Um olhar sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros
(38) 3229-9800
 
Conheça-nos
Principal
Mural
Eu te procuro
Clamor & Broncas
Músicas de M. Claros
Hoje na história
 de M. Claros
Montes Claros
 era assim...
História
Chuvas em M. Claros,
  mês a mês,
 de 1905 a 2012
Memorial de
 João Chaves
Memorial de
 Fialho Pacheco
Reportagens
Concursos
Colunistas Convidados
Notícias por e-mail
Notícias no seu site
Fale conosco
 
Anuncie na 98 FM
Ouça e veja a 98 FM
Conheça a 98 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 98
Previsão do tempo
 
Anuncie na 93 FM
Ouça a 93 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 93
Publicidade
 
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Davidson Caldeira
Edes Barbosa
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaías
Isaias Caldeira
Ivana Rebello
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz de Paula
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Luiza Silveira Teles
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Walter Abreu
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira
 
Atuais
Panorâmicas
Antigas
Pinturas
Catopês
Obtidas por satélite
No Tempo de Lazinho
Estrada Real Sertão
Mapa de M. Claros
 

10/9/2014 -"...teve até o desfile de um mendigo novo, supostamente drogado, que andou pelo centro, o quarteirão fechado da rua Simeão Ribeiro, completamente nu, exibindo-se". A crescente degradação da Praça da Matriz e vizinhança pede:

»1 - Policiamento mais rigoroso
»2 - Redefinição do uso da praça que é o marco zero da cidade
»3 - Outra reforma física
»4 - Maior empenho das autoridades no cumprimento das leis
»5 - Uma recuperação em todos os sentidos

» Ver resultados «




Buscar no Site


Previsão do tempo

Digite uma cidade:

Busca no



 
 



Jornalismo exercido pela própria população



Deixe sua notícia neste Mural, clique aqui para enviar.
(Seja objetivo e escreva no menor espaço possível. Se preferir, coloque seu e-mail; se desejar, coloque também endereço e telefone. As mensagens - preferencialmente de inspiração noticiosa - serão publicadas a critério da redação. Textos que ferem as leis serão sumariamente descartados, assim como mensagens agressivas ou que pretendam apenas criar polêmica e discussão estéril.Pede-se, com empenho, que as mensagens não sejam redigidas em letra de caixa-alta (letras maiúsculas), que em linguagem de internet equivalem a falar gritando. As mensagens aqui postadas não representam a opinião do montesclaros.com; a responsabilidade pertence ao autor da mensagem).



Ir para mensagem N°:
Por data:

Mensagem N° 81529
De: Governo de Minas Gerais Data: Qui 28/4/2016 11:55:25
Cidade: BH

Nota à Imprensa
A presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e primeira-dama de Minas Gerais, Carolina Oliveira, assumiu nesta quinta-feira (28) a Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese), no lugar do deputado André Quintão, que reassumiu o mandato de deputado na Assembleia Legislativa.
A indicação de Carolina, que permanecerá na Presidência do Servas, partiu do próprio secretário André Quintão. Ele vê na presidente do Servas a substituição natural para que não haja descontinuidade nas políticas públicas da pasta, que já vinham sendo tocadas em parceria com a instituição.
Um dos campos de atuação conjunta entre Sedese e Servas vinha sendo o combate ao uso de drogas. As ações de assistência social da instituição foram construídas com apoio de Quintão. Assim como já ocorria no Servas, Carolina não será remunerada pela nova função.
A mudança na Sedese já estava planejada e aguardava apenas o retorno da Primeira-Dama da licença maternidade. Ela ocorre como parte da segunda fase da reorganização administrativa do Estado. Nos próximos dias, Professor Neivaldo, que deixa a Assembleia com o retorno de André Quintão, assume a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário.
Glênio Martins, que hoje responde pela secretaria, assumirá outra posição no governo. Ainda como parte da reforma, já estão adiantadas as negociações para que o Partido Social Democrático (PSD) ingresse no primeiro escalão do Governo de Minas Gerais.

Superintendência de Imprensa do Governo de Minas Gerais

***

Folha de S. Paulo -Investigada pela PF, mulher de Pimentel é nomeada secretária em MG - JOSÉ MARQUES - O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), nomeou nesta quinta-feira (28) a sua mulher, Carolina de Oliveira Pimentel, como secretária de Trabalho e Desenvolvimento Social. A medida, na prática, pode fazer com que possíveis processos contra ela na Operação Acrônimo da Polícia Federal sejam julgados pelo Tribunal de Justiça mineiro, e não pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça) ou pela Justiça Federal.
A mudança é prevista em dois artigos da Constituição do Estado, que dão ao tribunal a competência de julgar crimes comuns e de responsabilidade de secretários. Caso saia do STJ para o TJ, ela teria oportunidade de apresentar maior quantidade de recursos.
Carolina, que substitui André Quintão no comando da pasta, é investigada na Acrônimo sob suspeita de ter recebido, por meio de sua empresa, a Oli Comunicação, valores que na verdade teriam sido transferidos para a campanha do governador em 2014. Em maio do ano passado, uma antiga residência dela foi alvo de busca e apreensão.
A Oli também recebeu pagamentos milionários de empresas que firmaram contratos com o BNDES, segundo a PF. Esses repasses teriam ocorrido entre 2012 e 2014, período em que Pimentel era ministro do Desenvolvimento -pasta ao qual o banco é vinculado.
A primeira-dama ainda é suspeita de ser sócia oculta da agência Pepper, ligada ao PT, cuja dona Danielle Fonteles fechou acordo de delação premiada.
No último dia 11, Pimentel foi indiciado pela PF sob suspeita de corrupção passiva, tráfico de influência, organização criminosa e lavagem de dinheiro. No dia 15, o empresário Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, o Bené, suposto operador do esquema, foi preso em Brasília.
Em Minas, a oposição já estuda meios de entrar na Justiça contra a nomeação, que classifica como "desvio de finalidade" para ajudar a primeira-dama judicialmente.
Após a posse de Pimentel, Carolina assumiu o Servas, serviço de assistência social ligado ao Estado. Ela estava de licença-maternidade depois do nascimento de sua primeira filha com o governador, em 8 de dezembro.
OUTRO LADO
Procurado, o governo de Minas Gerais afirmou que a indicação de Carolina partiu do próprio ex-secretário André Quintão, que reassume seu mandato na Assembleia Legislativa.
"A mudança na Sedese já estava planejada e aguardava apenas o retorno da Primeira-Dama da licença maternidade. Ela ocorre como parte da segunda fase da reorganização administrativa do Estado", diz nota do governo.
Ainda segundo o comunicado, Quintão vê na primeira-dama "a substituição natural para que não haja descontinuidade nas políticas públicas da pasta", que "já vinham sendo tocadas em parceria" com o Servas.

***

Revista Veja -28/04/2016 às 11:55 - Com nomeação, Pimentel dá foro privilegiado à mulher, alvo da Acrônimo - Carolina passará a ser julgada na segunda instância da Justiça, onde Pimentel tem mais influência - Investigada na Operação Acrônimo, a primeira dama de Minas Gerais, Carolina Oliveira, foi nomeada nesta quinta-feira secretária de Estado do Trabalho e do Desenvolvimento Social. A decisão foi tomada pelo marido dela, o governador Fernando Pimentel (PT). Com a nomeação, Carolina agora passa a ter foro na segunda instância da Justiça.
Em casos estaduais, ela responderá a ações criminais perante o Tribunal de Justiça de Minas, sobre o qual Pimentel tem mais influência. Em casos federais, como é o caso da Acrônimo, o processo corre em tribunal regional federal.
A nomeação ocorre quando está prestes a ser homologada a delação premiada da empresária Danielle Fonteles, da agência Pepper, que forneceu detalhes do esquema de corrupção apurado na operação. Também há a perspectiva de que a Procuradoria-Geral da República (PGR) ofereça em breve denúncia contra os envolvidos.
Os inquéritos relativos à Acrônimo estão em curso no Superior Tribunal de Justiça (STJ), pois o governador tem foro na corte. Carolina e os demais implicados também são, ao menos por ora, investigados nessa instância. Porém, havia a possibilidade, mesmo que improvável, de um desmembramento, o que faria com que o caso da primeira dama fosse enviado para a primeira instância da Justiça Federal. Com a nomeação, se isso ocorrer, ela terá de ser processada no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).
Carolina e Pimentel são suspeitos de receber vantagens indevidas de empresas que mantêm relações comerciais com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), instituição subordinada ao Ministério do Desenvolvimento e Comércio Exterior. O petista comandou a pasta de 2011 a 2014, quando se desvinculou para disputar as eleições ao Palácio Tiradentes.
Carolina é suspeita de ser uma sócia informal da Pepper, cuja proprietária confessou irregularidades na Acrônimo visando eventual redução de pena.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81528
De: Morador Data: Qui 28/4/2016 11:55:11
Cidade: Moc/MG
Em 12/4/2016, na esquina das ruas Acácia de Paula e Cassimiro de Abreu, no Cândida Câmara, pertinho daqui de casa, por volta de 12h30m, ouvi gritos de socorro, de voz feminina. Pouco depois uma mulher, de idade provável de uns 25 a 30 anos, chamou no portão e me pediu para apanhar um celular que ela tinha jogado sobre o muro. Realmente, confirmei com ela que tinha sido assaltada, o celular havia caido na grama e devolvi para ela. Detalhe: muita gente fica batendo papo na rua, com celular, anda com bolsa a tiracolo, esquece de observar o trânsito de estranhos, e assim facilita a ação criminosa deles, que têm a seu favor a impossibilidade da Polícia estar em todos os locais da cidade ao mesmo tempo e o fator surpresa, não desprezando o fato de que há sim muita insegurança pública na antiga calma e segura Montes Claros dos nossos tempos de juventude.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81527
De: Alberto Sena Data: Qui 28/4/2016 09:46:16
Cidade: Grão Mogol
GRÃO MOGOL

MENOSPREZO AO DIAMANTE VERDADEIRO

Alberto Sena

Pode ser falsa impressão, e se for, antes de mais nada peço desculpas, mas a minha impressão é a de que os grãomogolenses residentes em Grão Mogol, na sede do Município, menosprezam o turismo. Quando poderiam ganhar com essa atividade tão lucrativa.
Deviam, ao contrário de menosprezar, provocar a implantação da indústria turística, que nada polui e oferece uma cadeia de empregos diretos e indiretos, além de especializações, elevando ainda mais o nível socioeconômico e cultural da cidade e região.
O turismo praticado em todos os seus segmentos, profissionalmente, seria a redenção dessa urbe incrustada em pedras.
Senão vejamos: diante de potencial turístico enorme de Grão Mogol e região, intrinsecamente perceptível entre as fraldas da Serra do Espinhaço, Serra Geral chamada; diante da beleza maltratada do Ribeirão (do Céu) do Inferno, balneário inexplorado, que poderia estar sendo utilizado como fonte de renda para várias famílias, tendo em vista o turismo latente; diante das reclamações recorrentes de falta de opções de emprego, os grãomogolenses parecem não enxergar o verdadeiro diamante; diante do costume quase coletivo de todos irem “para a roça” em todo final de semana; diante das histórias de Grão Mogol impregnadas nas pedras e nas paredes do seu casario no Centro Histórico; diante de tudo isso e muito mais, a impressão é a de que os grãomogolenses menosprezam o diamante que têm nas mãos.
Importante é pensar grande. A gente é o que é por dentro. O que pensa. Se pensa pequeno, será pequeno. Se grande pensa, cresce. O importante é ser. O ter é consequência. Tanto é verdade que, há mais de dois mil anos Jesus Cristo nos legou a sublime observação: “Não é o que entra pela boca que torna o homem impuro, mas o que sai, porque sai do seu coração”. Se o coração sofre o mal da pequenez, o indivíduo não pensa grande. É fundamental mudar o pensamento. Abrir os olhos para as possibilidades socioeconômicas e políticas.
Caso contrário, Grão Mogol estará fadado a um destino injusto e sombrio por apatia e inoperância dos homens e das mulheres que a fizeram. Diante das várias opções oferecidas a partir do turismo devidamente estruturado, com infraestrutura para receber visitantes do Brasil inteiro e estrangeiros com dólares e euros.
A única pessoa que encontrei em Grão Mogol atuando numa das várias opções do potencial turístico da cidade e região é o guia Paulo Henrique. Ele, por iniciativa própria, estudou e estuda a história de Grão Mogol enquanto guia os turistas que aqui aportam.
E podiam ser muito mais, milhares, toda semana, mas sem infraestrutura para receber visitantes, os que se aventuram a vir correm o risco de morrer de fome porque as portas do comércio se fecham e principalmente as dos restaurantes. “Foram todos para a roça”.
O turista para vir a Grão Mogol precisa antes ter assegurado lugar onde possa encontrar refeição. Dezenas de vezes já ouvi de turistas no final de semana as mais lamentáveis observações à falta de uma recepção da cidade ao turista, e mais ainda aos que vêm com disposição de gastar dinheiro e nada encontram para levar de lembrança.
A não ser o Presépio Natural Mãos de Deus, nenhum outro lugar de Grão Mogol oferece tratamento de primeira, profissional, como é encontrado nos países de primeiro mundo.
Por esses dias, a cidade recebeu seis personalidades importantes que poderão multiplicar (ou não) o nome da cidade como “a bola da vez” na rota do turismo mineiro e nacional. São eles: Mauro Guimarães Werkema, psicólogo, jornalista, administrador de empresa, ex-diretor-presidente da Belotur, em Belo Horizonte, assessor do prefeito Márcio Lacerda; Luiz e Ângela Mitraud, ele consultor e ex-secretário de Estado de Fazenda, e ela funcionária da Receita Federal, aposentada; Alencar Peixoto e Beth Pimenta, ele médico mastologista em Belo Horizonte e ela empresária, ex-proprietária da marca de perfume Água de Cheiro; e Ângela de Alvarenga Batista Barros, presidente do conselho administrativo da Montreal e presidente da Rede Cidadã.
Eles gostaram de tudo. Ou quase tudo. Quem salvou o quesito alimentação foi o atendimento da cozinha e a sobremesa de um restaurante fora da cidade, localizado na margem direita da estrada de Grão Mogol, sentido Montes Claros; e a pizza da Laura.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81526
De: Polícia Federal Data: Qui 28/4/2016 09:27:49
Cidade: Montes Claros
Montes Claros/MG - A Polícia Federal deflagrou hoje (28/4) a Operação Todos Pagam, com o objetivo de desarticular organização criminosa que atuava no tráfico de drogas e de armas na região norte de Minas Gerais, com ramificações no estado do Mato Grosso do Sul.
Cerca de 110 Policiais Federais cumprem, simultaneamente, 68 mandados judiciais expedidos pela 1ª Vara Criminal de Montes Claros, sendo: 15 mandados de prisão temporária; 18 mandados de Busca e Apreensão; e 35 mandados de sequestro de bens, nas cidades mineiras de Belo Horizonte, São Joaquim de Bicas, Nova Porteirinha, Salinas, Padre Carvalho e Montes Claros, além da cidade de Iguatemi - Mato Grosso do Sul.
As investigações demonstraram que membros da organização são os maiores fornecedores em drogas e armas da região norte mineira. Foi identificado também que tanto os entorpecentes quanto ao armamento traficados, eram provenientes do estado do Mato Grosso do Sul. Além disso, a quadrilha também realizava assalto a empresários, roubo a agências lotéricas, agências dos correios e estabelecimentos comerciais, bem como furto de veículos e de bens de pessoas físicas.
No curso das investigações foi possível identificar que o grupo participou de crimes de grande repercussão, como o milionário assalto de pedras preciosas em Coronel Murta/MG, ocorrido em maio de 2015, e o recente assalto à agência dos correios de Itacambira/MG. Membros da organização também são responsáveis por roubo a agência dos correios de Padre Carvalho/MG, a lotérica da cidade de Fruta de Leite/MG e em posto de combustível na BR-251. Com extrema violência o grupo utilizava “forte” armamento, coletes a prova de balas, rádios e “viaturas” com plotagens falsas em suas ações criminosas.
Os acusados, na medida de suas participações, responderão por crimes de organização criminosa, posse e comércio ilegal de armas de fogo, furto, roubo, corrupção de testemunhas e lavagem de dinheiro. Somadas, cumulativamente, as penas máximas aplicadas podem ultrapassar a trinta anos.

***

Estado de Minas - 28/04/2016 09:01 - PF desarticula quadrilha que fornecia armas e drogas para o Norte de Minas - Grupo criminoso é apontado pela Polícia Federal como responsável por roubos de grande repercussão, como a tentativa de assalto aos Correios de Itacambira, que terminou com quatro bandidos mortos em confronto com a Polícia Militar - Guilherme Paranaiba - A Polícia Federal desmontou nesta quinta-feira uma quadrilha que atuava no tráfico de drogas e armas e é apontada como a maior fornecedora de entorpecentes para o Norte de Minas. As investigações foram conduzidas pela Delegacia da PF em Montes Claros (Norte) e mostram que o grupo criminoso, que é alvo de 68 mandados judiciais, praticou crimes de grande repercussão, como a tentativa de assalto à agência dos Correios em Itacambira (Norte), que deixou quatro bandidos mortos em confronto com a Polícia Militar no último dia 8, e o milionário roubo de pedras preciosas em Coronel Murta (Vale do Jequitinhonha) em maio do ano passado.
A Operação Todos Pagam busca 15 alvos com mandado de prisão, além de conseguir junto à Justiça Federal em Montes Claros 35 mandados para sequestrar bens dos acusados e outros 18 mandados de busca e apreensão. Os trabalhos se espalham nas cidades de Belo Horizonte, São Joaquim de Bicas (Grande BH), Nova Porteirinha (Norte), Salinas (Norte), Padre Carvalho (Norte), e Montes Claros (Norte), além de Iguatemi, no Mato Grosso do Sul.
As investigações mostram que tanto as drogas quanto o armamento são provenientes do Mato Grosso do Sul. Além dos assaltos de maior destaque, a quadrilha é apontada como responsável por roubos na agência dos Correios de Padre Carvalho (Norte), na lotérica de Fruta de Leite (Norte) e em um posto de combustíveis na BR-251. O grupo é marcado por ser muito violento em suas ações, além de sempre agir fortemente armado e usando coletes a prova de balas, rádios de comunicação e falsas viaturas, com plotagens ilegais para enganar as autoridades.
A Polícia Federal dará mais informações em entrevista coletiva nesta quinta-feira em Montes Claros.

***

Hoje em Dia -28/04/2016 - 08h41 - PF desencadeia operação `Todos Pagam` em Minas e no Mato Grosso do Sul - A operação acontece em seis cidades mineiras, além da cidade de Iguatemi, no Mato Grosso do Sul - Foi deflagrada, na manhã desta quinta-feira (28) a Operação Todos Pagam, da Polícia Federal (PF), com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que atuava no tráfico de drogas e de armas na região Norte de Minas Gerais, com ramificações no Estado do Mato Grosso do Sul.
Cerca de 110 Policiais Federais cumprem, simultaneamente, 68 mandados judiciais expedidos pela 1ª Vara Criminal Federal de Montes Claros, sendo 15 mandados de prisão temporária, 18 mandados de Busca e Apreensão e 35 mandados de sequestro de bens nas cidades mineiras de Belo Horizonte, São Joaquim de Bicas, Nova Porteirinha, Salinas, Padre Carvalho e Montes Claros, além da cidade de Iguatemi, no Mato Grosso do Sul.
O nome da operação é uma referência ao trabalho da PF na região, atuando em diversas modalidades de atos ilícitos para o bem-estar da sociedade. A coletiva de imprensa foi marcada para as 11h, na própria Delegacia da PF, em Montes Claros (MG).
Os materiais eram provenientes do Estado do Mato Grosso do Sul, que, ao chegar no norte de Minas, eram distribuídos nas demais cidades. A quadrillha também era responsável por realizar assaltos a empresários, roubos a agências lotéricas, dos Correios e a estabelecimentos comerciais e também a furto de veículos e bens de pessoas físicas.
Os acusados responderão por crimes de organização criminosa, posse e comércio ilegal de armas de fogo, furto, roubo, corrupção de testemunhas e lavagem de dinheiro. Somadas, cumulativamente, as penas máximas aplicadas podem ultrapassar a trinta anos.
No curso das investigações foi possível identificar que o grupo participou de crimes de grande repercussão, como o milionário assalto de pedras preciosas em Coronel Murta (MG), ocorrido em maio de 2015, e o recente assalto à agência dos correios de Itacambira (MG). Membros da organização também são responsáveis por roubo a agência dos correios de Padre Carvalho (MG), a lotérica da cidade de Fruta de Leite (MG) e em posto de combustível na BR-251. Com extrema violência, o grupo utilizava forte armamento, coletes a prova de balas, rádios e “viaturas” com plotagens falsas em suas ações criminosas.

***

O Tempo - 09h45 - PF localiza maiores fornecedores de drogas e armas do Norte de Minas - Quadrilha teria participado do roubo de R$ 1,5 milhão em pedras preciosas em Coronel Murta, no Vale do Jequitinhonha ; nesta manhã, policiais cumprem 68 mandados judiciais - Uma quadrilha atuante no tráfico de armas e drogas de Montes Claros, no Norte de Minas, é desarticulada na manhã desta quinta-feira (28). Com a operação “Todos Pagam”, a Polícia Federal (PF) cumpre 68 mandados judiciais expedidos pela 1ª Vara Criminal da cidade.
De acordo com a corporação, durante as investigações ficou comprovado que os criminosos são os maiores fornecedores em drogas e armas da região norte do Estado. Drogas e armas vinha do Mato Grosso do Sul. Além desses crimes, o grupo também realizava assalto a empresários, roubo a agências lotéricas, agências dos correios e estabelecimentos comerciais e furtos de veículos.
Os suspeitos teriam, inclusive, participado do roubo de R$ 1,5 milhão em pedras preciosas e R$ 150 mil em dinheiro em Barra de Salinas, distrito de Coronel Murta, na região do Vale do Jequitinhonha, em maio de 2015.
Durante a ação, 13 ladrões se passarão por policiais civis. O bando também estaria envolvido em assaltos a comércios de outras cidades. Em todos os crimes, os homens eram violentos, utilizavam “forte” armamento, coletes a prova de balas, rádios e “viaturas” com plotagens falsas.
Os policiais cumprem 15 mandados de prisão temporária, 18 mandados de busca e apreensão, 35 mandados de sequestro de bens, nas cidades mineiras de Belo Horizonte, São Joaquim de Bicas, Nova Porteirinha, Salinas, Padre Carvalho e Montes Claros, além da cidade de Iguatemi - Mato Grosso do Sul.
A corporação passará mais detalhes do caso durante uma coletiva de imprensa às 11h em Montes Claros.

***

Correio do Estado - Campo Grande, Mato Grosso do Sul - IPreso traficante que fornecia duas toneladas de maconha e cocaína para MG - Operação da Polícia Federal prendeu ainda outras treze pessoas - Por KLEBER CLAJUS - Policiais federais prenderam, hoje (28), fornecedor sul-mato-grossense de mais de duas toneladas de maconha e cocaína destinadas a municípios do norte de Minas Gerais. Ele integrava quadrilha que praticou roubos, inclusive de pedras preciosas, para sustentar o transporte de armas e drogas entre os estados.
Sem ter a identidade revelada, o homem de 34 anos seria responsável por abastecer mensalmente o norte mineiro com 2.200 quilos de maconha e 300 quilos de cocaína de origem paraguaia. Sua detenção ocorreu em Iguatemi, onde agentes cumpriram dois mandatos de busca e apreensão.
O chefe da Delegacia de Polícia Federal de Montes Claros, Marcelo Eduardo Freitas, informou que dezenove pessoas foram identificadas como integrantes da quadrilha, que praticava assaltos violentos a lotéricas e agências dos Correios para financiar o tráfico.
“Houve intercâmbio com criminosos de São Paulo para que adquirissem know how para acabar com a tranquilidade da população, além de indícios de pagamento de propina para liberação do grupo que estava atuando há dois anos”, comentou Marcelo Eduardo.
CRIMES INTERLIGADOS
Um dos crimes de maior repercussão ocorreu em maio do ano passado, quando treze homens armados e falsamente identificados como policiais civis invadiram a residência de um empresário na mineira Coronel Murta. Eles levaram R$ 1,5 milhão em pedras preciosas, além de R$ 150 mil em dinheiro. Na fuga, caminhonete com adesivos falsos da polícia foi queimada.
Ao utilizar de extrema violência, conforme o delegado, eles também estariam envolvidos no assalto de agências dos Correios de Itacambira, Padre Carvalho, lotéria em Fruta Leite e posto de combustível na BR-251.
OPERAÇÃO TODOS PAGAM
Foram cumpridos, durante a Operação Todos Pagam, 14 dos 15 mandatos de prisão temporária, 35 de sequestro de bens e 18 de busca e apreensão nos municípios mineiros de Belo Horizonte, São Joaquim de Bicas, Nova Porteirinha, Salinas, Padre Carvalho e Montes Claros, além do sul-mato-grossense Iguatemi. Uma pessoa permanece foragida.
Em consonância a sua participação, os envolvidos devem responder por associação criminosa, posse e comércio ilegal de armas de fogo, furto, roubo, corrupção de testemunha e lavagem de dinheiro. Somadas, as penas máximas podem exceder 30 anos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81525
De: Manoel Hygino Data: Qui 28/4/2016 09:10:13
Cidade: Belo Horizonte
O risco das viagens de autoridades

Manoel Hygino - Hoje em Dia

Acusando adversários de perpetrarem um golpe contra ela e de depô-la do poder, a presidente brasileira, mesmo assim, foi à ONU participar da Conferência Mundial sobre Clima, embora sabendo que o “clima” aqui não lhe era muito favorável. É uma mulher ousada, nascida em Belo Horizonte, no Hospital São Lucas, descendente de búlgaros, brava gente.
Estavam previstas cerca de 72 horas no exterior, mas para golpes o tempo é mais veloz e fator essencial. Não se esquece, por exemplo, que Haile Salassie, imperador da Abissínia, coroado em 1930, foi destronado quando visitava o Brasil em 1974, substituído pelo general Aman Michael Andon.
Não perderei a ocasião para lembrar que a fundação da dinastia etíope é multimilenar. Resultou da união da rainha de Sabá com o rei Salomão, da qual nasceu Menelick I, pai de toda a linhagem.
Voltando ao Brasil e ao tempo, chegamos a Jânio Quadros, com a renúncia de causa não suficientemente esclarecida em 25 de agosto de 1961, quando o vice-presidente era João Goulart. Até onde possível, fatos foram relatados em minúcias pelos historiadores e pelos jornais. Entre nós, uma descrição muito boa e pouco lembrada é a de Anatólio Alves de Assis, da Polícia Militar, já falecido, estudioso do tema.
O ato de Jânio se deu logo após as solenidades do Dia do Soldado, naquela data. Um coronel do Exército foi ao gabinete do presidente da Câmara dos Deputados, Ranieri Mazzili, para pedir-lhe que o acompanhasse até o Ministério da Guerra, onde já se achavam os três ministros militares. Estes informaram que a renúncia fora formalizada e, estando no exterior o vice, por disposição constitucional, deveria ele, Mazzilli, assumir.
O Congresso Nacional já se achava reunido naquele momento. O presidente do Senado, Auro Moura Andrade, transmitiu imediatamente a notícia. Acrescentou: “Só desejo, neste instante, que Deus nos inspire a todos e faça com que possamos decidir, em hora de tão extrema importância para a vida nacional, com perfeito equilíbrio e com todas as energias da nossa vocação pública”.
O país se inquieta. Mazzilli se torna presidente em face da viagem de Jango à China Comunista. No dia seguinte, em sessão matutina da Câmara dos Deputados, sucedem-se parlamentares na tribuna. A grande dúvida: As Forças Armadas permitiriam a posse do vice?
No dia 28 de agosto, Mazzilli comunica aos antigos pares que os ministros militares pronunciariam pela inconveniência de Goulart assumir com plenos poderes. Declarou: “Tenho a honra de comunicar a vossa excelência (presidente do Senado) que, na apreciação da atual situação política, criada pela renúncia do presidente Jânio Quadros, os ministros militares, na qualidade de chefes das Forças Armadas e responsáveis pela ordem interna, manifestam a absoluta inconveniência, por motivos de segurança nacional, do regresso ao país do vice-presidente da República João Belchior Marques Goulart”.
Que fazer? Jango saíra do Brasil em momento supostamente favorável, mas houve a imprevista atitude do Jânio. Teve-se de enfrentar um novo e grave problema, que o Brasil conhece e até hoje repercute. Dilma teve confiança nos seus ministros.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81524
De: ELDER Data: Qui 28/4/2016 08:08:20
Cidade: MONTES CLAROS  País: BRASIL
Sobre a noticia sobre a mãe que foi assaltada no Jardim S. Luiz, informo que há vários outros assaltos pelas ruas de Montes Claros-MG. Ontem também por volta do meio-dia atrás da igreja Santo Expedito duas mulheres tiveram seus celulares e bolsas levadas por ladrões à mão armada,quando foram visitar uma pessoa numa das ruas ali .Montes claros acabou.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81523
De: Ex-ouvinte da ZYD7 Data: Qua 27/4/2016 16:35:40
Cidade: Montes Claros/MG
Ouvi há 30 minutos um convite para Missa de 7º Dia do radialista Geraldo Ferreira, o Geraldão da Rádio Cultura de BH, que foi locutor da Rádio Sociedade Norte de Minas - ZYD7, de Montes Claros, nos primeiros anos da década de 60, tendo se transferido para a Capital, onde trabalhou até o fim da carreira na Rádio Cultura, inclusive como Diretor. Aqui em Moc, contemporâneos dele podem não estar sabendo que ele faleceu, pois não vi nenhuma divulgação na mídia local.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 81522
De: Marcos Data: Qua 27/4/2016 19:16:39
Cidade: lagoa dos patos mg  País: brasil
Exatamente as 19:00 do dia 27 de abril de 2016 sirenes e luzes de giro flex de viaturas da policia militar cortam as ruas desta cidade Lagoa dos Patos..!Sem saber os motivos e por traz de muros e janelas a população espia o movimento dos policiais que cercam morros, estradas e ruas da cidade. o que será que acontece agora em lagoa dos patos? a população amedrontada fecha as portas e se tranca dentro de suas casas....Sera mais uma tentativa de roubo a banco? na semana a policia impediu roubo a banco em lagoa dos patos! sera outra tentativa?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81521
De: Luciana Data: Qua 27/4/2016 16:28:52
Cidade: Montes Claros
- Foi como se um imenso navio, imenso, tivesse caído no centro da terra.
Assim, morador do Bairro Morrinhos, em M. Claros, descreve o barulho sentido naquela região, ontem, por volta das quatro e meia da tarde. Muita gente saiu à porta da rua, a procura de resposta. Foi um barulho surdo, profundo, rápido, localizado. Comprimido. Algo muito pesado caiu no centro da terra. O som contido o revelou.
Não há registro de nada, de tremor, no Observatório Sismológico de Brasília. Faz tempo, a Defesa Civil deixou de divulgar as explosões nas pedreiras de M. Claros.
Sem assistência das autoridades, a população procura saber, de boca a boca, o que de fato aconteceu. Ontem, às quatro e meia da tarde, em Montes Claros.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81520
De: Renato Data: Qua 27/4/2016 14:45:21
Cidade: Belo Horizonte
Mais vereadores presos em Governador Valadares, na operação Mar de Lama. Veja a notícia do jornal de BH, O Tempo:

"Segunda fase da operação Mar de Lama afasta mais seis por corrupção - Crimes, da ordem de R$ 1,5 bilhões, teriam sido praticados por agentes públicos e políticos; número de pessoas afastadas das funções no município de Governador Valadares saltou de 20 para 26, sendo que 13 delas são vereadores - A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (27), com apoio do Ministério Público Federal, a fase 2 da operação Mar de Lama, com o objetivo de dar continuidade ao combate aos crimes de corrupção, da ordem de R$ 1,5 bilhões praticados por agentes públicos e políticos no município de Governador Valadares, na região do Rio Doce.
Foram sete mandados de busca e apreensão e seis ordens de afastamento de funções públicas cumpridos: cinco contra vereadores da Câmara Municipal de Governador Valadares e uma contra o gestor corporativo do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE).
A operação conta com a participação de 30 policiais federais que estão cumprindo 13 ordens judiciais expedidas pela Justiça Federal em Governador Valadares.
Esta nova fase decorre da análise em materiais apreendidos na empresa do tesoureiro da organização criminosa investigada, durante a primeira fase da operação, quando foram encontrados indícios de que, além dois oito vereadores já afastados, outros cinco vereadores e um gestor corporativo do SAAE recebiam propinas da organização criminosa investigada para praticarem atos de ofício contrários ao interesse público.
Os nomes dos vereadores e do gestor corporativo do SAAE afastados foram encontrados em uma espécie de contabilidade de propinas, recebidas e pagas pela organização criminosa investigada, sempre vinculados a valores.
Com o desencadeamento desta segunda fase da Operação Mar de Lama, o número de pessoas afastadas das funções no município de Governador Valadares saltou de 20 para 26, sendo que 13 delas são vereadores da Câmara Municipal de Governador Valadares.
Nome
O nome da operação “Mar de Lama” é uma referência aos alagamentos provocados pelas chuvas torrenciais que causaram grande destruição em Governador Valadares, em 2013."
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81519
De: Polícia Militar Data: Qua 27/4/2016 09:59:51
Cidade: Montes Claros
A Polícia Militar localizou, na madrugada de hoje, 27Abr, na BR – 365, na comunidade de Morro Vermelho, uma mulher de 61 anos que tinha sido dada como desaparecida em Montes Claros. Segundo familiares da mulher, ela teria saído por volta das 10h de ontem, 26Abr,para participar de um velório que estaria ocorrendo à rua Irmã Beata, no centro de Montes Claros, porém, anoiteceu e ela ainda não tinha retornado. Às 19h20, sua filha esteve em um pelotão da Polícia Miltiar comunicando o desaparecimento de sua mãe. Às 02h da madrugada de hoje, 27Abr, a mulher foi encontrada, por policiais militares, transitando na BR – 365, em direção a Montes Claros. De acordo com informações prestadas por ela, por volta das 10:30 horas de ontem, foi abordada por um homem, em frente à Funerária Santa Casa, onde seu veículo se encontrava estacionado, que dirigiu-se a ela dizendo que era um assalto e que ela passasse para o banco do passageiro, apresentando uma arma prateada com a qual desferiu um golpe em sua cabeça. Posteriormente, o infrator saiu com o veículo e a vítima, dizendo a ela que só queria o carro e, que ela nada sofreria. Após dirigir por várias ruas da cidade, deslocou-se para a saída da BR 365, onde parou em um posto lá situado e abasteceu o carro pagando com o cartão de crédito da vítima, saiu do posto e seguiu pela BR 365, chegando até a entrada de Morro Vermelho, seguindo estrada a dentro e, ao chegar em um local ermo, ameaçou a vítima, mandando que ela saísse do veículo e se ajoelhasse. A vítima acatou as ordens do infrator que passou, então, a estuprá-la; depois a jogou no porta-malas do veículo e ligou para umas três pessoas tentando vender o carro, até que achou um comparsa que aceitou a negociação e se dispôs a desmontar o veículo, que ela não pode visualizar mas que ouviu a voz desse comparsa e o barulho de outro veículo chegando. A vítima ainda relatou que ouviu o infrator dando ordens ao comparsa para que desmontasse o veículo roubado; eles retiram muitos equipamentos do automóvel inclusive as rodas, depois entraram em outro carro e com os equipamentos retirados do Palio Weekend saíram em disparada. Quando se sentiu segura, a vítima saiu do porta-malas e se deparou com seu veículo parcialmente desmontado e com as chaves na ignição, que prontamente ela retirou as chaves e seguiu rumo a BR 365 e, que todos os seus pertences como bolsa, documentos pessoais e cartões de banco haviam sido levados também pelos infratores. Como já estava a noite, ela escolheu um lado da BR 365 e seguiu até ser encontrada, às margens da rodovia, por uma guarnição policial. A vítima foi encaminhada ao hospital, onde ficou sob cuidados médicos. Após a feitura de exames, foi constatado o abuso sexual. Os infratores envolvidos no crime são procurados.

***

O Tempo - 27/04/16 - 13h20 - Idosa é sequestrada e estuprada ao sair de velório no Norte de Minas - Suspeito fugiu e ainda não foi encontrado; parte do veículo da vítima foi desmontado e levado pelo criminoso - CAMILA KIFER - Uma idosa, de 62 anos, foi vítima de um sequestro relâmpago quando deixava o velório de um parente que ocorria no centro de Montes Claros, no Norte de Minas, na noite da última segunda-feira (26). Durante o tempo em que ficou sob a ameaça do sequestrador, ela chegou a ser abusada sexualmente. Após o estupro, o homem fugiu e a vítima foi encontrada na madrugada dessa terça-feira (27).
A mulher contou aos militares que estava deixando o velório quando, por volta de 18h30, foi abordada por um homem de estatura mediana e de cor morena. O suspeito que estava armado anunciou o assalto e exigiu que ela entrasse e se sentasse no banco do passageiro de seu próprio veículo. Em seguida, o criminoso tomou a direção do carro da mulher.
Sob a ameaça de uma arma, a idosa foi obrigada a passar sua carteira, contendo cartões do banco e dinheiro. O seu celular também foi recolhido pelo criminoso. A vítima ainda relatou aos militares que, durante o trajeto, o homem parou em um posto de combustíveis e abasteceu o carro com o seu cartão de crédito.
Com o tanque cheio, o suspeito seguiu pela BR-365 e parou em uma área da zona rural da cidade, onde a vítima foi abusada pelo suspeito e, ao final do ato, foi colocada no porta-malas.
A idosa ainda escutou o criminoso ligando para várias pessoas e negociando o seu carro. Após um tempo ela percebeu que alguém havia chegado ao local. Em seguida, sentiu o carro balançando e várias pessoas mexendo no veículo.
Depois de muito tempo sem perceber movimentação, ela contou aos policiais que forçou a porta e saiu. A vítima caminhou até a rodovia e pediu ajuda na rodovia.
A Polícia Militar foi acionada e realizou buscas na região, mas o suspeito ainda não foi encontrado.
O Palio Weekend da vítima foi parcialmente desmontado. O som do veículo, e as rodas foram levadas pelos criminosos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81518
De: Afonso Data: Qua 27/4/2016 09:59:50
Cidade: M. Claros
Qua 27/04/16 - 7h - Vacinação contra gripe começou hoje em Montes Claros; mutirão será sábado
Começou, efetivamente. Fui a um posto de saúde, localizado no Cintra, e logo cedo, por volta das 9 horas, recebi a vacina. Havia filas. Espero que os outros postos estejam também vacinando, pois a população está com muito medo desta gripe.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81517
De: Manoel Hygino Data: Qua 27/4/2016 09:41:02
Cidade: Belo Horizonte
As melhores almas do mundo

Manoel Hygino - Hoje em Dia

Ex-presidente do país com maior extensão territorial da América do Sul, em nossa época fez uma declaração que tocou profundamente o coração de todos os que nasceram no território: era ele a melhor alma do mundo, tendo dito diante de microfones e câmeras.
Evidentemente, com empáfia, deixou os nascidos no país em causa, chamados brasileiros, profundamente orgulhosos. Tinha-se na relação dos homens bons dali (ou daqui), personalidades, cidadãos dignos entre os bons, num contingente tão elevado de maus. Cada cidadão deste país poderia evocar nomes e personagens que engrandeceram e engrandecem o país por sua ação humana, solidária, em episódios que entraram para a história. A maioria deles, por sinal, não quis gozar de primazias e privilégios, viveu na humildade, no silêncio, lutando pelos pobres, esquecidos e humilhados, que penam até hoje a insensibilidade dos maus e a incúria dos que já alçaram a altos postos na administração pública.
Por oportuno, lembrar-se-á um indiano magérrimo, que tecia o próprio pano para confeccionar sua roupa “kaddbar”, iniciando uma luta incessante contra os colonialistas ingleses, que se assentaram na sua terra na segunda metade do século 18. A partir de 1920, a luta nacionalista se intensificou sob a liderança daquele magricela, de sandálias, já advogado, Mohandas Karamachand Gandhi. Mahamma , “a grande alma”, como o apelidou seu próprio povo, submetido a séculos de servilismo e opressão.
O vocábulo mahatma, sânscrita, é composto de duas outras – maha, grande, e atma, alma, significando um homem de elevada perfeição espiritual. Gandhi faz sua pregação cívica, social e humana, estendendo-a à África do Sul, também sob domínio inglês.
Sua vida é uma epopeia que chegou às letras e ao cinema. Para fazer pressão sobre os britânicos, criou um jornal – o “Nava Givan”. Por suas páginas, perdidas as esperanças nas promessas dos colonizadores, registrou: “Na Índia, de todos os lados, vê-se desespero. Esperava-se, confiava-se, que – depois da guerra (a 2ª mundial) o país teria um benefício compensado, mas a realidade desiludiu-nos”: Só no Satyagraha (no Brasil virou denominação de operação policial) está toda a esperança da Índia”. O movimento compreendia a resistência não violenta às determinações das autoridades, a desobediência às leis opressoras, a guerra econômica com o uso exclusivo de produtos nacionais e um elevado espírito de sacrifício.
As palavras de Mohandas eram acompanhadas de atitudes fortes e consentâneas com a realidade sofrida pelos indianos. O governo inglês continuou falando nos compromissos e o líder indiano começou uma campanha mediante sacrifício pessoal por jejuns, que poderiam levá-lo à morte.
Com uma existência de extrema simplicidade e modéstia, como um mísero penitente, seguiu o propósito, no qual se incluía a emancipação dos párias ou intocáveis. Eram milhões de infelizes, desprezados pelas classes superiores. Gandhi exigia que os templos, exclusivos para as classes superiores, as elites, fossem abertos aos não incluídos, frequentadas as casas santas, por tradição multissecular, somente pelos poderosos. O mahatma, a grande alma, foi assassinado por um fundamentalista em 1948.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81516
De: Eng. Julio Cesar Data: Ter 26/4/2016 18:59:57
Cidade: Montes Claros
Em relação ao odor proveniente do Distrito Industrial, gostaria de relatar minha experiência na região. O odor característico no DI e adjacências provêm da emissão de H2S (gás sulfídrico), gerado nos tanques de tratamento biológico. Cumpre salientar que os principais produtos utilizados no processamento de tecidos contêm grande quantidade de sulfetos, que acabam por sair juntos do seus efluentes. Então, as ETE`s de industrias têxteis são importantes emissoras de gás sulfídrico, odor característico na região do DI. Com a palavra os órgãos ambientais.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81515
De: Anti-usinas nucleares Data: Ter 26/4/2016 17:22:50
Cidade: Montes Claros/MG
30 anos do acidente nuclear de Chernobyl - "O desastre de Chernobyl, na Ucrânia, segue sendo o mais grave de todos os tempos em termos de perdas humanas e prejuízos gerados. Foi o primeiro desastre nuclear de nível 7 (o mais alto na classificação). O único desastre de mesma magnitude até hoje foi o de 2011 em Fukushima, no Japão, causado por um terremoto seguido de tsunami." Que a lembrança dos 30 anos da tragédia de Chernobyl, que ocorreu no dia 26 de abril de 1986, reforce em nós, norte-mineiros, que deveremos repudiar veementemente qualquer tentativa de implantar esse tipo de usina na nossa região, como foi recentemente divulgado por um jornal de BH, até porque temos outras fontes de eletricidade em abundância (hidroelétrica, fotovoltaica, por exemplo), mais seguras para o ser humano, para os animais e para o meio ambiente.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 81514
De: José Ponciano Neto Data: Ter 26/4/2016 17:12:11
Cidade: Montes Claros - MG
Sr. Pedro Ivo. Mens: 81513. No 12º parágrafo cito - “Com relação os atuais odores insuportáveis. Cabe a Secretaria do Meio Ambiente e Codema fiscalizarem e investigar a origem.”
Mas, posso adiantar que, a ETE recebe esgoto durante 24 horas por dia, portanto, o mau cheiro deveria exalar o tempo todo.
É estranho que esta fragrância fétida de ovo podre só aparece de madrugada.
– Infelizmente não posso afirmar se, é essa ou aquela empresa, incluindo a ETE. Só os órgãos competentes podem confirmar.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81513
De: Pedro Ivo Data: Ter 26/4/2016 15:26:22
Cidade: Montes Claros
Prezado Ponciano,com referência a sua mensagem número 81507,gostaria de saber se o odor insuportável que atinge a região do Jardim Brasil e adjacências não é proveniente da empresa Valée? Moro no bairro e é esta minha impressão.O que podemos fazer para esclarecer a questão?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81512
De: Prefeitura Data: Seg 25/4/2016 18:51:55
Cidade: M. Claros
(...) o Ministério da Saúde antecipou o período de vacinação contra Influenza em diversos estados do Brasil, incluindo Minas Gerais. Aqui em Montes Claros, a dose estará disponível já na próxima quarta-feira (27), em unidades de saúde de todas as regiões da cidade. No próximo sábado, (...) o município (...) irá promover um grande mutirão com para disponibilizar a dose da vacina em 35 unidades de saúde da cidade e da zona rural. (...) Durante a vacinação do sábado, dia do mutirão, a dose será disponibiliza nas seguintes unidades: Cintra, Antônio Pimenta, Delfino Magalhães, Eldorado, Esplanada, Independência, Lourdes, Major Prates, Maracanã, Nova Esperança, Planalto, Tancredo Neves, Santos Reis, São judas, Vera Cruz, Vila Oliveira, Vila Sion, Alcides Rabelo, Carmelo, Cidade Industrial, Ciro dos Anjos, Morada do Sol, Morrinhos, Monte Carmelo, Santa Lúcia, Nossa Senhora das Graças, Mercado Municipal, Policlínica do Alto São João, Santa Rafaela, São Geraldo II, Vila Anália, Vila Atlântida, Vila São Francisco de Assis, Vila Telma, Village do Lago e Clarice Ataíde. De acordo com o coordenador de Vigilância Epidemiológica, Rafael Majuste, é importante que a dose seja tomada por todas as pessoas que fazem parte do grupo de risco. “Vemos hoje uma doença mais agressiva e a atualização da vacina irá mais eficácia na prevenção”, afirma.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81511
De: Cemig Data: Seg 25/4/2016 14:49:46
Cidade: Montes Claros
E-mail: mlff@cemig.com.br
A Cemig informa que a interrupção no fornecimento de energia ocorrida hoje, 25/04, às 9h45, próximo ao clube do DER, foi causada pelo toque acidental de um caminhão caçamba com a rede de média tensão da empresa, que atende 2.644 clientes. Ao deslocar o veículo com a caçamba aberta, o equipamento tocou os cabos, provocando curto circuito e incêndio do caminhão. As energia foi restabelecida às 10h47. Assim, a Cemig orienta sobre os cuidados para se evitar acidentes desta natureza: Caminhões caçamba e outros veículos • Não trafegar sob a rede elétrica se a altura desses veículos for igual ou maior que a dos fios elétricos, pois além do risco de choque elétrico, há o risco de colisão com os fios e consequente derrubada dos postes, fios e equipamentos da rede elétrica, que podem cair sobre o próprio veículo ou sobre os foliões. • Observar a existência da rede elétrica e tomar cuidado para não tocá-la. • Considerar a altura do veículo e das pessoas sobre ele em relação à fiação da rede elétrica e demais obstáculos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81510
De: Copasa Data: Seg 25/4/2016 17:08:56
Cidade: Montes Claros
Neste dia 26/04/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 26/04 às 08h do dia 26/04.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 2: Das 08h do dia 26/04 às 18h do dia 26/04
Bairros: Maracanã, Nossa Senhora das Graças, Conj. Habit. Jose Correia Machado, Ciro dos Anjos Conj. Habit. Joaquim Costa Vila Campos, D. Gregória Vila Atlântida, Bela Vista, Jardim Panorama I e II, Vila Oliveira, Barcelona Park, Nova Morada, Centro, Melo, Todos os Santos I e II, Edgar Pereira, Vila João Gordo, Cintra, Roxo Verde, Vila Ipiranga, Bairro de Lurdes, Vera Cruz, Esplanada, Santa Laura, Interlagos Monte Alegre, Alcides Rabelo, Monte Carmelo, Santo Amaro, Conj. Habit. Alterosa II, Jardim Palmeiras, Santa Lucia I e II.
REGIÃO 4: Das 08h do dia 26/04 às 20h do dia 26/04.
Bairros: Morrinhos, Morada Do Parque, Morada Da Serra, Jardim Liberdade, Augusta Mota, Parque Jardim Morada do Sol, Parte Alta Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Geraldo, Major Prates, Santa Rita I e II e Parte Alta Do Sumaré, São Judas I e II Vila Greicy, Ciro dos Anjos, Conj. Habitacional Joaquim Costa.

***

Neste dia 27/04/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 27/04 às 08h do dia 27/04.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 1: Das 08h do dia 27/04 às 18h do dia 27/04.
Bairros: São Jose, Alto São João, Vila Regina, Renascença, Conjuntos Habitacionais Tancredo Neves, Santa Cecília e floresta, Alice Maia, Vila Exposição, parte Centro, Vila Anália, Novo Delfino, Belvedere Santo Antônio I e II, Jardim Olímpico, Conj. Havaí, Santos Reis, Vila São Francisco de Assis, Vila Antônio Narciso, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Áurea, Santa Eugenia, Eldorado, Vila Castelo Branco, Jardim Alvorada, Vila Sumaré, Dr. Antônio Pimenta, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Santa Rafaela, Vila Telma, Vila Sion, Alto Da Boa Vista, Conj. Habit. Jose Carlos de Lima, Dr. João Alves, Maria Cândida, Carmelo, Grande Independência e Adjacentes, Jardim São Geraldo II, Mangues, Condomínio Gran Royalle Pirâmide, Residencial Sul Ipês, Amazonas, Jardim Brasil.
REGIÃO 5: Das 08h do dia 27/04 às 18h do dia 27/04.
Bairros: Morada do Sol, Santo Expedito, Cândida Câmara, Funcionários, Ibituruna, Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Luiz, Vila Santa Maria.

***

Neste dia 28/04/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 28/04 às 08h do dia 28/04.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 2: Das 08h do dia 28/04 às 18h do dia 28/04
Bairros: Maracanã, Nossa Senhora das Graças, Conj. Habit. Jose Correia Machado, Ciro dos Anjos Conj. Habit. Joaquim Costa Vila Campos, D. Gregória Vila Atlântida, Bela Vista, Jardim Panorama I e II, Vila Oliveira, Barcelona Park, Nova Morada, Centro, Melo, Todos os Santos I e II, Edgar Pereira, Vila João Gordo, Cintra, Roxo Verde, Vila Ipiranga, Bairro de Lurdes, Vera Cruz, Esplanada, Santa Laura, Interlagos Monte Alegre, Alcides Rabelo, Monte Carmelo, Santo Amaro, Conj. Habit. Alterosa II, Jardim Palmeiras, Santa Lucia I e II.
REGIÃO 4: Das 08h do dia 28/04 às 20h do dia 28/04.
Bairros: Morrinhos, Morada Do Parque, Morada Da Serra, Jardim Liberdade, Augusta Mota, Parque Jardim Morada do Sol, Parte Alta Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Geraldo, Major Prates, Santa Rita I e II e Parte Alta Do Sumaré, São Judas I e II Vila Greicy, Ciro dos Anjos, Conj. Habitacional Joaquim Costa.

***

Neste dia 29/04/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 29/04 às 08h do dia 29/04.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 1: Das 08h do dia 29/04 às 18h do dia 29/04.
Bairros: São Jose, Alto São João, Vila Regina, Renascença, Conjuntos Habitacionais Tancredo Neves, Santa Cecília e floresta, Alice Maia, Vila Exposição, parte Centro, Vila Anália, Novo Delfino, Belvedere Santo Antônio I e II, Jardim Olímpico, Conj. Havaí, Santos Reis, Vila São Francisco de Assis, Vila Antônio Narciso, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Áurea, Santa Eugenia, Eldorado, Vila Castelo Branco, Jardim Alvorada, Vila Sumaré, Dr. Antônio Pimenta, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Santa Rafaela, Vila Telma, Vila Sion, Alto Da Boa Vista, Conj. Habit. Jose Carlos de Lima, Dr. João Alves, Maria Cândida, Carmelo, Grande Independência e Adjacentes, Jardim São Geraldo II, Mangues, Condomínio Gran Royalle Pirâmide, Residencial Sul Ipês, Amazonas, Jardim Brasil.
REGIÃO 5: Das 08h do dia 29/04 às 18h do dia 29/04.
Bairros: Morada do Sol, Santo Expedito, Cândida Câmara, Funcionários, Ibituruna, Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Luiz, Vila Santa Maria.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81509
De: Alberto Sena Data: Seg 25/4/2016 11:43:55
Cidade: Grão Mogol
REENCONTRO MAIS DE 60 ANOS DEPOIS

Alberto Sena

A casa já não existe mais. Ficava na Rua Marechal Deodoro, logo atrás da Praça de Esportes, em Montes Claros. Mas as lembranças permaneceram. Inda bem. E agora são resgatadas a partir do reencontro de dona Catarina Eleutério Maia, ex-vizinha na Rua Marechal Deodoro, seis décadas depois, no Presépio Natural Mãos de Deus. As lembranças permaneceram, mas estão parcialmente cobertas, como se os personagens saíssem de uma névoa tênue.
No lugar da casa há hoje uma oficina mecânica. Seria capaz de percorrer, neste instante, todos os seus cômodos de paredes impregnadas de histórias perdidas por falta de registro. Na frente da casa havia calçada alta, com uma escada para adentrar a porta principal. Havia até uma pilastra de cimento para servir de amarra às alimárias.
A casa teria sido sede de uma fazenda. Até mesmo pelo quintal enorme com um pomar de 22 jabuticabeiras, mangueira, goiabeira, laranjeira, mamoeiro e o Ribeirão Vieira correndo límpido ao fundo. Esse mesmo ribeirão transformado em cloaca urbana.
Ela, dona Catarina Eleutério Maia, hoje com 75 anos de idade, à época, devia estar com seus oito anos de idade. E Beto, como era chamado, vivia, os seus primeiros anos de vida. “Já peguei você nos braços”, ela revelou.
Essa revelação foi uma surpresa. E como coincidência não existe, a interpretação mais plausível sobre esse encontro inesperado com dona Catarina ainda está por concluir. Éramos vizinhos de quintal separado por um muro. Ela era cunhada de dona América Eleutério, casada com um irmão dela. O marido de dona América era Afrânio.
Dona América e o senhor Afrânio tiveram filhos e um deles, Amílcar, foi amigo de infância. O outro amigo do menino era Flávio, filho de dona “Negrinha”. Dona “Negrinha” aplicava injeção na bunda do menino quando acontecia de ficar doente. Era enfermeira. Parteira. Para deixar dona “Negrinha” aplicar-lhe injeção, o menino recebia CR$ 1,00, por vez. Era para não espernear nem chorar.
Dona América veio do Sul de Minas, cidade de Bom Despacho e se radicou em Montes Claros, onde tornou-se pessoa querida e influente. Ela não mais está no meio de nós faz mais de dez anos, como informa dona Catarina, com quem Beto se encontrou por esses dias, no Presépio Natural Mãos de Deus, em Grão Mogol.
Naquela época, as crianças nem precisavam sair de casa para se divertir. Viviam o tempo dos quintais. Tinha tudo neles. Tinha a magia das manhãs. Tinha os passarinhos se esgoelando no canto. Tinha as mangueiras, as jabuticabeiras, as laranjeiras. E coelhos. Sim, muitos. Numa ocasião, o menino correu atrás de um e o pegou com as próprias mãos.
Foi assim, mãe lavava roupa no tanque do quintal distante um pouco da casa. De repente, ela ouviu algo se mexer numa moita próxima. Mãe percebeu logo: “Tem um coelho aqui, corre”. E o menino correu. Abriu os braços diante do arbusto e o coelho, esperto como ele só, fugiu.
Corre daqui, corre dali, Beto cercou o coelho no canto de um muro. Ele olhava o coelho nos olhos e o coelho o olhava nos olhos também esperando um momento propício para dar pinote. Mas dessa vez o menino foi mais esperto e o coelho foi exibido à mãe como um troféu. “É meu”.
A conselho da mãe, o menino pôs o coelho dentro de um caixote e o fechou com tiras de madeira. No final do dia, ele quis pôr o caixote com o coelho dentro de casa, mas a mãe achou melhor que ficasse do lado de fora. No dia seguinte, o menino encontrou só alguns pedaços do pelo do coelho e manchas de sangue nas tiras de madeira do caixote.
Dona Catarina se recorda muito bem de que naquela época Montes Claros era uma cidade tranquila, como Grão Mogol ainda é hoje em dia. “A vida aqui, em Montes Claros, está difícil e perigosa”, ela disse pelo celular em conversa neste domingo. Dona Catarina tinha acabado de chegar da roça onde o rigor da seca maltrata a fazenda Canoas. Ela tem saudade da Montes Claros pacata, de quando não havia insegurança pública para infernizar a vida.
P.S.: Essas lembranças emergiram a partir do encontro com dona Catarina Eleutério Maia, mais de seis décadas depois, no presépio de Grão Mogol, o maior do mundo.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81508
De: Manoel Hygino Data: Qua 20/4/2016 10:35:56
Cidade: Belo Horizonte
No vendaval do impeachment

Manoel Hygino - Hoje em Dia

Depois de muitíssimas horas a assistir os debates e discursos sobre o impeachment pela televisão, não restaram exemplares lições de oratória, lucidez e patriotismo. Seria útil, assim, lembrar episódios da brumosa nuvem de uma tempestade que ainda paira sobre a nação. A repetitiva argumentação das duas correntes não contribuiu para deixar magistrais registros do que no Parlamento se disse, no quase sempre pobre e inadequado vocabulário (às vezes grosseiros) dos participantes das reuniões. Serviu, contudo, para revelar que houve interesse, até porque imprescindível, em respeitar a Constituição.
As sessões a que se assistiu mostraram o nível intelectual dos representantes que os cidadãos escolheram para representá-los. Algo que não exalta as tradições dos grandes tribunos que historicamente brilharam nas duas Câmaras do Congresso. Sem embargo, cumpriu-se, de algum modo, o que se esperava, pelo menos no que concerne à forma e ao ritual.
Estas observações conduzem naturalmente ao discurso pronunciado por Rui Barbosa, em 1920, aos formandos da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, em São Paulo. A peça pela riqueza de ensinamentos recebeu o título de “Oração aos Moços” e foi lida pelo professor Reinaldo Porchat, em face do debilitado estado de saúde do paraninfo. Quase um século após a solenidade, suas considerações merecem leitura e meditação pelo que contém de grandeza espiritual.
Não faltou a Rui ensejo de tecer críticas, enfatizando que estamos “num país onde a lei absolutamente não exprime o consentimento da maioria, onde são as minorias, as oligarquias mais acanhadas, mais impopulares e menos respeitáveis, as que põem e dispõem, as que mandam e desmandam em tudo; a saber: num país, onde, verdadeiramente, não há lei, não há moral, pública ou juridicamente falando”.
Meça-se a crueza no exame de uma situação ainda não inteiramente mudada. Perduram vícios, pois “no Brasil, a lei se deslegitima, anula e se torna inexistente, não só pela bastardia da origem, senão ainda pelos horrores da aplicação”. O estadista baiano, que não galgou à Presidência da República, não deixa escapar oportunidade de apelar às escrituras. Declarou: “Ora, dizia São Paulo que boa é a lei, onde executada com legitimidade.
Para Rui, “de nada aproveitam leis, bem se sabe, não existindo quem as ampare contra os abusos; e o amparo sobre todos essencial é o de uma Justiça tão alta no seu poder, quanto na sua missão”.
Em determinado trecho de sua célebre oração, Rui lembrou Canuto, rei dos vândalos. Este mandara executar uma quadrilha de salteadores quando um deles pôs embargos, declarando-se parente de “el-Rei”. Foi peremptório Canuto na decisão: “Se provar ser nosso parente, que o coloquem na forca mais alta”.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81507
De: José Ponciano Neto Data: Seg 25/4/2016 09:37:27
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
O MAU CHEIRO QUE PERTURBA: - Vem da ETE ou das Indústrias? Ou dos dois?

Como cidadão montesclarense, conselheiro de vários corpos consultivos e coletivos não poderia deixar de externar os meus conhecimentos acerca da ETE de Montes Claros no qual foi referida no final de Março por dois muralistas deste conceituado sitio montesclaros.com

Claro, a minha ligação com o saneamento básico é intrinsecamente à Copasa e nos Comitês de Bacias Hidrográficas. Isso, não poderei negar. Mas, tudo que escrevo e, como escrevo, muitas vezes, os “ambientalistas das ONG$” de plantões gostam de palpitar; porém, sem conhecimento. É o meu estilo de defender minhas teses e criticar aquilo que devo. Nestes casos, sou Arauto.

Mas, não vou fazer nenhuma critica. Irei somente esclarecer alguns casos inerentes ao mau cheiro que perturba os bairros adjacentes ao Distrito Industrial e a ETE de Montes Claros.

Para inicio. - Em 2002, ocasião que a Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios – PNAD, já indicava que Montes Claros já contava com 95% de Rede Coletora de Esgoto – 3,8% de Fossas Sépticas e Negras, o outro 1,2% eram esgoto lançados em vias públicas. Como nos casos das Vilas Castelo Branco; Tancredo Neves; Joaquim Costa e Prodecor que era vulgarmente conhecida de “Coberta suja”, onde crianças, suínos e cães lambuzavam em vias públicas. Na época 100% do esgoto não era tratado, até mesmo as indústrias aproveitavam da situação

Começaram os levantamentos para a construção da ETE principal e mais três pequenas ETEs, estas, houve alteração no projeto; mudou para elevatórias. Na ocasião trabalhei nos levantamentos de áreas e nos estudos de autodepuração Rio Vieira e do Rio Verde Grande. Não me lembro muito bem, mas era uma exigência do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento – BIRD ligado ao Banco Mundial que iria financiar as obras.

Em 2004 para 2007 começaram a elaboração dos projetos, foram apresentados algumas alternativas, entre elas: (1) Reatores Anaeróbios de Fluxos Ascendentes e manta de Lodo (UASB), seguidos de lagoa aeradas facultativas. (2) - invés das lagoas, filtros biológicos percoladores e decantadores secundários. A opção escolhida foi: Reatores Anaeróbios de Fluxos Ascendentes e manta de Lodo (UASB), filtros biológicos percoladores e decantadores secundários (um sistema mais compacto, com baixa demanda de área).

Diante do projeto a contra partida da Prefeitura era a escolha e desapropriação e custeamento da área, ela (a prefeitura) e a Copasa entraram no consenso. Como foram aquisição e o pagamento da área? - Não sei!

Portanto, a localização da ETE, que na época era uma área rural foi uma opção do município. Alguns vereadores foram à Copasa (BH) para rever a localização - pelo visto, não houve acordo.

Além da ETE, o projeto contemplava os interceptores do Córrego Pai João; - Bicame (Bicano); Cintra e Vargem Grande; e obras complementares de esgotamento sanitário. Também houve muitas discussões, palestras e negociações com moradores das margens dos córregos. Mas, foram concluídas. Falta urbanização e asfalto nas vias, que de obrigação da Prefeitura conforme os acordos feitos nas reuniões que participei.

De 2007 a 2009 foi o período das Licenças Prévia (LP) e de Instalação (LI) e execução das obras. Em 09 de Fevereiro 2010 foi inaugurada tratando 500 l/seg.

Em 2014 a Copasa entrou com o projeto de ampliação da ETE na SUPRAM, e só agora (2016) a prefeitura deu anuência para tal.
Para o final de Plano em 2030. Está previsto a construção de outras unidades, totalizando 16 reatores com capacidade para 1200 litros por segundo- atenderá uma população contribuinte de 800 mil habitantes.

Com relação os atuais odores insuportáveis. Cabe a Secretaria do Meio Ambiente e Codema fiscalizarem e investigar a origem. Como já foi noticiado, há sim descargas dos laticínios (indústrias) nos córregos que cortam a cidade. O odor da ETE tem sua característica bem diferente do laticínio. Para entender a ETE no caso da chuva não há inversão térmica nos reatores, e sim, inversão de camadas de lodos, e o gás liberado vai para o gasômetro e queimado.

Em todas ETEs do mundo a maior liberação do gás do composto fétido acontece no tratamento primário (na chegada) devido à concentração dos resíduos putrescíveis e a turbulência do fluxo do esgoto.
Os compostos no liquido em condições ácidas libera o sulfeto e amônia, um cheiro desagradável. Mas, na ETE de Montes claros no tratamento primário, estes gases são inibidos ( abrandados ) diariamente com CAL.

Infelizmente – na minha concepção – ETEs não liberam gases satisfatórios em horários de picos, quando aumenta a turbulência. Mas com ampliação da ETE de Montes Claros creio que tudo poderá melhorar.

Não estou aqui fazendo uma defesa a Copasa, não tenho esta anuência, mas, tudo tem que ser investigado, principalmente os lançamentos clandestinos.

Concluindo: a localização da ETE não dependeu unicamente da Copasa, quem bem sabem são os Prefeitos e secretários de 2003 a 2010. Para melhor esclarecimento, leiam as atas da LO; LI e LO disponíveis na SUPRAM.

OBS: O artigo não se trata de uma NOTA da Copasa, mas, de um cidadão inserido na questão.
.
(*) José Ponciano Neto é Conselheiro no COPAM-NM - Técnico em Meio Ambiente e Recursos Hídricos - membro do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros - Membro da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES e Conselheiro nos Comitês de bacias Hidrográficas SF06 e JQ1.

Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 81506
De: Maria Luiza Silveira Teles Data: Dom 24/4/2016 14:00:45
Cidade: Montes Claros - MG  País: Brasil
E-mail: mluizateles@gmail.com
O AMOR

O amor é a própria essência do universo. É a força coesiva, que liga os átomos e faz girar os astros em suas devidas órbitas. O amor é vida, é união, é fé, esperança, mudança, movimento, recomeço, ressurreição. É a força maior que governa a vida. E, se ele é a essência da vida, é, também, a nossa própria natureza.
Entretanto, você pode se perguntar: “Mas, se é assim, por que tantos homens só demonstram desamor”? É verdade. O desamor, no entanto, não é senão uma desvirtuação, uma falha, uma doença da alma.
Quando notamos a ausência de amor na personalidade de uma pessoa, podemos estar certos de que alguma coisa, algum fato, algum trauma, provocou essa triste doença a que chamamos desamor.
Embora seja de nossa natureza amar, por muitos motivos podemos não amar corretamente. Sentimento de posse, carência, egoísmo não são amor, ou melhor, são formas tortas, doentias, patológicas de se amar.
A definição dada por São Paulo é, sem dúvida, a mais perfeita e clara:
“Ainda que eu fale a língua dos homens e dos anjos, se não tiver amor serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine. (...) O amor é paciente, é benigno, tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece (...). Não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal, não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade.” O amor, pois, antes de tudo, deseja o bem do amado.
Quando amamos apenas algumas pessoas, não expandimos ainda a nossa espiritualidade, pois o verdadeiro amor com-partilha com todos. O verdadeiro amor inclui a humanidade e toda a criação. Não podemos, entretanto, amar de verdade a alguém se não amamos a nós mesmos. Por isso, na aprendizagem do amor, o autoconhecimento e a autoestima são fundamentais.
Em primeiro lugar, devemos nos apreciar, nos aceitar, nos admirar, conhecer nossas qualidades e defeitos, gostar de nossa própria companhia, sermos benignos e compassivos conosco mesmos. Só então seremos capazes de amar verdadeiramente. Por isso toda a nossa vida é um exercício e uma aprendizagem de amor.
NÓS SOMOS AMOR
Você pode, novamente, se perguntar: “Mas, se o amor é de nossa natureza, por que devemos aprender?” Você deve se lembrar de que todas as nossas capacidades, que nos caracterizam como “humanos” nascem conosco em “potencialidade”. E o que está em potencial deverá se desenvolver e como se desenvolver senão através da aprendizagem e do exercício? É como a semente que deverá romper a dureza da terra para desabrochar e se realizar como planta que é. A maior e mais dura camada que devemos romper para desabrochar e realizar a mossa natureza amorosa é a dura casca do egoísmo, do orgulho, da soberba, da autossuficiência.
Nós só nos realizamos no encontro, no com-partilhar, no consentir. Por isso, ninguém pode verdadeiramente amar, se entregar de verdade, se realizar, sem com-viver.
O amor na sua plenitude é o próprio Deus. E nós humanos, conforme palavras do próprio Cristo, somos aprendizes de deuses.
Leon Denis, um filósofo e escritor francês, dizia: “Amar é o segredo da felicidade. Com uma só palavra o amor resolve todos os problemas, todas as obscuridades. O amor salvará o mundo; seu calor fará derreter os gelos da dúvida, do egoísmo, do ódio; enternecerá os corações mais duros. Mais refratários.” E, ainda: “Abri o vosso ser interno, abri as janelas da alma aos eflúvios da vida e, de súbito, essa prisão encher-se-á de claridade, de melodias, um mundo todo de luz penetrará em vós”.
ABRA AS JANELAS DA ALMA

O amor é capaz de curar, de libertar, de aumentar a nossa imunidade orgânica. E não falamos apenas de uma cura física, mas de cura espiritual, que implica a libertação da mágoa, da culpa, da raiva, do egoísmo, do orgulho, da vaidade, do desespero, da falta de fé, do ressentimento, da revolta.
Quando amamos de verdade o nosso semelhante, nós nos purificamos e nos tornamos tão puros como recém-saídos do sopro do Criador.

Não conheço a autoria do texto que se segue, mas, sem dúvida, ele é verdadeiro.
“A inteligência sem amor te faz prepotente.
A humildade sem amor te faz hipócrita.
A pobreza sem amor te faz orgulhoso.
A justiça sem amor te faz implacável.
A autoridade sem amor te faz tirano.
O trabalho sem amor te faz escravo.
A docilidade sem amor te faz servil.
O êxito sem amor te faz arrogante.
A política sem amor te faz egoísta.
A riqueza sem amor te faz avaro.
A oração sem amor te faz falso.
A lei sem amor te faz perverso.
A beleza sem amor te faz fútil.
A fé sem amor te faz fanático.
A cruz sem amor se converte em tortura.
A vida sem amor não tem sentido”.

Maria Luiza Silveira Teles (presidente da Academia Montes-clarense de Letras)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81505
De: José Ponciano Neto Data: Sex 22/4/2016 09:55:40
Cidade: Montes Claros/MG
Aumentou e muito o roubo de celulares em igrejas. Ontem 20/04 o celular de uma senhora foi roubado dentro da Catedral de Montes Claros. O larápio aproveitou do descuido da senhora no momento da adoração do Santíssimo. Como a missa é filmada, fui ao vídeo no site da igreja e conseguimos identificar o possível ladrão. Um rapaz que desaparece logo após conclusão do saque da bolsa. Seria muito bom; os padres e pastores aconselhar os fieis a não descuidarem dos seus pertences durante os cultos antes de começar. Investigadores poderiam frequentar os templos com o intuito de identificarem estes bandidos disfarçados de Religiosos (Fiel). - Aumentou muito este tipo roubo!!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81504
De: Manoel Hygino Data: Sex 22/4/2016 08:46:01
Cidade: Belo Horizonte
De Júlio César ao nosso tempo

Manoel Hygino - Hoje em Dia

Ao passar o Rubicão, pequeno rio que, na antiga Roma, separava a Gália Cisalpina da Itália propriamente dita, Júlio César teria dito: “Alea jacta est”, isto é, a sorte está lançada, pondo-se em guerra contra a República.
As três palavras podem ser evocadas agora, quando acolhida a representação pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Não é, infelizmente, o fim do pesadelo que atropela a nação, há muito tempo, enquanto sofrem as instituições, as empresas, as famílias, o cidadão.
Enquanto partidos e lideranças articulavam na capital da gloriosa República votos contra e a favor do impedimento, mediante deslavada troca de favores e promessas, o Brasil continuava o mesmo: mal. Dir-se-á que sou pessimista, não me importando o julgamento, certamente seguido por milhões de brasileiros.
Apanho os jornais, ouço rádios e vejo as televisões. Recolho informações: menor contra menor nas ruas de Montes Claros. Um rapaz de 17 anos usou um pedaço de ferro para assaltar outro, de 12, no centro da cidade, ao meio-dia. Roubou um celular.
Minas teve 749 vítimas de homicídios, significando 12,5 mortes por dia, no começo de 2016. No ano findo, o número era 1,49% menor.
O emprego na indústria brasileira caiu, pelo 13º mês consecutivo, em fevereiro. As horas trabalhadas no setor industrial tiveram retração, comparadas a janeiro.
Com medo da gripe H1N1, igreja cortou procissão, saudação e até orações de mãos dadas, na Diocese de Taubaté. Também foram suspensas a saudação e abraço de paz, entrega de hóstia na boca dos fiéis, e a procissão do ofertório em todas as missas. São Paulo é o Estado mais rico do país.
Final de março: vacina com H1N1 alcançou o patamar de R$ 300 na rede particular; na rede pública, somente os grupos de risco foram vacinados. A rede particular compreende os laboratórios, hospitais e clínicas especializadas.
Água da Copasa ficará mais cara em maio, e já estamos chegando ao quinto mês do ano. Não é só: no seguinte, o consumidor arcará com mais aumento do precioso líquido – precioso e caro – ao consumidor.
E temos de ficar com barbas de molho. O cenário político mudou, mas o drama por que passam os cidadãos para se desvencilhar honestamente de seus compromissos persiste.
Tanto que o Fundo Monetário Internacional prevê que o Brasil terá um rombo de contas até 2019 – e olhe que haverá eleição presidencial em 2018 – e o superávit primário (economia que o governo precisa fazer para pagar os juros da dívida pública) somente a partir de 2020 apresentaria melhora.
São previsões dramáticas e dolorosas, que as medidas adotadas pelo Congresso o são em tão alto nível que não chegam ao cotidiano dos coitados brasileiros. Alea jacta est.
Enfim, estamos cumprindo nosso dever com o erário: só neste ano, já pagamos R$ 600 bilhões em impostos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81503
De: Denes Data: Sex 22/4/2016 08:13:15
Cidade: Montes Claros/MG
E-mail: denescarvalho@gmail.com
A pé, pelas ruas de M. Claros, moradores entregam os celulares - sob ameaça de armas
Acho um absurdo o que está acontecendo em Montes Claros.Não temos mais segurança em transitar pela cidade em nenhuma hora do dia.A polícia militar pede que ao ser abordados entreguemos nossos bens para não sermos mortos ou espancados.Vem a pergunta: Onde eles estão para nos dar proteção,pois são todos bem pagos e pagos em dia.Seremos obrigados a refazer mudanças nos salários para aumentar a quantidade de homens nas ruas,se o problema for esse.A verdade é que não podemos sair e deixar nossos pertences em casa só para não sermos assaltados,ou então,liberem armas para todos de uma vez e aí cada um faz sua própria segurança,uma vez que a segurança pública não funciona.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81502
De: Fernando Data: Qui 21/4/2016 21:50:02
Cidade: Belo Horizonte
Há poucos minutos, o voto da deputada mineira Raquel Muniz na sessão do impeachment subiu para os noticiários da prestigiosa BBC de Londres. Pode ser visto no site em português da centenária publicação de Sua Majestade, a Rainha da Inglaterra.Trata-se da emissora pública mais respeitada do mundo.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81501
De: Carlos C. Data: Qui 21/4/2016 18:21:11
Cidade: Brasília DF
Dilma viajou hoje para reunião da ONU, nos Estados Unidos, onde promete denunciar "um golpe" em marcha no Brasil. O vice, e agora seu desafeto, Michel Temer, assumiu no lugar e teve que deixar S. Paulo, onde mora, e voltar a Brasília, na tarde de hoje, por recomendação da segurança da Presidência da República. Foi incomodado por protestos na frente de sua casa. Dentro de 20 dias, se tanto, deverá assumir o cargo novamente, com o provável afastamento da presidente por 180 dias. (É de notar que Dilma vai se queixar, no exterior, do vice que assumiu em seu lugar, os dois igualmente sustentados pelos contribuintes, que tudo suportam).
AGRAVAMENTO
Com o agravamento paulatino da situação, já há analistas dizendo que a Presidência da República do Brasil afinal acabe nas mãos de uma montes-clarense, conterrânea de vocês. No caso, a ministra Carmen Lúcia, de 61 anos, cuja família é de Espinosa - mas ela nasceu efetivamente em M. Claros. Ministra do Supremo Tribunal por indicação de Itamar acatada por Lula, ela em breve assumirá a presidência do STF. Nesta cargo, num momento de agravamento da crise, estaria na linha de sucessão e o destino lhe reservaria a atribuição de convocar uma eleição presidencial, nos termos da Constituição.

É a hipótese ainda há pouco levantada pela jornalista Christina Lemos, conforme se lê abaixo:

"Nem Cunha, nem Renan. Carmem Lúcia pode assumir no Planalto

A perspectiva real de afastamento da presidente Dilma Rousseff levanta possibilidade de aplicação dos artigos da Constituição que regulam a substituição do primeiro mandatário do país. Políticos e juristas já desenham cenários para os próximos meses a depender da confirmação do resultado negativo para o governo petista.
Um destes cenários considera o impeachment também de Michel Temer e a temível hipótese de o país ser governado, mesmo que por curto período, pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha; ou ainda pelo senador Renan Calheiros, terceiro na cadeira sucessória, prevista no artigo 80 da Constituição, que decreta:
"Em caso de impedimento do Presidente e do Vice-Presidente, ou vacância
dos respectivos cargos, serão sucessivamente chamados ao exercício da Presidência o
Presidente da Câmara dos Deputados, o do Senado Federal e o do Supremo Tribunal
Federal."
Na interpretação de parte do meio jurídico, o atual presidente da Câmara, Eduardo Cunha, estaria, no entanto, impedido de assumir a presidência da República por ser alvo de ação penal. Cunha está denunciado junto ao STF em duas ações penais. A mesma razão barra também o presidente do Senado. Renan Calheiros também está denunciado no Supremo.
O impedimento dos dois tem base no artigo 86 da Constituição, parágrafo primeiro, que fixa os casos em que um Presidente fica suspenso de suas funções:
"§ 1o O Presidente ficará suspenso de suas funções:
I -nas infrações penais comuns, se recebida a denúncia ou queixa-crime pelo
Supremo Tribunal Federal;
II -nos crimes de responsabilidade, após a instauração do processo pelo Senado
Federal."
Carmem Lúcia presidente - De acordo com o rito para o impeachment estabelecido pelo Supremo, o Senado é que processa e julga o presidente da República, após acusação formulada pela Câmara. Se isso ocorrer a partir dez de setembro, quando a ministra Carmem Lúcia substituirá Ricardo Lewandowski na presidência do STF, será ela quem assumirá a presidência da República no impedimento das demais autoridades.
Neste caso, diz a Constituição, Carmem Lúcia terá prazo três meses para convocar eleição direta para ocupação do cargo:
"Art. 81. Vagando os cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, far-se-á
eleição noventa dias depois de aberta a última vaga."
Os eleitos - presidente e vice - completarão o mandato inconcluso - chamado tampão. Alteração do Código Eleitoral (art 224), prevê que esta eleição deve ser direta. O pleito indireto ocorre somente se faltarem menos de seis meses para a conclusão do mandato.
Todas estas questões se colocam apenas para o caso de impeachment.
Há ações no TSE que buscam impugnar a chapa Dilma-Temer. Neste caso, aplica-se o código eleitoral, que prevê a realização de novas eleições."
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81499
De: Estado de Minas Data: Qua 20/4/2016 08:25:23
Cidade: Belo Horizonte
Prefeito de Montes Claros despacha de dentro da cadeia - Para agradar população, chefe do Executivo de Montes Claros, preso desde segunda-feira, autoriza obras e amplia feriado - Luiz Ribeiro - O prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PSB), preso na segunda-feira (18) em operação da Polícia Federal, despachou nessa terça-feira (19) da cela onde está recolhido, no Presídio Regional da cidade. Mesmo na cadeia, ele assinou um pacote de bondades para os moradores: autorizou licitações de quatro Centros de Educação Infantil (Cemeis), o asfaltamento de ruas em 10 bairros e dois distritos, além da construção da terceira pista de uma avenida e a reforma de 200 praças. Para completar, decretou ponto facultativo na prefeitura na sexta-feira. Assim, os funcionários públicos municipais vão poder emendar o feriado ao fim de semana.“Os atos já estavam prontos e a administração não pode parar, a fim se evitar a solução de continuidade e impedir que a população seja prejudicada”, disse o secretário municipal de Governo e Articulação Política, Farley Menezes. Segundo ele, apesar da prisão, o prefeito “continua em pleno exercício do cargo, pois não foi decretado o seu afastamento”. A assessoria do prefeito anunciou que, por intermédio do advogado Eugênio Pacelli (ex-procurador da República), foi protocolado pedido de habeas corpus a favor de Muniz no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasilia, alegando que “não há fundamento legal para a prisão preventiva”.
De acordo com a PF, as investigações demonstram que o prefeito “direta e indiretamente, valendo-se de meios fraudulentos, tentou destruir e/ou inviabilizar a existência e o funcionamento” dos hospitais credenciados pelo sistema Único de Saúde na cidade – Santa Casa, Aroldo Tourinho, Dilson Godinho e Universitário Clemente de Faria – para favorecer o Hospital Mário Ribeiro, do grupo Soebras. Segundo a PF, em outubro de 2015, o prefeito e a secretária de Saúde, Ana Paula Nascimento, que também está presa, fizeram a retirada de cerca de 26 mil consultas especializadas e 11 mil exames dos hospitais “deixando de prestar os correspondentes serviços pela rede municipal, causando graves problemas à população. A corporação aponta ainda que houve uma auditoria do Sistema Datasus que apontou uma retenção de R$ 16 milhões por parte da prefeitura de recursos destinados a hospitais públicos da cidade e que a suspeita seria o favorecimento ao hospital da Soebras.
Nessa terça-feira (19), por meio de nota, a deputada federal Raquel Muniz (PSD), esposa do prefeito, afirmou que reitera as palavras ditas domingo à noite, durante a votação da abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, quando afirmou que Muniz era um exemplo para o país. Horas depois ele seria preso pela PF. Ao votar na abertura do processo de impeachment Raquel Muniz afirmou: “o meu voto é para mostrar que o Brasil tem jeito e o prefeito de Montes Claros tem mostrado isso para todos nós com sua gestão”. Na sequência, repetiu “sim, sim. Sim”, articulando os braços. O vídeo do voto dela teve grande número de visualizações nas redes sociais depois da prisão do marido.

***

O Tempo - 20/04/16 - 03h00 - Grupo do PSB já trabalha para expulsar Ruy Muniz do partido - A decisão de expulsar Muniz do PSB seria unânime na bancada da Câmara Federal, mas ainda precisa ser tratada com o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda - Constrangidos por conta da prisão do prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PSB), na última segunda-feira, deputados da bancada federal do PSB articulam um jeito de expulsar o político do partido. De acordo com um interlocutor ligado à legenda, o grupo deve, até a próxima semana, enviar um ofício à presidência da sigla para que Muniz seja excluído sumariamente – sem mesmo passar pelo Conselho de Ética da legenda.
A decisão de expulsar Muniz do PSB seria unânime na bancada da Câmara Federal, mas ainda precisa ser tratada com o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, presidente do partido no Estado. Procurada pela coluna, a assessoria de imprensa de Ruy Muniz informou que só ele poderia falar sobre o assunto e, como ele seguia detido por determinação judicial, seria impossível que um contato fosse feito para que ele se manifestasse.
O prefeito de Montes Claros foi preso pela Polícia Federal durante a operação Máscara da Sanidade II – Sabotadores da Saúde. As investigações da corporação apontaram que, direta e indiretamente, o político e a secretária de Saúde de Montes Claros, Ana Paula Nascimento, procuraram inviabilizar a existência e o funcionamento do Hospital Universitário Clemente Faria, da Santa Casa de Misericórdia, da Fundação Aroldo Tourinho e da Fundação Dilson Godinho.
A intenção do prefeito e da secretária, segundo a PF, seria beneficiar o Hospital das Clínicas Mário Ribeiro da Silveira, uma instituição particular comandada pelo prefeito e por seus familiares. Ao todo, a operação cumpriu simultaneamente oito mandados judiciais, sendo quatro de busca e apreensão, nas residências dos suspeitos, dois de busca pessoal, para apreensão de celulares e smartphones dos dois, além dos mandados de prisão preventiva.
Em nota publicada na segunda-feira, a Prefeitura de Montes Claros destacou que “tem plena convicção de que a decisão será revertida com a maior brevidade possível, por entender que a Justiça Federal foi induzida a erro ao receber informações que não se harmonizam com a verdade”. O texto diz, ainda, que “não há razão jurídica para prisão preventiva deles por não haver risco à ordem pública, nem perigo de fuga dos acusados, nem qualquer indício de obstrução da Justiça”.
Ruy Muniz havia sido elogiado no domingo (17) pela mulher, a deputada Raquel Muniz (PSD-MG), durante a votação do impeachment de Dilma Rousseff (PT). Raquel enalteceu a atuação do marido. “Meu voto é para dizer que o Brasil tem jeito, o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com sua gestão”. Ontem, apesar da prisão de Muniz, ela disse que reiterava o que disse na votação.

***

O Tempo - 20/04/16 - 03h00 - Prefeitura pede soltura de Ruy Muniz e secretária - Prefeito da cidade do Norte de Minas é investigado por suposto favorecimento a hospital - DANILO EMERICH ESPECIAL PARA O TEMPO -
A Prefeitura de Montes Claros, no Norte de Minas, entrou ontem com um pedido de soltura do prefeito Ruy Muniz (PSB) e da secretária municipal de Saúde, Ana Paula Nascimento, no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Eles foram presos anteontem pela Polícia Federal (PF) em uma operação que investiga um esquema de favorecimento ao Hospital das Clínicas (HC) Doutor Mário Ribeiro da Silveira, pertencente ao grupo empresarial do político.
Muniz foi preso em Brasília e transferido no mesmo dia para o Presídio Regional de Montes Claros. Ana Paula, presa no município do Norte de Minas, já havia sido levada para o mesmo local.
Segundo o Ministério Público Federal (MPF), que pediu a prisão preventiva dos dois, a Prefeitura de Montes Claros fez, desde outubro, repasses que somam R$ 1 milhão para o HC. O pagamento foi feito após o credenciamento da unidade ao SUS, que seria irregular, segundo as investigações. Também há denúncia de atraso e imposição de obstáculos a outros hospitais públicos e filantrópicos da cidade.

***

Estado de Minas - 20/04/16 - 08h55 - Reitero cada uma das palavras, diz deputada que elogiou marido preso pela PF - Agência Estado - São Paulo - A deputada federal Raquel Muniz (PSD-MG) se manifestou em uma rede social, nessa terça-feira, 19, sobre a prisão do marido, o prefeito de Montes Claros Ruy Adriano Borges Muniz. O chefe do Executivo do município mineiro e a secretária de Saúde Ana Paula Nascimento foram presos pela Polícia Federal na manhã de segunda-feira, 18, pela operação Máscara da Sanidade II - Sabotadores da Saúde, que investiga fraudes para favorecer hospitais privados ligados ao prefeito da cidade.
A prisão ocorreu um dia após o político ser elogiado por Raquel ao proferir seu voto a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, na Câmara. No domingo, 17, a deputada elogiou a conduta do marido e disse que "o Brasil tinha jeito" ao votar pelo afastamento da petista.
Nesta terça, ela confessou que ficou "atordoada e muito chateada com o que aconteceu". Raquel Muniz disse que precisou de um dia "para tomar ciência do que se passava, respirar fundo e não desistir".
"Eu e Ruy sempre soubemos o que poderia acontecer com a gente quando entrássemos para a política, mas jamais que chegaria a esse ponto. No entanto, não vamos nos intimidar em busca de um Brasil, de uma Minas e de um Montes Claros cada dia melhor", declarou. "Por isso, reitero cada uma das palavras ditas no dia 17 de abril durante a votação para aceitar o processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff. Montes Claros tem um gestor íntegro, ético e que preza pela transparência das suas ações."
Segundo as investigações, o grupo do prefeito teria atuado para inviabilizar os hospitais públicos da cidade. Somente em outubro de 2015, segundo a PF, o grupo de Muniz retirou cerca de 26 mil consultas especializadas e 11 mil exames dos hospitais públicos municipais.
Em contrapartida, o hospital privado gerido pela família da deputada que diz querer "melhorar" o País teria sido beneficiado com os procedimentos. Além disso, segundo a PF, desde julho de 2015 até agora, Ruy Muniz se aproveitou do cargo e utilizou verba pública para promover nos principais veículos de comunicação regionais "uma ampla e intensa campanha difamatória contra os hospitais público e filantrópico `concorrentes`, inclusive lançando mão de dados e informações falsas", diz a nota da Polícia Federal.
Para a deputada, "não há razão jurídica para a prisão preventiva" do marido, pois não há "risco a ordem pública, nem perigo de fuga e nem haver qualquer indício de obstrução da justiça".
"Há, sim, razões de outras ordens, não republicanas, que justificam essa investigação. O meu marido, ao contrário do que está sendo amplamente noticiado, não teve a prisão decretada por motivos de corrupção e quem teve o senso ético de buscar a verdadeira motivação na decisão judicial pode verificar isto. Todas as providências jurídicas cabíveis já foram tomadas e tenho a plena certeza de que a verdade prevalecerá", afirmou.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81498
De: Maria Luiza Silveira Teles Data: Ter 19/4/2016 17:28:47
Cidade: Montes Claros - MG  País: Brasil
E-mail: mluizateles@gmail.com
ESPIRITUALIDADE E VIDA

Você já parou para pensar se está satisfeito com sua vida? Era isso mesmo que você queria? Correr atrás do sucesso desesperadamente, viver com estresse e morrer de infarto ou úlcera rompida?... O dinheiro e o sucesso não são maus em si, mas quando sua busca passa a nos ocupar inteiramente, nos cansar e não nos dar mais tempo para nada, eles passam a ser um estopim.
A vida é como uma lufada de vento que logo passa.
E sempre é tempo de darmos outro rumo às nossas vidas! Vamos aprender a nos dar uma folga e respirar fundo, alongar-nos e parar para ler um bom livro, escutar uma boa música, conversar com os amigos, ver as plantas com carinho, aspirarmos ao seu perfume, ouvirmos o canto dos pássaros e, se possível, banharmo-nos em uma cachoeira, dar um mergulho no mar, ouvir o canto de um riacho ou de um carro de boi.
Tudo isso nos faz um bem enorme e nos aproxima de nós mesmos e do Criador. Ele nos toca na borboleta que pousa em nosso ombro, nos fala no silvo do vento...
Isto não é para férias não! É para todos os dias. Tornemos a nossa vida simples, deixemos de nos importar com os comentários dos outros, tiremos as máscaras, abandonemos o personagem "importante", que confundimos com o que somos, e aprendamos a viver de acordo com a natureza. Nesta nova vida, com certeza, vamos encontrar a paz e a felicidade. Sejamos como o rio que corre tranquilo sem se importar com mais nada senão seguir o seu curso.
Você pode ter uma vida cheia de alegria quando procura desenvolver a espiritualidade.
Agora, veja bem: não se pode confundir espiritualidade com religião, embora toda religião reconheça a existência do espírito e busque infundir no coração dos homens a preocupação com a espiritualidade. Existem pessoas que se dizem religiosas e não têm nenhuma espiritualidade. No entanto, um homem sem religião definida, sem ser praticante de qualquer tipo de ritual, pode ser de profunda espiritualidade.
O ser humano se cansou de uma visão do mundo cartesiana, mecanicista e determinista, que nunca lhe trouxe felicidade alguma. Assim, em fins do século XX, esta visão do mundo passou a mudar. O materialismo foi dando lugar a uma ânsia profunda de transcendentalidade. E, depois que a Física Quântica provou que tudo que existe é energia e que a energia é eterna (ela se transforma, mas jamais deixa de existir), passamos a compreender que somos, realmente, algo além da matéria.
É a energia eterna que vive em nós e pode, inclusive, ser registrada pelas mais modernas máquinas inventadas pela tecnologia, é esta energia que dá vida ao nosso corpo. Quando ela nos abandona, deixamos de existir nesse plano, nessa dimensão. Esta energia, porém, a que chamamos de espírito ou alma, vive por toda a eternidade. A crença viva no espírito passou a ser a postura revolucionária das novas gerações, com uma nova visão de mundo e novos paradigmas.
O lado direito do cérebro, centro da intuição, da sensibilidade, da criatividade, da imaginação, passou a se desenvolver, com maior ímpeto, nos jovens. E, com o resgate de uma sabedoria milenar, fruto de uma simbiose entre o Cristianismo, filosofias orientais, o humanismo e a psicologia transpessoal, assistimos a uma nova era: a Era do Espírito.
Não podemos nos esquecer, no entanto, que Sócrates, Platão e tantos outros, antes de Cristo, já acreditavam na existência do espírito.
O leitor haverá de notar que as nossas palavras estão bastante marcadas pela filosofia cristã, porque acreditamos que Cristo foi o único ser perfeito que pisou no planeta Terra, a encarnação verdadeira do Amor, em seu sentido mais amplo e profundo.
Assim, estou falando sobre espiritualidade sob a ótica cristã, mas sem esquecer, jamais, que grandes espiritualistas e místicos, como o Dalai Lama, podem estar fora do Cristianismo. Enfim, que fique bem claro que a espiritualidade significa a preocupação com a busca da perfeição do espírito, a luta por se tornar melhor e mais feliz. Espiritualidade é Vida.
Entendemos que somente indivíduos mansos, pacíficos, humildes, podem construir um mundo melhor, assim como alcançar o equilíbrio e a harmonia interior.
Espiritualidade é, acima de tudo, vida em plenitude. E vida em plenitude é o amor incondicional, o espírito de justiça, o acolhimento, o perdão, a alegria e a realização. Primeiro temos que perdoar a nós mesmos e, depois, a todos que, algum dia, por um motivo qualquer, tenham nos magoado. Somente livre de qualquer mágoa, livre e leve, a pessoa poderá viver sadiamente a sua espiritualidade. Espiritualidade é vida plena.

Maria Luiza Silveira Teles (presidente da Academia Montes-clarense de Letras)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81497
De: Polícia Militar Data: Ter 19/4/2016 09:22:56
Cidade: Montes Claros
No dia 18 de abril, por volta das 15h15, na rua Seis, bairro Recanto da Águas em Montes Claros, a Polícia Militar registrou um acidente de trânsito com vítima fatal. Segundo testemunhas, o condutor de um ônibus do transporte escolar, E.A.A. de 36 anos, conduzia o VEICULO ÔNIBUS VW/ 15190, de cor amarela, placa OWT-7464, que transitava pela via no sentido ao bairro Village do Lago II e que em determinado momento teria parado o ônibus no ponto determinado, desembarcado algumas crianças/alunos de uma escola e logo em seguida iniciou o deslocamento. Segundo o motorista, devido a altura acentuada do veículo, ele não percebeu que a vítima de 06 anos, após descer do ônibus, teria se posicionado na frente do veículo, momento em que veio atropelar a criança. De imediato, acionou a equipe de resgate do SAMU, Tendo a equipe constatado o óbito. Foi acionada a perícia que compareceu ao local e realizou os trabalhos periciais de praxe, encaminhando o corpo da vitima para o IML. O condutor do ônibus escolar foi preso em flagrante e entregue na delegacia.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81496
De: Marluce Data: Seg 18/4/2016 21:07:30
Cidade: M. Claros
A TV Globo, no Jornal Nacional, acaba de reproduzir as imagens do voto da deputada Raquel Muniz no julgamento do impeachment ontem em Brasília. Em seguida, exibiu a reportagem da prisão do prefeito Ruy, acrescentando que ele alega ser perseguido.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81495
De: Copasa Data: Seg 18/4/2016 17:11:22
Cidade: Montes Claros
Neste dia 19/04/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 19/04 às 08h do dia 19/04.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 1: Das 08h do dia 19/04 às 18h do dia 19/04.
Bairros: São Jose, Alto São João, Vila Regina, Renascença, Conjuntos Habitacionais Tancredo Neves, Santa Cecília e floresta, Alice Maia, Vila Exposição, parte Centro, Vila Anália, Novo Delfino, Belvedere Santo Antônio I e II, Jardim Olímpico, Conj. Havaí, Santos Reis, Vila São Francisco de Assis, Vila Antônio Narciso, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Áurea, Santa Eugenia, Eldorado, Vila Castelo Branco, Jardim Alvorada, Vila Sumaré, Dr. Antônio Pimenta, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Santa Rafaela, Vila Telma, Vila Sion, Alto Da Boa Vista, Conj. Habit. Jose Carlos de Lima, Dr. João Alves, Maria Cândida, Carmelo, Grande Independência e Adjacentes, Jardim São Geraldo II, Mangues, Condomínio Gran Royalle Pirâmide, Residencial Sul Ipês, Amazonas, Jardim Brasil
REGIÃO 2: Das 08h do dia 19/04 às 18h do dia 19/04
Bairros: Maracanã, Nossa Senhora das Graças, Conj. Habit. Jose Correia Machado, Ciro dos Anjos Conj. Habit. Joaquim Costa Vila Campos, D. Gregória Vila Atlântida, Bela Vista, Jardim Panorama I e II, Vila Oliveira, Barcelona Park, Nova Morada, Centro, Melo, Todos os Santos I e II, Edgar Pereira, Vila João Gordo, Cintra, Roxo Verde, Vila Ipiranga, Bairro de Lurdes, Vera Cruz, Esplanada, Santa Laura, Interlagos Monte Alegre, Alcides Rabelo, Monte Carmelo, Santo Amaro, Conj. Habit. Alterosa II, Jardim Palmeiras, Santa Lucia I e II.
REGIÃO 5: Das 08h do dia 19/04 às 18h do dia 19/04.
Bairros: Morada do Sol, Santo Expedito, Cândida Câmara, Funcionários, Ibituruna, Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Luiz, Vila Santa Maria.

***

Neste dia 20/04/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 20/04 às 08h do dia 20/04.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 2: Das 08h do dia 20/04 às 18h do dia 20/04
Bairros: Maracanã, Nossa Senhora das Graças, Conj. Habit. Jose Correia Machado, Ciro dos Anjos Conj. Habit. Joaquim Costa Vila Campos, D. Gregória Vila Atlântida, Bela Vista, Jardim Panorama I e II, Vila Oliveira, Barcelona Park, Nova Morada, Centro, Melo, Todos os Santos I e II, Edgar Pereira, Vila João Gordo, Cintra, Roxo Verde, Vila Ipiranga, Bairro de Lurdes, Vera Cruz, Esplanada, Santa Laura, Interlagos Monte Alegre, Alcides Rabelo, Monte Carmelo, Santo Amaro, Conj. Habit. Alterosa II, Jardim Palmeiras, Santa Lucia I e II.
REGIÃO 4: Das 08h do dia 20/04 às 20h do dia 20/04.
Bairros: Morrinhos, Morada Do Parque, Morada Da Serra, Jardim Liberdade, Augusta Mota, Parque Jardim Morada do Sol, Parte Alta Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Geraldo, Major Prates, Santa Rita I e II e Parte Alta Do Sumaré, São Judas I e II Vila Greicy, Ciro dos Anjos, Conj. Habitacional Joaquim Costa.

***

Neste dia 21/04/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 21/04 às 08h do dia 21/04.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 1: Das 08h do dia 21/04 às 18h do dia 21/04.
Bairros: São Jose, Alto São João, Vila Regina, Renascença, Conjuntos Habitacionais Tancredo Neves, Santa Cecília e floresta, Alice Maia, Vila Exposição, parte Centro, Vila Anália, Novo Delfino, Belvedere Santo Antônio I e II, Jardim Olímpico, Conj. Havaí, Santos Reis, Vila São Francisco de Assis, Vila Antônio Narciso, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Áurea, Santa Eugenia, Eldorado, Vila Castelo Branco, Jardim Alvorada, Vila Sumaré, Dr. Antônio Pimenta, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Santa Rafaela, Vila Telma, Vila Sion, Alto Da Boa Vista, Conj. Habit. Jose Carlos de Lima, Dr. João Alves, Maria Cândida, Carmelo, Grande Independência e Adjacentes, Jardim São Geraldo II, Mangues, Condomínio Gran Royalle Pirâmide, Residencial Sul Ipês, Amazonas, Jardim Brasil.
REGIÃO 5: Das 08h do dia 21/04 às 18h do dia 21/04.
Bairros: Morada do Sol, Santo Expedito, Cândida Câmara, Funcionários, Ibituruna, Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Luiz, Vila Santa Maria.

***

Neste dia 22/04/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 22/04 às 08h do dia 22/04.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 1: Das 08h do dia 22/04 às 18h do dia 22/04.
Bairros: São Jose, Alto São João, Vila Regina, Renascença, Conjuntos Habitacionais Tancredo Neves, Santa Cecília e floresta, Alice Maia, Vila Exposição, parte Centro, Vila Anália, Novo Delfino, Belvedere Santo Antônio I e II, Jardim Olímpico, Conj. Havaí, Santos Reis, Vila São Francisco de Assis, Vila Antônio Narciso, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Áurea, Santa Eugenia, Eldorado, Vila Castelo Branco, Jardim Alvorada, Vila Sumaré, Dr. Antônio Pimenta, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Santa Rafaela, Vila Telma, Vila Sion, Alto Da Boa Vista, Conj. Habit. Jose Carlos de Lima, Dr. João Alves, Maria Cândida, Carmelo, Grande Independência e Adjacentes, Jardim São Geraldo II, Mangues, Condomínio Gran Royalle Pirâmide, Residencial Sul Ipês, Amazonas, Jardim Brasil.
REGIÃO 2: Das 08h do dia 22/04 às 18h do dia 22/04
Bairros: Maracanã, Nossa Senhora das Graças, Conj. Habit. Jose Correia Machado, Ciro dos Anjos Conj. Habit. Joaquim Costa Vila Campos, D. Gregória Vila Atlântida, Bela Vista, Jardim Panorama I e II, Vila Oliveira, Barcelona Park, Nova Morada, Centro, Melo, Todos os Santos I e II, Edgar Pereira, Vila João Gordo, Cintra, Roxo Verde, Vila Ipiranga, Bairro de Lurdes, Vera Cruz, Esplanada, Santa Laura, Interlagos Monte Alegre, Alcides Rabelo, Monte Carmelo, Santo Amaro, Conj. Habit. Alterosa II, Jardim Palmeiras, Santa Lucia I e II.
REGIÃO 4: Das 08h do dia 22/04 às 20h do dia 22/04.
Bairros: Morrinhos, Morada Do Parque, Morada Da Serra, Jardim Liberdade, Augusta Mota, Parque Jardim Morada do Sol, Parte Alta Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Geraldo, Major Prates, Santa Rita I e II e Parte Alta Do Sumaré, São Judas I e II Vila Greicy, Ciro dos Anjos, Conj. Habitacional Joaquim Costa.

***

Neste dia 23/04/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 23/04 às 08h do dia 23/04.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 2: Das 08h do dia 23/04 às 18h do dia 23/04
Bairros: Maracanã, Nossa Senhora das Graças, Conj. Habit. Jose Correia Machado, Ciro dos Anjos Conj. Habit. Joaquim Costa Vila Campos, D. Gregória Vila Atlântida, Bela Vista, Jardim Panorama I e II, Vila Oliveira, Barcelona Park, Nova Morada, Centro, Melo, Todos os Santos I e II, Edgar Pereira, Vila João Gordo, Cintra, Roxo Verde, Vila Ipiranga, Bairro de Lurdes, Vera Cruz, Esplanada, Santa Laura, Interlagos Monte Alegre, Alcides Rabelo, Monte Carmelo, Santo Amaro, Conj. Habit. Alterosa II, Jardim Palmeiras, Santa Lucia I e II.
REGIÃO 5: Das 08h do dia 23/04 às 18h do dia 23/04.
Bairros: Morada do Sol, Santo Expedito, Cândida Câmara, Funcionários, Ibituruna, Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Luiz, Vila Santa Maria.

***

Neste dia 25, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 25/04 às 08h do dia 25/04.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 2: De 08h do dia 25/04 às 18h do dia 25/04
Bairros: Maracanã, Nossa Senhora das Graças, Conj. Habit. Jose Correia Machado, Ciro dos Anjos Conj. Habit. Joaquim Costa Vila Campos, D. Gregória Vila Atlântida, Bela Vista, Jardim Panorama I e II, Vila Oliveira, Barcelona Park, Nova Morada, Centro, Melo, Todos os Santos I e II, Edgar Pereira, Vila João Gordo, Cintra, Roxo Verde, Vila Ipiranga, Bairro de Lurdes, Vera Cruz, Esplanada, Santa Laura, Interlagos Monte Alegre, Alcides Rabelo, Monte Carmelo, Santo Amaro, Conj. Habit. Alterosa II, Jardim Palmeiras, Santa Lucia I e II.
REGIÃO 5: De 08h do dia 25/04 às 18h do dia 25/04.
Bairros: Morada do Sol, Santo Expedito, Cândida Câmara, Funcionários, Ibituruna, Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Luiz, Vila Santa Maria.
Neste dia 24/04/2016, serão fechados os registros que abastecem os bairros:
REGIÃO 3: De 01h do dia 24/04 às 08h do dia 24/04.
Bairros: Parte alta Planalto, Universitário, Vilage do Lago II, Nova América, parte do Guarujá, parte alta do Bairro Jardim Primavera, Jardim Alegre.
REGIÃO 1: Das 08h do dia 24/04 às 18h do dia 24/04.
Bairros: São Jose, Alto São João, Vila Regina, Renascença, Conjuntos Habitacionais Tancredo Neves, Santa Cecília e floresta, Alice Maia, Vila Exposição, parte Centro, Vila Anália, Novo Delfino, Belvedere Santo Antônio I e II, Jardim Olímpico, Conj. Havaí, Santos Reis, Vila São Francisco de Assis, Vila Antônio Narciso, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Áurea, Santa Eugenia, Eldorado, Vila Castelo Branco, Jardim Alvorada, Vila Sumaré, Dr. Antônio Pimenta, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Santa Rafaela, Vila Telma, Vila Sion, Alto Da Boa Vista, Conj. Habit. Jose Carlos de Lima, Dr. João Alves, Maria Cândida, Carmelo, Grande Independência e Adjacentes, Jardim São Geraldo II, Mangues, Condomínio Gran Royalle Pirâmide, Residencial Sul Ipês, Amazonas, Jardim Brasil.
REGIÃO 4: Das 08h do dia 24/04 às 20h do dia 24/04.
Bairros: Morrinhos, Morada Do Parque, Morada Da Serra, Jardim Liberdade, Augusta Mota, Parque Jardim Morada do Sol, Parte Alta Vila Guilhermina, Cidade Nova, Jardim São Geraldo, Major Prates, Santa Rita I e II e Parte Alta Do Sumaré, São Judas I e II Vila Greicy, Ciro dos Anjos, Conj. Habitacional Joaquim Costa.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81494
De: Rodrigues Data: Seg 18/4/2016 16:47:42
Cidade: M. Claros
Quatro informações em torno da prisão do prefeito de M. Claros, pela Polícia Federal, hoje cedo em apartamento de Brasília DF:
1 - O prefeito retornou a M. Claros, no começo da tarde, e chegou ao prédio da PF, localizado defronte ao prédio da Prefeitura, quando era 14h. Veio num carro descaracterizado da PF. Se permanecer preso, conservará as funções de prefeito por 15 dias, admite a PF.
2 - A notícia da prisão, impulsionada pela declaração de voto da esposa, deputada Raquel Muniz, está em todos os jornais, revistas e redes de TV, inclusive em publicações internacionais. É a notícia mais lida no site da Folha de S. Paulo, neste momento, superando notícias dos fatos de ontem em Brasília.
3 - O acontecimento mereceu retuítes do escritor Paulo Coelho, o brasileiro mais lido em todo mundo.
4 - Caso o período de prisão extrapole os 15 dias (por se tratar de prisão preventiva, sem prazo), assume o cargo o vice, radialista José Vicente. A assessoria do prefeito, que o julga perseguido politicamente, trabalha e acredita que a soltura ocorrerá em breve.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81493
De: Prefeitura de Montes Claros Data: Seg 18/4/2016 12:03:51
Cidade: Montes Claros
Nota Oficial - A Prefeitura de Montes Claros recebeu com serenidade a decisão do Desembargador Ney Bello, determinando a prisão do prefeito Ruy Muniz e da secretária da Saúde, Ana Paula Nascimento.
O prefeito Ruy Muniz permanece no pleno exercício do cargo; todos os órgãos da Administração continuam funcionando normalmente.
Ao cobrar profundas mudanças no sistema de saúde de Montes Claros, em defesa da população, o prefeito contrariou interesses e provocou forte perseguição política.
A Prefeitura tem plena convicção de que a decisão, absurda, será revertida e a Justiça prevalecerá.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81492
De: O Tempo Data: Seg 18/4/2016 10:02:15
Cidade: Belo Horizonte
Polícia prende agente que teria matado estudante - Luís Fernando Aquino estava escondido em fazenda - Danilo Emerich - As polícias Civil e Militar prenderam, em uma operação conjunta, um agente penitenciário suspeito de matar um estudante e balear outros dois homens, entre eles um policial civil, durante uma briga em um restaurante na cidade de Montes Claros, na região Norte de Minas. Luís Fernando Figueiredo Aquino, 32, foi encontrado na noite do último sábado na zona rural do município de Coração de Jesus, na mesma região. O suspeito, que fugiu momentos após o crime, estaria se escondendo em uma fazenda, no povoado de São Geraldo.
Ao chegarem ao local, os policiais encontraram o veículo do agente penitenciário, uma caminhonete Nissan Frontier, de cor branca. Durante a abordagem, Aquino desceu do carro e correu em direção a um matagal. Depois de uma perseguição, ele foi detido, porém entrou em luta corporal com os policiais, e foi preciso usar a força para contê-lo.
Luís Fernando, que não quis dar detalhes sobre a confusão que ocorreu na madrugada do mesmo dia, afirmou apenas que perdeu a arma usada durante o crime. Ele foi levado para a delegacia de plantão em Montes Claros para ser ouvido e depois foi encaminhado para o presídio da cidade.

***

Estado de Minas - Agente penitenciário é preso suspeito de matar universitário em casa de shows no Norte de MG - Estudante foi morto a tiros na madrugada desse sábado durante confusão - Luiz Ribeiro - Foi preso na noite desse sábado o agente penitenciário Luís Fernando Ferreira, apontado como autor da morte do estudante de direito Vinicius Afonso Silva Cordeiro, de 23 anos, assassinado durante uma festa numa casa de shows em Montes Claros, no Norte de Minas. Outras três pessoas foram baleadas, durante a confusão. Luís foi detido em uma ação conjunta das polícias Civil e Militar em Coração de Jesus, na mesma região, a 75 quilômetros de Montes Claros. O carro do agente penitenciário – uma caminhonete Frontier – foi apreendido. Já a arma usada no crime ainda não foi localizada. O suspeito será encaminhado para Belo Horizonte.O crime foi cometido durante a madrugada do sábado durante o show da dupla sertaneja Sérgio e Rodrigo. Os tiros provocaram pânico entre os frequentadores da casa, que estava lotada. Segundo a polícia, Luís usou uma pistola calibre 380 para atirar contra as vítimas, depois de uma discussão por causa de bebida.
De acordo com o boletim de ocorrência, Vinícius estava em uma mesa em companhia de mais duas pessoas, quando o agente penitenciário chegou e pegou uma garrafa de vodca sem pedir permissão. Eduardo Henrique Vieira Silva se levantou e tentou tomar a garrafa do agente. Foi iniciada uma confusão e o policial civil Edson Ferreira Costa, de 38, tentou interferir na situação.
Na confusão, o agente sacou uma pistola e começou a disparar contra as outras pessoas. Vinícius foi atendido depois de ser atingido por cinco tiros. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e morreu ao dar entrada no hospital de Montes Claros. O policial civil foi baleado na bacia e no joelho direito. Ele segue internado em uma unidade de saúde da cidade.Já Tarcísio Martins Silva, de 30, foi atingido no braço direito e Vitor Almeida Vieira, de 21, baleado na mão esquerda. A estudante Anne Caroline de Mirana Pinho, de 21, teve ferimentos leves. O crime ocorreu na casa de show chamada Emporio da Serra, no Bairro Ibituruna.O corpo do estudante morto na boate segue no Instituto Médico Legal (IML) da cidade.O jovem cursava o oitavo período de direito da Faculdade Pitágoras, em Montes Claros.
Segundo a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), nenhum agente penitenciário tem autorização para portar e usar arma fora do horário e local de trabalho.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81491
De: Alberto Sena Data: Seg 18/4/2016 08:14:57
Cidade: Grão Mogol
CASA DE HAROLDO LÍVIO EM REFORMA

Alberto Sena

Maria do Carmo Santos Oliveira, viúva do escritor, cronista e historiador, Haroldo Lívio de Oliveira, falecido em janeiro de 2015, já faz alguns dias encontra-se em Grão Mogol cuidando da reforma da casa deixada por ele, na Rua Luiz Gonçalves, 74, no Centro Histórico. Soube disso porque moro na mesma rua, algumas casas adiante, e vi a movimentação de pedreiros e pintores. Por esses dias coincidiu de estar passando na porta no momento em que Maria do Carmo chegava da rua.
Ela mostrou-me a casa toda por dentro. Nunca havia entrado lá e confesso, tinha curiosidade em saber como é o interior da casa. Vendo a fachada imaginava lá dentro. Nada sei sobre a história da casa. Pode ter sido sede de uma fazenda. A partir do seu estilo percebe-se ser antiga. No mínimo “uns 200 anos”, diz Maria do Carmo.
Uma casa com tanta história leva a gente a pensar na Grão Mogol de 200 anos atrás. O movimento da cidade devia ser superior ao de hoje devido à corrida ao diamante. Homens, principalmente, todos garimpeiros indo e vindo, estrangeiros de várias partes chegando ávidos por fazer fortuna. A Pedra Rica, a primeira ocorrência no mundo de diamantes incrustados foi chamariz.
A casa é de pedras, como de pedras são diversas casas de Grão Mogol. Umas estão com as pedras à mostra e noutras as pedras estão escondidas por argamassa de reboco. A casa onde Haroldo Lívio viveu dias memoráveis como cidadão honorário grãomogolense guarda histórias impregnadas nas paredes, no telhado e no chão que Maria do Carmo e as filhas, Fabíola Belkis, Luciana e Clarissa Mônica agora têm a missão de levar adiante.
Esta é a primeira reforma da casa desde que Haroldo a comprou. “Ele nunca tinha tempo de reformar”, disse ela. Como se trata de um patrimônio historicamente importante e é um bem estimativo, Maria do Carmo se armou de coragem e veio a Grão Mogol com a disposição de só ir embora depois de a reforma acabada.
Com a autoridade de quem sabe o que quer fazer ali na casa, ela contratou o mestre de obras Carlito Gomes. Ele assumiu a empreitada e aos poucos a casa foi ganhando feições renovadas, a começar da fachada, pintada de branco com janelas azuis, o que ficou melhor. Toda a fiação elétrica sob risco de um curto-circuito, foi substituída.
O muro da frente da casa foi substituído. Ganhou portão para entrada de carros no pátio onde estão pés de manga ubá e espada, além do jardim. Nele estão sendo afixadas lanternas para realçar o aspecto noturno coerente com a aura de Grão Mogol, uma das mais impressionantes cidades históricas mineiras.
Ao contrário das paredes de casas construídas atualmente, estreitas e de tijolos furados, as paredes levantadas antigamente são largas, seja em casas de pedras, de adobe ou de enchimento. As paredes da casa da família de Haroldo têm meio metro de largura.
Com o seu toque feminino, Maria do Carmo refez o muro de pedras nos fundos da casa até meia altura e nele instalou uma cerca de arame farpado, para preservar a visão exterior.
A casa dá fundos para o Ribeirão (do Céu) do Inferno. Os móveis são antigos, compatíveis com o seu interior. “Acontece de recebermos 20 pessoas duma vez”, conta Maria do Carmo. O mais incrível é que todos ficam bem acomodados. Na cozinha, as enormes panelas confirmam a hospitalidade dela. Têm poder para alimentar um batalhão.
Maria do Carmo procede como se estivesse contando com a aprovação de Haroldo. Teve um momento, antes de convidar para tomar café com bolos, queijos e outras guloseimas, que ela perguntou: “Você acha que o Haroldo aprova isto”? “Sem dúvida alguma”, respondi. E emendei: “Essa reforma significa que vai se mudar para Grão Mogol”? Ela disse que não, mas “virei com mais frequência”.
Acredito, quem parte não leva memória alguma da vida terrena, mas na hipótese de haver alguma possibilidade, a essa altura Haroldo sorri de satisfação pela maneira como Maria do Carmo conduz o processo de fazimento da reforma, como uma arquiteta em plena atividade.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81490
De: POLICIA FEDERAL Data: Seg 18/4/2016 08:24:41
Cidade: Montes Claros/MG  País: Brasil
E-mail: dpf.cm.moc.srmg@dpf.gov.br
OPERAÇÃO “MÁSCARA DA SANIDADE II” PRENDE PREFEITO DE MONTES CLAROS/MG

Montes Claros/MG - A Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público Federal, deflagrou na manhã de hoje, 18/04, a Operação “Máscara da Sanidade II - Sabotadores da Saúde”, com objetivo de prender o atual prefeito de Montes Claros/MG e a atual secretária de saúde.

A operação consiste no cumprimento simultâneo de 08 mandados judiciais: 04 Mandados de Busca e Apreensão (residência dos acusados, prefeitura e secretaria de saúde), 02 Mandados de Busca Pessoal, a fim de apreender celulares e smartphones (prefeito e secretária de saúde), além de 02 Mandados de Prisão Preventiva (prefeito e secretária de saúde), expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília/DF.

As investigações demonstraram que os acusados, direta e indiretamente, valendo-se de meios fraudulentos, intentaram destruir e/ou inviabilizar a existência e o funcionamento dos hospitais público (Hospital Universitário Clemente Faria) e filantrópicos (Santa Casa de Misericórdia, Fundação Aroldo Tourinho e Fundação Dilson Godinho) de Montes Claros/MG, que atendem pelo SUS uma população de aproximadamente 1.600.000 pessoas, distribuídas nos 86 municípios situados no Norte de Minas Gerais. À guisa de exemplo, em outubro de 2015, os presos promoveram a retirada de cerca de 26 mil consultas especializadas e 11 mil exames dos hospitais, deixando de prestar os correspondentes serviços pela rede municipal, causando graves prejuízos à população de quem os serviços foram suprimidos.
Com isso, os acusados pretendiam favorecer ao hospital privado (não filantrópico) Hospital das Clínicas Mario Ribeiro da Silveira (ou Âmbar Saúde), pertencente e gerido, de fato, pelo prefeito municipal, seus familiares e respectivo grupo econômico.

De julho de 2015 até o presente momento, o prefeito de Montes Claros/MG, utilizando-se indevidamente de verbas públicas para dar vazão ao seu projeto criminoso, valendo-se do cargo público ocupado, tem divulgado nos principais veículos de comunicação uma ampla e intensa campanha difamatória contra os hospitais público e filantrópico “concorrentes”, inclusive lançando mão de dados e informações falsas.

Os presos, já denunciados junto ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região, responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de falsidade ideológica majorada (art. 299 do Código Penal), dispensa indevida de licitação pública (art. 89 da Lei 8.666/93), estelionato majorado (art. 171, § 3º), prevaricação (art. 319 do Código Penal) e peculato (art. 1º, II, do Decreto-Lei 201/67). Se condenados, as penas máximas aplicadas aos crimes ultrapassam 30 anos.

A expressão “Máscara da Sanidade” é referência ao primeiro estudo sobre sociopatas publicado em 1941, com o livro The MaskofSanity, de autoria do psiquiatra americano HERVEY CLECKLEY, onde relata casos de pacientes que apresentavam um charme acima da média, uma capacidade de convencimento muito alta e ausência de remorso ou arrependimento em relação às suas atitudes. O Brasil, conforme dados do IBGE, possui 17 milhões de miseráveis na linha da extrema pobreza, dos quais quase 1 milhão vivem com renda mensal zero. Mesmo diante de um quadro como esse, ainda persistem em nossa sociedade, nas palavras da psiquiatra ANA BEATRIZ BARBOSA SILVA, “profissionais, camuflados de executivos bem-sucedidos... trabalhadores, pais e mães de família, políticos” que, acobertados pela máscara da sanidade, desviam e/ou apropriam-se de recursos públicos, em muitos casos, destinados às necessidades mais elementares da população carente, como é a hipótese da saúde.

Será concedida entrevista coletiva às 14:00 hs na Delegacia da Polícia Federal em Montes Claros/MG, localizada na Rua Coração de Jesus, 500, Centro.


***

Jornal O Tempo, BH - 09h11 - Prefeito de Montes Claros é preso em Brasília durante operação da PF - Ruy Muniz e secretária de saúde, que também foi detida, teriam, segundo investigações tentado inviabilizar a existência de hospitais públicos; a intenção era beneficiar uma instituição particular, que seria do político - Carolina Caetano - O prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, e a secretária de saúde da cidade, Ana Paula de Oliveira Nascimento, foram presos na manhã desta segunda-feira (18). De acordo com a Polícia Federal (PF), as prisões aconteceram durante a operação “Máscara da Sanidade II - Sabotadores da Saúde”. As investigações apontaram que, direta e indiretamente, o político e a secretária procuraram inviabilizar a existência e o funcionamento do Hospital Universitário Clemente Faria, Santa Casa de Misericórdia, Fundação Aroldo Tourinho e Fundação Dilson Godinho. A intenção dos suspeitos seria beneficiar o Hospital das Clínicas Mario Ribeiro da Silveira, uma instituição particular comandada pelo prefeito e seus familiares. Ao todo, a operação cumpriu simultaneamente oito mandados judiciais, sendo quatro de busca e apreensão, nas residências dos suspeitos, dois de busca pessoal, para apreensão de celulares e smartphones dos dois, além dos mandados de prisão preventiva.O político, que está em Brasília, e a secretária, detida em Montes Claros, já foram denunciados junto ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região e vão responder por crimes de falsidade ideológica majorada, dispensa indevida de licitação pública, estelionato majorado, prevaricação e peculato. Caso sejam condenados, as penas máximas aplicadas aos crimes ultrapassam 30 anos.
Segundo a corporação, mais detalhes do caso será repassado à imprensa no início da tarde durante uma coletiva de imprensa.
Procurada pela reportagem de O TEMPO, a prefeitura da cidade informou que recebeu apenas uma nota da PF em relação à operação, mas, oficialmente, ainda não comenta a prisão do político.
Consultas suspensas
De acordo com a PF, em 2015, os investigados fizeram a retirada de cerca de 26 mil consultas especializadas e 11 mil exames dos hospitais, que atendem pelo Sistema Único de SUS uma população de aproximadamente 1.600.000 pessoas, distribuídas nos 86 municípios situados no Norte de Minas Gerais.
Ainda conforme as denúncias, o prefeito teria usado indevidamente verbas públicas.

***

Estado de Minas, BH - 09h33 - PF prende o prefeito de Montes Claros - O prefeito é investigado pela Polícia Federal por suspeita de fraudar o funcionamento de um hospital público em Montes Claros, cidade onde Muniz é prefeito - A Polícia Federal prendeu na manhã desta segunda-feira, em Brasília, o prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz. Ele foi preso preventivamente (sem tempo determinado) em função das investigações da Operação Máscara da Sanidade II - Sabotadores da Saúde`. Além de Muniz, a PF cumpre quatro mandados de busca e apreensão na Prefeitura de Montes Claros e na casa dos envolvidos nas investigações.
De acordo com a Polícia Federal, os suspeitos usaram de meios fraudulentos para tentar inviabilizar o funcionamento de hospitais de Montes Claroos, no Norte de Minas, para favorecer o Hospital das Clínicas Mario Ribeiro da Silveira, que, segundo a PF, pertence ao prefeito.
O prefeito e a secretária de saúde devem responder pelos crimes de estelionato majorado, prevaricação, peculato, falsidade ideológica majorada e dispensa indevida de licitação pública.
Aguarde mais informações.

Estado de Minas - Deputada elogia marido e ele é preso por corrupção no dia seguinte - Raquel Muniz (PSD-MG) é casada com o prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, preso nesta segunda-feira, em Brasília, por crimes como falsidade ideológica, estelionato e prevaricação - Nesse domingo (17), a deputada Raquel Muniz (PSD/MG) votou pelo sim ao impeachment dia presidente Dilma Rousseff. Ao justificar o voto, ela destacou que o "Brasil tem jeito", para em seguida acrescentar: "o prefeito de Montes Claros (Norte de Minas) mostra isso coma sua gestão". Ruy Muniz, marido de Raquel, foi preso nesta segunda-feira sob a acusação de fraudar o atendimento em um hospital público da cidade do norte-mineiro para beneficiar uma unidade hospitalar, que, conforme a Polícia Federal pertence a Muniz. (...)

***

Correio Braziliense, DF - 10h51 - Defendido pela esposa na Câmara, prefeito de Montes Claros é preso pela PF
Prefeito é investigado por suspeita de fraudar o funcionamento de um hospital público. No domingo, ele foi defendido na tribuna pela esposa, a deputada Raquel Muniz (PSD-MG) - A Polícia Federal prendeu na manhã desta segunda-feira, em Brasília, o prefeito de Montes Claros (MG), Ruy Muniz. Ele foi preso preventivamente (sem tempo determinado) em função das investigações da `Operação Máscara da Sanidade II - Sabotadores da Saúde`. Além de Muniz, a PF cumpre quatro mandados de busca e apreensão na Prefeitura de Montes Claros e na casa dos envolvidos nas investigações.
De acordo com a Polícia Federal, os suspeitos usaram de meios fraudulentos para tentar inviabilizar o funcionamento de hospitais de Montes Claroos, no Norte de Minas, para favorecer o Hospital das Clínicas Mario Ribeiro da Silveira, que, segundo a PF, pertence ao prefeito.
No último domingo (17/4), a primeira-dama do município usou os dez segundos que tinha para discursar a favor de Ruy Muniz, no plenário da Câmara. "Para dizer que o Brasil tem jeito e o prefeito de Montes Claros mostra isso", a deputada federal Raquel Muniz (PSD-MG) votou a favor do prosseguimento do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.
O prefeito e a secretária de saúde devem responder pelos crimes de estelionato majorado, prevaricação, peculato, falsidade ideológica majorada e dispensa indevida de licitação pública.


***

Jornal Extra, Rio - 18/04/16 10:28 - Marido de deputada que votou pelo impeachment, prefeito é preso pela PF - Eduardo Bresciani - O Globo - BRASÍLIA - O prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PSB), foi preso preventivamente pela Polícia Federal em Brasília na manhã desta segunda-feira. Ele é marido da deputada Raquel Muniz (PSD), que votou a favor do impeachment, e estava na capital justamente para acompanhar o processo contra a presidente Dilma Rousseff.
A investigação da Polícia Federal apura suspeitas de fraudes em licitação na área da saúde. A ação foi batizada de “Operação Mascara da Sanidade II – Sabotadores da Saúde”. Ocorreram ainda outras prisões em Montes Claros.
Ao proferir seu voto na sessão de ontem, a deputada fez questão de exaltar a gestão do marido:
- Meu voto é em homenagem às vítimas da BR-251. É para dizer que o Brasil tem jeito e o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com sua gestão. Meu voto é por Tiago, David, Gabriel, Mateus, minha neta Julia, minha mae Elza. É pelo norte de Minas, é por Montes Claros, é por Minas Gerais, é pelo Brasil. Sim, sim, sim.
Ela já tinha antecipado sua posição na discussão do processo de impeachment na sexta-feira e a gestão do marido foi vendida por ela como exemplo no combate à corrupção.
- A corrupção que assola o nosso País é a ferrugem que impede o desenvolvimento. Não podemos mais permitir essa situação. Em Montes Claros, minha cidade natal, o Prefeito Ruy Muniz, senhoras e senhores, criou a Secretaria de Prevenção à Corrupção. E, lá, temos lutado para dar mais qualidade de vida aos montes-clarenses, para garantir dignidade à nossa gente – disse Raquel Muniz, na sexta-feira.

***

O Globo, Rio - 18/04/2016 10:56 - Marido de deputada que votou pelo impeachment, prefeito é preso pela PF - Ruy Muniz administra Montes Claros e estava em Brasília para acompanhar votação - POR EDUARDO BRESCIANI - O prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PSB), foi preso preventivamente pela Polícia Federal em Brasília na manhã desta segunda-feira. Ele é marido da deputada Raquel Muniz (PSD), que votou a favor do impeachment, e estava na capital justamente para acompanhar o processo contra a presidente Dilma Rousseff.
A investigação da Polícia Federal apura suspeitas de fraudes em licitação na área da saúde. A ação foi batizada de “Operação Mascara da Sanidade II – Sabotadores da Saúde”. Ocorreram ainda outras prisões em Montes Claros.
Ao proferir seu voto na sessão deste domingo, a deputada fez questão de exaltar a gestão do marido:
- Meu voto é em homenagem às vítimas da BR-251. É para dizer que o Brasil tem jeito e o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com sua gestão. Meu voto é por Tiago, David, Gabriel, Mateus, minha neta Julia, minha mae Elza. É pelo norte de Minas, é por Montes Claros, é por Minas Gerais, é pelo Brasil. Sim, sim, sim.
Ela já tinha antecipado sua posição na discussão do processo de impeachment na sexta-feira e a gestão do marido foi vendida por ela como exemplo no combate à corrupção.
- A corrupção que assola o nosso País é a ferrugem que impede o desenvolvimento. Não podemos mais permitir essa situação. Em Montes Claros, minha cidade natal, o Prefeito Ruy Muniz, senhoras e senhores, criou a Secretaria de Prevenção à Corrupção. E, lá, temos lutado para dar mais qualidade de vida aos montes-clarenses, para garantir dignidade à nossa gente – disse Raquel Muniz, na sexta-feira.

***

A Tarde, Salvador - 18/04/2016 às 11:32 - PF prende marido de deputada favorável ao impeachment - Um dia após a deputada federal Raquel Muniz (PSD) votar a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), neste domingo, 17, o marido dela, o prefeito de Montes Claros (MG), Ruy Muniz (PSB), foi preso pela Polícia Federal em Brasília. Ele é investigado por suspeitas de fraudes em licitação na área da saúde.
A ironia é que antes de dizer "sim, sim, sim" ao impedimento da presidente, Raquel Muniz disse que a gestão do marido era um exemplo. "Meu voto é em homenagem às vítimas da BR-251. É para dizer que o Brasil tem jeito e o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com sua gestão. Meu voto é por Tiago, David, Gabriel, Mateus, minha neta Julia, minha mãe Elza. É pelo norte de Minas, é por Montes Claros, é por Minas Gerais, é pelo Brasil. Sim, sim, sim".
Na sexta, 15, ela já tinha citado o marido, afirmando que ele era um exemplo de combate a esse tipo de prática. "A corrupção que assola o nosso País é a ferrugem que impede o desenvolvimento. Não podemos mais permitir essa situação. Em Montes Claros, minha cidade natal, o prefeito Ruy Muniz, senhoras e senhores, criou a Secretaria de Prevenção à Corrupção. E, lá, temos lutado para dar mais qualidade de vida aos montes-clarenses, para garantir dignidade à nossa gente", disse.
Antes da prisão do marido, a parlamentar postou em sua página no Facebook um vídeo do momento que ela votou. Mas com a ação da Polícia Federal, internautas começaram a criticá-la, Até as 11h30, ela não tinha se pronunciado na rede social.

***

O Popular - 18/04/16 - 10:51 - Deputada pede fim da corrupção e vê o marido preso pela PF na manhã seguinte - Nilson Bastian/ Câmara dos Deputados - Durante a votação pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), no domingo (17), a deputada Raquel Muniz (PSD-MG), ao declarar o "sim" pelo impeachment, aproveitou para pedir o fim da corrupção e homenagear o seu marido, o prefeito de Montes Claros (MG), Ruy Adriano Borges Muniz (PSB).
O que não era possível imaginar, é que menos de 12 horas depois do seu pedido, o marido de Raquel foi preso preventivamente pela Polícia Federal durante a operação "Máscara da Sanidade II - Sabotadores da Saúde" em Brasília (DF).
O gestor teria usado meios fraudulentos para beneficiar o Hospital das Clínicas Mario Ribeiro da Silveira, de sua propriedade, ao tentar inviabilizar o funcionamento do Hospital Universitário Clemente Faria, Santa Casa, Aroldo Tourinho e Dilson Goldinho. A secretária de Saúde também foi alvo de mandado de prisão, Ana Paula Nascimento.
A operação deve cumprir quatro mandados de busca e apreensão na prefeitura, secretária de saúde e na casa dos suspeitos, sendo que o prefeito e a secretária de saúde devem responder por falsidade ideológica majorada, dispensa indevida de licitação pública, estelionato majorado, prevaricação e peculato.

***

Folha de São Paulo - 18/04/2016 - 11h50 - Elogiado em voto por impeachment, marido de deputada é preso - O prefeito de Montes Claros (norte de Minas Gerais), Ruy Muniz (PSB), foi preso preventivamente pela Polícia Federal nesta segunda-feira (18), um dia depois de sua mulher, a deputada Raquel Muniz (PSD), afirmar que seu marido "mostra que o Brasil tem jeito" ao votar pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Ele estava em Brasília, onde acompanhava a votação. Além dele, a PF também prendeu a secretária de Saúde do município, Ana Paula Nascimento.
Na noite deste domingo, Raquel Muniz disse em seu voto a favor da abertura de processo contra a presidente que tomava aquela decisão "para dizer que o Brasil tem jeito" e que "o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com sua gestão".
"É pelo norte de Minas, é por Montes Claros, é por Minas Gerais, é pelo Brasil", afirmou.
De acordo com as investigações da PF, o prefeito é suspeito de inviabilizar a existência e o funcionamento de hospitais públicos e filantrópicos que atendem pelo SUS ao deixar de prestar serviços pela rede municipal.
O objetivo, segundo a apuração, seria favorecer um hospital privado que pertenceria aos seus familiares e ao grupo econômico deles.
A operação foi nomeada "Máscara da Sanidade II - Sabotadores da Saúde".
Muniz e Nascimento foram denunciados pelo Ministério Público Federal por suspeita de falsidade ideológica, dispensa indevida de licitação, estelionato, prevaricação e peculato.
Procurada, a Prefeitura de Montes Claros disse que se manifestará sobre o caso ainda nesta segunda.
Ano passado, a cidade fez campanhas institucionais contra a corrupção, com eventos sobre o tema e distribuição de panfletos nas escolas e em órgãos públicos.

***

Agência Brasil - 13h13 - Prefeito citado como exemplo em votação do impeachment é preso em Brasília - O prefeito da cidade mineira de Montes Claros, Ruy Muniz, foi preso na manhã de hoje (18), em Brasília, na Operação Máscara da Sanidade 2, da Polícia Federal, que investiga crimes de falsidade ideológica, dispensa indevida de licitação pública, estelionato, prevaricação e peculato.
Ruy Muniz é casado com a deputada Raquel Muniz (PSD-MG) que ontem, durante a votação de admissibilidade do impeachment, citou o marido como exemplo de gestor: "O meu voto é para dizer que o Brasil tem jeito e o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com a sua gestão".
Além do prefeito, também estão sendo cumpridos um mandado de prisão preventiva contra a secretária de Saúde do município, Ana Paula Nascimento, e mais quatro mandados de busca e apreensão e dois de busca pessoal. Se condenados, as penas máximas aplicadas aos crimes ultrapassam 30 anos. As investigações mostram que os acusados, direta e indiretamente, pretendiam inviabilizar a existência e o funcionamento dos hospitais públicos e filantrópicos de Montes Claros que atendem pelo Sistema Único de Saúde para favorecer hospital particular pertencente e gerido pelo prefeito e seus familiares.
Procurada, a Prefeitura de Montes Claros informou que Ruy Muniz segue no pleno exercício do cargo e que todos os órgãos da Administração continuam funcionando normalmente.
“Ao cobrar profundas mudanças no sistema de saúde de Montes Claros, em defesa da população, o prefeito contrariou interesses e provocou forte perseguição política. A Prefeitura tem plena convicção de que a decisão, absurda, será revertida e a Justiça prevalecerá”, diz nota da prefeitura.
Procurada pela Agência Brasil a deputada Raquel Muniz não se manifestou sobre o assunto.

***

Carta Capital - 10h49 - Prefeito elogiado em voto pelo impeachment é preso pela PF - Muitos deputados federais foram criticados após a votação da admissibilidade do processo de impeachment de Dilma Rousseff na Câmara, no domingo 17, por conta da aparente hipocrisia ao comentar casos de corrupção. Afinal, mais da metade dos parlamentares têm ocorrências judiciais pendentes contra si e cerca de um a cada sete já foram condenados.
A discrepância entre o discurso e a realidade dificilmente ficará mais clara do que no caso da deputada Raquel Muniz, do PSD de Minas Gerais. Ao proferir seu voto pelo impeachment, Muniz elogiou o marido, Ruy Adriano Borges Muniz, e o citou como exemplo de que "o Brasil tem jeito".
"O meu voto é pra dizer que o Brasil tem jeito, e o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com a sua gestão", afirmou Muniz antes de citar os filhos, a neta e a mãe como justificativas para o voto.
Na manhã desta segunda-feira 18, entretanto, o comentário de Muniz sofreu um forte abalo. Ruy Muniz, o prefeito de Montes Claros, foi preso pela Polícia Federal na operação Máscara da Sanidade II - Sabotadores da Saúde, que investiga crimes de falsidade ideológica majorada, dispensa indevida de licitação pública, estelionato majorado, prevaricação e peculato.
Muniz e sua secretária de Saúde, Ana Paula Nascimento, são acusados, segundo o portal G1, de usarem meios fraudulentos para tentar inviabilizar o funcionamento de um hospital público em Montes Claros para favorecer o Hospital das Clínicas Mario Ribeiro da Silveira que, segundo a PF, pertence ao prefeito, seus familiares e respectivo grupo econômico.

***

Revista Veja - 14h30 - Deputada dedica voto pelo impeachment ao marido... preso no dia seguinte pela PF - O prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PSB-MG), foi preso preventivamente pela Polícia Federal na manhã desta segunda-feira em Brasília. No domingo, a mulher dele, deputada Raquel Muniz (PSD-MG), votou sim pela admissibilidade do processo de impeachment de Dilma Rousseff e citou seu marido como exemplo de gestão. Em seu discurso, a deputada disse que o Brasil tem jeito e "o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com sua gestão".
A operação Máscara da Sanidade II - Sabotadores da Saúde deflagrada pela Polícia Federal deve cumprir mandados de busca e apreensão na prefeitura, secretaria de saúde e na casa dos envolvidos no esquema. De acordo com o delegado da PF Marcelo Freitas, a secretária de saúde Ana Paula Nascimento também foi presa.
A operação deve cumprir oito mandados judiciais: quatro mandados de busca e apreensão, dois mandados de busca pessoal e dois mandados de prisão preventiva que já foram cumpridos nesta manhã.
Segundo as investigações, os alvos valeram-se de meios fraudulentos para prejudicar os hospitais locais - Hospital Universitário Clemente Faria e Santa Casa de Misericórdia, Fundação Aroldo Tourinho e Fundação Dilson Godinho - localizados em Montes Claros. Em outubro de 2015, eles retiraram cerca de 26.000 consultas especializadas e 11.000 exames dos hospitais municipais, causando graves prejuízos à população que dependem dos serviços.
Com isso, pretendiam favorecer o hospital privado Clínicas Mario Ribeiro da Silveira (Âmbar Saúde) pertencente e gerido pelo prefeito municipal e seus familiares. De acordo com a PF, o prefeito de Montes Claros vem utilizando indevidamente verbas públicas e tem divulgado campanha difamatória contra os hospitais públicos e filantrópicos da cidade.
Os presos na operação Máscara da Sanidade II - Sabotadores da Saúde responderão pelos crimes de falsidade ideológica, dispensa indevida de licitação pública e peculato. Se condenados, as penas podem ultrapassar 30 anos.

***

Rede Globo - Jornal Nacional - Edição do dia 18/04/2016 - 22h19 - Atualizado em 18/04/2016 - Após ser elogiado por deputada na votação da Câmara, prefeito é preso - Prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, é acusado de prejudicar hospitais. - A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira o prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, do PSB. Ele é acusado de prejudicar hospitais públicos da cidade para favorecer um hospital da família dele.
No domingo (17), na Câmara, a deputada federal Raquel Muniz, do PSD, citou o prefeito Ruy, marido dela, na hora de anunciar o voto.
“O meu voto é pra dizer que o Brasil tem jeito. E o prefeito de Montes Claros mostra isso pra todos nós com a sua gestão. É por Minas Merais, é pelo Brasil! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim!
A assessoria da prefeitura de Montes Claros, em Minas Gerias, disse que o prefeito Ruy Muniz é vítima de perseguição política e que ele vai continuar no exercício do mandato.

***

Exame - 12h00 - Elogiado na sessão do impeachment na Câmara é preso pela PF - São Paulo e Belo Horizonte - O prefeito de Montes Claros (MG), Ruy Adriano Borges Muniz (PSB), e a secretária de saúde do município, Ana Paula Nascimento, foram presos pela Polícia Federal na manhã desta segunda-feira, 18, na operação Máscara da Sanidade II - Sabotadores da Saúde, que investiga fraudes para favorecer hospitais privados ligados ao prefeito.
A prisão ocorre um dia após o político ser elogiado por sua mulher, a deputada Raquel Muniz (PSB), ao proferir seu voto pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.
"Meu voto é para dizer que o Brasil tem jeito, o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com sua gestão", afirmou a deputada durante a votação deste domingo, 17, que, com 367 votos, autorizou a continuidade do processo de afastamento da petista.
"Meu voto é pelo Brasil", concluiu a deputada.
Menos de 24 horas depois da menção, Muniz foi preso pela PF na capital federal. Segundo as investigações, o grupo do prefeito teria atuado para inviabilizar os hospitais públicos da cidade. Somente em outubro de 2015, segundo a PF, o grupo do prefeito retirou cerca de 26 mil consultas especializadas e 11 mil exames dos hospitais públicos municipais.
Em contrapartida, o hospital privado gerido pela família da deputada que diz querer "melhorar" o País teria sido beneficiado com os procedimentos retirados da rede pública.
Além disso, segundo a PF, desde julho de 2015 até agora, Ruy Muniz se aproveitou do cargo e utilizou verba pública para promover nos principais veículos de comunicação regionais "uma ampla e intensa campanha difamatória contra os hospitais públicos e filantrópicos `concorrentes`, inclusive lançando mão de dados e informações falsas", diz a nota da Polícia Federal.
Ao todo, foram expedidos oito mandados judiciais pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região: quatro de busca e apreensão, dois de busca pessoal, além de dois de prisão preventiva.
O prefeito e a secretária de Saúde já são alvo de denúncia no TRF1 e devem responder pelos crimes de falsidade ideológica, dispensa indevida de licitação, estelionato, prevaricação e peculato (desvio de dinheiro). Se condenados, podem pegar mais de 30 anos de prisão.
Procurada, a prefeitura de Montes Claros informou que vai divulgar nota ainda na tarde desta segunda.

***

Estadão - PF diz que fraudes do prefeito de Montes Claros atingiram 1,6 milhão de pessoas - por Thaís Barcellos, especial para O Estado -19/04/2016, 04h30 - Ruy Muniz (PSB), de Montes Claros, Minas, foi preso nesta segunda-feira na Operação Máscara da Sanidade II por supostamente favorecer seu próprio grupo econômico na área da saúde; ele havia sido elogiado pela mulher deputada na votação do impeachment de Dilma - A Polícia Federal estima que aproximadamente 1,6 milhão de pessoas foram afetadas pelos crimes atribuídos ao prefeito da cidade de Montes Claros, no Norte de Minas, Ruy Adriano Borges Muniz (PSB) – preso nesta segunda-feira, 18. na Operação Máscara da Sanidade II – Sabotadores da Saúde. Segundo a PF, consultas e atendimentos hospitalares deixaram de ser realizados.
Ruy Muniz (PSB) havia sido elogiado no domingo, 17, pela mulher, a deputada Raquel Muniz (PSD/MG), durante a votação do impeachment de Dilma Rousseff na Câmara.
Raquel enalteceu a gestão do marido. “Meu voto é pra dizer que o Brasil tem jeito, o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com sua gestão.”
A PF, no entanto, tem uma outra definição para a conduta e a administração de Muniz. A PF atribui ao prefeito crimes de falsidade ideológica majorada, dispensa indevida de licitação pública, estelionato majorado, prevaricação e peculato. A investigação desvendou uma fraude na gestão da Saúde do município que favoreceria um hospital ligado ao prefeito. A secretária de Saúde do município, Ana Paula Nascimento, também foi presa na ação.
Se condenados, o prefeito e a secretária da Saúde poderão pegar penas que, somadas, ultrapassam 30 anos de prisão.
Muniz pode perder o cargo em 15 dias, caso, após esse período, sua prisão preventiva não seja revogada ou nenhuma outra deliberação contrária seja aplicada.
Segundo a PF, a secretaria de Saúde de Montes Claros fraudou documentos para permitir que o Hospital das Clínicas Mário Ribeiro fosse credenciado ao SUS sem passar por processo licitatório. Paralelamente, Ruy Muniz ‘denegria a imagem de hospitais públicos e filantrópicos da região, inclusive utilizando veículos de comunicação da região’, informa a PF.
O esquema resultou em um repasse de R$ 1 milhão de recursos do SUS para o hospital. Somente em outubro de 2015, segundo a PF, o grupo de Muniz retirou cerca de 26 mil consultas especializadas e 11 mil exames dos hospitais públicos municipais.
O superintendente da PF em Minas Gerais, Marcelo Eduardo Freitas, declarou que a fraude e o ataque às outras instituições de saúde do município estão relacionados. “O credenciamento do Hospital das Clínicas Mário Ribeiro e o ataque aos hospitais públicos e filantrópicos da região são fatos absolutamente conexos e visavam beneficiar o grupo econômico do governo”, esclareceu Freitas.
Ao todo, foram expedidos oito mandados judiciais pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região – quatro de busca e apreensão, dois de busca pessoal, além de dois de prisão preventiva. O prefeito e a secretária de Saúde já são alvo de denúncia do Ministério Público Federal no TRF 1.
A PF explicou que a ação desta segunda-feira, 18, não tem relação com a sessão da Câmara dos Deputados que aprovou o processo de impeachment da presidente Dilma – na ocasião, a mulher do prefeito o elogiou.
O delegado regional da PF de combate ao crime organizado, Alexandre Leão, disse que a Operação Máscara da Sanidade II estava marcada para a próxima semana, mas teve que ser antecipada por causa de um erro no sistema do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, de onde partiu a decisão. O Tribunal colocou em seu sistema público, na quinta-feira, 14, o pedido de prisão preventiva. Para evitar prejuízos à investigação, a Operação Máscara de Sanidade II foi antecipada para esta segunda-feira, 18.
COM A PALAVRA, A PREFEITURA DE MONTES CLAROS
Em nota, a Prefeitura de Montes Claros informou que “recebeu, surpresa, mas com serenidade” a decisão sobre a prisão preventiva do prefeito e da secretária de Saúde. A Prefeitura destacou que ‘tem plena convicção de que a decisão será revertida com a maior brevidade possível, por entender que a Justiça Federal foi induzida a erro ao receber informações que não se harmonizam com a verdade’.
A assessoria de Comunicação da prefeitura de Montes Claros afirmou que “Ruy Muniz cobrou ‘profundas mudanças no sistema de saúde (da cidade), contrariando grandes interesses e provocando uma forte e indevida perseguição política contra a sua pessoa e da secretária de Saúde, Ana Paula Nascimento’.

***

Folha de São Paulo - No rescaldo da votação, Globo esquece Bolsonaro e questiona deputada - por Nelson de Sá - 19/04/2016, 13h11 - De Renata Vasconcelos no "Jornal Nacional" a Marcelo Rezende no "Cidade Alerta", a deputada federal Raquel Muniz, do PSD, foi escolhida como símbolo das quase seis horas de vexame na votação do impeachment, transmitida no domingo.
Na segunda-feira (18), a Polícia Federal prendeu o prefeito de Montes Claros (MG), Ruy Muniz]", seu marido, que ela citou na hora de anunciar o voto.
Nas palavras dela, "O meu voto é pra dizer que o Brasil tem jeito. E o prefeito de Montes Claros mostra isso pra todos nós com a sua gestão. Sim! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim!".
De Rezende: "A deputada diz que o marido é um exemplo para o fim da corrupção... Foi preso numa operação chamada `Máscara da Sanidade II - Sabotadores da Saúde`, investigação de fraude para favorecer hospitais privados ligados ao prefeito".
No mais, o questionamento à votação foi contido, no "JN". O telejornal reproduziu os votos relativamente sóbrios de dois deputados do PSDB, Carlos Sampaio e Bruno Araújo, um da Rede, o do ex-ministro das Comunicações Miro Teixeira e um do PT, Arlindo Chinaglia, fechando com comentários de Marina Silva, da Rede, e FHC, do PSDB.
Até o registro das críticas a Eduardo Cunha foi com freio puxado, com os deputados Jarbas Vasconcelos, do PMDB, e Rubens Bueno, do PPS, e nada dos ataques de PT e Psol. Também nada de Jair Bolsonaro (PSC-RJ), de longe o voto mais controverso, com repercussão mundo afora.
Na Record, Marcelo Rezende citou o deputado e pré candidato a presidente pelo PSC –empatado com Geraldo Alckmin, do PSDB, pelo último Datafolha– dizendo que Bolsonaro pode falar "um monte de asneiras", mas também fala "coisas certas".
O apresentador partiu daí, na verdade, para criticar o deputado Jean Wyllys (Psol-RJ), "que ganhou fama naquele `BBB`, naquele reality show. Não sei se ele é azul, se ele é cor de abóbora, o que ele faz ou deixou de fazer, mas o que ele está fazendo aí é cuspir, cuspir" em Bolsonaro.
No "Jornal da Band", Ricardo Boechat se viu isolado no questionamento ao deputado por "dedicar o seu voto à memória de um notório torturador".
"Torturadores não têm ideologia. Torturadores não têm lado. Torturadores são apenas torturadores. É o tipo humano no nível mais baixo que a natureza pode conceber. São covardes, são assassinos e não mereceriam em momento algum serem citados como exemplo."
O MAIS BAIXO
No exterior, o inglês "Guardian", que já havia dedicado longo perfil ao fenômeno Jair Bolsonaro no final da semana, noticiou que o impeachment foi aprovado por um Congresso "hostil e manchado pela corrupção" e que "numa noite sombria, pode-se dizer que o ponto mais baixo foi quando Jair Bolsonaro, o deputado de extrema direita do Rio de Janeiro, dedicou seu votou `sim` a Carlos Brilhante Ustra, o coronel que chefiou a unidade de tortura do DOI-Codi durante a era ditatorial. Rousseff, ex-guerrilheira, estava entre os torturados."
Na Alemanha, como relatado pela "Deutsche Welle", o site da revista "Der Spiegel" publicou a análise "A insurreição dos hipócritas", dizendo que o Congresso mostrou sua "verdadeira cara" e colocou o "avariado navio Brasil" numa "robusta rota de direita".
"A maior parte dos deputados evocou Deus e a família na hora de dar o seu voto. Jair Bolsonaro até mesmo defendeu, com palavras ardentes, um dos piores torturadores da ditadura militar."
E começaram a sair os editoriais. O francês "Le Monde", citando os processos contra Michel Temer, as contas suíças de Eduardo Cunha e o fato de Lula manter forte apoio popular, vê o Brasil pós impeachment "à beira da ruptura".
O "Guardian" vê o impeachment com pessimismo, dizendo que, se a intenção da Lava Jato era "purificar a política brasileira, o resultado paradoxal é o oposto. A presidente não foi implicada, mas quase todos que a impediram são suspeitos de corrupção, inclusive Eduardo Cunha".
E "agora muitos temem que a campanha contra a corrupção vai desvanecer, exceto por uma concentração final de fogo em Lula". Finalizando, "uma oposição desacreditada vai tomar o lugar de um PT desacreditado. É difícil imaginar um cenário mais sombrio para o Brasil".
Já o "New York Times" lembrou que acusação usada para embasar o impeachment "pareceu uma desculpa arranjada conforme os deputados citavam uma ladainha de queixas antes de aprová-lo sonoramente". E acrescentou:
"O caso contra Ms. Rousseff é sobre muito mais do que tomar liberdades para equilibrar o orçamento, o que outros governantes no Brasil fizeram sem atrair maior escrutínio. Na essência, é um referendo sobre o Partido dos Trabalhadores, que está no poder desde 2003".
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81489
De: policial Data: Dom 17/4/2016 09:09:11
Cidade: montes claros /mg  País: brasil
O agente penentenciario, foi preso na cidade de coraçao de jesus pela equipe de policiais civil, nessa madrugada.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81488
De: Jorge Antônio Fernandes oliveira Data: Dom 17/4/2016 06:43:10
Cidade: M. Claros
A respeito do fato lamentável ocorrido na madrugada desse sábado no Bairro Ibituruna em uma festa, do qual, foi vítima O Jovem Vinícius, trata -se de filho do nosso amigo Afonso Contador, muito conhecido em Montes Claros. Pedimos a Deus que dê força para que esse pai consiga superar essa grande perda.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81487
De: O Tempo Data: Sáb 16/4/2016 11:50:42
Cidade: Belo Horizonte
Briga por garrafa de bebida termina com morto e policial civil ferido - 16/04/16 - Camila Kifer -
Uma confusão generalizada por causa de uma garrafa de bebida durante um show sertanejo em Montes Claros, no Norte de Minas, na madrugada deste sábado (16), terminou com uma pessoa morta e outras três feridas. Um policial civil está entre as vítimas que acabaram atingidas pelo suspeito, que foi identificado como um agente penitenciário.
A Polícia Militar (PM) foi acionada por organizadores de um show que acontecia em uma um restaurante na rua A, no bairro Ibituruna. No local, os militares lotados no 50º Batalhão encontraram quatro pessoas feridas, sendo que uma delas apresentava situação mais grave. Conforme informou o subtenente Celestino Carneiro, lotado no 50º Batalhão pertencente a 243ª Companhia, as testemunhas contaram que, durante a festa, o agente penitenciário passou por uma mesa e pegou uma garrafa de bebida alcoólica. O grupo de rapazes que estavam na mesa não gostou da ação e tentou tirar satisfação com o suspeito. Em seguida, uma grande briga foi iniciada e, segundo informou a PM, o policial civil que estava na festa tentou conter o agente penitenciário. O que o servidor não esperava era que o suspeito estivesse armado."O suspeito conseguiu se desprender do policial e sacou o revólver. Ele efetuou vários tiros no meio da confusão. Uma pessoa foi atingida por seis disparos. Em seguida, ele fugiu, tentando sair do flagrante", afirmou o subtenente.
Vítima
Todos os feridos foram socorridos por equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para a Santa Casa de Misericórdia da cidade. O jovem Vinícius Afonso Silva Cordeiro, de 23 anos, que foi atingido por seis disparos, chegou a ser atendido, mas não resistiu e morreu no hospital. O policial civil Edson Ferreira Costa, de 38 anos, que também foi baleado, foi atingido na bacia e no joelho. O policial precisou passar por uma cirurgia, mas apresenta quadro estável e não corre risco de morrer. O terceiro ferido identificado como Tarcísio Martins Silva, de 30 anos, atingido no braço, já foi atendido e segue em observação. A outra vítima, que teve ferimentos na mão, dispensou atendimento e não foi identificada.
Fuga
Testemunhas ainda contaram aos militares que o criminoso que já foi identificado pelos participantes do show deixou o local em uma caminhonete Frontier Branca. Equipes das Polícias Militar e Civil de Montes Claros procuraram pelo suspeito durante toda a madrugada, mas, até às 11h, ele não havia sido localizado. O homem deve responder por homicídio e tentativa de homicídio.
"Nós já temos o nome completo do suspeitos. Agora encerramos o Boletim de ocorrência e vamos enviar para a Polícia Civil que realizará as investigações do caso", encerrou Carneiro. A reportagem tentou contato com os organizadores do show e com a gerência do restaurante, mas ainda não conseguiu localizar os responsáveis.


***

Estado de Minas - Confusão em casa de shows termina com um morto e policial baleado em Montes Claros -
A briga, segundo testemunhas, começou por causa de uma garrafa de vodca - Luiz Ribeiro - Quatro pessoas foram baleadas durante uma festa em uma casa de shows em Montes Claros, na Região Norte de Minas Gerais, na madrugada deste sábado. Uma delas, um estudante universitário, Vinícius Afonso da Silva Cordeiro, 23 anos, morreu. Os tiros causaram pânico para os clientes da boate, que estava lotada.
O suspeito dos tireos é um agente penitenciário identificado como Luís Fernando Ferreira Aquino, que fugiu e ainda está sendo procurado. Ele usou uma pistola calibre 380. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), a briga começou, por volta das 4h, devido a um desentendimento por uma bebida.
Segundo o boletim de ocorrência, Vinícius estava em uma mesa em companhia de mais duas pessoas, quando o agente penitenciário chegou e pegou uma garrafa de vodca sem pedir permissão. Eduardo Henrique Vieira Silva se levantou e tentou tomar a garrafa do agente. Foi iniciada uma confusão e o policial civil Edson Ferreira Costa, 38, tentou interferir na situação.
Na confusão, o agente sacou uma pistola e começou a disparar contra as outras pessoas. Vinícius foi atendido depois de ser atingido por cinco tiros. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e morreu ao dar entrada no hospital de Montes Claros. O policial civil foi baleado na bacia e no joelho direito. Ele segue internado em uma unidade de saúde da cidade.
Já Tarcísio Martins Silva, de 30, foi atingido no braço direito e Vitor Almeida Vieira, de 21, baleado na mão esquerda. A estudante Anne Caroline de Mirana Pinho, de 21, teve ferimentos leves. O crime ocorreu na casa de show chamada Emporio da Serra, no Bairro Ibituruna.O corpo do estudante morto na boate segue no Instituto Médico Legal (IML) da cidade.O jovem cursava o oitavo período de direito da Faculdade Pitágoras, em Montes Claros.

***

Hoje em Dia - Agente penitenciário é acusado de homicídio em Montes Claros - Cinthya Oliveira - Um agente penitenciário é o principal suspeito de ter disparado tiros contra várias pessoas em uma casa de shows no bairro Ibituruna, em Montes Claros, Norte de Minas, durante a madrugada deste sábado (16). O estudante Vinícius Afonso da Silva Cordeiro, 23 anos, atingido por cinco tiros morreu ao dar entrada no hospital da cidade, e outras três pessoas ficaram feridas.
Entre os baleados, está o policial civil Edson Ferreira Costa, 38, que passou por uma cirurgia na manhã deste sábado. Ele teria tentado apartar a briga entre um colega e o agente penitenciário Luís Fernando Ferreira Aquino, que fugiu e ainda não foi encontrado pela Polícia Militar.
A confusão aconteceu por volta das 2h30 da madrugada na casa de shows Empório da Serra, onde acontecia o show de uma dupla sertaneja. Segundo a PM, o suspeito teria chegado perto de uma mesa e pegado uma garrafa de vodca sem pedir permissão. Vincius e os amigos protestaram e teriam tentado tirar a garrafa das mãos do agente penitenciário, que teria revidado com tiros de uma pistola de calibre 38.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81486
De: Marcelo Eduardo Freitas Data: Sáb 16/4/2016 08:49:34
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
E-mail: marcelo.mef@dpf.gov.br
É PRECISO SEGUIR ADIANTE!

* Marcelo Eduardo Freitas

Na última quinta-feira, dia 14/04, o Supremo Tribunal Federal (STF) convocou sessão extraordinária para julgar cinco ações sobre a votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, pelo plenário da Câmara dos Deputados. Os pedidos eram variados, mas em síntese objetivavam suspender ou alterar a ordem da votação estabelecida pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha.

A Suprema Corte rejeitou todas as alegações apresentadas, ora por parlamentares da base aliada, ora pela Advocacia Geral da União. Deste modo, a discussão do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff acontece desde a última sexta-feira e vai até o próximo domingo, com deliberação pelo plenário da Câmara.

Aprovado o impeachment em plenário, há a remessa do pedido ao Senado. O processo não é aberto de forma automática. De igual modo, Dilma não será afastada de imediato. O Senado também deve manifestar-se, previamente, em relação à abertura do processo, ao invés de simplesmente acatar a decisão da Câmara. Entretanto, basta que a maioria simples dos senadores, em um total de 41, se manifeste a favor. A partir daí, há o afastamento da presidente do cargo pelo prazo de até 180 dias.

O Senado, então, teria até seis meses para realizar todas as apurações das acusações levantadas. Nesse período, o vice-presidente Michel Temer já assumiria a presidência. A sessão em que se decidiria sobre a saída de Dilma seria presidida pelo presidente do STF, sendo necessário dois terços dos senadores favoráveis ao impeachment, 54, para que ele venha a se concretizar. Caso esse número de votos não seja alcançado, Dilma voltaria normalmente ao exercício do cargo.

Toda essa digressão é relevante para que o leitor tenha a percepção de que o caminho não é simples. Durante o desenrolar do complexo processo político a sociedade brasileira continuará amargando o preço por uma economia em frangalhos, com o desemprego batendo fortemente à casa do trabalhador.

Em artigo recente, o diretor do Departamento para o Hemisfério Ocidental do Fundo Monetário Internacional (FMI), Alejandro Werner, afirmou que “o Brasil enfrenta em 2015/2016 uma contração da atividade somente vista na época da crise da dívida externa da América Latina, em 1981/1983”.

Para complicar ainda mais, sob o título "O terrível declínio econômico do Brasil", o jornal britânico Financial Times (FT) afirmou que o sistema político brasileiro é "podre" e "não funciona". O editorial consigna ainda que: "Se o Brasil fosse um paciente em um hospital, médicos da UTI o diagnosticariam como `terminal`. Os rins já eram, e o coração parará em breve".

A situação é tão delicada que fez com que a doleira Nelma Penasso Kodama, conhecida como a “dama do mercado”, afirmasse recentemente à CPI da Petrobras: "O Brasil é movido a corrupção. Parou a corrupção, parou o Brasil".

Caro leitor, toda essa série de notícias negativas gera uma onda de pessimismo generalizada. De um lado, a população evita gastos diante da alta dos preços e da ameaça de desemprego crescente. De outro, comércio, indústria e construção pisam no freio, porque sentem que o consumidor está inseguro. É preciso insurgir!

Qualquer que seja o resultado do julgamento efetivado pelo Parlamento brasileiro exige de nós uma postura completamente diferente. De menos passividade e de mais ação. Temos que encontrar o caminho do progresso, do crescimento, do emprego, do desenvolvimento econômico. Crise se debela, acima de tudo, com o trabalho. Não podemos ficar parados “esperando a morte chegar”. Como diria Martin Luther King, “se não puder voar, corra. Se não puder correr, ande. Se não puder andar, rasteje, mas continue em frente de qualquer jeito”. O Brasil precisa seguir adiante!

Charles Bukowski, romancista estadunidense nascido na Alemanha, afirmava que “não há nada que ensine mais do que se reorganizar depois do fracasso e seguir em frente”. Sem imputar a quaisquer partidos ou pessoas em específico a gravidade do momento, a única alternativa que nos resta é reagir e buscar mecanismos para sairmos do caos em que nos encontramos. Não dá mais para continuar lamentando. Ou encontramos o caminho ou a “máquina do tempo” nos fará voltar ao passado. Opção temos. A solução sempre há de vir do livre arbítrio de cada um de nós! A escolha nunca deixou de ser nossa! Sejamos francos!

(*) Delegado de Polícia Federal e Professor da Academia Nacional de Polícia
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81485
De: Manoel Hygino Data: Sáb 16/4/2016 08:41:49
Cidade: Belo Horizonte
A crise chega à ONU

Contam-se as horas para a votação pela Câmara dos Deputados do impeachment. Nunca, jamais, em tempo algum, o Brasil sofreu um processo de estagnação como o atual, enquanto as pessoas, muito naturalmente, se perguntam: e depois?
Em verdade, jamais um pesadelo foi tão amplo e profundo, se possível aplicar os dois adjetivos para classificar a presente situação. Nem Freud poderia talvez explicar o clima estabelecido, envolvendo os mais de duzentos milhões de habitantes de um país, grande e bobo, como o classificava o acadêmico Eduardo Almeida Reis. A nação está abalada muito justificadamente pelos acontecimentos (de causas sabidas, embora nem sempre provadas), inclusive os novos atos que emergem aos cidadãos a todo instante.
Antigamente se dizia que o Brasil se encontrava à beira do abismo. Depois, surgiu a versão de que o abismo era menor que os imensos problemas criados por indefinido número de pessoas, descompromissadas com os superiores interesses e causas nacionais.
Enquanto se negociavam votos a favor e contra o impedimento, com métodos que razões denigrem o nome, o prestígio e o conceito da nação e de seus dirigentes, percebe-se que o mundo se inquieta pelo descalabro que nos corrói e as sombrias perspectivas da população que se dizia abençoada por Deus.
Não se trata, porém, de um problema político meramente doméstico, como inicialmente admitiu o secretário-geral da ONU, titular do importante posto exercido pelo chanceler Oswaldo Aranha.

Ban Ki-Moon, com a serenidade que o cargo impõe, formulou o primeiro apelo em relação ao Brasil nos quase dez anos de Secretaria na ONU, em atitude rara nos raros contatos das Nações Unidas com nosso país: “O Brasil é muito importante e qualquer instabilidade política é uma preocupação social para nós. Peço que os líderes adotem soluções harmoniosas de tranquilidade. Sei que é um desafio que o país vive. Mas acho que irá conseguir superar”.
Ravina Shamdasani, porta-voz do Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos, falando à imprensa na Suíça, foi além e advertiu mais vigorosamente. “Renovamos nosso apelo para todos os lados para garantir que o Poder Judiciário seja respeitado, que as instituições democráticas pelas quais o Brasil tanto lutou para ter sejam respeitadas e não sejam minados no processo”.
O bom-senso não rege nossos destinos, como conviria. A preocupação internacional é legítima. Houve um apelo até ao Judiciário, que precisa atuar com “escrúpulos, dentro das regras do direito doméstico e internacional, evitando posições político-partidárias”.
Mas como é possível evitar a judicialização se as decisões maiores são transferidas para a mais alta corte de Justiça do país? Rubert Colville, porta-voz da ONU, declarou: Preocupa-nos a possibilidade de um círculo vicioso que acabe afetando a credibilidade tanto do Executivo quanto do Judiciário”.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81484
De: João Data: Sex 15/4/2016 09:37:38
Cidade: Montes Claros
E-mail: joao.sandes@yahoo.com.br
O órgão público que deveria dar exemplo não o faz. A UNIMONTES realiza festa até a madrugada com som ensurdecedor e os ouvidos moucos das autoridades, nada....nada. E hoje a noite tem mais. Durma-se com um barulho deste !!!!!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81483
De: Pedro Paulo Data: Sex 15/4/2016 15:38:21
Cidade: Montes Claros
E-mail: pedropauloguerra@hotmail.com
Barulho infernal de 23:00 hs até por volta das 03:00 do lado da Unimontes. Olhem o horário. Gostaria de saber por parte de quem foi autorizado.O som parece da banda foi cortado, e ficou umas voz feminina a por muito tempo depois da 02:45 hs.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81482
De: Luiz Ortiga Data: Sex 15/4/2016 09:09:30
Cidade: Brasília
E-mail: ortigaluiz@ig.com.br
Uma lição de vida o artigo da Maria Luiza Teles. Nestes momentos em que vivemos de tanta rudeza, só temos que parabenizá-la.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81481
De: wladimir Data: Sex 15/4/2016 01:42:57
Cidade: Montes Claros
E-mail: wlafroes@gmail.com
Barulhera total vindo dos lados da unimontes em plena madrugada.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81480
De: Maria Luiza Silveira Teles Data: Qui 14/4/2016 16:10:32
Cidade: Montes Claros - MG  País: Brasil
E-mail: mluizateles@gmail.com
CONVIVÊNCIA


Conviver não é nada fácil. E, no entanto, é a única maneira de nos realizarmos como seres humanos, de nos encontrarmos e sermos felizes.
Talvez seja essa a ciência e a arte mais difícil, mas a principal da vida, pois se não convivermos atrofiaremos.
Por que, então, é tão difícil? Porque requer desprendimento, coração aberto, humildade, altruísmo, saber ouvir e falar na hora certa e o saber sentir. É preciso, sobretudo, saber amar e somente somos capazes de amar quando já percorremos o longo e difícil caminho do autoconhecimento e nos amamos e nos aceitamos como somos, conscientes de nossas qualidades e defeitos.
Para aprender a viver bem com o outro necessário se faz, pois, que nos eduquemos e nos aprimoremos em todos os sentidos.
Se aprendermos a conviver, entender e respeitar nosso semelhante, tudo passará a ser mais fácil e o caminho nos trará felicidade e paz.
Esse tempo de aprendizagem, transformação e crescimento é a nossa travessia. Lembrando Fernando Pessoa, “Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma de nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-lo, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos”.
Vivemos tempos estranhos. Quanto mais o homem evolui em ciência e tecnologia mais se materializa, mais se torna violento, mais se anestesia.
As relações se tornam descartáveis, o sexo se banaliza completamente. Na sua busca desenfreada de prazer, o homem se vê cada vez mais vazio e solitário.
Tantas vezes duas pessoas vivem juntas e não têm absolutamente nada a dizer uma à outra: parece que um abismo as separa. Por quê? Os sentimentos não expressos, as mágoas recalcadas, pequenos ressentimentos que foram se avolumando, a direção diferente que cada uma delas toma, tudo isso vai separando-as pouco a pouco.
Enquanto as nações guerreiam, conflitos e batalhas maiores se dão dentro de nós, quando a Bondade de nosso ser divino luta contra a selvageria de nosso ser profano e primitivo.
Só lutando contra os “monstros” que vivem dentro de nós e derrotando-os, poderemos deixar florescer a beleza do projeto divino que somos.
Mas, que monstros são esses? O monstro do egoísmo, da vaidade, do orgulho, do desamor, da mágoa, da inveja, da raiva. Se esses não morrerem, jamais o projeto divino poderá se cumprir.
Jesus afirmou: “Vós sois deuses”. O que ele quis dizer com isto? Que em todos nós existem características do Pai e que essas só poderão se desenvolver na dependência de vários fatores, dentre os quais o maior é a lei que ele nos deu: ”Amai o teu próximo como a ti mesmo”.

Maria Luiza Silveira Teles (presidente da Academia Montes-clarense de Letras)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 81479
De: Cemig Data: Qui 14/4/2016 15:08:02
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
E-mail: mlff@cemig.com.br
A Cemig informa que para a devida apuração da reclamação do Sr. Hernane Leal (81474), é preciso que o cliente entre em contato com a empresa, para que passe os dados mais detalhados, como os números do cliente e da instalação, constantes na conta de energia, que irão possibilitar a busca nos registros da companhia das interrupções reclamadas, para avaliação e eventual correção dos problemas que porventura existirem. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Página Anterior >>>

Abra aqui as mensagens anteriores:


Voltar à Página Inicial

 






Um olhar de Montes Claros sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros


Clique e acesse nosso Twitter
Siga o montesclaros.com


Últimas Notícias

28/04/16 - 18h
Cantor Prince estava com Aids e “preparado para morrer”, diz jornal dos EUA

28/04/16 - 17h
Juro do cheque especial atinge marca inédita de 300% ao ano em março

28/04/16 - 16h03
"Sem ter a identidade revelada, o homem de 34 anos seria responsável por abastecer mensalmente o norte mineiro com 2.200 quilos de maconha e 300 quilos de cocaína de origem paraguaia. Sua detenção ocorreu em..."

28/04/16 - 16h
Casos prováveis de chikungunya chegam a 39 mil no Brasil e ultrapassam os números do ano passado

28/04/16 - 15h
Manchetes dos jornais:“Temer planeja propor idade mínima para aposentadoria” - “Dilma já admite que sua saída é ‘inevitável’” - “Dilma limpa as gavetas. PT decide não fazer transição”

28/04/16 - 14h
Meteorologia mantém previsão de chuva em M. Claros: 5mm nesta quinta, 5 sexta e 5 domingo

28/04/16 - 13h
Concurso do INSS terá provas em 15 de maio às 8h da manhã e às 2h da tarde

28/04/16 - 12h02
Primeira-dama assume Secretaria do Trabalho e governo de Minas nega que nomeação pretenda retirar competência do STJ para julgá-la, como cogitam os jornais

28/04/16 - 12h
Contra zika, delegação da Coreia do Sul vestirá uniforme com repelente nos Jogos Olímpicos do Rio

28/04/16 - 11h
Indústria fechou 256 mil vagas de trabalho na Grande São Paulo nos últimos 12 meses

28/04/16 - 10h
Processo de seleção do Fies sofre alterações para evitar vagas ociosas, que já são metade das 250 mil

28/04/16 - 9h50
"O grupo é marcado por ser muito violento em suas ações, além de sempre agir fortemente armado e usando coletes a prova de balas, rádios de comunicação e falsas viaturas, com plotagens ilegais para enganar as autoridades"

28/04/16 - 9h29
Polícia Federal mobiliza 110 agentes em nova operação, hoje, em M. Claros: "As investigações demonstraram que membros da organização são os maiores fornecedores em drogas e armas da região norte mineira". Ação alcança cidades vizinhas

28/04/16 - 9h21
"As Forças Armadas permitiriam a posse do vice?"

28/04/16 - 9h
Taxa juros - mantida pelo Copom em 14,25% - segue como a maior em quase 10 anos

28/04/16 - 8h
Dirigir em estrada, sem ligar farol baixo, pode resultar em multa de 85 reais e 4 pontos na carteira; exigência depende de uma assinatura

28/04/16 - 7h
Jornal diz que ministro empregou tia da mulher, ex-miss Bumbum, com salário de quase 20 mil reais


27/04/16 - 18h
Para jornal inglês, jogos Olímpicos do Rio deixarão um “legado de lixo”

27/04/16 - 17h
Atlético enfrenta time argentino, hoje, em jogo de ida das oitavas de final da Libertadores

27/04/16 - 16h30
"Foi um barulho surdo, profundo, rápido, localizado. Comprimido. Algo muito pesado caiu no centro da terra. O som contido o revelou.(...) Sem assistência das autoridades, a população procura saber, de boca a boca, o que de fato aconteceu. Ontem, às quatro e meia da tarde, em Montes Claros"

27/04/16 - 16h
Casos confirmados de microcefalia chegam a 1.198 no Brasil

27/04/16 - 15h16
"...foram encontrados indícios de que, além dos oito vereadores já afastados, outros cinco vereadores e um gestor corporativo (...) recebiam propinas da organização criminosa..."

27/04/16 - 15h
Economia brasileira vai repetir tombo de 3,8% este ano, aponta relatório do FMI

27/04/16 - 14h
Pela meteorologia, temperatura em M. Claros vai cair dos 33 para 27 graus, sexta-feira; segue promessa de 24 milímetros de chuva, de 5ª a domingo

27/04/16 - 13h
Manchetes dos jornais: “Projeto ameaça proibir festas ‘open bar’ em Minas” - “Preferido de Temer, Meirelles anima mercado” - “Caminho aberto para impeachment no dia 11”

27/04/16 - 12h
Mãe vai buscar o filho na escola e é assaltada por volta do meio-dia. Foi no Jardim São Luiz

27/04/16 - 11h35
Morre o Padre Romão da novela “Velho Chico”; Umberto Magnani teve derrame no dia dos 75 anos, na gravação, e morreu hoje, no Rio

27/04/16 - 11h
Cruzeiro confirma troca de laterais por Robinho e Lucas, do Palmeiras

27/04/16 - 10h
Mulher de 61 anos - dada como desaparecida - conta como foi raptada quando deixava o velório da Santa Casa, às 10h30m; na saída para Pirapora, foi seviciada e abandonada

27/04/16 - 9h
Minas pode proibir festas com bebida liberada; proposta está em exame na Assembleia

27/04/16 - 8h
Brasil teve 802 mil casos prováveis de dengue e 91 mil de zika em 2016, diz Ministério da Saúde

27/04/16 - 7h
Vacinação contra gripe começou hoje em Montes Claros; mutirão será sábado


26/04/16 - 18h
Copa Libertadores tem 9 campeões nas oitavas de final

26/04/16 - 17h
Nove das 10 cidades mais violentas do mundo estão na América Latina

26/04/16 - 16h
Devolução de cheques sem fundos cresce 2,66% e é a maior em 25 anos, aponta Serasa

26/04/16 - 15h
Minas e outros 11 estados barram exame que detecta uso de drogas por caminhoneiros e motoristas de ônibus

26/04/16 - 14h
Meteorologia confirma 15mm de chuva em M. Claros, de quinta a sábado, com 80% de chances; temperatura deve cair de 33 para 28 graus

26/04/16 - 13h
Manchetes dos jornais: “Ministério de Temer começa a ser definido a partir da economia” - “Temer quer pente-fino nas contas de bancos públicos” - “Senado notifica Dilma sobre defesa no impeachment”

26/04/16 - 12h
Pesquisa britânica sugere: vacina contra gripe, pela manhã, tem maior eficácia

26/04/16 - 11h
Os assaltos em Montes Claros. Contra padarias. E na caça ao ouro

26/04/16 - 10h
Divulgada a tabela do Brasileirão com mais partidas às 11 da manhã e jogos às 16 horas. Veja

26/04/16 - 9h
Das 170 gestantes com o vírus da zica em Minas, número recorde está em M. Claros - 27

26/04/16 - 8h01
"Seria útil, assim, lembrar episódios da brumosa nuvem de uma tempestade que ainda paira sobre a nação"

26/04/16 - 8h
Contas em banco poderão ser abertas (e encerradas) pela internet

26/04/16 - 7h
M. Claros tem promessa de iniciar a vacinação, amanhã; no Rio, vereadores furaram a fila


25/04/16 - 21h23
Epidemia de gripe: "Aqui em Montes Claros, a dose estará disponível já na próxima quarta-feira (27), em unidades de saúde de todas as regiões da cidade"

25/04/16 - 18h
Com novidades, Atlético divulga relacionados para jogo contra o Racing pela Libertadores

25/04/16 - 17h36
Acidente causado por caminhão caçamba prejudicou até 2.644 clientes da Cemig, hoje, em M. Claros

25/04/16 - 17h
Pressionado, Dunga critica mudança constante de técnicos no Brasil

25/04/16 - 16h
OMS considera possível aumento significativo de casos de zika no mundo

25/04/16 - 15h
Especialistas alertam para "grande terremoto" no Japão, e aviso causa apreensão

25/04/16 - 14h
Meteorologia acende a esperança de alguma chuva em M. Claros, de quinta a sábado

25/04/16 - 13h
Manchetes dos jornais: “PT enfrenta onda de deserções” - “Fiesp entrega a Temer a proposta de ajuste fiscal” - “PMDB no poder muda briga por prefeituras”

25/04/16 - 12h
Três postos de gasolina foram assaltados, ontem, em M. Claros; num deles, com o recurso da escopeta

25/04/16 - 11h
Tribunal em Brasília nega Habeas Corpus a trabalhador que portava facão com medo de ser assaltado e morto

25/04/16 - 10h21
"Ontem, 20/04, o celular de uma senhora foi roubado dentro da Catedral de Montes Claros. O larápio aproveitou do descuido da senhora no momento da adoração do Santíssimo. Como a missa é filmada, fui ao vídeo..."

25/04/16 - 10h02
"Concluindo: a localização da ETE não dependeu unicamente da Copasa, quem bem sabe são os Prefeitos e secretários de 2003 a 2010. Para melhor esclarecimento, leiam as..."

25/04/16 - 10h
Minas, com 10 mortes, deve começar, hoje, a vacinação contra gripe; vacina pede 2 semanas para surtir efeito e presidiários estão na lista de preferência

25/04/16 - 9h
Homens, sem armas, tentam assaltar banco e são presos com 293 mil reais

25/04/16 - 8h
Cruzeiro demite Deivid após eliminação no Campeonato Mineiro

25/04/16 - 7h
Câncer mata, aos 81 anos, o cantor Billy Paul - um dos maiores nomes da “soul music”


23/04/16 - 18h
Neymar será chamado para a Copa América, mas não deve ser liberado para as Olimpíadas

23/04/16 - 17h
China confirma que enviará missão a Marte por volta de 2020

23/04/16 - 16h
Cruzeiro definirá a classificação no Campeonato Mineiro em jogo complicado contra o América

23/04/16 - 15h
Com temperatura recorde, 2016 caminha para ser o ano mais quente da história

23/04/16 - 14h
Atlético recebe a URT, hoje, em jogo decisivo pela semifinal do Campeonato Mineiro

23/04/16 - 13h
Manchetes dos jornais:“Anatel recua e proíbe limite à internet fixa” - “Dilma repreende ministros do STF críticos à tese do golpe” - “Vice- líderes do governo Dilma são a favor do impeachment"

23/04/16 - 12h
Previsão do tempo hoje vê chuva em M. Claros: 6mm dia 29 e, 4mm, dia 1º de Maio

23/04/16 - 11h
Infecção por vírus da Aids causa 5 anos de envelhecimento precoce, constata estudo norte-americano

23/04/16 - 10h
Caixa faz modificações na Dupla Sena, Lotomania e Quina

23/04/16 - 9h
Brasil fecha 1,8 milhão de empregos formais nos últimos 12 meses

23/04/16 - 8h
Anatel proíbe empresas de cortar internet (na banda larga fixa) que extrapolar o limite contratado

23/04/16 - 7h
Autópsia de 4 horas descarta suicídio de Prince, mas (ainda) não sabe dizer de que ele morreu, sozinho em casa


22/04/16 - 18h
Futuro do técnico Deivid no Cruzeiro pode ser definido, domingo, diante do América

22/04/16 - 17h
Juntos, 8 países registram 20 casos suspeitos de transmissão sexual do vírus da zika

22/04/16 - 16h
Homens que fazem mais sexo teriam menos risco de câncer de próstata, sinaliza estudo

22/04/16 - 15h
Manchetes dos jornais:“Temer lança ofensiva fora do país contra tese de golpe” - “Temer contra-ataca e desmente golpe” - “Discurso de golpe prejudica imagem do País, diz Temer”

22/04/16 - 14h
Em noite de lua Cheia, hoje, meteorologia vê pouca chance de chuva em M. Claros até dia 30

22/04/16 - 13h
Alteração hormonal em mulher grávida agrava infecção pelo vírus H1N1, aponta estudo

22/04/16 - 12h
Pesquisadores encontram vírus zika em macacos do Ceará



OUÇA E VEJA A 98 FM
Todos direitos pertecentes a Rádio Montes Claros 98,9 FM. O material desta página
não pode ser publicado, transmitido por broadcasting, reescrito ou distribuído
sem prévia autorização