Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - domingo, 26 de maio de 2024

Polícia Militar: "...foi perseguido por quatro homens que estavam em uma caminhonete Frontier, cor preta, sendo que, quando o alcançaram, eles o amarraram e o colocaram dentro do veículo, depois o agrediram com pauladas em todo o corpo e..."

Sexta 19/05/23 - 11h36

Divulgação da PM:

A Polícia Militar de Minas Gerais, por meio de sua 11ª RPM, foi acionada, no final da tarde dessa quinta-feira (18), a comparecer ao Bairro Santo Amaro, em Montes Claros, onde um homem, de 48 anos, foi encontrado gravemente ferido nas proximidades do reservatório da Copasa.

Ao chegarem ao local, os policiais constataram a veracidade dos fatos e encontraram o homem que, aparentemente, teria sido vítima de agressões físicas.
Ao ser questionado sobre o ocorrido, o homem disse que estava próximo a uma loja de pneus, quando foi perseguido por quatro homens que estavam em uma caminhonete Frontier, cor preta, sendo que, quando o alcançaram, eles o amarraram e o colocaram dentro do veículo, depois o agrediram com pauladas em todo o corpo e o lesionaram com faca nos braços e costas. Em seguida, a vítima foi deixada amarrada próximo ao Reservatório R5 da Copasa. Posteriormente, ela se arrastou até a região habitada e pediu socorro.

O Samu compareceu ao local e conduziu a vítima ao Hospital Santa Casa, sendo constatadas lacerações no braço esquerdo, lesão nos tornozelos, hematomas e riscos de faca nas costas, lacerações nos punhos (decorrentes das amarrações) e fratura do braço esquerdo.

A Polícia Militar segue empenhada para identificar, localizar e prender os autores.

***

Jornal O Tempo, de BH:

Homem é amarrado, colocado em carro e agredido com pauladas e facadas em Minas

O agredido foi abandonado amarrado na área de mata. Ele se arrastou até uma região habitada e pediu socorro
Natália Oliveira

Um homem de 48 anos foi amarrado, colocado em um carro, agredido com pauladas, com facadas e abandonado em um matagal, nesta quinta-feira (18 de maio), em Montes Claros, no Norte de Minas Gerais. A vítima foi encontrada pela Polícia Militar próxima a um reservatório da Copasa.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima contou que estava perto de uma loja de pneus quando começou a ser perseguida por quatro homens em uma caminhonete preta. Quando os suspeitos alcançaram o homem, ele foi amarrado e colocado dentro do veículo. Depois foi levado para um matagal onde foi agredido com pauladas e facadas no braço e costas.

Ainda segundo a polícia, o agredido foi abandonado amarrado na área de mata. Ele se arrastou até uma região habitada e pediu socorro. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e socorreu a vítima para um hospital.

Foram constatados ferimentos nos braços, tornozelos, hematomas e riscos de facas nas costas. Também teve ferimentos nos punhos e fratura no braço esquerdo. A motivação para a tortura não foi esclarecida e nenhum suspeito foi encontrado. O caso será investigado.



***

Jornal Estado de Minas, de BH:

Vídeo: homem é amarrado e colocado no banco traseiro de caminhonete

Ele foi amarrado e colocado no banco de trás do veículo. O homem levou algumas facadas e pauladas em todo o corpo
Aline Perucci

Imagens que circulam nas redes sociais mostram o momento em que um homem de 48 anos foi arrastado com as mãos e pés amarrados e levado à força para uma caminhonete na cidade de Montes Claros, no Norte de Minas.

O fato aconteceu nessa quinta-feira (18/5). De acordo com a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), a vítima contou que foi perseguida por quatro homens próximo a uma loja de pneus.

Ele foi amarrado e colocado no banco de trás do veículo. O homem levou algumas facadas e pauladas em todo o corpo.


A vítima foi abandonada pelos quatro homens próximo a um reservatório da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) onde conseguiu se arrastar e pedir ajuda.

O Samu foi acionado e o encaminhou para a Santa Casa de Montes Claros, inicialmente com cortes no braço, lesão no tornozelo, hematomas e riscos de faca nas costas, além de rasgos nos punhos e fratura no braço.

O hospital informou que o estado de saúde do paciente é estável.

Nenhum suspeito foi preso até o fechamento dessa matéria. A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o ocorrido.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais