Luiz Gonzaga Belluzzo, professor da Unicamp e conselheiro da presidente, admite que a situação está difícil. “A gente não pode se enganar”, até porque o próximo governo terá de resolver duas encrencas: reajustar preço da gasolina e deixar o dólar subir.
O que nos conduz inapelavelmente às declarações da ministra Carmen Lúcia, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), que evidentemente não tem o direito de se manifestar, direito só dos políticos, segundo Lula.
“Muitas vezes, especialmente na parte administrativa, eu acho que estou maquiando cadáver. Esse Estado brasileiro, como está estruturado e como a Constituição previu há 25 anos, não atende mais a sociedade. O que era esperança, na década de 1980, pode se transformar em frustração. A tendência de uma frustração, o risco social é se transformar em fúria. E, quando a fúria ganha as ruas, nenhuma ideia de Justiça prevalece.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78547
De: Adilson Data: Seg 1/9/2014 08:46:13
Cidade: Janauba
Perigo de acidente entre Capitão Enéas e o trevo da BR 251. Está em andamento reforma na rodovia 122, especificamente entre o trevo de Capitão Eneas e o trevo da BR251. Há muita poeira, beirando a visibilidade zero e nenhuma sinalização. É necessário, com urgência máxima, que seja molhada a estrada e sinalizado (principalmente a noite). Com a palavra a Construtora (...), responsável pela obra e o DER.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78546
De: Lúcio Guimarães Data: Seg 1/9/2014 08:26:17
Cidade: Montes Claros/MG
E-mail: lucioguimaraes1165@hotmail.com
Anomia. Prestem atenção nesta palavra referencial, emblemática. Que a grosso modo significa: "Estado de uma sociedade caracterizada pela desintegração das normas que regem a conduta dos homens e asseguram a ordem social". Foi definida pelo celebrado sociólogo Durkheim, que decifrou o momento grave em que as normas passam a ser ignoradas, prenunciando as sociedades doentes. Pois bem, invoco o termo anomia para representar o que volta a acontecer ao lado de nós, em muitas áreas, quando as leis perdem o seu efeito, para no seu lugar vigir às vezes o desejo da passageira autoridade, impondo o abjeto e temido arbítrio, movediço terreno que precede a autocracia e deformações como tais. Veja o caso da reiterada desobediência das leis, muitas, que limitam o ruído máximo que pode ser suportado pelos humanos, sem graves conseqüências para o seu equilíbrio e saúde geral. Todos viram, testemunharam como até cerca de um ano atrás eram frequentes as queixas contra ruídos propositadamente provocados. Coube a um novo comandante da PM, em boa hora, exigir o cumprimento das leis que garantem o sossego público. Foi um alívio, gradativo e pacificador. (...)

Essa questão do barulho em Montes Claros se agravou depois de reunião na Camarã Municipal de Montes Claros quando os Vereadores e Deputadas Estaduais e em conjunto com meia duzia de empresarios que não querem ter gasto seguindo a lei, que gerou a transferência do (...) do Policiamento de Meio Ambiente, e ai gerando essa algazara.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 78545
De: Alberto Sena Data: Seg 1/9/2014 08:19:14
Cidade: Grão Mogol/MG
(...) Era tempo de estudo primário no Grupo Escolar Gonçalves Chaves, por onde passou gente de renome como Darcy Ribeiro e outras feras vivas no meio de nós para alegria própria e dos parentes.
A sala era da professora Bernadete Costa. Tinha fama de durona. E era mesmo. Mas possuía vocação. Sem dúvida alguma desasnou gerações de montesclarinos. Ela era mãe do, naquela época, futuro jornalista Robson Costa. (...) (Clique aqui para ler toda a mensagem na seção Colunistas)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78543
De: Jr Data: Dom 31/8/2014 21:35:32
Cidade: M. Claros
Realmente recomeçou o barulho no triângulo da impunidade, novamente merecedor desse título. Foram muitos carros usinas de som, na última madrugada. Agora, uma banda toca em ambiente sem proteção acústica, prejudicando a vizinhança em área hospitalar.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78542
De: Estado de Minas Data: Dom 31/8/2014 21:21:57
Cidade: BH
Acidente deixa dois mortos e três feridos na MG-135, em Montes Claros - Dois passageiros de um Vectra morreram após o carro colidir lateralmente com uma Pajero - Um acidente envolvendo dois carros deixou dois mortos e três feridos na MG-135, em Montes Claros, no Norte do estado. No início da tarde deste domingo, o motorista de um Vectra perdeu o controle do veículo, rodou na pista e bateu em uma Pajero que seguia pela estrada. A frente da caminhonete foi atingida pela lateral do carro e as duas pessoas, motorista e passageiro do lado esquerdo, ficaram presos às ferragens e morreram no local.
O motorista da Pajero foi socorrido por testemunhas com dores no tórax devido ao impacto do Airbag. O parabrisa do veículo ficou quebrado com o impacto e o Vectra, segundo bombeiros que atenderam a ocorrência, ficou irreconhecível.
Outros dois passageiros do Vectra, ambos embrigados, ficaram feridos. Abelardo Alves Pereira, de 32 anos, e Francisco Ildeu Pereira, de 42, foram socorridos para a Santa Casa de Montes Claros. O primeiro com suspeita de trauma no tórax e o segundo, com fratura no rosto, escoriações no braço esquerdo e suspeita de hemorragia interna. Os Bombeiros não souberam informar se o motorista também estava embriagado antes do acidente.
***
O Tempo - Dois morrem e três ficam feridos em acidente na MGT-135 - Passageiros de um dos carros revelaram que teriam consumido bebidas alcoólicas pouco antes do acidente - LUCIENE CÂMARA - Duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas em um acidente envolvendo dois carros na MGT-135, que liga Montes Claros a Januária, no Norte de Minas, na tarde deste domingo (31). Segundo o Corpo de Bombeiros, por volta das 12h, um Vectra que seguia sentido Montes Claros rodou na pista e bateu de frente com um Pajero, que vinha no sentido contrário.
O condutor do Vectra e um passageiro do banco traseiro (que estava atrás do motorista) ficaram presos às ferragens e morreram no local.Os outros dois ocupantes do mesmo carro e o motorista do Pajero tiveram ferimentos e foram levados para hospitais da região.
De acordo com o sargento do Corpo de Bombeiros Carlos Roberto da Silva, há suspeita de que os ocupantes do Vectra, incluindo o condutor, tenham ingerido bebida alcoólica minutos antes do acidente. “Um dos passageiros disse que eles tinham acabado de almoçar e bebido um pouco”, relatou Silva.
O sargento disse que a batida ocorreu em uma reta onde a condição da estrada está boa. Tudo indica que o motorista do Vectra, não identificado, tenha perdido o controle da direção. O veículo virou e bateu de lado com o Pajero. Os ocupantes do Vectra, segundo o bombeiro, são de um distrito de Mirabela, na mesma região, que estava em festa neste fim de semana.
***
Samu - Duas pessoas morrem e duas ficam feridas em acidente na MGC-135 - A unidade do SAMU de Montes Claros foi acionada por volta do meio-dia desse domingo (31), para atendimento a vítimas de um acidente ocorrido na MGC-135, próximo ao trevo dá acesso ao Distrito de Ermidinha, a 42 quilômetros de Montes Claros, no Norte de Minas.
De acordo com testemunhas, o veículo (Vectra) que seguia sentido Mirabela/Montes Claros tentou uma ultrapassagem e colidiu contra outro carro (Pajero), que seguia em sentido contrário. Os dois ocupantes que seguiam no Vectra não resistiram aos ferimentos e morreram no local.
Os dois ocupantes do Pajero, de 31 e 43 anos, ficaram gravemente feridos e foram encaminhados à Santa Casa de Montes Claros após receberem os primeiros cuidados no local.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78541
De: Alberto Data: Dom 31/8/2014 19:36:15
Cidade: M. Claros

Anomia. Prestem atenção nesta palavra referencial, emblemática. Que a grosso modo significa: “Estado de uma sociedade caracterizada pela desintegração das normas que regem a conduta dos homens e asseguram a ordem social”. Foi definida pelo celebrado sociólogo Durkheim, que decifrou o momento grave em que as normas passam a ser ignoradas, prenunciando as sociedades doentes.

Pois bem, invoco o termo anomia para representar o que volta a acontecer ao lado de nós, em muitas áreas, quando as leis perdem o seu efeito, para no seu lugar vigir às vezes o desejo da passageira autoridade, impondo o abjeto e temido arbítrio, movediço terreno que precede a autocracia e deformações como tais.
Veja o caso da reiterada desobediência das leis, muitas, que limitam o ruído máximo que pode ser suportado pelos humanos, sem graves conseqüências para o seu equilíbrio e saúde geral. Todos viram, testemunharam como até cerca de um ano atrás eram frequentes as queixas contra ruídos propositadamente provocados. Coube a um novo comandante da PM, em boa hora, exigir o cumprimento das leis que garantem o sossego público. Foi um alívio, gradativo e pacificador.
Infelizmente, os transgressores - em tempos de anomia - não desanimam.
Voltam a experimentar as autoridades e a provocar as leis, impondo sua vontade transgressora. Arrogantemente., e confiados na impunidade.
Nas últimas semanas, recomeçaram tentativas em áreas identificadas, notadamente no outrora triste e famoso "triangulo da impunidade", onde o barulho dos carros usinas de som e dos barzinhos com som ao vivo, em ambiente sem tratamento acústico, ensaiam regressar, trazendo o mote da "cidade sem lei". O resultado da nova investida já pode ser medido e notado, e começa a se espalhar por outros pontos, gerando inquietação. A persistir o novo abuso, o clamor tende a se elevar, em defesa das leis.
Imaginava-se que a cidade havia ultrapassado este estágio primitivo, de barbárie e transgressões.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78540
De: Haroldo Lívio Data: Dom 31/8/2014 13:47:57
Cidade: M. Claros
Wanderlino Arruda octogenário

HAROLDO LÍVIO


Anote em sua agenda, por favor. Na próxima quarta-feira, 3 de setembro do ano corrente de 2014, Wanderlino Arruda, o homem de sete instrumentos, estará comemorando, no recesso do lar, a chegada de suas oitenta primaveras. Não se trata de nenhum trote, para incomodar o ilustre aniversariante. Com cara de menino, agitado como um menino e ainda em plena atividade e sem tempo para fazer tudo que planeja para o futuro, quem não o conhece bem deve ter a impressão de que seja apenas um vigoroso sexagenário. Ele está ótimo de saúde, é um cidadão feliz com a família, com os amigos e toda a humanidade que bate palmas à sua passagem, por reconhecer em sua pessoa um dos valores mais elevados de nossa comunidade montes-clarense.
Esta história de vida edificante teve seu ponto de partida no ano de 1934, na atual cidade de São João do Paraíso, que o destino lhe concedeu por berço natal, sendo primogênito de um jovem casal das tradicionais famílias Arruda e Morais, gente de ótima qualidade que honra seus descendentes. Conheceu, no lar paterno, que é o seu escudo de dignidade e amor, as primeiras lições de trabalho e organização na luta pela vida, sem abrir mão das virtudes essenciais que devem ser cultivadas eternamente. Custe o que custar. Por tudo isto, pode-se atestar que o mestre Wanderlino Arruda, de quem tenho o privilégio de ser amigo e contemporâneo, há sessenta anos, pode ser apontado, sem sombra de dúvida, como um guerreiro plenamente vitorioso em todas as batalhas.
Seu currículo não cabe neste espaço exíguo. Se fosse relacioná-lo aqui, seria abusar da boa vontade do leitor. No meu pequeno mundo, não sei de ninguém que tenha recebido tão grande número de homenagens, distinções e troféus. Foi de tudo um pouco; de vendedor de doce de marmelo a governador do Rotary Clube, adquiriu larga experiência existencial e cultural. Correu mundo...
Conhece o Brasil como a palma da mão. Oropa, França e Bahia figuram em seu itinerário habitual.
Veio de baixo e ganhou alturas vertiginosas. Tem sido caixeiro de loja, orador, professor, contador, pintor, prosador, vereador, construtor e outras cousas que rimam com amor. Por falar em amor e sem mudar de assunto, nessa trabalheira danada contou com o arrimo de sua meeira e querida esposa Olímpia, com quem divide sua coroa de glórias. Ele tem uma biografia muito bonita, que para mim é mais importante que o curriculum vitae. Já ia me esquecendo de dizer que ele é poeta,
maçom de grau 33 e já presidiu nossa câmara municipal, além de ter cumprido carreira exemplar no Banco do Brasil. Tome biografia, tome currículo, porque é pouca vida para tanta lida. Agora mesmo, ele acaba de regressar de uma peregrinação cívica em Portugal, onde deve ter divulgado o notável trabalho do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros, sua atual paixão. Que Deus o abençoe, caríssimo aniversariante, e o conserve sempre assim. Despedindo-me, não posso deixar de registrar sua atuação como participante ativo do processo de crescimento de nossa Montes Claros, construindo dezenas de apartamentos. Isto é de grande importância. Você é camisa 10!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78539
De: José Prates Data: Dom 31/8/2014 11:13:59
Cidade: Rio de Janeiro - RJ
A Independência da Mulher


Pra dizer a verdade, nas décadas de cinqüenta, quando iniciava minha vida profissional no jornalismo, em Montes Claros, enfronhado na política partidária, fazendo cobertura do que acontecia, não imaginava, nem podia imaginar que um dia, uma mulher viesse a governar o país e ao final de seu mandato, outra mulher estivesse candidatando-se ao lugar, com chance de eleição. Pois isso acontece agora tranquilamente, como coisa natural. O país mudou? O sistema de política é outro? Não. Tudo continua a mesma coisa, exceto a mulher que acordou de longo sono e assumiu o seu lugar na sociedade. Demorou, demorou muito, mas, a mulher deixou de aceitar a imposição de ter nascida para ser dona de casa. Resolveu mostrar ao mundo os seus atributos, revelando-se excelentes trabalhadoras em qualquer espécie de trabalho que use mais o poder da mente que o esforço físico. A independência da mulher, hoje, acontece no mundo inteiro. Não podemos dizer que a mulher foi em toda vida da humanidade, uma submissa ao homem e por ele comandada, porque no passado tivemos mulheres extraordinárias que pelos seus feitos ingressaram na história como heroínas. Vejam, por exemplo, Anna Nery que ao irromper a Guerra do Paraguai em dezembro de 1864, o seus dois filhos e seu irmão seguiram para o campo de luta. Anna requereu ao presidente da província da Bahia, conselheiro Manuel Pinho de Sousa Dantas, lhe fôsse facultado acompanhar os filhos e o irmão (major Maurício Ferreira) durante a guerra, ou ao menos prestar serviços nos hospitais do Rio Grande do Sul. Deferido o pedido, partiu de Salvador incorporada ao décimo batalhão de voluntários (agosto de 1865), na qualidade de enfermeira. Fez toda campanha, prestando relevantes serviços como enfermeira no campo de batalha. A primeira enfermeira do Exercito Brasileiro. Outra grande mulher foi Joana Darc por 16 anos, levou as forças francesas em uma série de ataques bem sucedidos contra os ingleses. Ela teve que usar roupas de homens e cortou o cabelo curto para não ser visto como um objeto sexual. Ela conseguiu inspirar um exército de homens com o dobro de sua idade para segui-la. Não foram, apenas, estas duas que mostraram o poder da mulher quando ela o assume. Muitas outras estiveram presentes no noticiário do mundo como governanta como, por exemplo, a Rainha Elizabeth na Inglaterra e outras mais.
Se duvidarem da competência da mulher na administração de uma empresa, devem avaliar com cuidado a perfeição, a maestria na condução da administração de um lar com todos os seus problemas. É no lar, sob o comando da mãe, que a mulher tem a primeira aula de administração, iniciando os seus desafios. Já pensaram, já prestaram atenção na habilidade da mulher em definir, planejar convenientemente as tarefas que lhe competem como administração do custeio do lar que deve estar dentro das condições econômicas de que dispõe. Além disso, e o mais importante é manter a autoridade sobre os filhos e ao mesmo tempo ser amorosa para com eles. Tudo isto compete à mulher em nossa própria casa. Coisas que acompanhamos no dia a dia, o mês inteiro, o ano todo, mas, não vemos o caixa onde ela vai receber o pagamento.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78538
De: Marcelo Eduardo Freitas Data: Sáb 30/8/2014 12:03:27
Cidade: Montes Claros
E-mail: marcelo.mef@dpf.gov.br
(...) Criadas com o propósito de facilitar a interação entre as pessoas e proporcionar meios diferentes e interessantes de diversão, as redes sociais têm tido o seu sentido depauperado. A ideia de que as coisas são como são e não há outro modo delas serem, relegando bilhões de pessoas ao terreno fértil da conformidade e da subserviência, está equivocada. É preciso muita atenção de todos nós. Construir uma realidade que seja diferente. Afinal, como diria Albert Einstein, "eu temo o dia em que a tecnologia ultrapasse nossa interação humana, e o mundo terá uma geração de idiotas". Já somos dessa geração ou ela ainda está por vir? Lego aqui um momento para reflexão. (*) Delegado de Polícia Federal e Professor da Academia Nacional de Polícia (...) (Clique aqui para ler toda a mensagem na seção Colunistas)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78536
De: Hoje em Dia Data: Sáb 30/8/2014 11:13:45
Cidade: Belo Horizonte
Goleiro Bruno estaria com plano de fuga de penitenciária do Norte de Minas - Gabriela Sales - O goleiro Bruno Fernandes, que cumpre pena na Penitenciária de Segurança Máxima de Francisco Sá, no Norte de Minas, estaria com plano de fuga da unidade. Essa informação está no documento de denúncia protocolado no Conselho Regional de Justiça (CNJ) na última terça-feira (26). O atleta cumpre 22 anos de prisão acusado de ser o mandante da morte de Eliza Samudio, em 2010. O documento é assinado pelos advogados dos escritório Carbone & Faiçal e de iniciativa do defensor Ângelo Carbone. Segundo o advogado, a investigação sobre o caso começou depois que vários detentos da Penitenciária de Nelson Hungria , em Contagem, região Metropolitana de Belo Horizonte, protestaram sobre a transferência do atleta. “A população carcerária está revoltada com o privilégio. Vários presos citam até o nome da pessoa que beneficiou o Bruno nesta transferência”, contou. Carbone, que é defensor do detento Jaílson Alves de Oliveira, que cumpre pena de 36 anos na Nelson Hungria, disse que a transferência iria facilitar a fuga do atleta do sistema carcerário. “Esse é o relato tanto de Jailson quanto de outros detentos e até funcionários da unidade, que não entendem como o atleta conseguiu esse benefício de maneira tão rápida”,afirmou o advogado. No documento, os advogados destacam que o atleta teria concedido entrevistas de forma remunerada dentro do complexo penitenciário, o que teria facilitado para que conseguisse a transferência. Sobre a mudança para o Norte de Minas teria sido realizada através da influência um pessoa dentro do judiciário. Bruno Fernandes, foi transferido para a penitenciária de Francisco Sá, no dia 20 de junho. Entre os critérios avaliados, pela Vara de Execuções Criminais está a residencia fixa na região, segurança e vaga na unidade prisional dentre outros critérios. Para o advogado responsável pela defesa de Bruno, Francisco Simim, a denúncia é irreal. “É uma mentira. A noiva (Ingrid Calheiros) de Bruno mora em Montes Claros. Ele não teve nenhum tipo de privilégio. Somente aquilo que é de direito. Esses advogados estão fantasiando”, disse. Agora, a denúncia será avaliada e deverá seguir para Supremo Tribunal Federal (STF). O órgão é responsável por investigar condutas e procedimentos jurídicos. Segundo Carbone, não há prazo para que o processo de investigação seja instaurado. “Espero que seja o mais rápido possível, pois essa medida pode motivar um rebelião entre a população carcerária devido ao beneficio irregular de Bruno, além de sua fuga do Norte de Minas”, destacou. A defesa do goleiro informou que irá esperar ser comunicado oficialmente para tomar providências sobre o caso.
***
Estado de Minas - Advogado pede que CNJ investigue transferência do ex-goleiro Bruno
- A denúncia foi feita pelo advogado de outro detento da Nelson Hungria que, assim como o restante da população carcerária ficou insatisfeita com o benefício concedido ao ex-atleta - O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai investigar denúncia de que a transferência do goleiro Bruno Fernandes de Souza para a Penitenciária de Segurança Máxima de Francisco Sá, no Norte de Minas, em 20 de junho, contou com o “apadrinhamento” de pessoa influente. Uma reclamação disciplinar assinada pelo advogado João Antonio Reina, do escritório paulista Carbone & Faiçal, foi protocolada no CNJ pedindo abertura de processo de investigação. Já o advogado Thiago Lenoir, que defende Bruno, considerou um “factoide” a acusação e disse que não vai rebatê-la, pois seu foco é o recurso em segunda instância contra a condenação de seu cliente e a permissão para que o ex-atleta volte a jogar futebol.
A iniciativa da denúncia ao CNJ foi do advogado Ângelo Carbone. Em visita ao seu cliente, Jailson Alves de Oliveira, que cumpre pena de 36 anos na Penitenciária Nélson Hungria, em Contagem, Grande BH, ele tomou conhecimento da insatisfação entre a população carcerária pelo benefício da transferência de Bruno, que cumpria sentença de 22 anos no local, acusado de ser o mandante da morte de sua ex-amante Eliza Samudio, em 2010. Jailson é o detento que disse ter ouvido do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, uma confissão de como ele matou Eliza.
Ameaça O documento encaminhado ao CNJ sugere ainda que um plano de fuga estaria em andamento. “Bruno está em regime fechado e não pode sair para jogar futebol. Se conseguir esse benefício, vai aproveitar para fugir”, sugere Carbone. Segundo o advogado, o ex-jogador tem recursos financeiros e recebeu R$ 200 mil só por uma entrevista a uma revista. “Não houve nada de ilegal na transferência do Bruno. Para a Justiça, para o sistema prisional, para a defesa, a ida de meu cliente para a penitenciária em Francisco Sá tem como objetivo sua ressocialização. Esse é um procedimento rotineiro e, nos últimos meses, pelo 15 clientes meus foram transferidos de unidades, atendendo seus direitos”, rebateu Thiago Lenoir.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 78535
De: Manoel Hygino Data: Sáb 30/8/2014 10:12:56
Cidade: Belo Horizonte
Quatro meses, e um novo ano

Manoel Hygino - Hoje em Dia

Era uma vez, um país que se afirmava feliz, amante da paz, de gente cordial e amável, solidária e prestimosa, mas que andava devagar. Para que pressa? Hoje, tudo é rápido, vertiginoso, célere e agitado. Quem tem pressa como cru. O resultado se pode avaliar pela estatística. Acidentes de trânsito deixaram mais de 563 mil mortos no Brasil de 2003 a 2012, conforme dados do Dpvat. Sem falar em quase dois milhões de feridos.
Independentemente de partidos e candidatos, os fatos – os números – e as evidências demonstram que não estamos bem. A avaliação é de pessimismo, mas verdadeiramente nele vivemos e os que conosco não concordam sabem que temos razão. Existem pessoas que preferem narcisisticamente usar os aparelhinhos para tirar a própria foto, deixando para lá a preocupação com a realidade. Crime de omissão. A verdade tem muitas faces e cada um lhe dá a interpretação que mais lhe satisfaça.
Na primeira quinzena de agosto, já se publicava que “a desaceleração nas vendas do comércio, que bateu forte no varejo especialmente na época da Copa do Mundo, teve impacto negativo no emprego do setor”. Também a indústria demitiu mais que contratou. Indústria e comércio aliados na frustração.
As coisas não marcham a bom vapor. Por exemplo: cerca de 12% dos revisores de redação foram“reprovados” na última edição do ENEM. Atente-se: as redações são corrigidas por profissionais da área de letras e passam por processo de capacitação. Parece incrível, mas não é.
A poderosa PETROBRÁS, que com calor e entusiasmo os brasileiros criaram, há décadas, vê-se atirada no olho do furacão, envolvida em escândalos com repercussão internacional. Nem vamos falar em Passadena. Vamos referir-nos à demissão de empregados, traduzida como “demissões voluntárias”, visando redução de custos. O plano envolve 8.379 petroleiros.
No mesmo diapasão trabalha a indústria automobilística, usada demagogicamente para dar uma falsa noção de propriedade aos “trabalhadores do Brasil”, como discursivamente Getúlio saudava o povão no Estádio de São Januário, durante o Estado Novo. Pois bem. Até a primeira metade de agosto último, o setor cancelou contrato com 5.600 trabalhadores, a maioria nos programas apelidados de “demissão voluntária”. Pois, sim.
A Volkswagen dará férias coletivas a 4.500 operários de uma unidade de Taubaté e a Fiat suspende parte de produção em Betim. E a indústria de autopeças segue a via dolorosa.
Dependendo de São Pedro, que grave responsabilidade tem sobre os terráqueos, muito poderemos sofrer nos últimos meses de 2014, ao abrir e fechar as torneiras celestiais. Como dizia Aureliano Chaves, não adianta tapar, ou tentar, tapar o sol com a peneira. Fatos são fatos.
A própria Fundação Getúlio Vargas, que não é um organismo da oposição, já se manifestou. O Brasil passou por recessão técnica no primeiro semestre. A última vez, como registrou o IBGE, fora no início de 2009, na esteira da crise financeira mundial. Os males se repetem.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78534
De: Geraldo Jr. Data: Sex 29/8/2014 15:09:35
Cidade: Montes Claros/MG
E-mail: gerra_moc@hotmail.com
Baixei e estou usando o aplicativo montesclaros.com.
Leve, fácil e pratico. parabéns!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78533
De: Luiz Ortiga Data: Sex 29/8/2014 12:12:44
Cidade: BRASILIA/DF
E-mail: ortigaluiz@ig.com.br
O Serviço de Saúde do Distrito Federal acaba de anunciar e alertar para o baixo percentual de umidade do ar na região centro-oeste, no dia de hoje. Com a umidade abaixo de 20% é aconselhável evitar exercícios físicos na parte da tarde, tomar bastante líquido (evidentemente não alcoólico),procurar manter-se à sombra e cuidados especiais com as crianças. Isto interessa aos montesclarenses, uma vez Montes Claros situar-se na mesma região de cerrado. Portanto, é bom levar à sério as recomendações.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78532
De: O Tempo Data: Sex 29/8/2014 16:16:04
Cidade: Belo Horizonte
Policial militar, sem CNH, morre em acidente de carro em Montes Claros - Outras duas pessoas estavam no veículo e ficaram feridas; militar eram quem dirigia; ele estava de folga no momento do acidente -Fernanda Viegas - Um policial militar de 32 anos sofreu um acidente de carro e morreu, na madrugada desta quinta-feira (28), em Montes Claros, no Norte de Minas. Outras duas pessoas que também estavam no veículo ficaram feridas. A vítima, que conduzia o veículo, não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
De acordo com a Polícia Militar (PM), o soldado Warlen Pereira da Silva era quem dirigia o Golf preto. Ele seguia pela avenida Governador Magalhães Pinto, quando, na altura do bairro Esplanada, ao passar por um trevo, perdeu a controle da direção, capotou e bateu contra uma árvore.
Com o choque, o militar teve a cabeça e o pescoço prensados ao solo, falecendo no local. O Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estiveram no local, contataram o óbito e socorreram as duas outras pessoas para um hospital da cidade.
O soldado estava de folga, durante o acidente, e era o dono do veículo. Ele pertencia ao 10º Batalhão da Polícia Militar.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78531
De: Manoel Hygino Data: Sex 29/8/2014 09:42:19
Cidade: Belo Horizonte
Um doente em agonia

Manoel Hygino - Hoje em Dia

O tempo segue vário, adjetivo utilizado pela “Folhinha Mariana”, por décadas e décadas consultada pela gente humilde do interior mineiro para saber o que a aguardaria após a semeadura e plantio. E se as chuvas não chegarem em 2014, como aconteceu no inverno do ano passado? A situação não afeta somente as represas que abastecem de água e movem as turbinas do sistema energético.
Já estamos em um novo ciclo e o sertanejo olha para o céu – sem nuvens. Nas cidades, espera-se que a água bendita baixe a poeira e carregue a sujeira das ruas. Nos burgos menores, fazem-se novenas e promessas. E a chuva... nada.
Leio que os meteorologistas estão otimistas com mudanças a partir de outubro. Mas será época de eleições. Chuvas não poderão atrapalhar o comparecimento do eleitorado às urnas?
No Norte de Minas, as temperaturas serão dois graus a menos, causados por El Niño, fenômeno que só mais recentemente surgiu no panorama climático. A perspectiva é de mais chuva na região central do Brasil, podendo também ajudar a região mineira de seca. Se os meteorologistas estiverem certos, claro.
Parece existir uma conspiração firme e incessante contra as fontes naturais do progresso e da grandeza nacionais. Estamos ampliando o precipício a que seremos atirados irreversivelmente. Poderia parecer catastrofismo, se se disser que há generalizada falta de consciência sobre nossa responsabilidade perante as atuais e futuras gerações. E não somente dos políticos.
É algo muito pior do que o terremoto que abalou o norte da Califórnia, como aqui descrito pelo jornalista Ricardo Galuppo, e do que o do Chile e no Peru, no último domingo. A nossa tragédia poderá durar décadas e séculos.
Escrevi que o São Francisco agoniza. Não é força de expressão. O experimentado advogado e conhecedor dos problemas regionais deste Estado, Petrônio Braz, evocou, há poucos dias, o pernambucano Salomão Vasconcelos: “Em menos de cem anos, o rio São Francisco será apenas um grande cânion, cortando um extenso deserto central”, como há decênios ouvi de conceituados técnicos.
O que foi feito de concreto? O próprio Petrônio raciocina:
“Hoje, estamos convictos dessa dolorosa realidade. Em menos de uma geração, nós, brasileiros, destruímos o rio São Francisco. Muito se tem falado, demagogicamente, em defesa do rio São Francisco, em revitalização, em desassoreamento, e até em hidrovia – idiotas de gabinete –, mas nada, absolutamente nada, foi feito ou está programado, de forma positiva, realista. O governo federal ainda persiste com o faraônico projeto de transposição das suas águas para o Nordeste, como se fosse possível transformar um doente em agonia em doador de sangue”.
Catastrofismo? Repito a pergunta. Não me parecem alvissareiros os horizontes. Há poucos dias, o diretor do Operador Nacional de Sistema previu que as hidrelétricas em operação deixariam de receber, em agosto, 13% de volume de água para atender ao sistema elétrico. Além do mais, já se sabia que as usinas do Sudeste e do Centro-Oeste passariam, em agosto e setembro, pelo período mais crítico dos últimos anos. E setembro está aí.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78530
De: Maria Ribeiro Pires Data: Qui 28/8/2014 10:47:56
Cidade: BeloHorizonte/MG
E-mail: mararibeiropires@gmail.com
Morreu hoje Leia Camisasca, irmã mais velha de Ada Camisasca, filhas do italiano Ítalo Camisasca, engenheiro de espessas sombrancelhas, marido de Santinha Colares, emérita parteira da Montes Claros imemorial. Eis a estirpe próxima de Leia. De Ada: eterna diretora do Sesc, que aproximou Montes Claros dessa instituição, por décadas. É das pessoas mais queridas da cidade.

A minha querida amiga Ada e toda a família, o carinhoso abraço de sua sempre saudosa Maria Pires nesta data em que sua irmã foi chamada para os braços de Deus.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78529
De: José Prates Data: Qui 28/8/2014 17:21:33
Cidade: RIO DE JANEIRO RJ
CANDIDO CANELA

Quando abri na internet O MURAL do montesclaros.com, uma foto que me pareceu familiar, chamou-me atenção e fui verificar quem era. Ali estava Candido Canela o poeta mineiro que não se cansou de cantar em versos a beleza e a doçura da querida terrinha, a sertaneja Montes Claros. Passei então, a ler o que estava escrito e aos poucos u romantismo sertanejo saia das palavras de Maria Ribeiro Pires e invadia-me a alma ao som das canções de Candido Canela. Da alma passou para a mente que me fez reviver em pensamento aquele gostoso pedaço de minha vida. Era a juventude romântica que em tudo via poesia; era o inicio da vida responsável como jornalista no O Jornal de Montes Claros, recebendo o incentivo do intelectual Candido Canela cuja memória não se apagou em mim.
A cronista Maria Ribeiro nos trouxe Candido Canela fazendo-nos voltar ao passado para reviver em pensamento, o inicio de nossa vida no jornalismo quando ele nos foi de grande utilidade com seu estimulo e orientação de conduta profissional.

(José Prates, 87 anos, é jornalista e Oficial da Marinha Mercante. Atualmente, é um dos diretores do Sindicato da Classe)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78528
De: Samu Data: Qui 28/8/2014 17:14:59
Cidade: Montes Claros

Uma pessoa morre e três ficam feridas em acidente ocorrido na manhã desta quinta-feira, 28/08, na MGC-135, a 38 quilômetros de Montes Claros. O veículo, um Fiat Siena, com placa de Januária, seguia de Montes Claros para Januária e, de acordo com o condutor, Elton Carlos da Mota, de 49 anos, ao tentar desviar de um motociclista, ele passou por um buraco e perdeu o controle da direção, saindo da pista, e só não capotou porque bateu em uma árvore. Uma mulher de 87 anos, que estava no banco traseiro do veículo, morreu no momento do acidente. Ela fazia tratamento contra um câncer de mama em Montes Claros e depois de dois meses, voltava para casa após receber alta. Os feridos foram socorridos pela unidade do SAMU de Brasília de Minas e o condutor do veículo e o passageiro Thalisson Macedo Mota, de 24 anos, foram encaminhados para a Santa Casa de Montes Claros. O outro passageiro, Valdir Macedo Mota, 49 anos, foi para hospital municipal de Brasília de Minas. O estado de saúde deles é estável. Não houve interrupção do trânsito e a Polícia Militar o Corpo de Bombeiros sinalizaram o local até que o veículo fosse removido.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 78527
De: montesclaros.com Data: Qui 28/8/2014 14:43:57
Cidade: M. Claros
Em caráter experimental, já pode ser baixado o aplicativo - para as versões de iPhone e Android - deste montesclaros.com.
Pelo aplicativo, o Mural e as demais notícias do montesclaros.com podem ser acompanhadas diretamente através dos aparelhos celulares e dos diversos modelos de tablet.
Também através do aplicativo - baixado sempre de graça - fica mais fácil ouvir a Rádio Montes Claros 98 FM e a Rádio São Francisco de Assis 93 FM.
Trata-se, como foi dito, da primeira versão, em caráter experimental. Outras virão.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78526
De: Maria Ribeiro Pires Data: Qui 28/8/2014 10:57:15
Cidade: BeloHorizonte  País: Brasil
E-mail: mararibeiropires@gmail.com

Sou cronista do jornal e peço a publicação desta crônica numa homenagem ao aniversário do querido Cândido Canela que seria neste Mês de agosto.

Cândido Canela na história da imprensa de Montes Claros

Maria Ribeiro Pires


Todos de Montes Claros que conheceram Cândido Simões Canela devem sentir um orgulho misturado com remorso. Explico-me melhor. Orgulho porque nós tivemos um grande poeta que cantou nossa terra com humor, graça e talento Remorso, pois entre tantos escritores brasileiros não o celebramos com a justiça que ele merece.

Afinal, celebrar para quê? Ele não suportaria. Cândido era espírita e sabia mais do que ninguém que neste planeta chamado Terra só temos aquelas passagens insignificantes de louvores , adulações e aborrecimentos. São tão passageiros.... Ele deve estar no Reino que Jesus prometeu aos seus seguidores.

Tive a honra de freqüentar a sua casa onde o encontrei muitas vezes, recostado em uma rede, debaixo de um caramanchão de flores, ouvindo o canto de passarinhos soltos, livres.

Cândido contava-me sua vida.

Lá de dentro vinha o cheiro do café de Laurinda. Ela trazia aqueles biscoitos gostosos e tão apreciados. Ambiente de ternura e paz.Contavam-me rindo e fazendo graça como fora o seu casamento. Os pais da moça não queriam saber do noivo. Então, eles fugiram e já com um padre avisado numa cidade vizinha, casaram-se. E pronto! Nunca vi um casal tão perfeito e harmonioso Como devem ter orgulho de Cândido e Laurinda os filhos, netos, sobrinhos, a descendência toda! Até eu! Cândido me dizia: gosto de sua família, de seus pais, irmãos, mas você é especial, Maria. Eu já a encontrei muitas vezes nas minhas vidas.

Acredite quem puder crer. Seus filhos, dignos filhos de um dos melhores casais que já conheci: Reivaldo, Reinins, Reinilson, Reinice e Reinilde. Quantos parentes e amigos daquela época já se foram encontrar com ele no paraíso dos mansos e humildes de coração?

Cândido fez o curso Primário em Montes Claros, diplomando-se na Escola Normal em 1929. Exerceu várias profissões, tais como comerciário e empregado de escritório. Foi escrevente de cartório por vários anos e depois nomeado Tabelião do 1º. Ofício. Eleito e reeleito vereador à Câmara Municipal de Montes Claros teve sempre a atitude corajosa, fartamente elogiada pelo povo .O nosso pequizeiro,Ah! Quem é de Montes Claros sabe o que é comer arroz com carne de sol e pequi. Uma delícia! Foi por sua insistência como vereador, que Cândido tornou intocável o pequizeiro . Sagrado. Árvore preservada. E há aqueles pobres ignorantes que ainda têm a coragem de abater a árvore para fazerem carvão. Faz pena.É dó. O pequi é a carne do pobre, é o bom da cozinha de minha terra e o produto do maravilhoso licor de pequi! Nesta época do ano minha terra cheira a pequi. Bom, quem gosta, ama, quem não gosta deixa prá lá.

Cândido foi contista, cronista e poeta, filiado à escola de Catulo da Paixão Cearense, escrevendo página de humor, lirismo e meiguice...

Vejam esta trova:

Criança, bem comparando
Num pensamento profundo
É lenço branco enxugando
O velho pranto do mundo

Um dia, um viajante deu-lhe um recorte de jornal onde estava impressa uma trova. Sem autor.
Veja, Cândido, você que gosta disto. Trouxe-lhe de lembrança.

Cândido leu e devolveu o papel rasgado . É boa sim...Era dele a trova. Ficou por isto mesmo...
Cândido Canela era culto, normalista e tinha orgulho do francês que aprendera com o Padre Eugênio na Escola Normal de Montes .

Quem já morou em Montes Claros sabe que naquele tempo só havia um jornal”. Gazeta do Norte”, dirigido por Jair de Oliveira. O povo não lia muito e o jornal já estava em perigo de se acabar, não fosse a idéia salvadora de Jair e Cândido.

Criaram uma personagem fantástica chamada Espiridião de Santa Cruz.
Espiridião teria saído de Montes Claros e quem sabe o motivo? Talvez um amor impossível e fora embora para morar em São Paulo.

Entretanto, lembrava-se com saudade de sua terra.Começou a escrever semanalmente para a Gazeta do Norte. O alvoroço das notícias saudosas de Espiridião Santa Cruz fez com que toda gente lesse o jornal, pois falava com detalhes de coisas curiosas e que ninguém queria se esquecer, Por exemplo, ele se referia à Bila, aquela artista em fazer doce de leite seco em forma galinha. Quem não se lembra?E Dona Antônia com sua geléia de mocotó feita com rapadura?

Como se esquecer da elegância de Dulce Sarmento, da pintura de Dona Alzira Cruz? O encanto de pessoa que era Felicidade Tupinambá?, Gente importante ou populares desfilavam com seus casos na pena de Espiridião.Um vizinho de jornal na mão dizia para o outro: Veja aqui como aconteceu o” causo” que te falei! Esse Espiridião sabe de tudo!

E sabia de tudo mesmo o danado do Cândido! Fez a vida literária, histórica e bucólica , de Montes Claros. . O resultado foi fantástico!. Um falatório do povo que fazia fila para comprar a Gazeta e ler as carta de Espiridião. A Gazeta do Norte vendia a mais não poder. Dono de uma memória prodigiosa, Cândido, unia a pesquisa bem feita aos sentimentos mais bonitos da comunidade. Era o orgulho do sertanejo, o amor por sua região, seu clima quente, seus doces e pratos preferidos, seus acontecimentos simples e corriqueiros, mas que espelhavam a alma em que o montesclarence se mira com orgulho e prazer, Cândido vestiu o Espiridião com as roupagens de um homem mais velho que escrevia cheio de saudades de nossa gente em estilo elegante e puro. Cândido deixava de lado suas características, tomadas de Catulo da Paixão Cearense e escrevia sonetos clássicos.

É tal a riqueza da alma humana que aqui neste soneto, vem a pergunta: Cândido jovem inquieto e satírico absorveu ou não o espírito de Espiridião Santa Cruz?

Montes Claros

Autor Cândido Canela - Pseudônimo Espiridião Santa Cruz

Tu és minha vida, meu passado.
O meu presente, o meu final futuro;´
És meu berço de flores perfumado,
Hera viçosa do meu triste muro...
És meu sonho de velho apaixonado.
A noiva eterna a quem amores juro,
A glória deste filho desterrado
O céu de estrelas do meu mundo escuro...
És da velhice a minha mocidade,
Meu pensamento a remoer saudade
De tuas plagas que tanto venero...
Eu te confesso, ó terra exuberante,
Que cada hora que passa, cada instante.
Mais te adoro, muito mais te quero!

Escrevia sobre as cavalhadas na praça da Matriz, onde os cristãos e mouros em soberbas montarias lutavam disputando a princesa

E as festas de congado, fitas coloridas dos catopés que estendiam as ponta da fita aos coronéis, dizendo; “ Botiza aqui, Coroné. !” E uma nota era pregada .... Tudo detalhadamente contado, o sino repicando na Igreja do Rosário. Ah, mês de agosto com o Mestre Sabino... Como brilhavam seus capacetes de espelhos ao sol do sertão!. Suas danças, cantorias, sapateados, a bandeira do Mestre, louvando o santo do dia, comandantes com dragonas de pingentes dourados,dançarinos e as gentes que se juntavam e comiam pé- de -moleque e pipoca e soltavam foguetes. A poeira dourada subia no ar, mas a procissão feliz lá ia cantando, vibrando até à casa do padrinho da festa, escolhido com antecedência de um ano.Eram os pais da rainha, do rei ou os pais do imperador que ofereciam aos dançantes um almoço farto e gostoso! E pandeiro que bate, que vibra, gritando por Nossa Senhora, São Benedito e o Espírito Santo.!

Deus te salve Casa Santa onde Deus fez a morada onde moram o Cálice Bento e a Hóstia Consagrada!..

Quando subia a bandeira do Santo do dia era uma apoteose!

Foguete por todo lado, de estourar os ouvidos,

Através da Gazeta do Norte, Cândido fazia Espiridião lembrar-se de tudo com as minúcias que só um observador atento e coevo poderia ter conhecido

E intrigava a elite intelectual da cidade e o povão que ficava atônito com seus comentários
Não há duvidas de que alguns homens afirmavam ser verdade a história do Espiridião! Pois não é que Marciano Fogueteiro afirmava ter tido um encontro meio violento com Espiridião na mal afamada rua dos Maribondos? A briga entre os jovens fora tão feia que o Marciano mostrava a marca de um tiro no braço, provocado pelo ciúme de Espiridião. Outros diziam terem sido colegas de Grupo de Espiridião. Ele tinha morado mesmo em Montes Claros.

Tudo isto me foi contado por Cândido Canela.

Outros, como o João Felix [duvidava, quando alguém dizia que aquilo era brincadeira de Cândido, pois retrucava prontamente : isto não! Cândido? Não é possível! Ele é uma besta!. Ele nunca seria capaz de escrever cartas e poemas tão bonitos.

Era preciso fazer as honras num grande almoço oferecido em casa de Fina e Dr. Hermes de Paula. Espiridião seria recebido com banda de música e foguetes. Festa anunciada, almoço pronto e cadê Espiridião? Um telegrama chegou a tempo com a notícia da doença do homenageado.

O prefeito Dr Alfeu e o desembargador Dr. Laire arrumaram as malas para visitar o ilustre conterrâneo. Tinham até o endereço.

Rua Tatuapê, no. 115.São Paulo. Malas prontas e desta vez ... tristes notícias. Más notícias. A chegada de uma carta do filho de Espiridião decepcionava todo mundo. Espiridião tinha que morrer da forma mais nobre possível e comovente. O filho narrava emocionado as eternas saudades que o pai sentira de Montes Claros e de seus amigos.

Cândido fundou comigo e com outros sete escritores a Academia Montesclarense de Letras. Só ele, o maior de todos nós, não esteve presente na reunião pois,- como ele dizia,- sua neurose não o permitia sair. Realmente, era de receber com carinho os amigos , mas nunca fazia visitas.

Para alguém que lhe perguntou se o sobrenome “Canela” vinha de ilustre família italiana, ele respondeu prontamente: não, não...é que meu avô tinha as pernas finas e ganhou o apelido de Canela. Ficou na família.

Cândido está presente na história de Montes Claros em todas manifestações de cultura. Foi o grande jornalista da Gazeta do Norte e radialista da ZYD-7 com a “A alma do Caboclo”. Mesmo quem não tinha rádio podia escutá-lo pelos altos falantes que percorriam as ruas da cidade.
Inegavelmente, parte de sua obra literária traz a influência de Catulo de Paixão Cearense em “ Lírica e Humor da Sertão!” E “Rebenta Boi”. No dizer do Historiador Nelson Viana em ambos os livros “ trescala o olor campesino das manhãs de sol ou se destaca a melancolia dos poentes enevoados, entristecidos pelo aboio dos vaqueiros”.

Entretanto, por trás de toda essa poesia estava o espírito meigo, inquieto, crítico de Cândido, captando a simplicidade da gente tabaroa que, apesar de sua aparente inocência, guarda uma boa dose de esperteza, o que não deixa de conter a gargalhada franca do leitor ao ler os inspirados versos de Cândido.

É para rir estes versos:

Mio cozido

Seu douto Marco Alixandre
Moço chique, talentoso
Um dia foi c`umas moças
Na casa de Zé Meloso.
No café do meio dia.
Na mesa Cumadre Chica,
Botou uma travessa cheia
Inté nas bera, de cangica.

Seu doutô, fazendo beiço
Disse às moças cunvencido
Francamente, que num topo
O tal de milho cozido...

Zé Meloso dilicado
Pro doto se adiscurpou:
-Só vancê se aconformando,
Que o mio cru se acabou...
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78525
De: Hallson Melo Data: Qui 28/8/2014 10:21:08
Cidade: Divinopolis /MG
E-mail: hallsonmelo@gmai.com
Acidente na Avenida Magalhães Pinto, de madrugada, mata PM Warlén, de 32 anos. Outras duas pessoas ficaram feridas
Grande amigo e companheiro, sentiremos sua falta. Descanse em paz parceiro.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78524
De: Oscar Data: Qua 27/8/2014 16:28:16
Cidade: Montes Claros
Montes Claros novamente em estado de alerta - mais uma tarde de umidade do ar em 14%.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78523
De: Rachel Lima e Silva Data: Qua 27/8/2014 10:43:41
Cidade: Jundiai SP
"O tempo passa, a gente envelhece, os traços da juventude desaparecem, mas, a memória fica intacta com tudo gravado como se todo o passado fosse uma relíquia que deve ser guardada a sete chaves." - Diz José Prates em sua cronica. É verdade. Quando recordamos o passado, a juventude retorna conduzida pela lembrança que a cronica despertou. José Prates nos faz isso, muito bem. Está sempre despertando em nós a lemvrança de nossa Montes Claros. Obrigada
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78521
De: 50º Batalhão da PM Data: Qua 27/8/2014 11:43:01
Cidade: Montes Claros
Recuperação de veículo roubado e intervenção policial exitosa - Na madrugada de 27 de Agosto, no bairro Todos os Santos, nesta cidade, segundo a vítima J.M.P de 57 anos, quatro indivíduos armados, usando de truculência e violência descabida, tomaram de assalto seu veículo Hyundai/HB20 evadindo em seguida. A Polícia Militar foi acionada e durante rastreamento localizou o veículo produto do roubo, interceptando-o, momento em que os autores perderam o controle direcional do automóvel, chocando contra o meio fio. Após desembarcarem e em atitude de afrontamento à ordem legal, emanada pelos Militares de se renderem, os meliantes passaram a efetuar disparos com arma de fogo contra a guarnição PM. Devida a injusta agressão sofrida, os representantes da força estatal, com fulcro nos princípios básicos do uso da força e arma de fogo, revidaram atirando contra os meliantes, para salvaguardar suas próprias vidas no cumprimento do dever legal, sendo que o menor em conflito com a lei M. G. C, de 16 anos, que possuía várias anotações policiais, pelo cometimento de crimes e infrações diversas, foi alvejado. O mesmo foi socorrido ao Pronto Socorro e levado ao bloco cirúrgico, contudo não resistiu e entrou em óbito. Os demais envolvidos na ação nefasta e delituosa conseguiram evadir. Contudo varias Guarnições PM continuam em rastreamento para localizar os fugitivos. O veículo roubado foi recuperado com a ação pontual dos militares envolvidos. Solicitamos à sociedade montesclarense, que se tiverem conhecimento da autoria e do paradeiro dos envolvidos, que nos informe via telefone 190 ou 181, sendo que sua identidade será efetivamente resguardada. Com esta sua ajuda e comprometimento social, juntos iremos proporcionar mais segurança e paz social.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78520
De: O Tempo Data: Qua 27/8/2014 09:32:12
Cidade: Belo Horizonte
Adolescente morre em troca de tiros com a PM em Montes Claros - Jovem teria roubado um carro, na companhia de outras três pessoas, mas foi interceptado pelos militares durante a fuga - Fernanda Viegas - Um adolescente de 16 anos foi baleado e morto durante uma troca de tiros com a Polícia Militar (PM) na madrugada desta quarta-feira (27). O jovem teria roubado um carro, na companhia de outras três pessoas, mas foi interceptado pelos militares durante a fuga. A PM foi acionada pelo dono de um Hyundai HB20 preto, que contou que foi abordado por quatro homens armados, na rua Santa Maria, no bairro Todos os Santos, e o grupo levou o seu veículo. Durante rastreamento, o carro teria sido interceptado no bairro Vila Áurea, ocasionando a perda do controle direcional e o choque do veículo com um meio fio. Os suspeitos teriam abandonado o carro, já atirando. Segundo os policiais, eles revidaram e M.G.C.T., foi baleado. Ele foi encaminhado a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Os três suspeitos fugiram e ainda não foram localizados. De acordo com a PM, o adolescente morto já tinha outras passagens pela polícia.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78519
De: Gersier Data: Ter 26/8/2014 19:09:37
Cidade: Montes Claros
Acompanho via um programa especial instalado em meu computador,as rotas de aviões mundo afora.Esse programa utiliza as informações de radares instalados nos principais aeroportos. Aviões que se destinam a Montes Claros,geralmente “sumiam” ao se aproximar da cidade.Hoje surpreso vi que o aeroporto de Montes Claros ganhou um desses radares especiais com o prefixo de MOC/SBMK.Melhoras que chegam para atender melhor os que viajam pelos céus.Falta agora um espaço onde se possa visualizar melhor os pousos e decolagens.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78518
De: Andrey Data: Ter 26/8/2014 15:25:03
Cidade: Montes Claros
Mais uma tarde de baixa umidade do ar em Montes Claros. Antes mesmo das 15h, a umidade do ar recuou aos 14%, quando o ideal seria 60. Atingiu novamente o estado de alerta, 4 pontos a mais do que o extremo estado de emergência, quando as atividades escolares, entre outras, devem ser suspensas. Ao contrário, e conforme o prometido, o calor vai subindo e inundando a tarde de agosto - 33 graus. E os redemoinhos por toda parte avisam - deve esquentar mais.

Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78517
De: Ferdinando Data: Ter 26/8/2014 11:52:39
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
E-mail: ferd.gom57@yahoo.com.br
Essa noite, por volta das 3:00 da manhã, ouvi um forte barulho na região do Melo, talvez um estampido de arma ou um tremor. Não vi nenhuma notícia nos jornais sobre o assunto.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78516
De: Aguiar Data: Ter 26/8/2014 11:51:19
Cidade: Brasília DF

Declaração de ontem de uma montesclarense de nascimento, a ministra Cármen Lúcia, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal :

“Muitas vezes, especialmente na parte administrativa, eu acho que estou maquiando cadáver. Esse Estado brasileiro, como está estruturado e como a Constituição previu há 25 anos, não atende mais a sociedade. O que era esperança, na década de 1980, pode se transformar em frustração. A tendência de uma frustração, o risco social é se transformar em fúria. E, quando a fúria ganha as ruas, nenhuma ideia de Justiça prevalece.”

Realmente, está feia a coisa, em todos os sentidos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78515
De: J. Carlos Data: Ter 26/8/2014 11:27:01
Cidade: M. Claros
Pesquisei neste montesclaros.com a informação abaixo, que pode ter ligações com a agressão, na rua, sofrida por duas mulheres de Montes Claros, conforme relatado aqui. É triste ver que a população ordeira - inclusive senhoras - está apanhando nas ruas de pessoas notoriamente drogadas. Invertemos tudo: a delinquência tem proteção, é protegida,mas as pessoas honestas, ordeiras, não! Muito Triste, sem necessidade de maiores comentários. Leiam isto:

"Rafael - Data: Qui 17/7/2014 18:26:56 - Cena de ontem em M. Claros. Meio-dia, porta da principal agência do Banco do Brasil, na Praça da Igreja do Rosario, a Praca Portugal. Duas mulheres vem chegando. Uma grita, e cai. A outra, desesperada, clama por socorro. A amiga havia sido atingida no rosto, por violento golpe. Seria um soco, ou uma pedrada. Pedra empunhada por homem negro, de 1 metro e 90, muito forte, braços de lutador. Altamente drogado. Com sinais de alucinação, ele foi imobilizado por motociclistas que fazem ponto no local. Não sei se foi conduzido preso, ou que providência se seguiu.
Cena de hoje em M. Claros. O mesmo cidadão, com sinais de estar permanentemente possuído por forte droga, delirava num banco do quarteirão fechado entre a Praça da Matriz e a rua Lafetá. Quase 6 horas da tarde. Falava sem nexo. Crianças de 10 anos, não mais que isto, voltavam da escola. Passavam ao lado dele. Nenhuma delas suportaria o golpe que lançou ao chão a mulher de ontem, em frente ao Banco do Brasil. Dois homens observavam. Um deles, abordado, lhe respondeu com palavras de clemência. O homem drogado então levantou-se e disse: "vou ali na Praça da Matriz fumar uma pedra de crack".
Esta é anossa realidade. Absurda."
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78514
De: Jaime Data: Ter 26/8/2014 00:04:02
Cidade: Montes Claros MG
(...) Na semana passada um outro (ou talvez o mesmo) morador de rua agrediu uma senhora de 76 anos em frente ao Banco do Brasil agência central. Será que estão esperando morrer alguém para que se tome alguma atitude?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78513
De: José Prates Data: Ter 26/8/2014 10:37:04
Cidade: Rio de Janeiro - RJ
AS COISAS DO PASSADO

José Prates

O tempo passa, a gente envelhece, os traços da juventude desaparecem, mas, a memória fica intacta com tudo gravado como se todo o passado fosse uma relíquia que deve ser guardada a sete chaves. É por isso que, de vez em quando, sem a gente pedir, brotam na lembrança pedaços da vida que ficaram para trás, muito atrás, mas, que não se perderam na memória abarrotada de coisas do hoje, porque muitas coisinhas não param de acontecer. Lembrar o passado, geralmente, é agradável porque nos faz reviver momentos de plena felicidade quando ainda não conhecíamos desprazeres nem sabíamos o que era infelicidade. Esse tempo que está bem distante, eu vivi em Jacarací, lá no sertão baiano. Terra boa, de gente boa. A população era pequena, mas, tão unida que parecia uma família.
Não me esqueço aquele lençol de areia branca esparramada ao pé da serra onde a gente ia passear e comer mandapuçá, quando era tempo da fruta. A areia era tão branca que até parecia uma grande toalha estendida no chão, ao pé da serra. No Natal, a gente apanhava essa areia pra enfeitar o presépio armado na sala de visitas. Engraçado é que o tempo passa, a gente cresce, fica velho e não se esquece de nada, nem de pequenos detalhes como o que acontecia comigo quando chegava da escola: a panela de ferro com meu almoço, tampada, estava em cima do fogão e eu ia lá para apanhá-la, mas, antes, escondido da vó, ia apanhar torresmo numa panela que Didinha guardava no forno. Didinha era minha avó. O seu nome era Maria Silvina, mas, eu lhe chamava Dndinha. Depois que meu avô morreu - eu estava com cinco anos - ela vestiu-se de preto e de preto ficou até morrer. Nunca tirou o luto. Tomava conta de mim e... Tomava mesmo, até demais.
Quando me matriculou na Escola que tinha a Professora Julieta como mestra, eu já conhecia o alfabeto e já lia, devagar, soletrando, como minha avó me ensinou. Com Dona Julieta, aprendi a ler “por cima”, sem soletrar. Gostava da escola. Fiquei radiante quando aprendi fazer conta e tirar a prova dos nove. Contava isso pra todo mundo. Celso, meu primo, coletor estadual, disse que eu seria um matemático. Não sabia o que era isso, perguntei a minha avó ela explicou-me. Celso não acertou porque nunca fui chegado a números. O que sempre me interessou foram as letra, o português.
Depois de aprender a ler sem soletrar, isto aos nove anos de idade, o primeiro livro que li com interesse, do principio ao fim, foi Pinóquio, a estória de um boneco de madeira que virou gente. Gostei muito da estória e a desenvoltura de personagem impressionou-me. Depois que eu terminei a leitura do livro, Dindinha notou a minha curiosidade, o meu interesse em saber por que a transformação do boneco. Ela, então, explicou-me que essa estória nunca aconteceu, Pinoquiio nunca existiu. Foram criados pela imaginação do autor do livro. Fiquei surpreso e nasceu em mim o interesse pela ficção. O desejo de “inventar” uma estória passou a perseguir-me. Falei com Dindinha sobre isso, Ela, então, me disse que primeiro eu teria de ler, ler muito para adquirir conhecimentos. Foi quando conheci Monteiro Lobato. A estória de Jeca Tatú li umas três vezes e gostava daquele linguajar camponês, quase igual ao que eu ouvia na fazenda de meu avô Joza. A minha imaginação animava os personagens e eu os “via” em movimento nas cenas que minha mente criava. Contei isso pra minha avó. Ela me disse que a minha mente estava criando uma estória. Foi ai que nasceu o meu interesse pela literatura. E até hoje esse interesse está presente em mim, como presente está a lembrança de minha avó Silvina.

(José Prates, 87 anos, é jornalista e Oficial da Marinha Mercante. Atualmente, é um dos diretores do Sindicato da Classe)

Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78512
De: Edilene e Patricia Data: Seg 25/8/2014 11:10:05
Cidade: Montes Claros MG  País: Brasil
E-mail: edilenersemilly@hotmail.com
Morador de rua bate em mulheres que andavam na rua Na tarde do último sábado 23/08/2014 por volta das 16:00, morador de rua agride com soco o rosto de duas mulheres na rua, esquina do calçadão popular. Andando normalmente indo para o ponto pegar o ônibus em frente ao supermercado BH fundo da praça de esportes,para irmos embora depois de mais um dia de trabalho, que até então estava normal, um morador de rua vinha em nossa direção e ao se aproximar sem falar nada e sem nada pedir socou o rosto das mulheres 26 e 31 anos. Uma testemunha que passava pelo local acionou a polícia militar que veio até nós averiguar o ocorrido descrito pela testemunha, conversou com a gente e disse nada poder fazer por se tratar de morador de rua e usuário de drogas. Os policias após o fato ocorrido foi tentar conversar com o agressor que ficou ali mesmo próximo ao local da agressão, voltando a nós e apenas disse: "Não podemos fazer nada, e alerto que se encontrarem à partir de agora com esse tipo de gente passe bem longe" E já que não podíamos fazer nada fomos embora com nariz sangrando e boca toda machucada pelo soco que levamos no rosto pelo meliante. Fica aqui nossa revolta, fomos agredidas e nada podemos fazer. Edilene e Patricia
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78511
De: Oscar Data: Seg 25/8/2014 15:35:03
Cidade: Montes Claros
Novamente a umidade relativa do ar está em 16%, em Montes Claros, caracterizando o "estado de alerta".
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78510
De: Ucho Ribeiro Data: Seg 25/8/2014 10:17:40
Cidade: Montes Claros
MACHO MAN

No verão de 94, Marão aporrinhou o seu compadre João Valle Maurício a largar Monsclaro e viajar pelo mundo.
- Deixa de ser munheca, João! Vamos viajar! Adular as patroas! Você fica guardando dinheiro para genro gastar. E olha que os seus são mais ricos que você.
- Mário, eu é que sei dos meus apertos.
- Bobagem, vende o Fronteiro, cala os apertos e vamos queimar dinheiro. Jacy e as meninas programaram uma viagem pros States e Caribe. Leva a Milene e as filhas e faça uma média boa. Serão elas que vão tolerar suas rabugices e imundices na velhice.
Dito e feito. Um mês depois, fomos todos para Miami e em seguida para um cruzeiro no Caribe.
Naviozão colosso, dez andares de altura, mais de 2500 passageiros, muita festa e comilança.
Na primeira manhã, fomos juntos para o deck da piscina apreciar aquela confraternização toda. Maurício, Milene, Marão, Jacy e as filhas aninharam-se em cadeiras ao redor da piscina, tomando margaritas e burritos. Eu, inquieto, fiquei a circular, observando aquele burburinho agitado ao som de rumba e salsa.
Nisto um apresentador poliglota, metido a galã, de microfone em punho, que circulava e animava o ambiente, me segurou pelo braço e disse: - Here one more for the contest “Macho Man” (Eis aqui mais um para o concurso do “Macho Man”).
Eu, sem entender direito, refuguei dizendo: - O quê?
O homem, então, emendou: - Ah, brasileiro? De onde? Está gostando da viagem?
Eu só dizia: - Não! Não! Não! Eu não quero participar do concurso.
Aí, o fiduma, sem me largar e de posse de seu potente alto-falante, perguntava a todos os passageiros do navio na mais diferentes línguas: - He will participate in the contest Macho Man or not? Él participará en el concurso “Macho Man” o no? Ele vai participar do concurso “Macho Man” ou não?
A cada pergunta do apresentador, centenas de pessoas espalhadas pela piscina e pelas sacadas dos andares respondiam: - Yes! Oui! Si! Sim!
Não teve jeito. Esperneei, fiz de tudo, mas não consegui escapulir daquele mico.
O navio chamava-se “Celebrity” e eles queriam escolher já no primeiro dia a celebridade: o Macho Man.
Foram selecionados mais três concorrentes e fomos colocados cada um num dos quatro cantos da piscina, em cima de palcos em forma de cilindros parecidos com aqueles das chacretes.
Eu, naquela semgraceza toda, torcia para acabar tudo rapidinho e o mico ser o menor possível.
A primeira tarefa foi nos colocar para imitar o Mister Universo exibindo os músculos, como num concurso de fisiculturismo. Como não tenho e nem tinha músculos para mostrar, resolvi levar na gozação e estufei a minha barriga desenvergonhadamente. Uns riram, outros vaiaram. Um vexame.
Daí, o agitador informou a segunda tarefa: - Macho que é macho grita que nem Tarzã. Vamos ver quem grita melhor e mais alto.
Eu então pensei com os meus botões, bom, isso é fácil, quantas vezes não imitei o Johnny Weissmuller na minha infância?
Os outros concorrentes berraram uns gritos mixurucas mais sem graças e eu me animei. Quando o apresentador colocou o microfone na minha frente eu enchi o peito de ar, abri a boca e soltei com toda força do mundo um grito horrível: pífio, agudo e estridente. Como imitar Tarzã com a boca totalmente aberta? Fiasco total com vaias unânime. Outro vexame.
Fui para a terceira tarefa, desmoralizado e envergonhado. Eles colocaram uma linda mulher, balzaquiana, sentada sublimemente num pedestal, como uma deusa, e tínhamos que galanteá-la com gestos, palavras e cantos, a la Don Juan.
Pensei, tô lascado. Lá vem mais uma vaia. Olhei para os lados e vi Tio Maurício. Abri os braços com as palmas das mãos abertas mostrando o meu desespero e, ele, montesclarense até a alma, invejando o meu lugar, deu a solução: - Cante “Amo-te Muito”! Cante “Amo te Muito”! Seria a perfeição, cantar o nosso hino de amor para um navio entulhado de gringos de todas as nacionalidades. Sem dúvida, sucesso garantido.
Só tinha um probleminha: não sei cantar nem sabia a letra de “Amo-te Muito”. Aí, foi o vexame dos vexames. Meu galanteio restringiu a um cumprimento a uma suposta alteza, referenciando-a com um suave movimento de braço e um beija-mão ridículo. Tio João olhou para mim, balançando a cabeça com o desdém a um verme.
Hoje, fico a pensar, que deveria tê-lo chamado para cantar em dupla. Ele soltaria orgulhosamente a voz e eu o dublaria mudamente. Tio Maurício ficaria todo orgulhoso e eu me safaria do vexame.
Enfim, a quarta e última tarefa: cada um dos quatro concorrentes deveria chamar o maior número de mulheres para o seu canto da piscina. Não foi tão difícil assim, pois logo localizei minhas irmãs, minha mãe, dona Milene, Vitória e Liliane, e elas me ajudaram a arrebanhar mais gente. Mas, em seguida, o apresentador arrematou: - A pontuação será dada em dobro a quem convencer às mulheres a pularem na piscina e, em triplo, se caírem de roupa.
Antes de ele terminar de dar as explicações, Mamãe deu um tibum dentro d’água, de roupa e tudo, para me dar a pontuação máxima. Mônica, Bertha e as Maurício vieram atrás imitando-a.
Percebi num relance que naquele deck havia um imenso e repleto toalheiro com rodinhas e eu o puxei para perto da escada da piscina, onde à medida que cada mulher saía da agua eu beijava sua mão, agradecia e lhe dava uma toalha. O navio inteiro foi um aplauso só. Não teve apuração, todo mundo começou a gritar: - Macho Man! Macho Man! Macho Man!
Ganhei brindes, perfumes e uma camiseta com os dizeres: “Sou uma Celebridade. Sou o Macho Man.” Nunca fui tão famoso. Por onde passava alguém me saudava: - Hi, Macho! - Olá Macho!
Uns 3 dias depois, de manhãzinha, ainda no mandato de Macho Man, o navio aportou no México. Tio João me chamou reservadamente e fez um ultimato: - Ucho, nós vamos descer do navio e não vai ficar uma bodega desta Acapulco em que nós não vamos tomar um trago, uma tequila. Combinado?
Eu, sem vacilar, respondi: - Combinado!
Saímos os dois, alegres e joviais, com o México sob os nossos pés. Tio Maurício impecável. Calça vincada branca, blazer azul marinho, botões dourados, lenço vermelho no bolso da frente, sapatinho duas cores e um quepe de almirante estalando de novo. Pronto para o que desse e viesse. Eu de jeans e vestido com minha célebre camiseta de Macho Man.
O dia estava reluzente, céu e mar azuis de tinir, temperatura agradável, brisa boa e nossa disposição para virar o universo ao avesso.
Na saída do navio abracei Tio João e ele foi desembrulhando conselhos como caramelos: - Ucho, a vida é pra ser vivida mais açoitadamente. Não podemos debrear. Lembre-se, sempre um uísque a mais, um sono a menos, um calor, uma paixão. Temos que aquecer o coração. Devemos nos entregar aos sonhos. Hoje é um dia que vamos nos presentear. Nós merecemos.
Dito e feito. Entramos em todos os bares que vimos pela frente. Pedíamos a tequila no balcão. Tio João puxou conversa com todo mundo, chicos e chicas, cantou, dançou, recitou, fumou charuto, flertou com raparigas, aprendeu o grito del mariachi, ensinou-me “Amo-te Muito”, tomou mezcais e mojitos, provou todos os antojos e petiscos e encheu os meus e os seus olhos de alegres lágrimas.
Fomos completos e plenos durante o dia inteirinho, transbordamos contentamento e irmandade.
No entardecer, já atrasados para o embarque, voltamos cantando “Rapariga do Bonfim”, “Amo-te Muito” e gritando repetidamente: - “Viva o Mé-rri-co”.
No pau que a gente estava, nem notamos que os passageiros do navio estranharam aquela cumplicidade amiga e carinhosa do Macho Man com aquele elegante, singelo e rico senhor. Eram só cochichos e olhares maldosos...
Nós dois, amparados um no outro, entrelaçados, rodopiamos pelo navio até alcançar as poltronas reclináveis da piscina. Pedimos mais duas saideiras tequilas Jose Cuervo e antes de sermos servidos nos apagamos nas espreguiçadeiras. Nirvanamente mortos.
Só abri os olhos um par de horas depois, devido ao estalar dos flashes das máquinas fotográficas de uma porção de idiotas.
Percebi, com pena, o preconceito deles ao ver o Macho Man do navio dormir de mãos dadas com o galante e idoso senhor.
Nem dei bolas, fechei os olhos em desprezo, certo e alegre de ter passado um dia maravilhoso com o supimpa Tio João Valle Maurício. Não larguei sua mão e continuo enlaçado aos seus sábios conselhos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78509
De: Manoel Hygino Data: Seg 25/8/2014 09:04:13
Cidade: Belo Horizonte
Um outro BBB

Manoel Hygino - Hoje em Dia

A trajetória de Darcy Ribeiro pela vida política e intelectual brasileira é de apenas conhecimento superficial, como ocorre com outros raros cidadãos do país. Recordo quando ele lançou livro sobre os costumes dos cadiueu, uma tribo do oeste brasileiro. Foi, salvo engano, a primeira publicação sua numa área de pessoal encantamento. Começava a encontrar-se e encantar-se com a América Latina.
Darcy viveu um dos períodos mais agitados da história brasileira. Foi ministro, chefe da Casa Civil da Presidência da República, fundador de uma universidade em uma cidade construída para ser capital nacional.
Nascido em família ilustre do sertão mineiro, foi um dos seus filhos mais prestigiosos e expoente. Suas eventuais extravagâncias, entre as quais a fuga de um hospital em que tratava de câncer, foram fruto ou consequência de sua maneira especial de viver e de encarar a vida.
Em 1962, como primeiro reitor da Universidade de Brasília, decidiu criar e publicar a Coleção Biblioteca Básica Brasileira, com notáveis méritos. Lamente-se que, com as mesmas iniciais, pôs-se no ar um programa de televisão que nada tem a ver com o Brasil e a educação. O objetivo de Darcy era proporcionar um conhecimento mais profundo da história do país e de sua cultura.
Agora, a Fundação Darcy Ribeiro vem publicar a primeira coleção de dez volumes, de um total com 150 diferentes títulos, que constituirão a Biblioteca, um dos mais acalentados sonhos do ex-ministro da Educação do governo João Goulart.
Os dez volumes me chegam, com o abraço fraterno de Paulo de F. Ribeiro, presidente da Fundação Darcy Ribeiro, e do irmão Ucho, que seguem à risca o desenvolvimento do programa do tio.
Observe-se a lista desta relação: “A América Latina”, de Manoel Bonfim; “América Latina: A Pátria Grande”, de Darcy Ribeiro, com prefácio de Eric Nepomuceno; “As Religiões no Rio”, de João do Rio; “Braz, Bexiga e Barra Funda”, de Alcântara Machado”; “Cultura e Opulência do Brasil”, de André João Antonil; “Memórias de um Sargento de Milícia”, de Manuel de Almeida; “Minha Formação”, de Joaquim Nabuco; “Os Bruzundangas”, de Lima Barreto; “Os Sertões”, de Euclides da Cunha; e “Viagem ao Brasil”, de Hans Staden.
Pela enunciação dos títulos, observa-se que se trata de um projeto do mais alto nível, com edição patrocinada pela Petrobras e Correios. Assim se valoriza a memória cultural brasileira, promovendo-se a democratização do acesso à cultura e o fortalecimento da cidadania.
Interrompido o programa na ditadura militar, foi ele retomado pela Fundação Darcy Ribeiro, aliada à Fundação Biblioteca Nacional e à Editora UnB. A partir daí, constituiu-se um comitê editorial para redesenhar o projeto e executá-lo, com a inclusão de novos títulos.
Isso quer dizer: 150 obras, totalizando 18 mil coleções, somando 2 milhões e 700 mil exemplares, para distribuição gratuita por meio das bibliotecas públicas em todo o país.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78508
De: Pai de Isadora Data: Seg 25/8/2014 07:09:39
Cidade: Montes Claros-MG  País: Brasil
(...) As pipas coloriram o céu azul de Moc, o vento colaborou e a criançada adorou (e os adultos também mataram a saudade de empinar: araras , surecos e claro as pipas)! Espero que ano que vem aconteça novamente!!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78507
De: Petrônio Braz Data: Dom 24/8/2014 21:58:11
Cidade: Montes Claros
E-mail: petroniobraz25@gmail.com
O princípio do fim

Há algum tempo, não me recordo quando, o pernambucano Salomão Vasconcelos, em premonição geomorfológica, afirmou taxativamente: “Em menos de cem anos o rio São Francisco será apenas um grande cânion, cortando um extenso deserto central”.
Hoje, estamos convictos dessa dolorosa realidade. Em menos de uma geração, nós brasileiros, destruímos o rio São Francisco. Estive hoje com o Prefeito de Pirapora, Léo Silveira, e o assunto de nossa conversa versou sobre o rio e sua deplorável situação atual.
Muito se tem falado, demagogicamente, em defesa do rio São Francisco, em revitalização, em desassoreamento, e até em hidrovia – idiotas de gabinete - mas nada, absolutamente nada foi feito ou está programado para ser feito, de forma positiva, realista.
O governo federal ainda persiste com o faraônico projeto de transposição de suas águas para o Nordeste, como se fosse possível transformar um doente em agonia em doador de sangue.
Conversando com Genival Tourinho ele mostrou-me três fotos, que ele guarda, da opulência do rio e afirmou: “Isto ninguém mais verá”.
É de verter lágrimas quando se vai a Pirapora, São Francisco ou Januária. Tem-se a impressão de que o rio está morrendo.
A propalada ação governamental, com vistas à revitalização, deve ser implantada imediatamente em seus afluentes, de onde proveem as suas águas. O cerrado, como berço das águas, abastecia o São Francisco, mas as cabeceiras das veredas e de outros afluentes foram criminosamente desmatadas. O trabalho de revitalização (se ainda possível) deve se feito agora, mas só irá aparecer em longo prazo, talvez pelo tempo de uma geração.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78506
De: Raquel Data: Dom 24/8/2014 18:58:45
Cidade: M. Claros
Morreu hoje Leia Camisasca, irmã mais velha de Ada Camisasca, filhas do italiano Ítalo Camisasca, engenheiro de espessas sombrancelhas, marido de Santinha Colares, emérita parteira da Montes Claros imemorial. Eis a estirpe próxima de Leia. De Ada: eterna diretora do Sesc, que aproximou Montes Claros dessa instituição, por décadas. É das pessoas mais queridas da cidade.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78505
De: O Tempo Data: Dom 24/8/2014 16:38:03
Cidade: BH
Montes Claros - Tenta entrar em presídio com celular e sete chips em queijo e é preso - Suspeito alegou que recebeu o alimento de uma mulher para entregar para um dos presos, mas que não sabia que tinha coisas implantadas dentro - FERNANDA VIEGAS - Um homem foi preso ao tentar entrar em um presídio, em Montes Claros, no Norte de Minas, com um queijo recheado de celular e sete chips. O crime aconteceu nesse sábado (23), no horário de visitas. De acordo com a Polícia Militar (PM), durante revista no Presídio Regional de Montes Claros, no bairro Jaraguá II, foram encontrados um celular Nokia e sete chips de telefone em um queijo levado por J.R.S., 37. O suspeito alegou que recebeu o alimento de uma mulher para entregar para um dos presos, mas que não sabia o que tinha coisas implantadas dentro.O homem foi detido na própria unidade.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78504
De: Marlene Data: Dom 24/8/2014 15:07:02
Cidade: M. Claros
Estão péssimos os serviços de internet móvel em Montes Claros, para celulares e tabletes. E de qualquer companhia. Os investimentos foram todos para as cidades sede da Copa 7 x 1, com mega prejuízo para todas as demais regiões, como a nossa.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78503
De: Píndaro Data: Dom 24/8/2014 14:47:10
Cidade: M. Claros
Meteorologistas estão otimistas com chuvas a partir de outubro. El Niño virá mais fraco, aumentando chuvas no Nordeste e...na Bahia. O Norte de Minas deve ser beneficiado por esses 2 graus a menos no El Niño, que ao invés de aquecer as águas na costa andina do Pacífico, desta vez escolheu aquecer o meio da mar - lá bem longe, trazendo mais chuva à região central do Brasil, mais do que na sua porção meridional/austral, o sul portanto. Se os sábios estiverem certo, será bom para o Norte de Minas.

Um aviso: esta semana ainda, a partir de quarta-feira, Montes Claros terá temperaturas de 35 graus, com a mínima voltando a beirar os 20, nas madrugadas. Até que venha a chuva de São Miguel, a 29 de setembro, será fogo. Como sempre.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78502
De: Samuel Data: Dom 24/8/2014 09:37:06
Cidade: M. Claros
Chile, o país dos piores e do pior terremoto da história, teve mais um, ontem. Foi de 6,2 graus, na sua faixa mais populosa, ao redor de Santiago. Nenhuma vítima a lamentar. O Chile vive preparado para suportar terremotos, onde o que mais mata é o pânico.
Na madrugada deste domingo, terremoto de 6,0 graus de magnitude sacudiu São Francisco e a baía da região, ao norte da Califórnia.É também área critica. Fica no chamado cinturão do fogo, como o Chile.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78501
De: Oscar Data: Sáb 23/8/2014 15:13:24
Cidade: Montes Claros
Neste momento, a umidade relativa do ar em Montes Claros - que estava em estado de atenção mais cedo, caiu para 17%, o que caracteriza "estado de alerta".
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 78500
De: José Ponciano Neto Data: Sáb 23/8/2014 15:36:29
Cidade: Montes Claros/MG
(...) É um modelo antagônico do atual, onde, a ingerência política não deixa as coisas andarem. O atual modelo já não é suportável para o governo que tem dificuldade de gestão. Já o novo modelo tem como agente financeiro o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) que irá investir 1.653.871,00 de dólares - 48% dos US$ 3.289.121,00 previsto para o projeto; a caixa financiará 31,37% e os outros 20.35% (parte econômica) serão aferidos por outros parceiros. (...) (Clique aqui para ler toda a mensagem na seção Colunistas)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Página Anterior >>>

Abra aqui as mensagens anteriores:


Voltar à Página Inicial

 






Um olhar de Montes Claros sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros


Últimas Notícias

01/09/14 - 18h
Atlético acumula problemas para jogo do próximo domingo contra o Botafogo

01/09/14 - 17h
Com Goulart e Moreno, Cruzeiro pode ter artilheiro do Brasileirão pela 1ª vez desde 1970

01/09/14 - 16h50
"Volto a ressaltar a falta de uma faculdade de Geologia em Montes Claros"

01/09/14 - 16h
2ª dose da vacina contra o HPV começa a ser aplicada hoje em todo Brasil

01/09/14 - 15h
Brasileiro tem mais medo da impotência do que de perder emprego - revela Sociedade de Urologia

01/09/14 - 14h
OMS pede “alerta” para umidade do ar abaixo de 20%. Ontem, ela novamente esteve em 17%

01/09/14 - 13h
Depois da Copa, indústria brasileira volta a crescer após 4 meses de contração

01/09/14 - 12h
Estudo conclui - professores no Brasil não se interessam mais pela sala de aula

01/09/14 - 11h
Manchetes dos jornais: “Airbus culpa pilotos, TAM e Infraero pela tragédia em 2007” - “Consórcio desiste de Confins, e obra fica pela metade” - “País tem que investir o dobro para levar água e esgoto a todos”

01/09/14 - 10h
Mercado baixa a previsão de alta do PIB pela 14ª vez seguida

01/09/14 - 8h35
Meteorologia acena com alguma chuva, 5ª e 6ª, em M. Claros, e recuo da temperatura na parada de 7 de Setembro, domingo

01/09/14 - 8h10
"O resultado da nova investida já pode ser medido e notado, e começa a se espalhar por outros pontos, gerando inquietação. A persistir o novo abuso, o clamor tende a se elevar, em defesa das leis. Imaginava-se que a cidade havia ultrapassado este estágio primitivo, de barbárie e transgressões"

01/09/14 - 8h
CBF confirma corte de Hulk e convocação de Robinho para amistosos da seleção

01/09/14 - 7h
Airbus culpa TAM, Infraero e pilotos pelo desastre que matou 199 pessoas no aeroporto de Congonhas


31/08/14 - 21h23
Jornal Estado de Minas: "Acidente deixa dois mortos e três feridos na MG-135, em Montes Claros"

31/08/14 - 13h53
"Isto é de grande importância. Você é camisa 10!"


30/08/14 - 18h
Atlético prevê dificuldade, mas espera vencer o Coritiba e está de olho no G-4

30/08/14 - 17h
Aula para adolescente deveria começar depois das 8h30 - recomenda Academia Americana de Pediatria

30/08/14 - 16h
Cruzeiro pode chegar ao centésimo gol da temporada, hoje, contra a Chapecoense

30/08/14 - 15h
Cruzeiro e Chapecoense, hoje, às 18h30 e Coritiba e Atlético, amanhã, às 16h, terão transmissão da 98 FM

30/08/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “PIB cai 0,6% no 2º trimestre e Brasil enfrenta recessão” - “Brasil tem o investimento mais baixo desde 2009”

30/08/14 - 13h
Pesquisa aponta triste recorde brasileiro - o de agressões contra professores

30/08/14 - 12h
Meteorologia vê chance de chuvas nos dias 2, 3,4 e 5 em M. Claros, mas de 2mm

30/08/14 - 11h34
Jornal Hoje em Dia: "Goleiro Bruno estaria com plano de fuga de penitenciária do Norte de Minas". Defesa do goleiro: “É uma mentira. A noiva (Ingrid Calheiros) de Bruno mora em Montes Claros"

30/08/14 - 11h
Sem ganhador há 3 concursos, Mega-Sena paga hoje prêmio de 38 milhões de reais (Ninguém ganhou com os números 04 - 29 - 44 - 47 - 48 - 60)

30/08/14 - 10h
Brasil pode perder o posto de 7ª economia do mundo para a Índia, que está em 10º - antecipa economista

30/08/14 - 9h
Racismo faz Justiça Desportiva suspender jogo de volta entre Santos e Grêmio pela Copa do Brasil

30/08/14 - 8h
Imprensa internacional destaca recessão técnica no Brasil

30/08/14 - 7h
Droga experimental contra o ebola - que já matou 1500 humanos - foi capaz de curar macacos


29/08/14 - 18h
Brasileirão já tem quase um técnico demitido por rodada

29/08/14 - 17h
2ª dose da vacina contra HPV começará a ser aplicada no dia 1º de setembro

29/08/14 - 16h
Uruguaios e estrangeiros que moram no Uruguai já podem se cadastrar para cultivar maconha em casa

29/08/14 - 15h
Manchetes dos jornais: “Viaduto caiu por erro de projeto e pouco aço” - “Teto das aposentadorias vai subir para R$ 4.662 em janeiro” - “Salário mínimo vai subir para R$ 788 em janeiro”

29/08/14 - 14h
Dunga quer que Neymar atue na seleção da mesma maneira que jogava no Santos

29/08/14 - 13h
Calor de 33 graus e ventos de 10 km, hoje, em M. Claros; umidade desceu a 18%, ontem

29/08/14 - 12h
Erro de cálculo e pouco aço derrubaram viaduto em B. Horizonte, opina laudo da Polícia Civil

29/08/14 - 11h
Teto de aposentadoria do INSS deve passar para 4.662 reais em 2015

29/08/14 - 10h07
Pelo aplicativo, o Mural e as demais notícias do montesclaros.com podem ser acompanhadas diretamente através dos aparelhos celulares e dos diversos modelos de tablet

29/08/14 - 10h05
"A perspectiva é de mais chuva na região central do Brasil, podendo também ajudar a região mineira de seca. Se os meteorologistas estiverem certos, claro"

29/08/14 - 10h
Economia brasileira encolhe 1,2% no 2º trimestre, aponta prévia do Banco Central. Mercado vê recessão técnica

29/08/14 - 9h
Goleiro Aranha, do Santos, afirma que foi chamado de “preto fedido” em Porto Alegre

29/08/14 - 8h
Ligar de telefone fixo para celular fica mais caro até 1,5%, em todo o Brasil

29/08/14 - 7h
Assaltantes tomam caminhão e 2.380 reais no semáforo da avenida do Parque de Exposições


28/08/14 - 20h20
"Uma pessoa morre e três ficam feridas em acidente ocorrido na manhã desta quinta-feira (...) a 38 quilômetros de Montes Claros"

28/08/14 - 18h
Aquecimento global poderá espalhar epidemias para áreas que antes estavam ”protegidas”, diz OMS

28/08/14 - 17h
Presidente do Cruzeiro contesta pesquisa que aponta o Atlético com maior torcida de Minas

28/08/14 - 16h
População brasileira ultrapassa a marca de 202 milhões, estima o IBGE

28/08/14 - 15h03
Manchetes dos jornais: “Pesquisa e debate forçam nova rota para campanha” - “Ascensão de Marina agita o mercado”

28/08/14 - 14h
Calor em Montes Claros, nesta tarde, já beira os 35 graus. E a umidade recua para 24%

28/08/14 - 13h40
"Os pais da moça não queriam saber do noivo. Então, eles fugiram e já com um padre avisado numa cidade vizinha, casaram-se. E pronto! Nunca vi um casal tão perfeito e harmonioso"

28/08/14 - 13h
Energia usada pela indústria brasileira é a 8ª mais cara do mundo: 342 reais por MWh

28/08/14 - 12h
8 em cada 10 notas de 2 reais que circulam em Belo Horizonte têm traços de cocaína

28/08/14 - 11h
Babá de 22 anos insiste em fazer sexo com o patrão, de 32. É rejeitada e o persegue, e o fere - com faca

28/08/14 - 10h
Universitária Sarah, em nome de M. Claros, leva o 2º lugar no Miss Minas Gerais. Timóteo ficou com o título

28/08/14 - 9h06
Acidente na Avenida Magalhães Pinto, de madrugada, mata PM Warlén, de 32 anos. Outras duas pessoas ficaram feridas

28/08/14 - 8h
Cruzeiro alcança mil vitórias no Mineirão. Galo fica a um empate das quartas-de-final na Copa do Brasil

28/08/14 - 7h
Nova superbactéria, que causa gonorréia, resiste a antibióticos dos últimos 70 anos e provoca alerta de cientistas e médicos


27/08/14 - 18h
Palmeiras e Atlético se enfrentam, hoje, às 22 horas, pela Copa do Brasil. A 98 FM vai transmitir o jogo

27/08/14 - 17h
Técnico do Cruzeiro prega respeito ao Santa Rita e quer título da Copa do Brasil

27/08/14 - 16h
Mega-Sena sorteará, hoje à noite, prêmio que promete rendimento de 200 mil reais por mês

27/08/14 - 15h
Manchetes dos jornais: “Marina se distancia de Aécio e venceria 2º turno” - “Marina sobe 8 pontos e já encosta em Dilma” - “Marina passa Aécio e bate Dilma no segundo turno”

27/08/14 - 14h
No Arizona, onde ensinar criança a usar arma é comum, menina de 9 anos mata instrutor com tiro acidental de sub-metralhadora de 600 tiros p/ minuto

27/08/14 - 13h
Baixa natalidade pode extinguir 50% das cidades japonesas

27/08/14 - 12h
Pela meteorologia, noites frias da atual temporada em M.Claros já estão no fim

27/08/14 - 11h44
Apelo da PM: "Solicitamos à sociedade montesclarense que se tiverem conhecimento da autoria e do paradeiro dos envolvidos, que nos informe via telefone 190 ou 181, sendo que sua identidade será efetivamente resguardada"

27/08/14 - 11h
Refrigerante à base de maconha começa a ser vendido nos EUA

27/08/14 - 10h
Quatro tomam carro no Bairro de Todos os Santos e menor morre em tiroteio com a PM, na perseguição

27/08/14 - 9h22
"Segundo informações, esse veículo se encontra nas proximidades de Montes Claros. Estou desesperada, pois..."

27/08/14 - 9h01
Ex-menudo Robi Rosa volta a lutar contra tipo raro de câncer

27/08/14 - 8h08
"Aviões que se destinam a Montes Claros geralmente "sumiam" ao se aproximar da cidade. Hoje, surpreso, vi que o aeroporto de Montes Claros ganhou um desses..."

27/08/14 - 8h
Mais de 120 médicos e enfermeiros já morreram vítimas de ebola na África

27/08/14 - 7h
930 funcionários da GM entrarão em licença por 5 meses, de setembro a fevereiro


26/08/14 - 18h
Cruzeiro dá um tempo no Brasileirão para pensar na Copa do Brasil

26/08/14 - 17h34
"...com sinais de estar permanentemente possuído por forte droga, delirava num banco do quarteirão fechado entre a Praça da Matriz e a rua Lafetá. Quase 6 horas da tarde. Falava sem nexo. Crianças de 10 anos, não mais que isto, voltavam da escola. Passavam ao lado dele"

26/08/14 - 17h03
Indenizações pagas pelo seguro DPVAT crescem 14% no 1º semestre de 2014

26/08/14 - 16h
Manchetes dos jornais: “Queda na produção de carros força o setor de autopeças a demitir” - “Tráfico e milícia impedem campanha em 41 favelas” - “Uso da maconha como remédio ganha força”

26/08/14 - 15h
Umidade relativa do ar recua agora para 14%, novamente em estado de alerta; previsão de 31 graus já foi superada

26/08/14 - 14h
Mineira de Espinosa, de 16 anos e 1,93m, é campeã mundial de vôlei de praia nos Jogos Olímpicos da Juventude, na China

26/08/14 - 13h
Queda na produção de carros derruba encomenda de peças e força setor a demitir no Brasil

26/08/14 - 12h
Fundação Getúlio Vargas diz que Brasil passou por recessão técnica no 1º semestre



OUÇA E VEJA A 98 FM
Todos direitos pertecentes a Rádio Montes Claros 98,9 FM. O material desta página
não pode ser publicado, transmitido por broadcasting, reescrito ou distribuído
sem prévia autorização