Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 22 - domingo, 5 de dezembro de 2021

Novo aumento da gasolina e do diesel começa a vigorar hoje nas refinarias; governo pensa em vender suas ações na Petrobras, mantendo poder de vetos

Terça 26/10/21 - 6h32

A Petrobras reajustou mais uma vez os preços da gasolina e do diesel — +7,04% para a gasolina e +9,15% para o diesel.

Os preços já vigoram a partir de hoje, e a explicação para o ajuste foi o aumento de preços no mercado internacional, além da alta do dólar.

A gasolina e o diesel ficam mais caros nas refinarias.

O aumento nos postos não é imediato, mas, em média, deve ficar subir R$ 0,15 no preço do litro da gasolina e R$ 0,24 do diesel - dependendo da região.

O novo aumento começa a vigorar nesta terça-feira (26).

Com o reajuste, o aumento da gasolina nas refinarias já acumula alta de 74% e o diesel, de 65%, neste ano.

Ontem, as ações da Petrobras subiram quase 7% — com a notícia de estudos sobre a desestatização da empresa.

Trata-se de projeto que permita à União começar a se desfazer das ações da companhia.

O governo seguiria com a “golden share”, que permite vetos e o poder de apontar o CEO da empresa.

A Petrobras seria transformada numa “corporation”, com capital pulverizado, como o que está sendo pretendido para a Eletrobras.

Bolsonaro já discute com a cúpula do Congresso sobre como viabilizar a ideia de privatizar a Petrobras.

O plano em análise é elaborar um projeto de lei que permita à União começar a se desfazer das ações da companhia.

Hoje, o governo federal tem o controle por meio de 50,5% das ações ordinárias, que são as ações com direito a voto.

Considerando o capital total da empresa (ações ordinárias e preferenciais), o grupo de controle é composto por ações do governo e do BNDES. Juntos, os dois detém 36,75% dos papéis.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais