Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

Mosca-da-carambola, já presente em 4 estados do Norte, traz ameaças ao Vale do S. Francisco, principal polo exportador de frutas do Brasil. Agricultura decretou estado de emergência. Veja como se prevenir e proteger sua área

Domingo 26/11/23 - 7h58

O Ministério da Agricultura decretou estado de emergência fitossanitária em quatro estados do Norte (Amapá, Amazonas, Pará e Roraima) devido ao aumento na captura da mosca-da-carambola (Bactrocera carambolae).

A mosca é considerada uma das pragas de frutas mais perigosas do mundo devido à sua rápida reprodução, ampla variedade de hospedeiros, ausência de inimigos naturais no Brasil e prejuízos nas plantações.

A mosca-da-carambola deposita até 48 ovos em um mesmo fruto, em comparação com outras espécies que colocam no máximo dois ovos.

Além da carambola, ataca mais de 20 frutas, incluindo manga, goiaba, acerola, tangerina, caju, entre outras.

Sendo uma praga não nativa, não possui inimigos naturais no Brasil.

Embora não haja evidências de que a mosca-da-carambola seja portadora de microrganismos prejudiciais aos humanos, sua disseminação para áreas como o Vale do São Francisco, principal polo de exportação de frutas no Brasil, poderia resultar no bloqueio das vendas do país.

Por esse motivo, o governo brasileiro declarou estado de emergência fitossanitária, reforçando a fiscalização para conter a propagação da praga.

Até o momento, a mosca-da-carambola está restrita aos estados do Amapá, Pará e Roraima, mas a inclusão do Amazonas no estado de emergência indica preocupações com a possibilidade de disseminação.


***

A partir de agora, as notícias enviadas através do WhatsApp serão atualizadas apenas pelo canal abaixo 👇🏻.

Inscreva-se tocando abaixo

Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais