Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 21 - quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Prefeito - a 481 km de M. Claros - decreta luto oficial depois que irmão atirou (a cena é forte), e matou, candidato a vereador, ex-presidente da Câmara. Homicídio ocorreu após live com denúncia

Sexta 25/09/20 - 8h14


Cássio Remis, ex-presidente da Câmara e candidato a vereador em Patrocínio, a 481 km de Montes Claros, foi assassinado a tiros, ontem, após live criticando o atual prefeito.
IRMÃO
A Polícia Civil, diz que Jorge Marra, irmão do prefeito e secretário de obras, é o autor do crime.
REDES
A Polícia Militar confirmou que, por volta das 15h30, Cássio estava na avenida principal fazendo transmissão ao vivo pelas redes sociais.
SERIA
Dizia que funcionários da Prefeitura faziam serviços particulares em frente a residência, que seria o comitê de campanha do prefeito.
PAROU
O secretário foi ao local e tomou o telefone celular do candidato, parando a transmissão.
ATRÁS
O secretário entrou numa caminhonete e foi para Secretaria de Obras. O candidato a vereador foi atrás e acabou morto. Foi atingido por tiros na cabeça, no braço, nas costas e morreu no local. Marra fugiu.br>OFICIAL
O prefeito, irmão do acusado, decretou luto oficial por 3 dias. “A partir de amanhã será feita a exoneração dele”, disse se referindo ao irmão, que segue foragido.