Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - sábado, 1 de outubro de 2022

Ministro Bento, das Minas e Energia, pede para sair após Bolsonaro chamar de "estupro" o lucro da Petrobras

Quarta 11/05/22 - 6h21

O presidente Bolsonaro substituiu o comando do Ministério de Minas e Energia, nesta quarta-feira (11).

Decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) de hoje exonerou o ministro Bento Albuquerque, a pedido, e nomeou Adolfo Sachsida no seu lugar.

Era o chefe da Assessoria Especial de Estudos Econômicos do Ministério da Economia.

É doutor em Economia e advogado, autor de livros e artigos técnicos sobre política econômica, política monetária, política fiscal, avaliação de políticas públicas, e tributação.

Bento foi ministro das Minas e Energia desde novembro de 2018.

Em live quinta-feira (5), o presidente Bolsonaro citou Bento ao reclamar do lucro exagerado da Petrobras no primeiro trimestre deste ano.

Disse:

“Vocês não podem, ministro Bento Albuquerque e senhor José Mauro, da Petrobras, não podem aumentar o preço do diesel.

Não estou apelando, estou fazendo uma constatação levando-se em conta o lucro abusivo que vocês têm. Vocês não podem quebrar o Brasil”

Bolsonaro ainda classificou os lucros da Petrobras como um “estupro”:

- Petrobras, estamos em guerra. Petrobras, não aumente mais o preço dos combustíveis. O lucro de vocês é um estupro, é um absurdo”.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais