Um olhar sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros
(38) 3229-9800
 
Conheça-nos
Principal
Mural
Eu te procuro
Clamor & Broncas
Músicas de M. Claros
Hoje na história
 de M. Claros
Montes Claros
 era assim...
História
Chuvas em M. Claros,
  mês a mês,
 de 1905 a 2012
Memorial de
 João Chaves
Memorial de
 Fialho Pacheco
Reportagens
Concursos
Colunistas Convidados
Notícias por e-mail
Notícias no seu site
Fale conosco
 
Anuncie na 98 FM
Ouça e veja a 98 FM
Conheça a 98 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 98
Previsão do tempo
 
Anuncie na 93 FM
Ouça a 93 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 93
Publicidade
 
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Davidson Caldeira
Edes Barbosa
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaías
Isaias Caldeira
Ivana Rebello
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz de Paula
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Luiza Silveira Teles
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Walter Abreu
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira
 
Atuais
Panorâmicas
Antigas
Pinturas
Catopês
Obtidas por satélite
No Tempo de Lazinho
Estrada Real Sertão
Mapa de M. Claros
 

10/9/2014 -"...teve até o desfile de um mendigo novo, supostamente drogado, que andou pelo centro, o quarteirão fechado da rua Simeão Ribeiro, completamente nu, exibindo-se". A crescente degradação da Praça da Matriz e vizinhança pede:

»1 - Policiamento mais rigoroso
»2 - Redefinição do uso da praça que é o marco zero da cidade
»3 - Outra reforma física
»4 - Maior empenho das autoridades no cumprimento das leis
»5 - Uma recuperação em todos os sentidos

» Ver resultados «




Buscar no Site


Previsão do tempo

Digite uma cidade:

Busca no



 
 



Jornalismo exercido pela própria população



Deixe sua notícia neste Mural, clique aqui para enviar.
(Seja objetivo e escreva no menor espaço possível. Se preferir, coloque seu e-mail; se desejar, coloque também endereço e telefone. As mensagens - preferencialmente de inspiração noticiosa - serão publicadas a critério da redação. Textos que ferem as leis serão sumariamente descartados, assim como mensagens agressivas ou que pretendam apenas criar polêmica e discussão estéril.Pede-se, com empenho, que as mensagens não sejam redigidas em letra de caixa-alta (letras maiúsculas), que em linguagem de internet equivalem a falar gritando. As mensagens aqui postadas não representam a opinião do montesclaros.com; a responsabilidade pertence ao autor da mensagem).



Ir para mensagem N°:
Por data:

Mensagem N° 81248
De: Morador Bairro Santa Rita Data: Ter 9/2/2016 07:46:35
Cidade: Montes Claros/MG  País: Brasil
Neste momento dezenas de litros de água estão sendo jogados fora através de um cano localizado no corrego do Cintra, localizado na Avenida dos Militares. O dano na tubulação foi causado por um fogo colocado por alguma pessoa em um monte de lixo que se encontrava jogado abaixo do cano. Se tiver algum funcionário da COPASA que saiba como acionar o serviço de suporte, POR FAVOR, contacte-o para nós.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81247
De: Morador Data: Seg 8/2/2016 21:30:35
Cidade: Mirabela/MG
Dados do site do Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo/USP 2015, referentes ao tremor de terra na comunidade rural de Laranjeiras, no município de Mirabela, em 06/02/2016:
Hora de origem: 2016-02-06 19:02:00 UTC
Long.: -44.16; Lat.: -16.26; Prof.: 0.0; M: M; Mag.: 2.2M; Região: Mirabela/MG. Informações carregadas 17:26:42 (hora oficial do Brasil) - 08/02/2016
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81246
De: Paulo Narciso Data: Seg 8/2/2016 12:04:50
Cidade: M. Claros
Abaixo, excelente entrevista feita pelo jornal "O Nhesuano", da Cultura Guarani, editado no Rio Grande do Sul, na cidade de Roque Gonzale (região missioneira), a 2271 km de Montes Claros, já na fronteira oeste, com a Argentina.

Nela, Nelson Hoffmann conta detalhes sobre o escritor montesclarense e jornalista, Manoel Hygino dos Santos, que no próximo mês de março, dia 13, completará 86 anos, em plena, fecunda e respeitada atividade.

É a maior voz ativa de M. Claros, e muitos dados revelados pelo jornal são desconhecidos até dos admiradores mais próximos do escritor, que, rapazote, deixou M. Claros antes dos anos 50 do século passado, mas a ela segue vinculado por laços irremovíveis, devotados.

A publicação, voltada para a região missioneira, uma das mais genuínas do Brasil, tem uma dúzia de páginas, de alto valor literário e antropológico, e na sua última folha rende homenagens a outro montesclarense - Darcy Ribeiro, citando ser ele o autor da denúncia de que 70 milhões de índios das Américas sofreram holocausto.

É necessário acrescentar: a Região das Missões, no Noroeste do Rio Grande do Sul, é venerada por viajantes do Brasil e do mundo, notadamente da Argentina, do Paraguai, do Uruguai e da Europa, em função das reduções jesuíticas dos Guarani, edificadas entre os séculos XVII e XVIII. No lado brasileiro, ficavam os Sete Povos das Missões. (Nunca esquecer que a poucos quilômetros de M. Claros, na Barra do Guaicuí, hirtas, abandonadas, esquecidas, ultrajadas, fincam-se relíquias deste mesmo tempo, do mesmíssimo impulso civilizatório).

Abaixo, a íntegra da entrevista de Manoel Higino aos Sete Povos das Missões, depoimento que merece ser percorrido com emoção e agradecimento:




"MANOEL HYGINO DOS SANTOS

Cronista lido, amado e respeitado, autor de dezenas de livros, personalidade marcante na trajetória do século XX/XXI, intelectual e Humanista acima de tudo, figura admirável. É possível não reverenciar Manoel Hygino?

Membro da Academia Mineira de Letras, jornalista e escritor, Manoel Hygino dos Santos, mineiro de Montes Claros, nascido em 13 de março de 1930, com mais de 20 livros publicados, em que predominam crônicas ou pesquisas históricas e literárias. Começou nas letras muito cedo, aos 18 anos, publicando: “Vozes da Terra”, contos e crônicas, 1948; passou por jornais, em sua terra natal e ,já em Belo Horizonte, foi redator e editor de revistas e jornais de maior circulação no Brasil. Atualmente é articulista do Jornal Hoje em Dia, editor do Jornal Santa Casa Notícias, da Revista da Academia Mineira de Letras, e Ouvidor da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte.
Em seus livros focalizou o homem em sua dúvida (Considerações sobre Hamlet), os movimentos de contestação (No rastro da subversão) a decadência e queda do império russo (Rasputin, o último ato da tragédia Românov), a explosão da juventude na sexta década do século passado (Hippies, Protesto ou Modismo) e a vida de Pedro Nava, o grande memorialista brasileiro (Tu és Pedro – Um crime que ficou sem castigo), dentre outros.
Inicialmente como assessor da Provedoria e assessor de imprensa. Fundou o órgão oficial de informação da instituição , do qual é editor e decidiu escrever a história da instituição , suas clínicas e personalidades, eternizando aspectos da assistência médica no Estado. Em 2005, escreveu: “Santa Casa de Belo Horizonte – Uma história de amor à vida”, seguindo mais de uma dezena de obras relacionadas à Santa Casa, propiciando a fixação da memória da instituição.
É detentor de diversos prêmios e títulos, como Prêmio Edmo Lutterback pelo conjunto de obras, Diploma de Personalidade Cultural da União Brasileira de Escritores, Medalha e Diploma do Sesquicentenário de Montes Claros, Medalha da Inconfidência do Governo de Minas Gerais, Comenda Eduardo Levindo Coelho, concedida pela Federassantas, em 2005, entre outros.

Manoel Hygino, a simpatia e admiração por sua pessoa, e a leitura de seus textos é grande por estas nossas bandas. Todos querem saber quem é Manoel Hygino dos Santos? Vamos por partes: Onde nasceu? Fale-nos de sua infância? Família, amigos? Havia livros, leituras em seus tempos de menino?

É muito agradável saber que os amigos do Sul, da fronteira, da região missioneira, me vêem com simpatia. Os meus textos, pobres textos que aí chegam, fazem parte de minha produção habitual, elaborados ao calor do cotidiano, em meio aos embates de múltipla natureza que os brasileiros enfrentam.
Nascido em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, em março de 1930, já no grande sertão
referido por Rosa, sou parte de uma gente que trabalha, consciente da importância de seu labor para o desenvolvimento do país. É gente continuamente esquecida pelos poderes públicos e sofrida em desenganos e desencantos. Montes Claros é uma cidade grande, das maiores do estado, população difusa e brava.

Meus avós e pais se dedicaram ao comércio e a pequena atividade agropecuária, sem luxos
e riquezas, sem faustos. Minha mãe, filha única; amigos, poucos mas honestos, que não pude cultivar, eis que, na adolescência, vim estudar em internato em Cachoeira do Campo,
município de Ouro Preto, para o curso médio, concluído em Belo Horizonte. Meus professores foram amigos e com eles auferi ensinamentos em período tão relevante da vida. Leitura, sim, desde cedo. Não havia o desvio de atenção imposto pela televisão, rádio ainda chegava, o cinema era o divertimento maior, alvo de comentários e discussões. Restava a leitura, e livros não faltavam. No mais, brincadeiras de jovens, andar a cavalo, visitar sítios, ajudar o avô e o pai no comércio, assistir aos festejos regionais. Trabalhar começou cedo, inclusive em chácara, abrindo covas e plantando.

E depois, nos ditos anos de formação, adolescência-juventude, por onde andou? Que escolas, cursos? Graduações, diplomas? São coisas que se perguntam, nosso leitor está curioso por saber. Pode contar?

Depois do internato em Cachoeira do Campo, com os salesianos, eis Belo Horizonte, para onde os pais se transferiram. Época de descobrimentos, busca de si mesmo, bons professores, Estado Novo, a Hora do Brasil. E mais cinema. Concluído o ginásio, fiz o clássico. Contato com a música, aulas de teoria; consertos assistidos no Conservatório Mineiro, freqüência a espetáculos teatrais, ópera, textos para jornais escolares, participação em entidades estudantis, fazendo promoções culturais no meio, vencendo a timidez. Aos 18 anos, a ousadia de escrever e ver publicado um artigo para “Gazeta do Norte”, jornal de Montes Claros, sobre o assassinato de Gandhi, que me conduziu à permanente experiência de redação.

Sabemos, o que importa é a obra e a sua obra é vasta. Antes, porém, ainda precisamos perguntar, porque o leitor gosta de saber particularidades da personalidade focada: Dono de sua vida, praticou que atividades, por quais caminhos progrediu, onde se encontra e o que realiza hoje?

Em casa, achava-se que deveria fazer Medicina. Havia parentes formados.
Uma bela profissão, prestigiada, rendosa. Os cursos eram, contudo, disputadíssimos. Mais
chances para aqueles que já tinham alguém no ramo. Os vestibulares eram extremamente concorridos. Consegui uma bolsa de estudos em Montevidéu, junto ao Ministério da Educação do Brasil. Duzentos dólares mensais, o suficiente. Representava 600 pesos, mais ou menos. Depois de rápida passagem pelo Hotel Globo, na Ciudad Vieja - Baja, estacionei no modesto Hotel Machado, na Calle San Salvador, perto do parque Rodó, bela região, próxima da Playa Remirez e do Hotel Cassino. Estudava muito, aprendia, formei amizades com estudantes do país, do Brasil,
da Espanha. Fiz a reválida, de todas as disciplinas do curso médio, mas também me submeti
a sabatinas das disciplinas de geografia e história do Uruguai, provas orais em espanhol,
assim como as escritas, a banca examinadora de olhos e ouvidos atentos. Aprovação honrosa, sem proteção. Dei aula particular de biologia, para um jovem, filho de alemães. Os cursos que fiz eram na Faculdade Nacional de Medicina, na General Flores, experimento riquíssimo e inesquecível, inclusive na dissecação de corpos. Ruben Romero Arenillas, funcionário ali, culto, poeta, falava perfeitamente pelo menos três ou quatro línguas, me ajudou, comentários sobre literatura, aprendi sobre Neruda e Gabriela Mistral, discutíamos Ruben Dario, Lorca e comecei a interessar-me pelos escritores da América Latina, seus pensadores, seus heróis. Montevidéu é múltipla e rica. Seus monumentos, grandes e atraentes; seu povo, cosmopolita, fino, sabe das coisas. De lá, seguia escrevendo para os jornais de Belo Horizonte. Adquiria cabedal, sem plano seguro.
No fim de 1953, voltei para férias. O país estava em ebulição, o governo Vargas, torpedeado pela oposição, por Lacerda, um extraordinário tribuno, corajoso e culto. O Brasil era palco único e próprio para sua eloqüência. Belo Horizonte, centro opositor desde o Estado Novo, inviabilizava retorno ao país sulino. Deixei Montevidéu, meus amigos, os estudos, as aulas de Anatomia, Citologia e Histologia, e, que pontificavam os maiores nomes do magistério universitário: o viejo May, dos tempos de Testut na França, professor Buño, na Histologia. Começar tudo de novo. Em 1954, a era Vargas se tornou passado, os planos anteriores foram abandonados. Tentaria as Ciências Jurídicas.

Aprovado no vestibular na apelidada Escolinha do Bispo, que constituía um dos núcleos da hoje poderosa Universidade Católica de Minas Gerais, a PUC-MG, comecei em Direito. Tampouco terminado, pelos novos rumos tomados na vida. O caminho era a imprensa, sobretudo em Belo Horizonte, mas também no Rio de Janeiro, na redação de jornais diários, na "Folha do Rio", como secretário de redação, a serviço de grupos ligados
aos Vargas. Mais tarde, já de retorno à capital mineira, além de escrever para os veículos locais (inclusive tevê), vinculei-me a Bloch editores, em seu corpo de redação e chefiando
a Sucursal de "Manchete" a maior revista do Brasil, por anos. Coube-me, por exemplo, dar
cobertura à revolução de 1964, desde a noite de 31 de março.
Simultaneamente, escrevia para todos os jornais de Belo Horizonte. Em "O Diário" maior jornal católico da América Latina, fui também redator, diretor de Redação e Presidente. Trabalhei como editor do "Diário de Minas" e diretor do grupo Força Nova de Comunicação, abrangendo jornal, televisão e rádios. Antes ousara lançar, aos vinte anos ou por aí, editar a revista "Esfinge", que durou três ou quatro números.
Exerci cargos públicos expressivos em âmbito municipal e estadual. No final do governo militar, vi-me designado gerente para Minas da Agência Nacional, da presidência da
República, cargo que ocupei por prazo não muito longo.

A obra é o que importa e aquilo que fazemos fica. Impressiona-nos a quantidade
de livros publicados, mas um detalhe nos chama atenção especial: a precocidade de
seu primeiro trabalho, Vozes da Terra, contos e crônicas. Tinha, então, ao que nos consta,
apenas 18 anos. Como foi isso? Nasceu escritor, viveu em cima de livros?

"Vozes da Terra" é o livro de juventude, fruto da necessidade de os moços registrarem seus sentimentos e pensamentos, os fatos que lhes merecem atenção. É a abertura, a
protofonia, com licença da imodéstia.

Na sequência desse primeiro livro, outro detalhe que chama mais a atenção: a demora para o lançamento do seu segundo livro, Considerações sobre Hamlet, ensaio. Entre um e outro, há um interstício de 17 anos. O que houve?
Depois, o princípio da maturidade com "Considerações sobre Hamlet", que planejara durante pesquisas na antiga bibliotecada UFMG. Terminado o trabalho, a Imprensa Oficial do Estado, por deferência de seu diretor Guimarães Alves, intelectual de primeira em Minas, resolveu editá-lo, elaborando o prefácio. Um detalhe: bem antes da publicação, submeti o texto a um antigo diretor do SNT - quando eu morava no Rio - e o dito perdeu os originais. Bom, né?
Mudança na vida, de cidade, as transformações políticas, levaram adiamentos na publicação de meus livros. Quem pode dedicar-se exclusivamente a eles no país? Não é preciso identificar nomes e qualificações.


Depois desse intervalo, vem uma avalanche de obras sem parar, até hoje. Cada livro melhor que outro. A grande predominância é a foram ensaística. Alguns, verdadeiras obras-primas. Destacam-se aqui, em nosso pequeno mundo missioneiro, livros como:
Tu és Pedro - Um crime que ficou sem castigo, Getúlio: De São Borja a São Borja, Jesus, causa mortis... Todos ensaios, estudos claros e fundamentados, com visões novas sobre fatos e problemas já bem conhecidos, mas nunca bem esclarecidos. O que o levou ao gênero ensaístico quando, lá no começo, se lançou como contista e cronista?

"Tu és Pedro" resultou do grande prestígio de Nava, mineiro de Juiz de Fora, memorialista de mão cheia. Seu suicídio, no Rio de janeiro, se deu quando eu estava no Diário de Minas". Um fato inusitado. Um médico e escritor consagrado, realizado, matar-se aos 80 anos? O fato me encabulou. Procurei aprofundar-me, conhecer melhor causas da tragédia, em que me fui enfronhando, investigando, principalmente por assumir a assessoria do provedor da Santa Casa de Belo Horizonte. Ele ali começara a carreira – desde universitário. Deixou colegas, então ainda vivos. No entanto, “Tu és Pedro” ainda é livro inconcluído, pelos próprios meandros da vida do personagem, já investigados por Zuenir Ventura, agora na ABL.

“De São Borja a São Borja” é uma nostálgica reconstituição de episódios da vida de Getúlio, em suas muitas nuances. Atravessei o seu extenso período no Palácio do Catete, ouvi a seu respeito as expressões mais altas de respeito e afeição, que chegavam ao fanatismo. O objetivo do pequeno volume residiu em esclarecer aspectos de personalidade, de quem ele foi, sua liderança incontestável, sua conduta pessoal e pública, fatos de sua carreira.
A História me interessa acima de tudo, somente lamentando o pouco tempo diário disponível e a proximidade do adeus definitivo, que não me permitem muito mais.
“Jesus, causa mortis” é auto-explicável. Considerando o final de sua paixão, o que lhe teria efetivamente causado a morte física? Examinei inúmeros autores, cientistas e religiosos. Um tema fascinante, envolvendo também o Sudário, versões cinematográficas, um painel infindo e imponderável. É um resumo.
Outro detalhe de sua obra: a intensa publicação de livros sobre problemas de saúde. Só para exemplificar, o último: O caranguejo Sinistro – A luta sem trégua contra o câncer. O fato é compreensível porque exerce atividades na Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte. Como é isso de um homem de letras, artista da palavra, cronista querido e admirado, exercer e executar uma atividade tão difícil, de contínua visão do sofrimento humano, suas limitações e fins?

A vida nos ensina ser mais ou tão importante quanto a ficção. Com meu ingresso na Santa Casa de Belo Horizonte, uma das três maiores organizações de assistência médica filantrópica do Brasil, enveredei pelos ínvios e rudes caminhos dos que sentem e sofrem, que tem a vida em risco e procuram soluções nem sempre nas mãos dos homens. É um aprendizado incessante, doloroso, desgastante, abrangendo homens que se dedicam interminavelmente ao bem, dando provas de solidariedade e amor. Nos livros desta série, focalizo as doenças, suas origens, os tratamentos,
os doentes, suas desditas e angústias; os profissionais da medicina e da enfermagem, dos laboratórios, enfim toda a máquina construída para minorar o padecimento. É algo profundamente humano. Inicialmente ali criei a assessoria de comunicação, um jornal, os primeiros passos para um site; depois, instituímos um programa artístico para os enfermos; finalmente, a Ouvidoria. É preciso que pacientes, familiares, acompanhantes, sejam ouvidos em suas queixas e reclamações. Ninguém precisa tanto de ser auscultado...

Todo escritor tem uma boa bagagem de leituras e, não adianta fugir, alguma influência ou admiração por livro ou autor anterior. Autores e livros preferidos? Alguma influência? Algum destaque? Além da Literatura, alguma outra Arte de seu encanto?

Todos os livros nos deixam marcas, desde os escolares. Depois deles, vieram o "Tesouro da Juventude", de meu avô, que me aguçou o interesse pela admirável missão de viver e enfrentar situações adversas, de pessoas que souberam cumprir o seu papel humano. Mais adiante, Dickens, Shakespeare, Hemingway, Cervantes, Dostoievsky, Dante, além dos nossos autores, muitos dos quais de primeira grandeza: Machado, Castro Alves, Rosa, e inúmeros na ficção, na história, na poesia. Enunciar todos os nomes ocuparia páginas. Mas não esqueço, nem poderia, por exemplo, Érico Veríssimo, que marcou meu período de adolescência, despertando minha atenção e adoração pelo Sul, sua brava gente. Missão seguida por autores atuais, da capital e do interior gaúchos, que fazem literatura de primeira grandeza e até se fazem conhecidos em outros países, antes de serem aqui reconhecidos. A literatura fascina, mas o Brasil precisa aprimorar-se mediante aproximação dos leitores mediante a melhor distribuição da produção.

E hoje? O que nos diz dos dias de hoje, em Literatura?

Continuamos tendo excelentes escritores, embora haja – como não poderia deixar de ser – os que escrevem simplesmente para agradar a determinados segmentos e angariar faturamento. Destes não me aproximo.
Ingressei na Academia Mineira de Letras, premido pelas circunstâncias. O antigo presidente Vivaldi Moreira, um intelectual autêntico (que poderia alcançar a Brasileira) insistia que eu me candidatasse. Não tinha com ele liames mais estreitos, mas Vivaldi via minha presença na Academia como objetivo pessoal. Faleceu sem consegui-lo, mas deixou como herança ao sucessor que me fizesse "imortal"! Inclinei-me à determinação de ambos e fui escolhido por unanimidade. Sou, também, diretor da entidade e editor de sua prestigiosa revista, com quase cem anos.
Aliás, por realidade de juventude, fundei – ao lado de outros escritores moços - a Academia
Mineira Juvenil de Letras, quando tinha em torno de 20 anos. Coisa de mocidade!

Por Nelson Hoffmann – Nelson.hoffmann@yahoo.com.br

Bibliografia
“Vozes da Terra”, contos e crônicas, ed. do autor, 1948;
“Considerações sobre Hamlet”, ensaio histórico, ed. Imprensa Oficial de Minas Gerais, 1965;
“Rasputin, último ato da tragédia Românov”, ensaio, ed. Júpiter, 1970;
“Governo e Comunicação”, monografia, ed. Imprensa Oficial, 1971;
“Hippies, Protesto ou Modismo”, ensaio, ed. Júpiter, 1978;
“Sangue em Jonestown, uma tragédia na Guiana”, ensaio, ed. Júpiter, 1979;
“No Rastro da Subversão”, ensaio, ed. Faria, 1991
“Darcy Ribeiro, o ateu”, biografia, ed. Fumarc, 1999;
“Notícias Via Postal”, correspondência, 2002;
“Tu és Pedro – Um crime que ficou sem castigo”, ensaio, gráfica O Lutador, 2004;
“Santa Casa de Belo Horizonte – Uma História de Amor à Vida”, edição Conceito Comunicação e Cemig, 2005; segunda ediçãi, 2010;
“Clínica de Olhos – 90 anos, Uma História de Pioneirismo em Minas Gerais”; segunda edição, 2009.
“Reverência pela Vida. A pediatria em Minas Gerais”;
“Tempos de Nascer: A Obstetrícia em Minas Gerais”;
“Vargas: De São Borja a São Borja”, 2009;
“Memórias do Centro Precursor e Difusor da Especialidade em Minas – Endocrinologia e Metabologia da Santa Casa”, 2010;
“Trabalhando com o Coração – A cardiologia na Santa Casa”, 2010;
“Jesus, causa mortis, 2010”;
“Cem Anos das Servas do Espírito Santo na Santa Casa de Belo Horizonte”, 2011;
“A Dermatologia na Santa Casa”, 2011;
“A Peste Branca A Pneumologia e a Tisiologia – Um relato”, 2011;
“Doutora Celina Cem Anos de vida e solidariedade”, 2011.
“História da Neurologia e Neurocirurgia da Santa Casa de Belo Horizonte”, 2010
“Mãos que Afagam, Palavras Que Enternecem – As Voluntárias da Avosc”, 2011
“Sociedade de Gastroenterologia e Nutrição de Minas Gerais – Uma história de serviço à saúde e à Medicina” – 1947-2012”, Imprensa Oficial 2012
“Lucas Machado – Bom de bola e bisturi” , Imprensa Oficial, 2012
“Madrigal Renascentista”; Ed. CBMM, 2012
“Pelos Bosques da Memória” – FAPI Editora, 2013
“O Caranguejo Sinistro – A luta sem trégua contra o câncer”. FAPI- Editora, 2013"
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81245
De: Inês Data: Dom 7/2/2016 18:35:29
Cidade: Januária
Dom 07/02/16 - 16h50 - Tremor de terra em Mirabela, de dez segundos, não foi registrado pelo Observatório Sismológico de Brasília, fechado para o Carnaval - relata o Estado de Minas.
Os tremores de terra estão caminhando pelo Brasil. Não foi mencionado, mas dia 24 último ocorreu um em itacarambi, conforme dados abaixo, do Observatório de Brasília:

Hora de origem: 02:43:23 (UTC)
Hora (Brasília Verão): 00:43:23
Epicentro: Próximo a ~ 9km Itacarambi (MG)
~ 44km Januária (MG)
~ 115 km Janaúba (MG)

Lat.: -15,8º - Long.:-44,1º (Erro: ± 2km) - Prof. 15km (fixo)
Fases usadas : 6
Magnitude: 1,5 mR
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81244
De: Copasa Data: Dom 7/2/2016 17:01:00
Cidade: M. Claros
Neste dia 08/02/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 08/02 às 08h do dia 08/02.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago I e II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 1: De 08h do dia 08/02 às 17h do dia 08/02.
Bairros: São Jose, Alto São João, Vila Regina, Renascença, Conjuntos Habitacionais Tancredo Neves, Santa Cecília e Floresta, Vila Exposição, Alicio Maia, parte centro, Vila Anália, Santo Antônio I e II, Jardim Olímpico, Conj. Havaí, Santos Reis, Amazonas, Jardim Brasil, Vila São Francisco de Assis, Vila Antônio Narciso, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Áurea, Santa Eugenia, Eldorado, Vila Castelo Branco, Jardim Alvorada, Vila Sumaré, Dr. Antônio Pimenta, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Vila Telma, Vila Sion, Conj. Habit. Jose Carlos de Lima, Grande Independência e Adjacentes, Jardim São Geraldo II, Mangues, Cond. Aras Pirâmides, Residencial Sul Ipês.
REGIÃO 5: De 08h do dia 08/02 às 20h do dia 08/02.
Bairros: Parte Morrinhos, Morada do Parque, Morada da Serra, Jardim Liberdade, Augusta Mota, Parque Jardim Morada do Sol, Parte Cidade Nova, Jardim São Geraldo, Major Prates, Santa Rita I e II e parte do Sumaré, São Judas I e II Vila Greicy, Ciro dos Anjos, Conj. Habitacional Joaquim Costa.
A Copasa esclarece que o abastecimento nestas regiões será restabelecido de forma gradativa.
Para outras informações, dúvidas ou solicitação de serviços, ligue 115, cuja chamada é gratuita, ou vá até a agência de atendimento ao cliente mais próxima de sua residência
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81243
De: Estado de Minas Data: Dom 7/2/2016 16:49:12
Cidade: BH
Tremor de terra assusta moradores de Mirabela, no Norte de Minas - O evento ainda não foi confirmado pelo Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), fechado neste Carnaval. Mas moradores sentiram o abalo - Luiz Ribeiro Moradores da comunidade de Laranjeiras, na zona rural de Mirabela, Norte de Minas, ficaram assustados com um tremor de terra, ocorrido no final da tarde desse sábado. Segundo relatos deles, houve uma forte explosão. Logo em seguida, a terra tremeu. O professor Lucas Vieira Barros, do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), disse que a região tem um "histórico de sismicidade", mas que, neste domingo, não há como confirmar se o evento foi registrado pelos equipamentos da unidade, que não tem funcionários trabalhando neste feriado de carnaval.
Laranjeiras fica distante cinco quilômetros da sede de Mirabela. A aposentada Romana Gonçalves Ferreira, a "dona Nena", de 75 anos, uma das moradoras de localidade rural, disse que levou um grande susto no momento do abalo sísmico. "Eu estava encostada na parede e senti a parede balançar muito". Amedontrada, ela correu para a casa da nora, a lavradora Zileide de Fátima Veloso, na mesma localidade.
"Eu estava lavando a casa, quando ouvir uma explosão forte e, logo em seguida, a terra tremeu. Fiquei sem saber o que realmente aconteceu", descreve Zileide, salientando que cães, vacas, galinhas e outros animais domésticos também ficaram muito assustados. Ela informou que, a princípio, chegou a pensar que pudesse ter ocorrido algum acidente grave na BR 135 (estrada Montes Claros/Januária), que passa perto de sua casa. "Mas, depois não ouvi noticia de nenhum acidente", completa a lavradora.
O pintor de parede José Geraldo Mendes Gomes, de 55 anos, conta que mora em Montes Claros e estava na casa em Laranjeiras, onde sentiu o chão tremer. "Eu estava tomando café. A parede balançou e parecia que iria cair. Tive medo, sim", afirma José Geraldo. Segundo ele, o tremor durou em torno de 10 segundos.

***

Estado de Minas -08/02/2016 - Benny Cohen / , Luiz Ribeiro - O tremor de terra sentido na zona rural de Mirabela, cidade na Região Norte de Minas, foi registrado por duas estações sismográficas no Estado. Uma delas, mantida pela UnB, fica em Januária, na mesma região; a outra, em Diamantina, é da USP.
Segundo o professor Marcelo Assumpção, do Centro de Sismologia da USP, o tremor ocorreu exatamente às 17h02 do último sábado "e teve magnitude 2.0, bem pequena, razão pela qual deve ter sentido apenas no bairro de Laranjeiras", mas não área central de Mirabela. A estação sismológica de Montes Claros, mais próxima do epicentro, estava fora do ar no dia do tremor.
Moradores da comunidade de Laranjeiras ficaram assustados. A aposentada Romana Gonçalves Ferreira, de 75 anos, contou que "estava encostada na parede e senti a parede balançar muito". Ela se refugiou na casa da nora, a lavradora Zileide de Fátima Veloso, na mesma localidade. Zileide disse que "estava lavando a casa, quando ouvi uma explosão forte e, logo em seguida, a terra tremeu. Fiquei sem saber o que realmente aconteceu". O pintor de parede José Geraldo Mendes Gomes, de 55 anos, mora em Montes Claros mas está passando o carnaval na casa em Laranjeiras, onde sentiu o chão tremer. "Eu estava tomando café. A parede balançou e parecia que iria cair. Tive medo, sim", afirma José Geraldo. Segundo ele, o tremor durou em torno de 10 segundos
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81242
De: Maria Luiza Silveira Teles Data: Dom 7/2/2016 16:16:22
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
E-mail: mluizateles@gmail.com
AINDA SE MORRE DE AMOR...


Ela era apenas uma menina quando ele a conheceu, uma menina que desabrochava para a vida de mulher. Bastou um único olhar para apaixonar-se. Este amor iria durar toda uma vida, mas um amor calado, sem esperanças, sufocado no peito.
Em seu coração, ele a chamava de “princesa”. E como poderia uma princesa olhar para um simples empregado de seus pais?
Ela era doce, gentil, educada. Parecia-lhe uma flor. Tratava-o sempre muito bem, como a qualquer um... Nem de longe poderia desconfiar daquele amor, pois ele era sempre respeitoso e, quando lhe falava, abaixava os olhos, talvez para que não pudesse ler neles aquele sentimento avassalador.
Para que sua dor fosse maior, mas, ao mesmo tempo, para sua felicidade e orgulho, o pai da garota encarregou-o de olhar por ela, sempre à distância, para que ela não desconfiasse. Isto porque ela tinha saúde frágil e, muitas vezes, desmaiava na igreja, no cinema, com ele sempre ali a amparando. Quando ela voltava dos desmaios era sempre o olhar dele, aquele olhar temeroso e cheio de carinho, com o qual ela se deparava primeiro.
Além do problema da saúde, ela começava a chamar a atenção dos rapazes e o pai o encarregara de não deixar nenhum se aproximar dela.
Morou algum tempo em casa dela e aprendeu com os pais e com ela própria uma ética que nortearia toda sua vida. Sempre justo, honesto, verdadeiro, gentil. Estes seriam os mesmos valores que, um dia, ele passaria para seus filhos.
Tinha um enorme e grosso caderno, ao qual ninguém nunca teve acesso, no qual ele ia escrevendo seus versos para a princesa.
Um dia, porém, - sempre chega este dia – a vida os separou. Ele continuou vivendo uma vida pela metade, pois ela lhe faltava. E ela se lembraria, muitas vezes, dele como um irmão que ficara pelo caminho...
Ele se casou com outra e constituiu uma bela família, mas sempre com a lembrança doída daquele amor que seria eterno. Separou-se da mulher, pois é sempre difícil viver com uma e ter outra no coração... Seu caderno continuava registrando suas dores, sua saudade, o abismo de sua alma e os desertos difíceis por onde teve que andar...
Ele precisava encontrá-la! Mas, pensava, era uma loucura! Ela teria sua vida, deveria estar casada e com filhos. Além disso, com a inteligência que já naqueles tempos demonstrava, deveria ser alguém muito importante.
Ninguém pode prever as voltas que este mundo dá. Pois não é que, já na terceira idade, sentindo que a vida o abandonava, ele conseguiu encontrá-la?! Ela continuava com aquele jeito simples e doce de menina! Descobriu que, realmente, ela era muito importante, mas quem o diria com aquela humildade?! Abraçou-o feliz e aquela chama virou uma labareda que tomou conta de seu ser. A viagem para encontrá-la foi muito dura e difícil para ele, mas valeu poder estar com ela! Não a perderia mais!
Mês após mês, ele sempre lhe telefonava. Agora, já não tinha mais vergonha de lhe falar daquele amor que o consumira por uma vida! Afinal, ela estava só e ele também e as distâncias sociais que, antes, os separaram eram insignificantes nos dias de hoje...
Pediu-lhe cartas e ela lhe escreveu. Pediu uma foto e ela enviou-a. Pediu que fosse visitá-lo e ela concordou. Marcou a viagem e ele preparou tudo, com enorme zelo, para recebê-la como uma princesa, o que ela verdadeiramente era e fora sempre para ele.
O destino, porém, foi impiedoso e, nos dias do embarque, problemas familiares a impediram de viajar... Como ele sofreu! As forças o abandonavam... Ela seria a única luz que poderia devolver-lhe a vida! Mas ela não foi...
Continuaram, porém, a falar-se pelo telefone. Foram quatro anos, sem forças, com a moléstia o devastando, apesar da pouca idade. E não morria a esperança, como ele próprio dizia, de entregar-lhe aquele beijo guardado há tanto tempo!
Ele precisava de uma cirurgia urgente no coração e ela animou-o muito para fazê-la, mas ele não quis. Disse-lhe que preferia morrer em sua cama a fazê-lo numa sala de cirurgia. Ela retrucava: “mas não é para morrer, é para viver mais!”. Ele, porém, não acreditava que sobreviveria...
O telefone não tocou mais e o coração dela oprimiu-se. Uma angústia não a abandonava. Teve vontade de ligar, mas teve medo, medo daquilo que seu coração já tinha lhe avisado...
Depois de três meses, tomou coragem e ligou. A filha atendeu. O coração dela disparou. Disse que queria falar com o pai e um longo silêncio se seguiu... Quando a moça conseguiu falar, disse-lhe: “não tivemos como avisar à senhora...”- “avisar-me de que?” – pergunta besta quando já sabia a resposta... “Parece que ele tinha o telefone da senhora na cabeça, pois não o encontramos em nenhuma agenda...”. E a frase-punhal veio certeira: “Ele faleceu há três meses”.
Como podia ser? Levara com ele aquele imenso amor? Aquele beijo nunca dado? E, agora, mais do que nunca, ela se sentia só. Vida cruel! E agora? Repetia bobamente... Alguém se importa? Não, ninguém! Cada um tem sua história e que importa ao mundo a morte de alguém que morreu de amor?...


Maria Luiza Silveira Teles
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 81241
De: Observador Data: Dom 7/2/2016 12:52:03
Cidade: Moc/MG
"Dom 07/02/16 - 10h43 - Governador diz que quarentena é necessária a pessoas que retornarem do Brasil aos EUA, por causa do zica vírus"
Conforme o texto abaixo, que achei no Google, alguns países, incluindo os EUA, contribuiram para a volta do mosquito Aedes aegypti ao Brasil, após ter sido erradicado em 1955: "É verdade que o mosquito A. aegypti já foi erradicado e depois reintroduzido no Brasil?No início do século 20, a identificação do A. aegypti como transmissor da febre amarela urbana impulsionou a execução de rígidas medidas de controle que levaram, em 1955, à erradicação do mosquito no país. Em 1958, o país foi considerado livre do vetor pela Organização Mundial de Saúde (OMS). No entanto, a erradicação não recobriu a totalidade do continente americano e o vetor permaneceu em áreas como Venezuela, sul dos Estados Unidos, Guianas e Suriname, além de toda a extensão insular que engloba Caribe e Cuba.
A hipótese mais provável para explicar a re-introdução do mosquito no Brasil é a chamada dispersão passiva dos vetores, através de deslocamentos humanos marítimos ou terrestres – dinâmica facilitada pela grande resistência do ovo do vetor ao ressecamento. No Brasil, o relaxamento das medidas de controle após a erradicação do A. aegypti permitiu sua reintrodução no país no final da década de 1960. Hoje o mosquito é encontrado em todos os Estados brasileiros." Fonte: Instituto Oswaldo Cruz. - Guardadas as devidas proporções, isto é parecido com o combate ao mosquito nas cidades, ou seja, se alguns moradores procuram eliminar os criadouros do mesmo, mas outros não, o inseto continua reproduzindo naquela região e mantem suas atividades, colocando em risco de se contaminarem pelos vírus que ele transmite.

Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81240
De: José Ponciano Neto Data: Sáb 6/2/2016 10:57:14
Cidade: Montes Claros/MG  País: Brasil
Hipócritas promessas:
Como conselheiro de vários corpos consultivos e coletivos, ainda acredito em pessoas honestas. Mas, a ganância, a hipocrisia dos corruptos e daqueles sem princípios que abusa da confiança do povo. Vem nos deixando cada dia mais incrédulo com os comandantes da legislação, da justiça e do executivo.
Estamos caminhando para uma guerra partidária, que pode trazer muitas conseqüências à sociedade. Estão instigando para coisas piores; não existem de forma nenhuma, “santinhos” neste mundo da divergência política.
Então mentir, colocar outdoor sustentando imagem de um samaritano (a) não vai colar.
Abaixo elencadas algumas promessas e utopias.
Duplicação da BR 251 – Ponte sobre o São Francisco da Cidade de São Francisco p/ Pintópolis - terminar o asfalto de Monte Rey para Montalvânia - A fábrica da New Holand - Construção do Mocão - Barragem de Berizal - Barragem do Rio Congonhas (Itacambira) - VLT (Veículo Leve sobre trilhos, digo, metrô de Superfície) – melhorias na Drenagem Urbana – Anel Rodoviário Norte (da saída p/ Francisco. Sá até Fabrica de Cimento) – Elevado da confluência Av. João XXIII c/ Av. Dep. Esteves Rodrigues – Asfaltamento das avenidas dos Córregos Vargem Grande e Bicano – Centro de Convenções - Conjunto Habitacional do Cristo Rey (Feijão Semeado) – Hospital do Trauma – Reforma do Parque Sapucaia – Acabar com a prostituição infantil nos postos de combustíveis – acabar com a corrupção em todos os níveis, independente dos partidos. Criar centros de recuperação para Drogados; e mais... e mais inacabadas. Todos elencados serão usados pelos políticos oportunistas, sem capacidade de ocupar os cargos ambicionados. Isso me dar não à sensação de impunidade diante das promessas enganosas (fraude eleitoral), mas, de que chegamos ao fundo do poço.
Hoje está completando 86 anos (1930) que a comitiva do então Vice-presidente da República Dr. Melo Viana receberam uma descarga de armas de fogo iniciada pelos correligionários do João Alves e Dona Tiburtina. Neste tiroteio morreram; o menino Fifi criado pelo Sr. Lindolfo Alfaiate - Dona Iraci de Oliveira Novaes - Fleury, secretário do Vice-presidente e outros mais. O trem teve que voltar de ré até Bocaiúva. Diante da situação da política tupiniquim; quem está voltando de “Ré” é Montes Claros.
Cautela nas campanhas e nos votos é a ordem do ano.
Post scriptum: Já elenquei uns quatro candidatos a vereador corruptos (comprovados) para próxima eleição montesclarina. Não sei o que vai dar.

(*) José Ponciano Neto é membro do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros - IHGMC.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81239
De: Délio Data: Sáb 6/2/2016 08:05:23
Cidade: Belo Horizonte
Notícia desta sábado de Carnaval, do jornal Hoje em Dia, de BH:

"Em Contagem, a CNH Industrial controla duas marcas de máquinas, a Case e a New Holand, fornecedoras do setor agrícola e da construção. Os trabalhadores de ambas não vão trabalhar de seis a 10 de fevereiro, mas nesse caso repetem o que ocorreu no ano passado, de acordo com a assessoria de imprensa da empresa. O ambiente desfavorável levou a CNH a suspender um investimento de R$ 600 milhões em uma nova fábrica de máquinas em Montes Claros. Cerca de 2,7 mil empregos seriam gerados na unidade, que teria capacidade para 6 mil máquinas por ano."

Comento: pelo que se sabe, o adiamento, ou cancelamento, da fábrica da New Holand já vem de longe, há mais de 6 meses. Ninguem mais fala nesta fábrica. Parece que sua instalação, bradada aos ventos, foi um factoide, tão ao gosto dos senhores políticos em véspera de eleição. No caso, a última eleição.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81238
De: Paula Data: Sex 5/2/2016 22:11:24
Cidade: Montes Claros-MG
Apagão total no Morada do Parque. Quando achamos que a luz vai voltar, só volta uma fase, pisca um pouco e vai embora de novo. Onde mais?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81237
De: Copasa Data: Sex 5/2/2016 14:50:04
Cidade: Montes Claros
(...) Neste dia 06/02/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 06/02 às 08h do dia 06/02.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago I e II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 1: De 08h do dia 06/02 às 17h do dia 06/02.
Bairros: São Jose, Alto São João, Vila Regina, Renascença, Conjuntos Habitacionais Tancredo Neves, Santa Cecília e Floresta, Vila Exposição, Alicio Maia, parte centro, Vila Anália, Santo Antônio I e II, Jardim Olímpico, Conj. Havaí, Santos Reis, Amazonas, Jardim Brasil, Vila São Francisco de Assis, Vila Antônio Narciso, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Áurea, Santa Eugenia, Eldorado, Vila Castelo Branco, Jardim Alvorada, Vila Sumaré, Dr. Antônio Pimenta, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Vila Telma, Vila Sion, Conj. Habit. Jose Carlos de Lima, Grande Independência e Adjacentes, Jardim São Geraldo II, Mangues, Cond. Aras Pirâmides, Residencial Sul Ipês.
REGIÃO 5: De 08h do dia 06/02 às 20h do dia 06/02.
Bairros: Parte Morrinhos, Morada do Parque, Morada da Serra, Jardim Liberdade, Augusta Mota, Parque Jardim Morada do Sol, Parte Cidade Nova, Jardim São Geraldo, Major Prates, Santa Rita I e II e parte do Sumaré, São Judas I e II Vila Greicy, Ciro dos Anjos, Conj. Habitacional Joaquim Costa.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81236
De: José Ponciano Neto Data: Sex 5/2/2016 10:14:00
Cidade: Montes Claros/MG
DADOS DA BARRAGEM DA COPASA EM JURAMENTO - MG: 05 / Fevereiro/ 2016
Cota: 637,29

Volume acumulado: 32.412.368 m3 (representa 71,80 % do volume total)
Volume Útil Operacional: 35,80 %
Chuva do dia: 0,0 milímetros.
- Faltam 2.96 metros para verter na Cota de transbordo 640,25 –
Total de chuva no mês de Fevereiro 0,0 mm : ( região de Juramento)

Do dia 02/02 para 05 /02 reduziu 01 centímetro.

Obs: Os mananciais Canoas, Saracura e Juramento com vazões normais para época.

- Há 67 anos (1949) a V. Exª Revma. Dom Antônio de Morais, Bispo Diocesano inaugura instalações Ford, na Praça Oswaldo Cruz, esquina com a Rua Carlos Gomes, na cidade de Montes Claros estiveram presentes altas autoridades e representantes de diversas classes sociais. A concessionária pertencia ao Sr. Joaquim Alves da Silva; o primeiro gerente Dr. Décio Lopes de Oliveira. ( Fonte Nelson Viana) A concessionária – hoje CREVAC não pertence aos mesmos donos.

(*) José Ponciano Neto Tec. Meio Ambiente e Recursos Hídricos e do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81235
De: Tribunal de Contas de Minas Gerais Data: Sex 5/2/2016 09:28:14
Cidade: Belo Horizonte
Tribunal confirma suspensão de concorrência de R$ 4,6 bilhões em Montes Claros - O Tribunal de Contas (TCEMG) referendou, durante sessão plenária desta quarta-feira, 03 de fevereiro, decisão do conselheiro Wanderley Ávila, que suspendeu uma concorrência pública da Prefeitura de Montes Claros, no Norte de Minas. A deliberação decorreu da análise da Representação (nº 969.362), de iniciativa da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa).
A licitação paralisada pretende fazer a concessão dos serviços públicos de abastecimento de água e esgotamento sanitário no município pelo prazo de 35 anos. O critério para escolha da concessionária é a maior oferta pela outorga fixa, com valor mínimo de R$ 60 milhões a ser pago ao município. O valor estimado da contratação é de R$ 4,6 bilhões, referente ao total da receita corrente da empresa vencedora, durante a vigência do contrato.
A medida cautelar foi dada, em dezembro do ano passado, com base na ausência de projeto básico, que deveria estar anexado ao Edital da Concorrência Pública 47/2015, como exigiria a Lei de Licitações e Contratos (nº 8666/93). A suposta irregularidade foi o bastante para o conselheiro e, agora, o Tribunal Pleno identificarem a existência da fumaça do bom direito e do perigo da demora, os pressupostos necessários para a aplicação da liminar. Com isso, a sessão pública que apreciaria a concorrência no dia 23 de dezembro do ano passado não foi realizada, e a prefeitura deve aguardar o julgamento do mérito pelo TCEMG.
Para a Copasa, o edital erra ao exigir o pagamento da outorga variável, definida como um pagamento mensal de 4,5% das receitas obtidas pela concessionária. Os procuradores da companhia argumentam que essa parcela variável é ilegal, porque “fere o princípio constitucional da modicidade tarifária, pois esse custo inevitavelmente será transferido ao consumidor, transformando o serviço público de saneamento básico em fonte transversa de receita do Município”.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81234
De: Copasa Data: Sex 5/2/2016 08:14:05
Cidade: Montes Claros
(...) Neste dia 05/02/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 05/02 às 08h do dia 05/02.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago I e II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 2: De 08h do dia 05/02 às 17h do dia 05/02.
Bairros: Maracanã, Nossa Senhora das Graças, Santa Rafaela, Conj. Habit. Jose Coreia Machado, Ciro dos Anjos Conj. Habit. Joaquim Costa Vila Campos, D. Gregória Vila Atlântida, Bela Vista, Jardim Panorama I e II, Vila Oliveira parte Barcelona Parque, Nova Morada, Centro, Melo, Todos os Santos I e II, Barcelona Park, Edgar Pereira, Vila João Gordo, Cintra, Roxo Verde, Vila Ipiranga, Bairro de Lurdes, Vera Cruz, Esplanada, Santa Laura, Interlagos Monte Alegre, Alcides Rabelo, Monte Carmelo, Santo Amaro, Conj. Habit. Alterosa II, Jardim Palmeiras, Santa Lucia I e II.
REGIÃO 6: De 08h do dia 05/02 às 17h do dia 05/02.
Bairros: Morada do Sol, Santo Expedito, Cândida Câmara, Funcionários, Sagrada Família Parte Ibituruna, Jardim São Luiz, Vila Santa Maria.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 81233
De: Consumidor Data: Qui 4/2/2016 17:47:12
Cidade: Montes Claros/MG
"Qui 04/02/16 - 8h - Em março, conta de luz terá caído cerca de 10%, para um aumento de 50% no ano passado" - A cobrança dos kwh consumidos, pela CEMIG, é assustadora. Em 27/12/2015 venceu minha conta, referente a um consumo de 61 kwh, pelo qual paguei R$44,45. Em 27/02/2016 vencerá outra fatura, sendo o consumo de 55 kwh (ou seja, houve uma redução de 9,84%) e o preço a pagar de R$56,82 (elevação de 27,8%). Dá para entender?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81232
De: Luiz Ortiga Data: Qui 4/2/2016 11:35:51
Cidade: BRASÍLIA -DF
E-mail: ortigaluiz@ig.com.br
Considero uma aberração, Montes Claros, cidade com meio milhão de habitantes, com um passado esportivo dos mais brilhantes, não possuir um representante no campeonato mineiro de futebol. Quem conheceu o Ateneu(João Rebelo), Cassimiro de Abreu*, Ferroviário e mais antigamente o União, não podem aceitar esta lacuna.Todos´nós daqui e que residimos, hoje, longe da cidade, ficamos sem entender. Um passado esportivo brilhante em várias modalidades (natação, voleibol feminino, etc.). O nosso futebol era tão forte, p. ex, que o Atlético Mineiro veio a Montes Claros(1952) para que o João Rebelo colocasse a faixa neles. Só que levaram de 2x1, fora o baile. O time deles completo. O Alexandre Macedo, nosso lateral, não só anulou o ponta Pedro Amorim e deu nele um baile. O técnico Yustrich do Atlético, deu uma surra no Pedro Amorim, no caminho para o hotel S.José, que tiveram que separar. Só tínhamos craques.
*O nome Cassimiro de Abreu é uma homenagem ao jovem Cassimiro, filho do Sr.Olimpio de Abreu e d.Lica que moravam na rua Padre Teixeira. Cassimiro faleceu jovem e tinha muitos amigos que resolveram dar o nome dele ao time de futebol formado e não ao poeta fluminense. Já o Ateneu, chamava-se João Rebelo homenagwem à um dos membros da familia Rebelo tradicional em Montes Claros. Esperamos que os esportistas da cidade se organizem e ocupem o lugar que merecem por direito no campeonato mineiro. Não esquecendo que precisamos de um estádio decente na cidade já faz tempo...
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81231
De: Jaime Pinto Data: Qui 4/2/2016 08:08:37
Cidade: Montes Claros
"Faleceu ontem em sua casa, aos 77 anos, Ademar Toledo, o irmão de Ubirajara Toledo (Titio Bira). Toledo emprestou sua maravilhosa voz ao Grupo de Serestas João Chaves por longos 36 anos..."

Muitos perderam Ademar Toledo, muitos como eu perderam "Vaquinho". Eramos amigos desde os idos dos anos 70, companheiros de pelada no campinho de terra na Vila Ipê onde hoje se localiza o CDL, a sagrada pelada dos sábados a tarde. Vaquinho não era nenhum Neimar, mas completava os times e era de uma alegria, simplicidade e tinha um coração de criança. Tinha os seus sobrinhos de sangue (Carlão, Birinha, Bandeira e Gutcha, todos filhos de Tio Bira. E tinha os sobrinhos do coração dos quais tive o prazer de figurar juntamente com Vildão, Ricardo Bocão, Ronildo Camarão, Elson Madureira (Ostoge), Jânio dos Santos e muitos outros. Tinha carinho especial por cada um, se preocupava quando alguém faltava e nos presenteava com a sua voz, cantada e falada. Que o bom Deus o receba ao som de O Bardo.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81230
De: Copasa Data: Qua 3/2/2016 16:05:45
Cidade: Montes Claros
(...) Neste dia 04/02/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 04/02 às 08h do dia 04/02.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago I e II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre
REGIÃO 1: De 08h do dia 04/02 às 17h do dia 04/02.
Bairros: São Jose, Alto São João, Vila Regina, Renascença, Conjuntos Habitacionais Tancredo Neves, Santa Cecília e Floresta, Vila Exposição, Alicio Maia, parte centro, Vila Anália, Santo Antônio I e II, Jardim Olímpico, Conj. Havaí, Santos Reis, Amazonas, Jardim Brasil, Vila São Francisco de Assis, Vila Antônio Narciso, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Áurea, Santa Eugenia, Eldorado, Vila Castelo Branco, Jardim Alvorada, Vila Sumaré, Dr. Antônio Pimenta, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Vila Telma, Vila Sion, Conj. Habit. Jose Carlos de Lima, Grande Independência e Adjacentes, Jardim São Geraldo II, Mangues, Cond. Aras Pirâmides, Residencial Sul Ipês,
REGIÃO 5: De 08h do dia 04/02 às 20h do dia 04/02.
Bairros: Parte Morrinhos, Morada do Parque, Morada da Serra, Jardim Liberdade, Augusta Mota, Parque Jardim Morada do Sol, Parte Cidade Nova, Jardim São Geraldo, Major Prates, Santa Rita I e II e parte do Sumaré, São Judas I e II Vila Greicy, Ciro dos Anjos, Conj. Habitacional Joaquim Costa.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81229
De: Raquel Chaves Data: Qua 3/2/2016 14:45:24
Cidade: Montes Claros

Faleceu ontem em sua casa, aos 77 anos, Ademar Toledo, o irmão de Ubirajara Toledo (Titio Bira). Toledo emprestou sua maravilhosa voz ao Grupo de Serestas João Chaves por longos 36 anos. Daqui a pouco, às 15:00, no Cemitério Parque da Esperança, os velhos companheiros de cantoria, em noites de lua cheia, prestarão a ele a sua última homenagem.

Toledo era uma das belas vozes da nossa seresta. Além de ser pessoa alegre, de fácil convívio, de largo e generoso coração. Há muitas histórias que realçam sua alma desprendida, e amiga.

Uma delas:

A Seresta João Chaves cantava certa vez num clube da cidade, no palco.

Na plateia, o ex-prefeito Simeão Ribeiro, ao fim de música, em voz ouvida por todos, pediu:
Toledo, cadê " o meu beijinho doce...". Pedia a música.

O bom Toledo desceu do palco e, radiante, sapecou um beijo..nas faces do ex-prefeito.

Assim era a voz que agora se despede.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81228
De: Polícia Militar Data: Qua 3/2/2016 11:58:39
Cidade: Montes Claros
A Polícia está à procura de dois homens que assaltaram e sequestraram um senhor de 64 anos na madrugada de hoje em Montes Claros. A vítima já foi localizada. O fato ocorreu por volta das 05h da manhã desta quarta-feira, 03 de janeiro, na rua Serra Branca, Condomínio Novo Serrano.Segundo a vítima, dois homens encapuzados entraram na casa dele e o ameaçaram com duas facas. Os suspeitos roubaram duas televisões (uma de 42 e outra de 40 polegadas), notebook, aparelho de DVD, 3 relógios, aparelho de som, aparelho celular, além da carteira contendo documentos pessoais e a quantia de R$ 50,00 (cinquenta reais). Os objetos foram colocados no veículo da vítima, e esta foi obrigada a levar os homens até o bairro José Correa Machado em uma rua margeando o córrego onde, após retirarem os objetos roubados, colocaram a vítima no porta-malas e o abandonaram no Anel Rodoviário Sul, saída para Pirapora. A vítima, que apresentava escoriações no braço direito causadas pelas faças utilizadas pelos suspeitos, foi retirada do porta-malas por um cidadão que passava pelo local. A PM foi acionada e encaminhou o Sr. até a casa dele. No local onde os suspeitos desceram com os objetos, nenhuma informação foi repassada à PM a respeito dos infratores.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81227
De: Defesa Civil Data: Ter 2/2/2016 15:32:23
Cidade: Montes Claros/MG  País: Brasil
E-mail: defesacivilmoc@yahoo.com.br
haverá detonação na bancada 04 sul – jlx-mineração, em 02/02/16, às 17:30 h.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81226
De: Copasa Data: Ter 2/2/2016 15:13:10
Cidade: Montes Claros
(...) Neste dia 03/02/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 03/02 às 08h do dia 03/02.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago I e II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 2: De 08h do dia 03/02 às 17h do dia 03/02.
Bairros: Maracanã, Nossa Senhora das Graças, Santa Rafaela, Conj. Habit. Jose Coreia Machado, Ciro dos Anjos Conj. Habit. Joaquim Costa Vila Campos, D. Gregória Vila Atlântida, Bela Vista, Jardim Panorama I e II, Vila Oliveira parte Barcelona Parque, Nova Morada, Centro, Melo, Todos os Santos I e II, Barcelona Park, Edgar Pereira, Vila João Gordo, Cintra, Roxo Verde, Vila Ipiranga, Bairro de Lurdes, Vera Cruz, Esplanada, Santa Laura, Interlagos Monte Alegre, Alcides Rabelo, Monte Carmelo, Santo Amaro, Conj. Habit. Alterosa II, Jardim Palmeiras, Santa Lucia I e II.
REGIÃO 6: De 08h do dia 03/02 às 17h do dia 03/02.
Bairros: Morada do Sol, Santo Expedito, Cândida Câmara, Funcionários, Sagrada Família Parte Ibituruna, Jardim São Luiz, Vila Santa Maria.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 81225
De: Esportista Data: Ter 2/2/2016 13:58:45
Cidade: Montes Claros/MG
Comentários sobre a mensagem 81222 - Sr. Renato, seguindo sua sugestão, comparemos, por exemplo, o PIB per capta de Montes Claros (R$14.410,63) com o PIB per capta de Patos de Minas (R$14.402,40), muito próximos. No entanto, Patos de Minas tem a URT representando-a no Campeonato Mineiro de Futebol da 1a. Divisão e Montes Claros não tem representante no mesmo certame. Por outro lado, Tombos tem PIB per capta igual a 39,9% do PIB per capta de Montes Claros, mas tem a Tombense representando-a no citado Campeonato. Acredito que o fator determinante para a participação ou não dos clubes nos Campeonatos Estaduais e/ou Nacionais tem muito a ver com decisões e gerenciamentos políticos quanto à aplicação das verbas públicas destinadas ao futebol. Basta vermos a mensagem 81219, de ontem, neste Mural, que é muito oportuna para ilustrar este raciocínio. E quem ama e acompanha o futebol há décadas sabe que, sem o apoio da iniciativa privada, dos patrocinadores, não se consegue a estrutura para que esse esporte se consolide numa cidade, num Estado ou num país. O impulso inicial cabe aos governantes, depois os clubes, torcedores, patrocinadores e a mídia farão com que os times se qualifiquem e disputem os campeonatos estaduais e até os nacionais.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81224
De: José Ponciano Neto Data: Ter 2/2/2016 10:06:50
Cidade: Montes Claros - MG
DADOS DA BARRAGEM DA COPASA do RIO JURAMENTO: 02 de Fevereiro 2016

Cota: 637,30

Volume acumulado: 32.451.184 m3 (representa 72 % do volume total)

Volume Útil Operacional: 36,0 %

Chuva do dia: 0,0 milímetros.
- Faltam 2,95 metros para verter na Cota de transbordo 640,25 –
Total de chuva no mês de Janeiro: 612,50 Janeiro: ( região de Juramento)

Adução 450,0 l/seg

- O nível de água do Sistema Verde Grande (Barragem Juramento) ficou estável pela primeira vez em 2016 - nesta Terça-feira 02/02 - e se manteve em 72% da sua capacidade

Adução 450,0 l/seg

Em tempo: - Neste período de estabilidade do nível d´água da Barragem do Rio Juramento não demanda informações diárias. sendo assim,sempre que necessário informaremos à situação adversa ou cômoda e se acaso ocorrer um fato extraordinário.

A expectativa meteorológica é que ocorram chuvas nos próximos dias.

(*) José Ponciano Neto é do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros e Téc. Meio Ambiente e Recursos Hídricos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81223
De: Francisco Data: Ter 2/2/2016 09:38:34
Cidade: Brasília DF
Sinal dos tempos: "O governo vai elevar a tributação de sorvetes, chocolates, cigarros e rações a partir de maio. Decreto publicado ontem altera cobrança do IPI sobre esses produtos. O plano é aumentar a arrecadação em R$ 641 milhões neste ano e R$ 1,07 bilhão em 2017".
Até os animais vão pagar pela insensatez dos governantes.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81222
De: Renato Data: Ter 2/2/2016 09:18:55
Cidade: Moc/MG
Em resposta à mensagem Mensagem N° 81215. O futebol é um esporte que exige muitos recursos financeiros, então, para melhor analisar a situação, você deve observar não só a questão populacional, mas, também, o PIB destas cidades e a Renda Per Capita, assim poderá ver que, apesar de estar em 3° no quesito população, Montes Claros ainda patina no que diz respeito ao PIB e à Renda de sua População. Desta maneira, sobre pouco dinheiro para se investir em futebol.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81221
De: Copasa Data: Seg 1/2/2016 17:52:50
Cidade: Montes Claros
(...) Neste dia 02/02/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 02/02 às 08h do dia 02/02.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago I e II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 1: De 08h do dia 02/02 às 17h do dia 02/02.
Bairros: São Jose, Alto São João, Vila Regina, Renascença, Conjuntos Habitacionais Tancredo Neves, Santa Cecília e Floresta, Vila Exposição, Alicio Maia, parte centro, Vila Anália, Santo Antônio I e II, Jardim Olímpico, Conj. Havaí, Santos Reis, Amazonas, Jardim Brasil, Vila São Francisco de Assis, Vila Antônio Narciso, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Áurea, Santa Eugenia, Eldorado, Vila Castelo Branco, Jardim Alvorada, Vila Sumaré, Dr. Antônio Pimenta, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Vila Telma, Vila Sion, Conj. Habit. Jose Carlos de Lima, Grande Independência e Adjacentes, Jardim São Geraldo II, Mangues, Cond. Aras Pirâmides, Residencial Sul Ipês.
REGIÃO 5: De 08h do dia 02/02 às 20h do dia 02/02.
Bairros: Parte Morrinhos, Morada do Parque, Morada da Serra, Jardim Liberdade, Augusta Mota, Parque Jardim Morada do Sol, Parte Cidade Nova, Jardim São Geraldo, Major Prates, Santa Rita I e II e parte do Sumaré, São Judas I e II Vila Greicy, Ciro dos Anjos, Conj. Habitacional Joaquim Costa.
(...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81220
De: Defesa Civil Data: Seg 1/2/2016 15:55:57
Cidade: Montes Claros/MG  País: Brasil
E-mail: defesacivilmoc@yahoo.com.br
haverá detonação na bancada 06 sul – jlx-mineração, em 01/02/16, às 17:30 h.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81219
De: Ministério Público Federal em Minas Gerais Data: Seg 1/2/2016 14:14:20
Cidade: Belo Horizonte
EX-PREFEITO DE MONTES CLAROS/MG É CONDENADO POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA - Jairo Ataíde Vieira teve os direitos políticos suspensos por três anos. Punição valerá a partir do trânsito em julgado da sentença condenatória - Montes Claros. O Ministério Público Federal (MPF) obteve a condenação do ex-prefeito de Montes Claros/MG, Jairo Ataíde Vieira, por improbidade administrativa. Na mesma ação, também foram condenados o ex-secretário de Obras da cidade, João Henrique Ribeiro, e a empresa CROS Construtora Rocha Souza.
Jairo Ataíde administrou o município por dois mandatos sucessivos, de 1997 a 2004. As irregularidades que resultaram em sua condenação foram praticadas no âmbito de contrato celebrado com o Ministério dos Esportes, em 2001, para a implantação do Estádio Municipal de Montes Claros, o Mocão.
O MPF relata que o ex-prefeito e seu secretário de obras promoveram sucessivas alterações no Plano de Trabalho inicial, com majoração expressiva dos valores pagos à empresa vencedora da licitação [Construtora Rocha Souza]. Os acréscimos, além de ultrapassarem o limite de 25% previsto na Lei 8.666/93, ocorreram sem a celebração de qualquer aditivo ao contrato original, obrigação também prevista na Lei de Licitações.
Relatório da Controladoria-Geral da União (CGU) apontou majoração de pelo menos 30,15%, sem que fossem produzidos quaisquer documentos que comprovassem ou pelo menos demonstrassem a regularidade dos valores concedidos a título de suposto reajuste contratual.
A ação também registrou que os serviços executados pela Construtora Rocha Sousa Ltda limitaram-se, praticamente, à terraplanagem do terreno, cujo valor, no contrato inicialmente firmado, era de R$ 462.099,55, e no Plano de Trabalho aprovado em maio de 2004 passou para R$ 1.512.160,27.
De acordo com o MPF, as alterações informais representaram, na verdade, um drible à exigência constitucional de licitação, pois a obra prevista no contrato celebrado com a CROS acabou completamente diversa daquela que passou a ser realizada. "É dizer: licitou-se uma coisa e, ao final, estava se executando algo completamente diverso, e sempre em mutação, tendo em vista o exagerado número de alterações – nenhuma delas motivada ou sequer formalizada em termo".
Na verdade, as modificações decorreram exclusivamente do "desejo pessoal dos demandados, que alteraram cinco vezes a concepção do projeto original, segundo a sua vontade, e não conforme eventualmente exigisse o interesse público. Simplesmente resolveram desconsiderar o que fora licitado e, sem formalizar uma única alteração, modificaram verbalmente, e radicalmente, o projeto licitado, majorando alguns itens e suprimindo ou reduzindo outros, com consequente incremento do valor contratual", relata a ação.
O resultado dessa conduta está exposto a céu aberto, para quem quiser ver e se indignar com o descaso no uso do dinheiro público: 14 anos depois, o que deveria ser o Estádio Municipal de Montes Claros ("Mocão") é mais uma obra inacabada, em verdade mal começada, perfeito retrato da má utilização de recursos públicos.
Dolo evidente - Para o juízo federal, "o dolo na conduta dos requeridos restou evidente, já que o acréscimo ilícito do quantitativo de serviços prestados para a execução das obras é expressamente vedado pelo art. 60, § 3º, da Lei 8.666/93".
A sentença também rechaçou as alegações da defesa no sentido de que as alterações teriam decorrido de exigências postas pelo Estatuto do Torcedor (Lei 10.671/2003), porque, segundo o magistrado, os réus não indicaram, em momento algum, quais teriam sido as condições impostas pela nova lei que fizeram surgir a necessidade de se alterar o plano de trabalho original.
"Portanto, afigura-se clara a violação, pelos requeridos, dos princípios norteadores da Administração Pública, em especial, o Princípio da Legalidade e da Moralidade, o que importa em ato de improbidade administrativa", conclui a sentença.
Jairo Ataíde e João Henrique Ribeiro tiveram os direitos políticos suspensos por três anos. Eles ainda foram proibidos, juntamente com a CROS Construtora, de contratar com o Poder Público ou receber benefícios fiscais ou creditícios por igual período. Os réus também terão de pagar, cada um, multa civil no valor de cem mil reais.
O Ministério Público Federal foi intimado da decisão judicial no último dia 18 de janeiro.
(ACP nº 2010.38.07.000152-6)

***

Estado de Minas - 14h57 - Justiça condena ex-prefeito de Montes Claros por irregularidades em obras do "Mocão" - De acordo com o Ministério Público Federal, o valor inicial foi acrescido em mais de 30% sem a devida justificativa. A obra segue inacabada - Marcelo Ernesto - O ex-prefeito de Montes Claros, Jairo Ataíde (DEM), foi condenado por improbidade administrativa e teve os direitos políticos cassados por três anos. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), irregularidades na execução das obras do estádio do município, localizado Norte de Minas, conhecido como Mocão, tiveram diferenças de mais de 30% em relação ao que estava previsto inicialmente no plano de trabalho sem que a diferença do valor fosse devidamente justificada. Além de Ataíde, o ex-secretário de Obras da cidade, João Henrique Ribeiro, e a empresa CROS Construtora Rocha Souza, também foram condenados na mesma ação. Eles também terão que pagar multa de R$ 100 mil. Os réus ainda podem recorrer.
Ainda segundo o MPF, em um dos serviços contratos a diferença entre a previsão inicial e o preço final foi de mais de R$ 1 milhão. Saltando de R$ 462.099,55, no plano de trabalho aprovado em maio de 2004 passou para R$ 1.512.160,27. Na ação, a promotoria relata que nenhuma das alterações seguiu critérios técnicos, mas o “desejo pessoal” dos demandados. “Simplesmente resolveram desconsiderar o que fora licitado e, sem formalizar uma única alteração, modificaram verbalmente, e radicalmente, o projeto licitado, majorando alguns itens e suprimindo ou reduzindo outros, com consequente incremento do valor contratual", relata a ação.
Em sua defesa na ação, os réus argumentaram que as mudanças promovidas no projeto “visavam atender as exigências do Estatuto do Torcedor”. Porém, a tese foi afastada na sentença condenatória, já que nenhuma das exigências foi comprovada.
O projeto de construção do Estádio Municipal de Montes Claros, o Mocão, remonta à década de 1970. Em 2001, no segundo mandato do ex-prefeito Jairo Ataíde – que comandou a cidade por duas vezes consecutivas -, o governo federal liberou R$ 1,5 milhão para a construção de uma vila olímpica em substituição ao projeto do estádio. Porém, foram executados somente os serviços de terraplanagem e drenagem e comprada toda a ferragem que seria usada no empreendimento. Essas obras que foram alvo da ação do Ministério Público Federal. A obra segue inacabada.
Histórico do Estádio Municipal de Montes Claros – o Mocão
Lançamento
A obra foi lançada no início de 1971, com a visita à cidade do então presidente da extinta Confederação Brasileira de Desportos (CBD, atual CBF),, almirante Heleno Nunes, o então dirigente da Federação Mineira de Futebol (FMF), coronel José Guilherme, e Gil César Moreira de Abreu, que foi o engenheiro do Mineirão.
Taça Jules Rimet
O clima festivo do lançamento da pedra fundamental da obra incluiu até visita à cidade da Taça Jules Rimet, símbolo da conquista do tricampeonato mundial da Seleção Brasileira na Copa de 1970, no México.
Vila Olímpica
EM 2001, o projeto foi abraçado pelo Ministério do Esporte e ampliado para uma Vila Olímpica com estádio, piscina, pista de atletismo, vestiários, quadras e alojamentos. Na época, no segundo mandato do ex-prefeito Jairo Ataíde (DEM), o governo federal liberou R$ 1,5 milhão para a construção da Vila Olímpica. Porém, foram executados somente os serviços de terraplanagem e drenagem e comprada toda a ferragem que seria usada no empreendimento.
Com informações de Luiz Ribeiro
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81218
De: Corpo de Bombeiros Data: Seg 1/2/2016 10:42:27
Cidade: Montes Claros
(...) O 1º Pelotão de Bombeiros em Janaúba, região Norte Mineira, foi acionado no último Domingo (31/01) para resgatar um senhor de 64 que ficou ilhado com sua caminhonete ao tentar atravessar uma corredeira que cobriu uma estrada na comunidade Pedra Preta, zona rural de Janaúba.Os bombeiros utilizaram um flutuador e técnicas de salvamento aquático para resgatar o homem que foi encaminhado para o hospital de Janaúba.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81217
De: José Ponciano Neto Data: Seg 1/2/2016 10:32:50
Cidade: Montes Claros-MG
DADOS DA BARRAGEM DA COPASA do RIO JURAMENTO: 01 de Fevereiro 2016

Cota: 637,30

Volume acumulado: 32.451.184 m3 (representa 72 % do volume total)

Volume Útil Operacional: 36,0 %

Chuva do dia: 0,0 milímetros.
- Faltam 2,95 metros para verter na Cota de transbordo 640,25 –
Total de chuva no mês de Janeiro: 612,50 Janeiro: ( região de Juramento)

Do dia 31/01 para 01/ 02 = Reduziu 02 centímetros.

Obs: Adução 515,0 l/seg – vazão dos Rios 380,0 l/seg

Nesta data há 80 anos (1936) era inaugurado o chafariz público na Praça Cel. Costa (extinta) nos fundos do Mercado Municipal ((hoje Shopping Popular).

Segundo as efemérides Nelson Viana: O ato contou com as presenças do Prefeito de Montes Claros Dr. José Antonio Saraiva e Dr. Silvano Azevedo, Engenheiro-Chefe do abastecimento d‘água da cidade, mais varias pessoas.

Depois Montes Claros contou com vários outros chafarizes: Praça Dr. Carlos (até hoje existe no local); Praça Itapetinga ( Alto São João); Rua Santa Efigenia (Morrinhos) e outros.

Era uma dificuldade para ter água em casa – era lata na cabeça – não havia desperdiço. Hoje...

(*) José Ponciano Neto é do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros e Téc. Meio Ambiente e Recursos Hídricos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81216
De: Auremar Data: Seg 1/2/2016 09:30:03
Cidade: Curitiba/ Paraná

Leio no Diário dos Campos, jornal eletrônico de Ponta Grossa, Paraná, a notícia da morte de engenheiro em M. Claros, em acidente de trabalho. O engenheiro, de 29 anos, foi atingido por uma esteira quando o cabo de aço que a sustentava se partiu. O engenheiro morava na cidade de Castro, mesmo endereço da firma onde trabalhava. A cidade paranaense fica a 1440 quilômetros de M. Claros. Veja a notícia:

"Engenheiro de Castro morre em acidente de trabalho em Minas Gerais - O engenheiro mecânico Antônio Canha, 29 anos, foi vítima de um acidente de trabalho em uma fábrica localizada no Distrito Industrial de Montes Claros, região norte de Minas Gerais. O rapaz morava em Castro e trabalhava em uma metalúrgica da cidade. Ele estava em Minas para instalar uma esteira na fábrica - que seria utilizada para deslocar a matéria-prima da empresa.
O acidente aconteceu quando um dos cabos de aço que segurava o equipamento se soltou e caiu sobre ele. O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergências (Siate) esteve no local para tentar socorrer a vítima mas, devido aos ferimentos, Antônio não resistiu e morreu ainda no local.
Um guindaste foi utilizado para retirar a esteira de cima do rapaz. O corpo do engenheiro foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e depois liberado para a família. (Informações do Blog de Castro)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81215
De: Esportista Data: Dom 31/1/2016 21:25:11
Cidade: Moc/MG
Campeonato Mineiro de Futebol da 1a. Divisão - Populações das cidades que têm times representantes na 1a. Divisão do Campeonato Mineiro de Futebol de 2016 (dados do IBGE em 2015): 1º) Belo Horizonte - 2.502.557; 2º) Uberlândia - 662.362; 3º) Divinópolis - 230.848; 4º) Poços de Caldas - 163.677; 5º) Patos de Minas - 148.762; 6º) Varginha - 132.353; 7º) Nova Lima - 89.900; 8º) Três Corações - 77.921; 9º) Tombos - 9.033.
Considerando que Montes Claros tem 394.350 habitantes, na classificação acima ocuparia o 3º lugar, entre as 9 cidades com times representantes. No entanto, não tem nenhum participante, para frustração dos seus torcedores. Algo está errado, considerando que o futebol é o esporte mais popular e mais querido do povo brasileiro.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81214
De: Maria Luiza Silveira Teles Data: Dom 31/1/2016 18:14:44
Cidade: Montes Claros - MG  País: Brasil
E-mail: mluizateles@gmail.com
PAZ E FELICIDADE


Para mim não há nenhum choque entre a idéia de Deus e a própria Ciência. Entretanto, a Ciência tem a sua postura acadêmica de preocupar-se unicamente com o que é tangível e concreto. Aí, porém, ela se contradiz, pois poderíamos dar vários exemplos de objetos científicos que não são concretos: até onde a eletricidade é tangível em sua forma pura? E as ondas do som e da luz?...
Praticamente todos os grandes pensadores, mais cedo ou mais tarde, chegaram a Deus. E muitos , quando o fizeram, passaram a ser desconsiderados pela Ciência, como é o caso de Jung, cuja segunda parte de sua obra, a Psicologia Profunda, é menosprezada pela Psicologia oficial (se é que existe uma...).
Ninguém pode, em termos puramente racionais, discutir a existência ou inexistência de Deus, embora a Física Quântica cada vez mais nos aproxima de uma conclusão positiva. São palavras de uma física notória, cujo nome me escapa: “Como poderia haver tantas coincidências, todo o Universo obedecer a leis perfeitas e coerentes, se não houvesse uma Inteligência Suprema a controlar tudo?”.
O que nos importa aqui, porém, não é entrar neste tipo de discussão, nem convencer ninguém do que quer que seja. Não podemos, entretanto, deixar de pontuar nossa posição: pensamos que a felicidade a paz estão na sintonia absoluta com Deus. Isto não significa, no entanto, que a pessoa tem, necessariamente, que ser religiosa. Uma pessoa bondosa, de pensamentos positivos, que ama o ser humano, respeita e ama a Natureza, está em sintonia com Deus, mesmo que não imagine tal coisa.
Pode-se fazer mil terapias e até ser uma pessoa religiosa, mas isto, não é passaporte para a felicidade. As boas coisas que a vida nos traz são percebidas como boas porque as comparamos com as que consideramos más.
É uma atitude sábia aceitar como parte de nossa aprendizagem as dores que precisamos suportar. Nenhum caminho é desprovido de pedras; nem sempre o céu está sem nuvens. A felicidade dependerá da habilidade de cada um em saber aproveitar cada uma das pedras encontradas para com elas construir o alicerce que será a base de sua capacidade de crescer em força e autoestima.
Aceitar o que a vida nos traz é sabedoria. No entanto, a sensação de plenitude, de realização absoluta, de paz permanente, para mim, só poderá ser encontrada em Deus.
Se é impossível definir Deus, podemos, entretanto, sentir-Lhe a Presença. É necessário, porém, que estejamos abertos para isso. Quem só vive mergulhado nos problemas materiais, no torvelinho do dia-a-dia, sem parar para contemplar o Universo, em sua beleza e mistérios, não consegue acreditar em Deus ou O imagina como uma realidade distante e dificilmente deixa que Deus de fato o toque.
Ele está presente em nós. Quando fazemos esse mergulho na quietude, nós O encontramos. Nós e o Universo somos unos. E todos são unos com o Criador.
A fé inabalável, a confiança firme no amor divino, em Sua presença e misericórdia criam em nós uma harmonia interior, que fato exterior algum pode abalar.
Segundo Elisabeth Leseur, “a alma que se eleva, eleva o mundo”. Portanto, quando amamos, crescemos, nos transformamos para melhor, estamos a melhorar o mundo e a conquistar a paz.
Uma coisa é certa: quem não encontra sua realização em algo é sempre amargo e pessimista, antipático, prepotente, presunçoso ou, então, ao inverso, possui sentimentos de inferioridade e uma aura de derrotismo. Mas, pode essa pessoa ter paz ou alcançar a felicidade?
As pessoas autenticamente religiosas, que enchem seus corações de amor, fé e esperança, conseguem harmonia e paz e enfrentam com mais equilíbrio as situações difíceis da vida.
Se tua alma está nostálgica, integra-te na harmonia do universo e a alegria povoará teu mundo interior. Ao teu lado a Natureza canta hinos de louvor à criação. Aqui e ali, a vida é uma perene canção de amor. Tudo fala de renovação, evolução, alegria e paz. A dor só poderá destruir-te se lhe deres guarida. Se estiveres protegido pela fé, pela esperança e pelo amor, ela não será senão um pequeno espinho que incomoda, mas não chega a penetrar na carne.
Se tiveres olhos para contemplar a beleza, poderás esquecer-te do que é feio. Se tiveres ouvidos prontos a ouvir os hinos de amor que cantam teus irmãos, num testemunho veemente da misericórdia Divina, decerto passarão despercebidas as palavras de rancor, ciúme, inveja ou ofensa.
Se puderes assistir, de coração aberto, a continuação do milagre da vida, às estações que vão e voltam, ao sol que se esconde e, depois, ainda brilha, às plantas que secam e, amanhã, ainda dão frutos; se puderes observar a criança, o jovem, o velho, o casal enamorado; sentir o eterno fluxo e refluxo da vida, poderás encontrar a Deus e ver que há motivos para se viver e ser feliz.



Maria Luiza Silveira Teles
(presidente da Academia Montes-clarense de Letras)



Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81213
De: Copasa Data: Dom 31/1/2016 15:54:12
Cidade: M. Claros
(...)Neste dia 01/02/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 01/02 às 08h do dia 01/02.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago I e II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 1: De 08h do dia 01/02 às 20h do dia 01/02.
Bairros: São José, Alto São João, Vila Regina, Renascença, Conjuntos Habitacionais Tancredo Neves, Santa Cecília e Floresta, Vila Exposição, Alice Maia, parte Centro, Vila Anália, Santo Antônio I e II, Jardim Olímpico, Conj. Havaí, Santos Reis, Amazonas, Jardim Brasil, Vila São Francisco de Assis, Vila Antônio Narciso, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Áurea, Santa Eugenia, Eldorado, Vila Castelo Branco, Jardim Alvorada, Vila Sumaré, Dr. Antônio Pimenta, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Vila Telma, Vila Sion, Conj. Habit. José Carlos de Lima, Grande Independência e Adjacentes, Monte Carmelo, São Geraldo II, Mangues, Cond. Gran Royalle Pirâmide, Residencial Sul Ipês.
REGIÃO 2: De 08h do dia 01/02 às 20h do dia 01/02.
Bairros: Maracanã, Nossa Senhora das Graças, Santa Rafaela, Conj. Habit. José Correia Machado, Ciro dos Anjos Conj. Habit. Joaquim Costa, Vila Campos, D. Gregória Vila Atlântida, Bela Vista, Jardim Panorama I e II, Vila Oliveira parte Barcelona Parque, Nova Morada, Centro, Melo, Todos os Santos I e II, Barcelona Park, Edgar Pereira, Vila João Gordo, Cintra, Roxo Verde, Vila Ipiranga, Bairro de Lourdes, Vera Cruz, Esplanada, Santa Laura, Monte Alegre, Alcides Rabelo, Monte Carmelo, Dr. João Alves, Conj. Cristo Rey, São Judas II, Santo Amaro, Conj. Habit. Alterosa II, Jardim Palmeiras, Santa Lucia I e II.

REGIÃO 4: De 08h do dia 01/02 às 20h do dia 01/02.
Bairros: Vila Anália, Belvedere, Novo Delfino, Vila Sion, Alto da Boa Vista Jardim Brasil, Amazonas, D. João Alves, Maria Cândida, Conj. Cristo Rey, Residencial Sul Ipês.

REGIÃO 6: De 08h do dia 01/02 às 20h do dia 01/02.
Bairros: Morada do Sol, Santo Expedito, Cândida Câmara, Funcionários, Ibituruna, Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Luiz, Vila Santa Maria.
(...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81212
De: José Ponciano Neto Data: Dom 31/1/2016 12:38:54
Cidade: Montes Claros/MG
DADOS DA BARRAGEM DA COPASA EM JURAMENTO-MG: 31/01/2015

Cota: 637,32
Volume acumulado: 32.528.900 m3 (representa 72,06 % do volume total)
Volume Útil Operacional: 36,1 %

Chuva do dia: 0,0 milímetros.

- Faltam 2.93 metros para verter na Cota de transbordo 640,25 –

Total de chuva no mês de Janeiro: 612,50 Janeiro: ( região de Juramento)

Do dia 30/01 para 31 /01 subiu 01 Centímetro.

Obs: Os mananciais Canoas, Saracura e Juramento com vazões normais para época.

Há 54 anos (31/01/1961), foram instaladas e colocadas em funcionamento cinco “Celas Beccari” pelo então prefeito Simeão Ribeiro dos Santos, com isso a Prefeitura Municipal de Montes Claros dar início a industrialização do lixo na cidade.

Era um processo que transformava o lixo orgânico em adubo, este era utilizado pela prefeitura nos viveiros de mudas, jardins e praças, o restante era doado a quem tivesse interesse.

O processo era chamado de “Celas Beccari”, em homenagem ao seu criador o italiano Giovanni Beccari.

Nos anos 90 o então prefeito Tadeu Leite instalou uma usina similar - porém, mais avançada - no interior do Aterro Controlado (BR 365 no Bairro São Geraldo II),mas, foi desativada em 1998.

(*) José Ponciano Neto Tec. Meio Ambiente e Recursos Hídricos e do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81211
De: José Ponciano Neto Data: Dom 31/1/2016 10:10:12
Cidade: Montes Claros/MG
DADOS DA BARRAGEM DA COPASA EM JURAMENTO MG: 31 / 01 / 2015

Cota: 637,32
Volume acumulado: 32.528.900 m3 (representa 72,06 % do volume total)
Volume Útil Operacional: 36,1 %

Chuva do dia: 0,0 milímetros.

- Faltam 2.93 metros para verter na Cota de transbordo 640,25 –

Total de chuva no mês de Janeiro: 612,50 Janeiro: ( região de Juramento)

Do dia 30/01 para 31 /01 subiu 01 Centímetro.

Obs: Os mananciais Canoas, Saracura e Juramento com vazões normais para época.

Há 54 anos (1961), foram instaladas e colocadas em funcionamento cinco “Celas Beccari” pelo então prefeito Simeão Ribeiro dos Santos, com isso a Prefeitura Municipal de Montes Claros dar início a industrialização do lixo na cidade.Era um processo que transformava o lixo orgânico em adubo, este era utilizado pela prefeitura nos viveiros de mudas, jardins e praças, o restante era doado a quem tivesse interesse. O processo era chamado de “Celas Beccari”, em homenagem ao seu criador o italiano Giovanni Beccari. Nos anos 90 o então prefeito Tadeu Leite instalou uma usina similar, porém, mais avançada no interior do Aterro Controlado (BR 365 no Bairro São Geraldo II),mas, foi desativada em 1998.

(*) José Ponciano Neto Tec. Meio Ambiente e Recursos Hídricos e do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81210
De: Fradique Nepomuceno Data: Sáb 30/1/2016 22:09:45
Cidade: Montes Claros/MG  País: Brasil
E-mail: fradiquefontes@hotmail.com
Ontem e hoje, dia 30/01/2015 nos bairros JK, Vila Regina o mau cheiro está insuportável, difícil respirar. O fato vem ocorrendo sempre aos finais de semana à noite.(...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81209
De: Marcelo Eduardo Freitas Data: Sáb 30/1/2016 12:29:44
Cidade: montes claros  País: Brasil
E-mail: marcelo.mef@dpf.gov.br
EM BUSCA DAS TRADIÇÕES PERDIDAS

* Marcelo Eduardo Freitas

Euclides da Cunha dizia que "o sertanejo é, antes de tudo, um forte. Não tem o raquitismo exaustivo dos mestiços do litoral". Foi em Os Sertões que realmente me senti tal qual um "Hércules-Quasímodo", expressão eternizada na obra daquele carioca que, em 21 de setembro de 1903, se imortalizou ao assumir a cadeira 7 da Academia Brasileira de Letras.
Se vivo estivesse, talvez Euclides não teria a mesma visão de nossos sertanejos, especialmente aqueles arraigados em nossos sertões das gerais, beneficiários de algum programa eleitoreiro em tempos modernos. Adiante, como diria Descartes, aduzirei as razões pelas quais me persuado de haver chegado a um certo e evidente conhecimento da verdade, a fim de ver se, pelas mesmas razões, poderei eu também convencer outros.
Desde criança mantenho o hábito de, nesta época do ano, caçar o pequi que em abundância é ofertado pela mãe-natureza. A região em que nasci tem centenas de pequizeiros que forram o chão com estas enormes frutas do cerrado. É tanto pequi que você acaba escolhendo os maiores, imaginando o almoço delicioso que está por vir... Nem sei se os brasileiros de outras regiões deste imenso país gostam da fruta. Eu simplesmente adoro!
Após a "caçada" ao fruto que só é bom quando cai do pé, congelo em pequenas porções, de modo a poder consumi-lo durante o ano inteiro. É justamente naquele período em que a fruta não é produzida que sinto mais saudades. Aí, sim, fica bem mais gostoso um prato quentinho, cheio de pequi!

Para quem ainda não conhece, o pequi é uma fruta típica do cerrado, sendo que muitos Estados brasileiros tentam assumir a sua "paternidade". Tem o de Goiás (grande, mas amarelo clarinho e com pouca "carne"), o de Mato Grosso (enorme, mas meio insípido), e o nosso (amarelo ouro, carnudo). Já experimentei todos e digo francamente: não existe, no mundo, pequi mais saboroso que o nosso!
Considerada uma das "carnes" mais apetitosas do norte de Minas, ao lado da carne de sol, o centro da cidade de Montes Claros/MG exala o seu cheiro com os vendedores ambulantes que barganham valores variados, de acordo com o tamanho do fruto.
No final de semana que passou fui, uma vez mais, catar pequi. Confesso que voltei com um discurso triste, regado à luz de velas, já que a energia havia ido embora, e algumas doses de um bom whisky escocês. Caro leitor, o pequi está se perdendo debaixo dos pequizeiros. Ninguém mais se ocupa em buscá-lo. Muitos, inclusive moradores da zona rural, preferem pagar por uma dúzia de pequis, a muitas vezes caminharem algumas léguas a fim de buscarem no mato. E não é só com o pequi não! É com a manga, o coquinho azedo, a pitomba, a acerola... Tudo se perdendo no pé!
Os meninos de hoje não sabem o que é sair na chuva, com uma faca e uma sacola nas mãos, catar o pequi, descascá-lo, passar embaixo de um pé de pitomba e sair chupando-a enquanto chega a um pé de coquinho azedo para, depois, voltar feliz para casa, fitando aquele amarelo do pequi que está dentro da sacola, acreditando ser, ao menos por um instante, ouro de verdade.
Com essa breve peroração, escrita de maneira singela, faço aqui indagações: por que as pessoas estão perdendo a capacidade de ir atrás daquilo que realmente desejam? "Por quem os sinos dobram"? Todo mundo só quer receber o produto pronto. Acabado. Não se batalha mais por nada. É a geração google. Em um só clique ao alcance das mãos! Quanta futilidade!
Hoje temos o pequi em postas, em pedaços, sem caroço, tudo perfeitamente embalado, registrado, com conservante e caro. E enquanto isso o pequi se perde debaixo do pé, sem nenhum sertanejo a ir buscá-lo. Tudo está se transformando em pó, literalmente! Basta ver o exemplo do leite que deixou de ser saudável quando tirado quentinho das tetas das vacas e colocado em copos, cheios de espuma. Quem não passou por isso... Prefiro nem comentar!
Para aqueles que, tendo a oportunidade, ainda não a aproveitaram, não é demais concluir com as palavras do mesmo poeta romancista usado no início desta loa às tradições perdidas: "Passam-se um, dois, seis meses venturosos, derivados da exuberância da terra, até que surdamente, imperceptivelmente, num ritmo maldito, se despeguem, a pouco e pouco, e caiam, as folhas e as flores, e a seca se desenhe outra vez nas ramagens mortas das árvores decíduas." Vivam o hoje! O amanhã pode não vir!  

(*) Delegado de Polícia Federal e Professor da Academia Nacional de Polícia
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81208
De: Copasa Data: Sáb 30/1/2016 12:16:06
Cidade: Montes Claros
(...) Neste dia 31/01/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 31/01 às 08h do dia 31/01.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago I e II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre
REGIÃO 1: De 08h do dia 31/01 às 20h do dia 31/01.
Bairros: São José, Alto São João, Vila Regina, Renascença, Conjuntos Habitacionais Tancredo Neves, Santa Cecília e Floresta, Vila Exposição, Alice Maia, parte Centro, Vila Anália, Santo Antônio I e II, Jardim Olímpico, Conj. Havaí, Santos Reis, Amazonas, Jardim Brasil, Vila São Francisco de Assis, Vila Antônio Narciso, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Áurea, Santa Eugenia, Eldorado, Vila Castelo Branco, Jardim Alvorada, Vila Sumaré, Dr. Antônio Pimenta, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Vila Telma, Vila Sion, Conj. Habit. José Carlos de Lima, Grande Independência e Adjacentes, Monte Carmelo, São Geraldo II, Mangues, Cond. Gran Royalle Pirâmide, Residencial Sul Ipês.
REGIÃO 2: De 08h do dia 31/01 às 20h do dia 31/01.
Bairros: Maracanã, Nossa Senhora das Graças, Santa Rafaela, Conj. Habit. José Correia Machado, Ciro dos Anjos Conj. Habit. Joaquim Costa Vila Campos, D. Gregória Vila Atlântida, Bela Vista, Jardim Panorama I e II, Vila Oliveira parte Barcelona Parque, Nova Morada, Centro, Melo, Todos os Santos I e II, Barcelona Park, Edgar Pereira, Vila João Gordo, Cintra, Roxo Verde, Vila Ipiranga, Bairro de Lurdes, Vera Cruz, Esplanada, Santa Laura, Monte Alegre, Alcides Rabelo, Monte Carmelo, Dr. João Alves, Conj. Cristo Rey, São Judas II, Santo Amaro, Conj. Habit. Alterosa II, Jardim Palmeiras, Santa Lucia I e II.
REGIÃO 4: De 08h do dia 31/01 às 20h do dia 31/01.
Bairros: Vila Anália, Belvedere, Novo Delfino, Vila Sion, Alto da Boa Vista Jardim Brasil, Amazonas, D. João Alves, Maria Cândida, Conj. Cristo Rey, Residencial Sul Ipês.
REGIÃO 5: De 08h do dia 31/01 às 20h do dia 31/01.
Bairros: Morrinhos, Morada do Parque, Morada da Serra, Jardim Liberdade, Augusta Mota, Parque Jardim Morada do Sol, Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Geraldo, Major Prates, Santa Rita I e II e parte do Sumaré, São Judas I e II Vila Greicy, Ciro dos Anjos, Conj. Habitacional Joaquim Costa. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81207
De: José Ponciano Neto Data: Sáb 30/1/2016 09:16:43
Cidade: Montes Claros/MG  País: Brasil
DADOS DA BARRAGEM DA COPASA: 30 / 01 / 2015

Cota: 637,31
Volume acumulado: 32.490.028 m3 (representa 72,00 % do volume total)
Volume Útil Operacional: 36,0 %

Chuva do dia: 0,0 milímetros.

- Faltam 2.94 metros para verter na Cota de transbordo 640,25 –

Total de chuva no mês de Janeiro: 612,50 Janeiro: ( região de Juramento)

Do dia 29/01 para 30 /01 subiu 08 Centímetros.

Obs: Os mananciais Canoas, Saracura e Juramento com vazões normais para época.

Ontem passando pelo Bairro Ibituruna lembrei-me de minha adolescência e juventude, quando, mesmo depois das chuvas, a água brotava por todos os cantos da Serra do MELO (antiga Fazenda Melo) do Sr. Waldomiro Marcondes. Lembrei-me do Sr. Antônio de Nico (gerente da fazenda, de uma índole sensacional) e dos meeiros japoneses Takaki; sem esquecer a cachoeirinha e da manga de pastagem da Pedra Preta. Hoje é o fogo que predomina em período de estiagem. A áurica época deixou saudades.

“Saudade é um sentimento que, quando não cabe no coração, escorre pelos olhos” (Bob Marley)

(*) José Ponciano Neto Tec. Meio Ambiente e Recursos Hídricos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81206
De: José Ponciano Neto Data: Sex 29/1/2016 22:35:26
Cidade: Montes Claros/MG
Sr. Junior Costa - mens: 81.202. A construção da Barragem do Rio Juramento foi concluída em Setembro 1982 e inaugurada em 22 de Janeiro 1983 pelo então Governador Francelino Pereira dos Santos (governou o estado de 15/03/79 a 15/03/83) Juntamente com Prefeito Fialho Pacheco (Juramento) e Toninho Rebello de Montes Claros. Suas comportas de fundo foram fechadas em Setembro/ 82 em pleno El Niño . A estimativa de enchimento era para três anos, porém, como o El Niño é fenômeno que pode provocar grandes tempestades e enchentes, em 1982 choveu bastante em Dezembro e Janeiro /83, inclusive no dia da inauguração; faltando até energia. Na ocasião a barragem ficou com: + ou – 60% da capacidade - não lembro bem; veio o período chuvoso no final de 1983, e novamente choveu bastante, quando ela verteu pela primeira vez. Foi uma surpresa para a Copasa e para os engenheiros da obra. Portanto ela derramou com as chuvas de Dezembro de 82 até Janeiro de 84 (14 meses). Quanto o assoreamento. Conforme as curvas batimétricas do último estudo, a barragem só perdeu 5% da sua capacidade. Graças à conscientização dos produtores da região que vêm cumprindo as regras das leis ambientais.
Os valores informados diurnamente deduzem os 05 % do assoreamento.

José Ponciano Neto Tec. em Recursos hídricos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81205
De: Eugênia Data: Sex 29/1/2016 19:25:07
Cidade: M. Claros
Paciente levado inconsciente para a Santa Casa, pelo Samu, hoje tentou escapar, fugir, pelo telhado. Foi resgatado pelos Bombeiros, muito confuso.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81204
De: Copasa Data: Sex 29/1/2016 17:14:54
Cidade: Montes Claros
(...) Neste dia 30/01/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:

REGIÃO 3: De 01h do dia 30/01 às 08h do dia 30/01.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago I e II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 1: De 08h do dia 30/01 às 20h do dia 30/01.
Bairros: São José, Alto São João, Vila Regina, Renascença, Conjuntos Habitacionais Tancredo Neves, Santa Cecília e Floresta, Vila Exposição, Alice Maia, parte Centro, Vila Anália, Santo Antônio I e II, Jardim Olímpico, Conj. Havaí, Santos Reis, Amazonas, Jardim Brasil, Vila São Francisco de Assis, Vila Antônio Narciso, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Áurea, Santa Eugenia, Eldorado, Vila Castelo Branco, Jardim Alvorada, Vila Sumaré, Dr. Antônio Pimenta, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Vila Telma, Vila Sion, Conj. Habit. José Carlos de Lima, Grande Independência e Adjacentes, Monte Carmelo, São Geraldo II, Mangues, Cond. Gran Royalle Pirâmide, Residencial Sul Ipês.
REGIÃO 2: De 08h do dia 30/01 às 20h do dia 30/01.
Bairros: Maracanã, Nossa Senhora das Graças, Santa Rafaela, Conj. Habit. Jose Coreia Machado, Ciro dos Anjos Conj. Habit. Joaquim Costa Vila Campos, D. Gregória Vila Atlântida, Bela Vista, Jardim Panorama I e II, Vila Oliveira parte Barcelona Parque, Nova Morada, Centro, Melo, Todos os Santos I e II, Barcelona Park, Edgar Pereira, Vila João Gordo, Cintra, Roxo Verde, Vila Ipiranga, Bairro de Lurdes, Vera Cruz, Esplanada, Santa Laura, Monte Alegre, Alcides Rabelo, Monte Carmelo, Dr. João Alves, Conj. Cristo Rey, São Judas II, Santo Amaro, Conj. Habit. Alterosa II, Jardim Palmeiras, Santa Lucia I e II.
REGIÃO 4: De 08h do dia 30/01 às 20h do dia 30/01.
Bairros: Vila Anália, Belvedere, Novo Delfino, Vila Sion, Alto da Boa Vista Jardim Brasil, Amazonas, D. João Alves, Maria Cândida, Conj. Cristo Rey, Residencial Sul Ipês.
REGIÃO 6: De 08h do dia 30/01 às 20h do dia 30/01.
Bairros: Morada do Sol, Santo Expedito, Cândida Câmara, Funcionários, Ibituruna, Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Luiz, Vila Santa Maria.
(...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81203
De: Manoel Hygino Data: Sex 29/1/2016 16:35:35
Cidade: Belo Horizonte
Risco nuclear: nem um pio

Manoel Hygino - Jornal Hoje em Dia


Depois das trágicas consequências dos desastres nas usinas nucleares de Chernobyl, na Ucrânia, em 1986, considerado o pior acidente da história, e de Fukushima, o mais recente, em março de 2011, no Japão, pensava-se que o Brasil repensaria a construção de unidades do gênero no país. Já temos a Angra I, a Angra II e Angra III, instaladas no litoral do estado do Rio de Janeiro.
São registros bastante conhecidos, pois amplamente divulgados pela imprensa de todo o mundo e criticados por autoridades de várias áreas, inclusive científicas e políticas. É sabido que a produção de energia pode ser alcançada por outros meios menos perigosos para as pessoas e nações, para o próprio futuro da humanidade. Os países desenvolvidos estão mudando seus planos de geração energética e caminhando para outras soluções, inclusive desativando algumas usinas.
No entanto, nosso jornal publicou, em 19 de janeiro, a notícia de que o governo brasileiro tem estudos para viabilizar, em quinze anos, usinas no Norte de Minas, entre Pirapora e São Romão. Não se trata de apenas uma, “às margens mineiras do Rio São Francisco” até 2030. Isto é: daqui a pouco, porque o tempo é célere e não para.
Das quatro programadas, com mil megawatts cada, seremos “contemplados” pela Eletronuclear com duas, definição que sairá ainda neste nosso bissexto 2016. A água do Rio de São Francisco resfriaria os geradores atômicos e seria despejada de volta à corrente.
Não será difícil talvez compreender a razão de tão alta deferência. Recebemos a distinção em silêncio, sem uma palavra de contrariedade ou um grito de repúdio das autoridades norte – mineiras, representantes de um povo tão altivo e bravo. Pelo menos desconhecemos qualquer reação, mas
ninguém ignora que os acidentes nucleares constituem elevadíssimo perigo. É alto o risco de contaminação para as pessoas, porém, como acontece com o solo e a água.
Quanto aos seres vivos, em primeiro lugar o homem, eles podem morrer ou desenvolver câncer de diversos tipos. No meio ambiente, exigem-se até centenas de anos para descontaminação da área afetada e imediações.
A grande quantidade de lixo nuclear requer altos investimentos e processos de segurança para armazenagem. Oportuno enfatizar que o lixo atômico não pode ser descartado na natureza, mas sim tratado e armazenado sob rígidos padrões.
As pessoas que vivem nas proximidades das centrais nucleares convivem diariamente com o medo de acidente, como em Chernobyl e Fukushima. Apesar de tudo, no caso específico, nem uma só voz se ergueu em defesa do Norte de Minas, em hora de tão grave decisão. Ficamos mudos!?
É curioso como apenas se lembra daquele grande território do Brasil para projetos arriscados e danosos, como as penitenciárias, mas não se cuida de investimentos para melhor aproveitamento de riquezas regionais, inclusive no que tange ao turismo e atividades agropecuárias. Ali a terra é fértil e bela, laborioso o povo, sobretudo evocado nos períodos eleitorais.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81202
De: Júnior Costa Data: Sex 29/1/2016 15:15:27
Cidade: Montes Claros / MG
Pergunta referente a mensagem 81198: Meu Caro Amigo Ponciano, a poucos dias li um comentario, que acabei ouvindo por um velho cidadão juramentense e meu conterrâneo que quando construida a a Barragem de Juramento levou 4 anos para chegar a sua cota maxima. Isto é veridico? Nisso podemos concluir que milagrosamente a Bacia deste humilde Riibeirão subiu mais de 50% da sua capacidade total? claro que levando em conta a lama e assoreamento que vem pelo Rio e seus afluentes estão somado a estes valores. Obrigado Meu Nobre Amigo Jóse Ponciano.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81201
De: Marilene Data: Sex 29/1/2016 14:02:19
Cidade: Montes Calros
Parada pelo sinal em importante esquina perto da Prefeitura de M. Claros, por volta das 12 horas de hoje, vi que um carro à frente estava ocupado por turma que fumava maconha, inclusive o motorista. O odor se espalhava. O que mais ver, ou esperar, depois da transformação radical da simbólica Praça da Matriz? Concordei - está tudo controlado.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81200
De: Carlos Data: Sex 29/1/2016 13:44:30
Cidade: M. Claros
A meteorologia está convencida. A primeira semana de fevereiro será de pouca, ou nenhuma chuva, no Norte de Minas. Esperamos que a meteorologia esteja enganada.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81199
De: sátiro fernandes neto Data: Sex 29/1/2016 10:47:15
Cidade: Londrina/pr
E-mail: satiro_fn@outlook.com.br
Titulo da notícia: Para revista "The Economist", Brasil festeja carnaval no "precipício"
Más, também, o Brasil na berlinda e, esse bando de desocupados gastando o que não tem! Gente, o momento é de rever os conceitos! Pasmem!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Página Anterior >>>

Abra aqui as mensagens anteriores:


Voltar à Página Inicial

 






Um olhar de Montes Claros sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros


Clique e acesse nosso Twitter
Siga o montesclaros.com


Últimas Notícias

09/02/16 - 9h19
Obama quer 1,8 bilhão de dólares contra o Zica; Comitê dos EUA vai discutir vinda ou não de atletas ao Rio e especialista acha que parte da população está imunizada


08/02/16 - 12h11
Escritor Manoel Higyno apresenta sua cidade aos Sete Povos das Missões: "É gente continuamente esquecida pelos poderes públicos e sofrida em desenganos e desencantos. Montes Claros é uma cidade grande, das maiores do estado, população difusa e brava"

08/02/16 - 11h29
Tremor de terra em Mirabela, de 2,0 graus, foi registrado por sismógrafos de Januária e Diamantina; "o de M. Claros estava fora do ar"


07/02/16 - 16h50
Tremor de terra em Mirabela, de dez segundos, não foi registrado pelo Observatório Sismológico de Brasília, fechado para o Carnaval - relata o Estado de Minas

07/02/16 - 10h43
Governador diz que quarentena é necessária a pessoas que retornarem do Brasil aos EUA, por causa do zica vírus


06/02/16 - 8h29
Colômbia confirma 3 mortes pela síndrome neurológica ligada ao zica vírus

06/02/16 - 8h08
"O ambiente desfavorável levou a CNH a suspender um investimento de R$ 600 milhões em uma nova fábrica de máquinas em Montes Claros. Cerca de 2,7 mil empregos seriam gerados na unidade, que teria capacidade para 6 mil máquinas por ano"


05/02/16 - 18h05
Devido ao feriadão do Carnaval, este noticiário retornará na próxima quarta-feira, às 7 horas, a não ser que aconteça fato extraordinário

05/02/16 - 18h
No aniversário de Neymar, jornal espanhol chama de “presente judicial“ decisão da Justiça Brasileira de rejeitar denúncia

05/02/16 - 17h
Inflação de 1,27% é a maior para janeiro desde 2003; em 1 ano, vai a 10,7%

05/02/16 - 16h
A caminho do México, papa vai descer em Cuba para se encontrar com o patriarca da Igreja Ortodoxa Russa, semana que vem; igrejas vivem divergência de mil anos

05/02/16 - 15h
Manchetes dos jornais: “Paralisia associada ao zika explode no Rio” - “Governo estuda tributação maior no lucro presumido” - “Lula é investigado por suposta venda de MPs” - “Compra de sítio foi lavrada em escritório de compadre de Lula”

05/02/16 - 14h
Bancos fecharão hoje, às 16h, e só voltarão na Quarta-Feira de Cinzas, ao meio-dia

05/02/16 - 13h
Apesar da chance sábado (5mm), meteorologia aponta para sexta-feira a maior possibilidade de a chuva voltar a M. Claros

05/02/16 - 12h03
Beijo não recomendado: zika vírus - com potencial de infecção - é encontrado na saliva e na urina; descoberta muda o patamar das pesquisas e do alerta, e governo recomenda separar objetos

05/02/16 - 12h
Câmara adota bafômetro para impedir que vereadores trabalhem bêbados; aparelho custou 1605 reais aos contribuintes

05/02/16 - 11h18
"Temor do zika vírus ameaça disparar aborto clandestino na América Latina" - avisa jornal

05/02/16 - 11h
Homem de 49 anos teve zika, dengue e chikungunya ao mesmo tempo, a coinfecção

05/02/16 - 10h53
Em 4 dias sem chuva, lâmina d´água da Barragem de Juramento recuou 1 centímetro, mas volume total é de 71,8%

05/02/16 - 10h
Ladrões usam carro roubado em M. Claros para pular o muro e roubar agência dos Correios em cidade próxima

05/02/16 - 9h31
Acirra a disputa entre Prefeitura e Copasa, pelos serviços de água e esgoto: "Tribunal confirma suspensão de concorrência de R$ 4,6 bilhões em Montes Claros"

05/02/16 - 9h
"Apesar de sua extrema gravidade", que reconhece, nota da CNBB condena hipótese de aborto nos casos de microcefalia

05/02/16 - 8h
"Paralisia associada ao virus zika explode no estado do Rio"- alerta manchete de jornal carioca

05/02/16 - 7h
Juiz de Santos rejeita abrir ação por sonegação fiscal contra Neymar e seu pai


04/02/16 - 18h
Horário de Verão vai terminar à meia-noite de sábado, dia 20

04/02/16 - 17h
Procuradoria acredita que assinaturas de Neymar em contratos podem sugerir fraude

04/02/16 - 16h
EUA pede a doador de sangue que visitou país com o zica vírus que aguarde 28 dias

04/02/16 - 15h
Senado aprova ampliação da licença-paternidade de 5 para 20 dias; medida depende de assinatura presidencial

04/02/16 - 14h
Manchetes dos jornais: “Surto de zica e dengue gera corrida para atrair médicos”- “Dilma reduz meta do Minha Casa em 1 milhão de moradias”; "Licença-paternidade de 20 dias passa no Senado"

04/02/16 - 13h
Livro de Hitler não pode ser vendido, exposto ou divulgado no Brasil - decide Tribunal do Rio

04/02/16 - 12h
Apesar das últimas chuvas, estudo aponta que 40 municípios da Bahia rumam para a desertificação

04/02/16 - 11h
Meteorologia vai confirmando, pelo 2º dia, nova rodada de chuvas em M. Claros, depois da Quarta-feira de Cinzas

04/02/16 - 10h
Cientistas de Israel acham que uso de celular, por mais de uma hora/dia, piora a qualidade do esperma

04/02/16 - 9h
Jornal paulista adianta: "Dilma reduz meta do Minha Casa em 1 milhão de moradias"

04/02/16 - 8h
Em março, conta de luz terá caído cerca de 10%, para um aumento de 50% no ano passado

04/02/16 - 7h
Jornal espanhol faz lista para mãe brasileira se proteger do zica vírus e da microcefalia


03/02/16 - 18h
Bancos vão informar movimentação financeira – acima de 2 mil reais, para pessoa física, e, de 6 mil, para empresas

03/02/16 - 17h
Câmara Federal aguardará respostas do Supremo para voltar aos dias normais

03/02/16 - 16h
Manchetes dos jornais: - “Dilma defende nova CPMF e é vaiada no Congresso” - “Dilma pede apoio ao Congresso e é vaiada ao defender a CPMF” - “Manobra volta processo de Cunha à estaca zero”

03/02/16 - 15h
Em tempo recorde, Brasil autoriza venda de 5 testes para detectar zica, dengue e chikunguya

03/02/16 - 15h07
A bela (e premiada) seresta de Montes Claros perde uma de suas vozes: partiu Toledo, o irmão do radialista Tio Bira

03/02/16 - 14h
Se pudessem, argentinos viveriam no Brasil; e, brasileiros, se mudariam para os Estados Unidos - indica pesquisa

03/02/16 - 13h00
Rádio divulga que Neymar tem oferta milionária para deixar o Barça; proposta foi revelada pelo pai a juiz

03/02/16 - 12h08
PM: "A Polícia está à procura de dois homens que assaltaram e sequestraram um senhor de 64 anos na madrugada de hoje em Montes Claros"

03/02/16 - 12h
Mãe ouve o coração do filho, de 7 meses, bater no peito de menina de 3 anos; veja as imagens

03/02/16 - 11h
Meteorologia afasta chuva no Carnaval de M. Claros, mas vê 124mm após a Quarta-feira de Cinzas

03/02/16 - 10h
Pai é considerado "mentor da fraude" que envolve Neymar

03/02/16 - 9h00
Epidemias causadas pelo mosquito podem ser contidas por radiação nuclear; programa é semelhante ao planejamento familiar

03/02/16 - 8h00
Aéreas consideram que 300 vôos podem ser afetados, hoje, pela greve nos aeroportos brasileiros; Confins tem atraso, mas não para

03/02/16 - 7h00
Alerta: Estados Unidos confirmam caso, no Texas, de zica virus transmitido por relação sexual


02/02/16 - 18h
Neymar divulga contratos e questiona promotor sobre denúncia de sonegação fiscal

02/02/16 - 17h
Sorteio extra da Mega-Sena paga 30 milhões de reais hoje à noite

02/02/16 - 16h
Calor pode atingir níveis recordes até 2020, prevê instituto de meteorologia da Inglaterra

02/02/16 - 15h
Manchetes dos jornais: “Planalto quer unificar regras de aposentadoria” - “Microcefalia em área com zika é declarada emergência mundial” - “OMS declara a microcefalia como emergência mundial”

02/02/16 - 14h
Funcionários de companhias aéreas entrarão em greve amanhã, por 24 horas, em 12 aeroportos do Brasil; veja quais

02/02/16 - 13h
Confederação divulga que 80 mil lojas foram fechadas no Brasil, em 2015 - 52% a mais do que em 2014

02/02/16 - 12h
Butantan diz que vacina contra dengue e zika vai demorar; ministro fala em testes para os sintomas

02/02/16 - 10h16
Produção industrial brasileira cai 8,3% e fecha 2015 com a maior queda desde 2003, divulga o IBGE

02/02/16 - 10h11
"A expectativa meteorológica é que ocorram chuvas nos próximos dias"

02/02/16 - 10h
Venda de carros, caminhões e ônibus novos despenca 39% em janeiro

02/02/16 - 9h47
"O governo vai elevar a tributação de sorvetes, chocolates, cigarros e rações a partir de maio"

02/02/16 - 9h
Chance de chuva, pouca, se desloca para quinta e sexta; nova rodada de chuvas dá sinais, a partir de 11 de fevereiro, após a Quarta de Cinzas

02/02/16 - 8h
Surto do Zika vírus no Brasil pode ser pior do que o imaginado, com 80% dos casos sem sintoma - admite ministro da Saúde

02/02/16 - 7h
Jornal adianta: governo quer unificar aposentadorias de homens e mulheres, e do setor público e privado


01/02/16 - 18h
China tirou 31 jogadores de futebol do Brasil em 2014 e 2015

01/02/16 - 17h04
OMS eleva ao nível de emergência mundial o risco de microcefalia pelo zica vírus, que tem no Brasil suas vítimas mais numerosas; estrangeiros cancelam viagens

01/02/16 - 17h
Mercado vê mais inflação e resultado pior do PIB em 2016 e 2017

01/02/16 - 16h
Publicada medida provisória que permite acesso forçado a imóveis no combate ao mosquito da dengue e do zika

01/02/16 - 15h01
Consumo de energia no Brasil cai 3,2% em 2015 e tem 1ª queda desde o racionamento

01/02/16 - 15h01
Ministério Público Federal: "Jairo Ataíde Vieira teve os direitos políticos suspensos por três anos. Punição valerá a partir do trânsito em julgado da sentença condenatória"

01/02/16 - 14h
Manchetes dos jornais: “Reforma da Previdência deve taxar agronegócio e Simples” - “Conta de luz fica até 3% mais barata a partir de hoje” - “Quem parou de contribuir ao INSS pode receber a aposentadoria”

01/02/16 - 13h
Estados usam critérios diferentes para registrar a microcefalia

01/02/16 - 12h
Pode se aposentar quem parou de pagar o carnê do INSS, diz jornal paulista; homens, aos 65 anos e, mulher, aos 60 anos

01/02/16 - 11h
Reforma da Previdência pode elevar contribuição de microempresário de 5 para 11%; agronegócio também seria atingido

01/02/16 - 10h
Organização estuda declarar emergência mundial pelo vírus zika; na Colômbia, 2º país mais atingido, depois do Brasil, há mais de 2 mil grávidas infectadas

01/02/16 - 9h35
Engenheiro, de 29 anos, que morreu em M. Claros, atingido por esteira, estava a 1.440 quilômetros de sua cidade, no Paraná

01/02/16 - 9h
Com sol em M. Claros e temperatura subindo, meteorologia admite 5mm de chuva, de terça a sexta, sem chance no Carnaval

01/02/16 - 8h
Pré-selecionados no ProUni têm até hoje para comprovar informações

01/02/16 - 7h
Minas já tem 20 mil casos de dengue em 2016, numa média de 802 por dia


30/01/16 - 18h
Campeonato Mineiro começa com equipes do interior ameaçando hegemonia de Atlético e Cruzeiro



OUÇA E VEJA A 98 FM
Todos direitos pertecentes a Rádio Montes Claros 98,9 FM. O material desta página
não pode ser publicado, transmitido por broadcasting, reescrito ou distribuído
sem prévia autorização