Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - sexta-feira, 1 de março de 2024

Polícia Civil desfechou ação em Janaúba contra casal acusado de praticar crimes contra a honra, através da internet

Segunda 04/09/23 - 14h47

Divulgação da Polícia Civil:

Janaúba: PCMG apura crimes contra a honra praticados nas redes sociais

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou, na última sexta-feira (1/9), em Janaúba, na região Norte do estado, a operação Foutriquet, para o cumprimento de três mandados de busca e apreensão expedidos em desfavor de um casal, de 34 anos, em procedimento que apura crimes contra a honra praticados por meio da internet. Durante os levantamentos, equipamentos eletrônicos foram apreendidos.
A investigação teve início após sete vítimas formalizarem denúncias contra um perfil de rede social que estava utilizando do anonimato para realizar postagens criminosas e denegrir a imagem e a honra das vítimas.

Responsável pela investigação, a delegada Márcia Miguel Meira explicou após a criação da página, com poucos dias de funcionamento, em 22 de agosto, o perfil contava com mais de quatro mil seguidores. Com a investigação avançada, a autoridade representou pela quebra de sigilo de dados do perfil e sua retirada do ar, sendo o pedido deferido pela Justiça. “Contudo, com o encerramento da conta, outra foi criada pelo titular do perfil que publicou as mesmas mensagens da página antiga e, ainda, realizou novas postagens criminosas”, informou a delegada.

Assim que os policiais tiveram acesso ao compartilhamento das informações do perfil criado pelos investigados, os dois envolvidos foram identificados, e os policiais cumpriram mandados de busca e apreensão nas residências e lanchonete deles. Nos locais, foram apreendidos celulares, um notebook e duas réplicas de arma de fogo. Durante a ação, o novo perfil criado também foi retirado do ar.

Os suspeitos respondem pelos crimes de calúnia, injúria e difamação, duas vezes para cada vítima, já que eles reiteraram na prática criminosa com a criação do novo perfil e novas postagens.

Segundo a delegada, o nome da operação, do francês, faz alusão ao nome do perfil criminoso, indicando que quem faz futrica com a vida dos outros não merece ser levado em consideração.


***


Jornal O Tempo, de BH:

Casal que criou perfil na internet para caluniar vítimas é preso em MG

A investigação teve início após sete vítimas formalizarem uma denúncia contra o perfil que realizava as postagens criminosas
Juliana Siqueira

Um casal, de 34 anos, foi preso nessa sexta-feira (1 de setembro), em Janaúba, na região Norte de Minas Gerais, suspeito de criar um perfil nas redes sociais caluniando as pessoas anonimamente. Equipamentos eletrônicos também foram apreendidos. O caso foi divulgado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (4 de setembro).

Conforme a instituição, a investigação teve início após sete vítimas formalizarem uma denúncia contra o perfil que realizava as postagens criminosas. A página, em poucos dias no ar, conseguiu chamar a atenção de mais de quatro mil seguidores.

Houve quebra de sigilo e o perfil foi excluído, conforme pedido pela Justiça mineira. No entanto, logo depois foi criada uma nova conta, que publicou as mesmas mensagens da antiga e fez outras novas.

Com isso, os envolvidos foram identificados, e os policiais cumpriram mandados de busca e apreensão nas casas e lanchonete deles. Foram apreendidos celulares, notebook e duas réplicas de arma de fogo. O novo perfil também foi retirado do ar. Os suspeitos respondem por calúnia, injúria e difamação.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais