Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - domingo, 21 de abril de 2024

A dengue grave não mais deve ser chamada de dengue hemorrágica e seus sintomas são: dor abdominal intensa e contínua, acúmulo de líquidos corporais e hemorragias. Saiba mais

Quarta 21/02/24 - 6h32

A designação "dengue hemorrágica" foi substituída por "dengue grave" em 2009 pela OMS, e adotada pelo Ministério da Saúde em 2014.

Isso se deve ao fato de que a hemorragia não é o sintoma principal da forma grave da doença.

Especialistas explicam que a desidratação é o principal fator letal, e muitas vezes os pacientes não reconhecem os sintomas de agravamento por causa do antigo termo.

A dengue é classificada em quatro tipos clínicos: dengue clássica sem sinais de alarme (Tipo A e B), dengue com sinais de alarme (Tipo C), e dengue grave (Tipo D).

Mesmo sem hemorragia, pacientes podem evoluir para a forma grave, e é crucial buscar atendimento médico precocemente.

Os sintomas comuns incluem febre alta, dor de cabeça intensa, dores musculares e articulares, vômitos persistentes, entre outros.

A forma grave exige atenção especial aos sinais de alarme, como dor abdominal intensa e contínua, acúmulo de líquidos corporais e hemorragias.

O Ministério da Saúde destaca a importância de procurar assistência médica ao apresentar possíveis sintomas de dengue.


***

✅ Clique para seguir o canal da 98FM/montesclaros.com no WhatsApp👇🏻
Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais